08 de agosto de 2013 em Cultura

Vila das Artes dá início às atividades da Escola Pública de Audiovisual

Semana Inaugural traz exibições e debates com programação aberta ao público


Semana Inaugural traz exibições e debates com programação aberta ao público

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes dará início às suas atividades de formação do Curso de Realização em Audiovisual, Pontos de Corte e cursos livres do Núcleo de Produção Digital (NPD), no dia 12 de agosto de 2013.

Para dar boas-vindas aos novos alunos, será realizada a Semana Inaugural, nos dias 12, 13, 14 e 16 de agosto, com programação aberta ao público que incluirá exibições de filmes e debates, das 18h30 às 21h30. Após as exibições, realizadores, professores, ex-alunos participarão de um bate-papo, mediado pela coordenadora da Escola, Rúbia Mércia, com as novas turmas e os demais presentes.

“A semana inaugural é importante para apresentar a escola não só para os novos alunos, mas também para a cidade. As exibições e os debates são uma forma de colocar o cinema contemporâneo em pauta e estimular novas realizações”, destaca a coordenadora.

Em sua terceira turma, o curso de Realização em Audiovisual irá formar 40 novos alunos, em dois anos. Na primeira etapa do processo seletivo participaram cerca de 500 candidatos. As aulas, teóricas e práticas acontecem de segunda a sexta, no período da tarde.

O curso “Pontos de Corte: formação de agentes culturais e exibidores independentes” também inicia as atividades com 40 novos alunos. As aulas, as terças e quintas-feiras, das 18h30 às 21h45min serão ministradas em módulos teórico-práticos.

Já o NPD deve realizar, durante todo o segundo semestre, cursos técnicos e profissionalizantes, de curta duração.  

 

Para essa nova etapa da Escola, a coordenadora adianta que o objetivo é realizar atividades integradas entre os programas existentes. “Temos pensando muito na ideia de redes, de integrar os três programas da Escola, criar intercessões. Isso faz com que um programa acabe por potencializar o outro”, diz.

 

Confira a programação da Semana Inaugural:

 12/08 * Cinema e Mundos Possíveis

Fala de abertura com o Secretário de Cultura de Fortaleza, Magela Lima; a Diretora da Vila das Artes, Cláudia Pires; e a Coordenadora da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes, Rúbia Mércia.

Exibição-teste do longa-metragem Rock de Subúrbio (2013, Dellani Lima), seguida de debate com o diretor. A conversa abordará não só a concepção e a realização do filme, mas também a construção sobre o cinema independente contemporâneo

13/08 * Diálogos de Formação Audiovisual

Exibição de vídeo com depoimentos sobre a Escola Pública de Audiovisual, seguida de debate sobre  possibilidades de formação na área que estimulem outros modos de fazer cinema. Debatedores: Alexandre Veras (realizador e fundador da ONG Alpendre), Felipe Ribeiro (realizador e educador), Lenildo Gomes (ex-coordenador da Escola Pública de Audiovisual e atual coordenador do Núcleo de Criação e Fomento da Secultfor), Bete Jaguaribe (Diretora de Formação do IACC) e Rúbia Mércia (coordenadora da Escola Pública de Audiovisual).

14/08 * Encontro de Cinema

Exibição de Dizem que os cães veem coisas (Guto Parente, 2012), Meu amigo mineiro  (Victor Furtado, 2012) e Colheita (2012, Euzébio Zloccowick), seguida de conversa com ex-alunos da Escola em torno da realização,  processos colaborativos, redes, distribuição e cineclubismos. Participantes: Carolinne Vieira, Euzébio Zloccowick, Guto Parente, Ticiana Lima e Victor Furtado.

15/08 * Experiência de Cinema Contemporâneo

Exibição do longa-metragem Girimunho (2011, MG, Clarissa Campolina e Helvécio Marins Jr.), seguida de debate com realizador.

 

Vila das Artes dá início às atividades da Escola Pública de Audiovisual

Semana Inaugural traz exibições e debates com programação aberta ao público

Semana Inaugural traz exibições e debates com programação aberta ao público

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes dará início às suas atividades de formação do Curso de Realização em Audiovisual, Pontos de Corte e cursos livres do Núcleo de Produção Digital (NPD), no dia 12 de agosto de 2013.

Para dar boas-vindas aos novos alunos, será realizada a Semana Inaugural, nos dias 12, 13, 14 e 16 de agosto, com programação aberta ao público que incluirá exibições de filmes e debates, das 18h30 às 21h30. Após as exibições, realizadores, professores, ex-alunos participarão de um bate-papo, mediado pela coordenadora da Escola, Rúbia Mércia, com as novas turmas e os demais presentes.

“A semana inaugural é importante para apresentar a escola não só para os novos alunos, mas também para a cidade. As exibições e os debates são uma forma de colocar o cinema contemporâneo em pauta e estimular novas realizações”, destaca a coordenadora.

Em sua terceira turma, o curso de Realização em Audiovisual irá formar 40 novos alunos, em dois anos. Na primeira etapa do processo seletivo participaram cerca de 500 candidatos. As aulas, teóricas e práticas acontecem de segunda a sexta, no período da tarde.

O curso “Pontos de Corte: formação de agentes culturais e exibidores independentes” também inicia as atividades com 40 novos alunos. As aulas, as terças e quintas-feiras, das 18h30 às 21h45min serão ministradas em módulos teórico-práticos.

Já o NPD deve realizar, durante todo o segundo semestre, cursos técnicos e profissionalizantes, de curta duração.  

 

Para essa nova etapa da Escola, a coordenadora adianta que o objetivo é realizar atividades integradas entre os programas existentes. “Temos pensando muito na ideia de redes, de integrar os três programas da Escola, criar intercessões. Isso faz com que um programa acabe por potencializar o outro”, diz.

 

Confira a programação da Semana Inaugural:

 12/08 * Cinema e Mundos Possíveis

Fala de abertura com o Secretário de Cultura de Fortaleza, Magela Lima; a Diretora da Vila das Artes, Cláudia Pires; e a Coordenadora da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes, Rúbia Mércia.

Exibição-teste do longa-metragem Rock de Subúrbio (2013, Dellani Lima), seguida de debate com o diretor. A conversa abordará não só a concepção e a realização do filme, mas também a construção sobre o cinema independente contemporâneo

13/08 * Diálogos de Formação Audiovisual

Exibição de vídeo com depoimentos sobre a Escola Pública de Audiovisual, seguida de debate sobre  possibilidades de formação na área que estimulem outros modos de fazer cinema. Debatedores: Alexandre Veras (realizador e fundador da ONG Alpendre), Felipe Ribeiro (realizador e educador), Lenildo Gomes (ex-coordenador da Escola Pública de Audiovisual e atual coordenador do Núcleo de Criação e Fomento da Secultfor), Bete Jaguaribe (Diretora de Formação do IACC) e Rúbia Mércia (coordenadora da Escola Pública de Audiovisual).

14/08 * Encontro de Cinema

Exibição de Dizem que os cães veem coisas (Guto Parente, 2012), Meu amigo mineiro  (Victor Furtado, 2012) e Colheita (2012, Euzébio Zloccowick), seguida de conversa com ex-alunos da Escola em torno da realização,  processos colaborativos, redes, distribuição e cineclubismos. Participantes: Carolinne Vieira, Euzébio Zloccowick, Guto Parente, Ticiana Lima e Victor Furtado.

15/08 * Experiência de Cinema Contemporâneo

Exibição do longa-metragem Girimunho (2011, MG, Clarissa Campolina e Helvécio Marins Jr.), seguida de debate com realizador.