03 de maio de 2013 em Juventude

Ações para torcidas organizadas são discutidas em reunião

Como foco principal da reunião, Élcio Batista, coordenador de juventude da Prefeitura, destacou o lado agregador jovem das torcidas organizadas


Representantes de clubes e torcidas organizadas discutiram novas ações pela pacificação dentro e fora dos estádios (Foto: Queiroz Neto)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Coordenadoria da Juventude, reuniu, na sexta-feira (3/5), representantes de clubes e torcidas organizadas para discutir as novas ações pela pacificação dentro e fora dos estádios.

Essa foi a segunda reunião para debater o assunto. Na primeira oportunidade, em março, foram propostos pontos de melhora e ação que envolvem as torcidas organizadas, os clubes e os setores do governo. Élcio Batista, coordenador de juventude, apresentou o programa “Gente jovem reunida”, resultado da primeira discussão e que abrange uma série de projetos em variadas áreas. O Qualifica Torcedor, que orienta os associados das torcidas para o mercado de trabalho, e o Disque Denúncia, que pretende dar a possibilidade de antecipação para as polícias em caso de conflito, foram alguns dos pontos propostos pela Prefeitura de Fortaleza.

Eventos beneficentes mensais também foram propostos, mas os representantes das torcidas organizadas deixaram claro que esse tipo de ação já é feito com alguma frequência com os associados e que é preciso um maior apoio público, com a cessão de alguns equipamentos municipais que já existem.

As novas sugestões foram anotadas e uma próxima reunião, para definir o que está acordado e distribuir responsabilidades, está marcada para o dia 28 de maio, às 15h30.

Propostas do Programa Gente Jovem Reunida

- Cota de adesão
Para sócio-torcedor jovem que tenha boa conduta, dentro e fora do estádio. E também boas notas, frequência nas aulas, comportamento exemplar, participação em projetos sociais e aulas de cidadania.

- Qualifica torcedor
Promover o encontro de torcedores com orientadores profissionais (Rede POP) para inseri-los no mercado de trabalho

- Evento beneficente mensal
Engajar jovens em projetos sociais (com o apoio da Coordenadoria da Juventude), com mutirões para pintar muros dos bairros, coletar e entregar cestas básicas, etc.

- Assessoria jurídica gratuita
Mediar, buscar soluções alternativas para os conflitos e prevenir delitos. Criar o Dia da Pacificação na Cidade.

- Disque Denúncias
Um serviço de ouvidoria para atender reclamações, denuncias, bem como emitir respostas periódicas sobre os casos.

- Eventos
Promover jogos em prol da cultura de paz
Congresso das Torcidas
Prêmio Jovens Pacificadores
Concurso de cantos de torcida pela Pacificação Social

- Transporte e ingresso
Ônibus saindo da sede até o estádio nos dias de jogos
Passagem incluída no ingresso
Ingresso Família

Ações para torcidas organizadas são discutidas em reunião

Como foco principal da reunião, Élcio Batista, coordenador de juventude da Prefeitura, destacou o lado agregador jovem das torcidas organizadas

Representantes de clubes e torcidas organizadas discutiram novas ações pela pacificação dentro e fora dos estádios (Foto: Queiroz Neto)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Coordenadoria da Juventude, reuniu, na sexta-feira (3/5), representantes de clubes e torcidas organizadas para discutir as novas ações pela pacificação dentro e fora dos estádios.

Essa foi a segunda reunião para debater o assunto. Na primeira oportunidade, em março, foram propostos pontos de melhora e ação que envolvem as torcidas organizadas, os clubes e os setores do governo. Élcio Batista, coordenador de juventude, apresentou o programa “Gente jovem reunida”, resultado da primeira discussão e que abrange uma série de projetos em variadas áreas. O Qualifica Torcedor, que orienta os associados das torcidas para o mercado de trabalho, e o Disque Denúncia, que pretende dar a possibilidade de antecipação para as polícias em caso de conflito, foram alguns dos pontos propostos pela Prefeitura de Fortaleza.

Eventos beneficentes mensais também foram propostos, mas os representantes das torcidas organizadas deixaram claro que esse tipo de ação já é feito com alguma frequência com os associados e que é preciso um maior apoio público, com a cessão de alguns equipamentos municipais que já existem.

As novas sugestões foram anotadas e uma próxima reunião, para definir o que está acordado e distribuir responsabilidades, está marcada para o dia 28 de maio, às 15h30.

Propostas do Programa Gente Jovem Reunida

- Cota de adesão
Para sócio-torcedor jovem que tenha boa conduta, dentro e fora do estádio. E também boas notas, frequência nas aulas, comportamento exemplar, participação em projetos sociais e aulas de cidadania.

- Qualifica torcedor
Promover o encontro de torcedores com orientadores profissionais (Rede POP) para inseri-los no mercado de trabalho

- Evento beneficente mensal
Engajar jovens em projetos sociais (com o apoio da Coordenadoria da Juventude), com mutirões para pintar muros dos bairros, coletar e entregar cestas básicas, etc.

- Assessoria jurídica gratuita
Mediar, buscar soluções alternativas para os conflitos e prevenir delitos. Criar o Dia da Pacificação na Cidade.

- Disque Denúncias
Um serviço de ouvidoria para atender reclamações, denuncias, bem como emitir respostas periódicas sobre os casos.

- Eventos
Promover jogos em prol da cultura de paz
Congresso das Torcidas
Prêmio Jovens Pacificadores
Concurso de cantos de torcida pela Pacificação Social

- Transporte e ingresso
Ônibus saindo da sede até o estádio nos dias de jogos
Passagem incluída no ingresso
Ingresso Família