Alunas de Libras da Rede Cuca são aprovadas em curso avançado do Governo do Estado

13 de janeiro de 2021 em Juventude

Alunas de Libras da Rede Cuca são aprovadas em curso avançado do Governo do Estado

Por meio dos cursos da Rede Cuca, as jovens tiveram o primeiro contato com a língua de sinais


As alunas Ana Camila (27) e Nicole Sá (19), do curso básico de Libras da Rede Cuca, foram aprovadas para o curso avançado do Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (Cepid), do Governo do Estado do Ceará. 

Foram ofertadas 15 vagas e o processo seletivo contou com uma entrevista toda na língua de sinais.
 
Foi por meio dos cursos na Rede Cuca que as jovens tiveram o primeiro contato com a língua de sinais. “Eu nunca tinha feito um curso de libras. Quando vi o curso no Portal da Juventude, pensei logo em fazer. Tinha acabado de passar por uma experiência recente que exigiu esse conhecimento e eu não tinha”, diz Camila.
 
Antes de iniciar o curso básico em Libras, Nicole participou de um curso na Rede Cuca sobre a cultura surda e acredita que Libras vai além de usar os sinais. “Esses dois cursos me ajudaram muito a desenvolver Libras porque eu acredito que não é só estar fazendo os sinais, você precisa conhecer”, afirma.
 
Mesmo preferindo cursos presenciais, Camila conta que a experiência on-line fez com que ela visse a importância das Libras no cotidiano. “Sempre prefiro os cursos presenciais. Mas nessa experiência, parecia que quanto mais eu assistia aula, mais eu queria aprender e continuar assistindo. Você vai se apaixonando pela Libras e visualizando como ela é fundamental para o nosso cotidiano, enquanto pessoas e  profissionais”, relata. 
 
Apesar da pouca experiência com a língua, a dedicação das alunas e o suporte oferecido pelo curso básico fizeram a diferença, afirma Erika Teodósio (37), professora da Rede Cuca. “Como se esforçaram, sempre tirando dúvidas, sempre dedicadas, conseguiram a aprovação. E antes de ter contato com o curso básico, nenhuma das duas sabia a língua. Então, realmente foi ele que deu o suporte para que elas conseguissem aprovação no curso avançado”.
 
Cursos na Rede Cuca
 
A Rede Cuca oferta cursos de formação em oito áreas de atuação diferentes e 29 modalidades esportivas para jovens de 15 a 29 anos. Mensalmente, é oferecida uma média de 5 mil vagas distribuídas nos Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e no recém inaugurado Cuca José Walter.

Alunas de Libras da Rede Cuca são aprovadas em curso avançado do Governo do Estado

Por meio dos cursos da Rede Cuca, as jovens tiveram o primeiro contato com a língua de sinais

As alunas Ana Camila (27) e Nicole Sá (19), do curso básico de Libras da Rede Cuca, foram aprovadas para o curso avançado do Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (Cepid), do Governo do Estado do Ceará. 

Foram ofertadas 15 vagas e o processo seletivo contou com uma entrevista toda na língua de sinais.
 
Foi por meio dos cursos na Rede Cuca que as jovens tiveram o primeiro contato com a língua de sinais. “Eu nunca tinha feito um curso de libras. Quando vi o curso no Portal da Juventude, pensei logo em fazer. Tinha acabado de passar por uma experiência recente que exigiu esse conhecimento e eu não tinha”, diz Camila.
 
Antes de iniciar o curso básico em Libras, Nicole participou de um curso na Rede Cuca sobre a cultura surda e acredita que Libras vai além de usar os sinais. “Esses dois cursos me ajudaram muito a desenvolver Libras porque eu acredito que não é só estar fazendo os sinais, você precisa conhecer”, afirma.
 
Mesmo preferindo cursos presenciais, Camila conta que a experiência on-line fez com que ela visse a importância das Libras no cotidiano. “Sempre prefiro os cursos presenciais. Mas nessa experiência, parecia que quanto mais eu assistia aula, mais eu queria aprender e continuar assistindo. Você vai se apaixonando pela Libras e visualizando como ela é fundamental para o nosso cotidiano, enquanto pessoas e  profissionais”, relata. 
 
Apesar da pouca experiência com a língua, a dedicação das alunas e o suporte oferecido pelo curso básico fizeram a diferença, afirma Erika Teodósio (37), professora da Rede Cuca. “Como se esforçaram, sempre tirando dúvidas, sempre dedicadas, conseguiram a aprovação. E antes de ter contato com o curso básico, nenhuma das duas sabia a língua. Então, realmente foi ele que deu o suporte para que elas conseguissem aprovação no curso avançado”.
 
Cursos na Rede Cuca
 
A Rede Cuca oferta cursos de formação em oito áreas de atuação diferentes e 29 modalidades esportivas para jovens de 15 a 29 anos. Mensalmente, é oferecida uma média de 5 mil vagas distribuídas nos Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e no recém inaugurado Cuca José Walter.