21 de maio de 2020 em Meio ambiente

Ecopontos de Fortaleza funcionam durante o isolamento social

Durante a pandemia, os funcionários dos Ecopontos utilizam os EPIs que já fazem parte do protocolo, além de máscaras e álcool em gel


estrutura com camburões de lixo coloridos enfileirados
Os Ecopontos começaram a ser implantados em Fortaleza em dezembro de 2015 e fazem parte de uma política pública bem sucedida em toda a Cidade

A Prefeitura de Fortaleza tem mantido a coleta domiciliar, bem como os serviços de recebimento de resíduos nos 70 Ecopontos da Cidade durante a pandemia do novo coronavírus, mantendo as medidas de segurança e proteção dos funcionários que atuam nesses locais. Todos utilizam os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que já fazem parte do protocolo, além de máscaras e álcool em gel. O horário de funcionamento permanece de segunda-feira a sábado, sempre de 8h às 12h e de 14h às 17h.

Coordenada pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a utilização dos Ecopontos por parte da população possibilitou que, de dezembro de 2015 a maio de 2020, a coleta de materiais recicláveis alcançasse a marca de 140 mil toneladas de materiais recolhidas.

De abril de 2016 a dezembro de 2019, o programa Recicla Fortaleza, recebeu mais de 27 mil cadastros de usuários no sistema e gerou um benefício total de mais de R$ 720 mil distribuídos em contas de energia.

Já o programa E-Carroceiro totalizou, de agosto de 2017 a maio de 2020, 605 carroceiros cadastrados e gerou um benefício de mais de R$ 1,2 milhão em créditos repassados por meio de moeda digital, que pode ser utilizada em estabelecimentos comerciais de cada região.

Levando em consideração os recicláveis, atualmente, os Ecopontos que mais recebem esse tipo de resíduo são Sapiranga, Varjota, Fátima, Parangaba, Leste-Oeste, Jóquei Clube, Lagoa Redonda, Messejana, São Sebastião e Conjunto Esperança.

Quanto aos entulhos, os Ecopontos Autran Nunes, Vila do Mar II, Leste Oeste, Pici e Vila Ellery são os que mais recebem esse tipo de material, motivados pelo incentivo do projeto E-Carroceiro. Dessa forma, os carroceiros são cadastrados para o descarte de entulhos e, após a pesagem nos Ecopontos, o crédito é repassado para suas contas no banco social.

Saiba mais

Os Ecopontos começaram a ser implantados em Fortaleza em dezembro de 2015 e fazem parte de uma política pública bem sucedida em toda a Cidade, diminuindo os pontos de lixo e gerando renda para catadores e carroceiros.

Serviço:
Ecopontos
Funcionamento: Segunda-feira a sábado (8h às 12h e de 14h às 17h)
Acesso os endereços neste link


Ecopontos de Fortaleza funcionam durante o isolamento social

Durante a pandemia, os funcionários dos Ecopontos utilizam os EPIs que já fazem parte do protocolo, além de máscaras e álcool em gel

estrutura com camburões de lixo coloridos enfileirados
Os Ecopontos começaram a ser implantados em Fortaleza em dezembro de 2015 e fazem parte de uma política pública bem sucedida em toda a Cidade

A Prefeitura de Fortaleza tem mantido a coleta domiciliar, bem como os serviços de recebimento de resíduos nos 70 Ecopontos da Cidade durante a pandemia do novo coronavírus, mantendo as medidas de segurança e proteção dos funcionários que atuam nesses locais. Todos utilizam os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que já fazem parte do protocolo, além de máscaras e álcool em gel. O horário de funcionamento permanece de segunda-feira a sábado, sempre de 8h às 12h e de 14h às 17h.

Coordenada pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a utilização dos Ecopontos por parte da população possibilitou que, de dezembro de 2015 a maio de 2020, a coleta de materiais recicláveis alcançasse a marca de 140 mil toneladas de materiais recolhidas.

De abril de 2016 a dezembro de 2019, o programa Recicla Fortaleza, recebeu mais de 27 mil cadastros de usuários no sistema e gerou um benefício total de mais de R$ 720 mil distribuídos em contas de energia.

Já o programa E-Carroceiro totalizou, de agosto de 2017 a maio de 2020, 605 carroceiros cadastrados e gerou um benefício de mais de R$ 1,2 milhão em créditos repassados por meio de moeda digital, que pode ser utilizada em estabelecimentos comerciais de cada região.

Levando em consideração os recicláveis, atualmente, os Ecopontos que mais recebem esse tipo de resíduo são Sapiranga, Varjota, Fátima, Parangaba, Leste-Oeste, Jóquei Clube, Lagoa Redonda, Messejana, São Sebastião e Conjunto Esperança.

Quanto aos entulhos, os Ecopontos Autran Nunes, Vila do Mar II, Leste Oeste, Pici e Vila Ellery são os que mais recebem esse tipo de material, motivados pelo incentivo do projeto E-Carroceiro. Dessa forma, os carroceiros são cadastrados para o descarte de entulhos e, após a pesagem nos Ecopontos, o crédito é repassado para suas contas no banco social.

Saiba mais

Os Ecopontos começaram a ser implantados em Fortaleza em dezembro de 2015 e fazem parte de uma política pública bem sucedida em toda a Cidade, diminuindo os pontos de lixo e gerando renda para catadores e carroceiros.

Serviço:
Ecopontos
Funcionamento: Segunda-feira a sábado (8h às 12h e de 14h às 17h)
Acesso os endereços neste link