02 de outubro de 2013 em Educação

Idosos do Programa Gente de Valor realizam Feira de Artesanato

Serão expostas peças produzidas em crochê, tecido, plástico, além de bijuterias e pintura


A feira acontece nesta quarta (2) e quinta-feira (3), das 8h às 17 horas, no pátio do IMPARH

Seis idosas participantes do Programa Gente de Valor realizam, nesta quarta (2) e quinta-feira (3), a Feirinha de Artesanato. Na feira, que acontece das 8h às 17 horas, no pátio do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos - IMPARH, as idosas colocarão em exposição peças produzidas por elas em crochê, tecido, plástico, além de bijuterias e pintura.

Dona Maria Cabral tem 83 anos e é professora aposentada. Ela é quem coordena o grupo de expositoras. Segundo Cabral, que iniciou sua vida no artesanato em 1999, a maioria delas faz o artesanato por gostar e não pela questão financeira. “Faço artesanatos por que gosto. Além de não ficar em casa ainda converso, me comunico com outras pessoas e isso me faz bem”, explica.

Para Dona Roselita Mota, 70 anos, o artesanato veio como forma de superação da depressão. “O artesanato me renovou. Se não fosse isso eu ainda estava depressiva. Eu me sentia no fundo do poço. O artesanato me ergueu, e me sinto feliz quando alguém passa e elogia o meu trabalho, a minha arte”, envaidece Dona Roselita.

A coordenadora do programa, Neide Façanha, afirma que a maior vitória delas é a exposição do material e a vivacidade. “Elas não querem vender artesanato, elas querem mostrar sua arte. O elogio é essencial. A produção artesanal é apenas uma forma de dizer: estou viva, estou criando! É uma forma de mostrar que são ativas e capazes”, ressalta.

Serviço
Feirinha de artesanatos
Local: pátio do IMPARH (Avenida João Pessoa, 5609 – Damas)
Dias: 2, 3, 16 e 17 de outubro
Hora: 8h às 17 horas.
 

Idosos do Programa Gente de Valor realizam Feira de Artesanato

Serão expostas peças produzidas em crochê, tecido, plástico, além de bijuterias e pintura

A feira acontece nesta quarta (2) e quinta-feira (3), das 8h às 17 horas, no pátio do IMPARH

Seis idosas participantes do Programa Gente de Valor realizam, nesta quarta (2) e quinta-feira (3), a Feirinha de Artesanato. Na feira, que acontece das 8h às 17 horas, no pátio do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos - IMPARH, as idosas colocarão em exposição peças produzidas por elas em crochê, tecido, plástico, além de bijuterias e pintura.

Dona Maria Cabral tem 83 anos e é professora aposentada. Ela é quem coordena o grupo de expositoras. Segundo Cabral, que iniciou sua vida no artesanato em 1999, a maioria delas faz o artesanato por gostar e não pela questão financeira. “Faço artesanatos por que gosto. Além de não ficar em casa ainda converso, me comunico com outras pessoas e isso me faz bem”, explica.

Para Dona Roselita Mota, 70 anos, o artesanato veio como forma de superação da depressão. “O artesanato me renovou. Se não fosse isso eu ainda estava depressiva. Eu me sentia no fundo do poço. O artesanato me ergueu, e me sinto feliz quando alguém passa e elogia o meu trabalho, a minha arte”, envaidece Dona Roselita.

A coordenadora do programa, Neide Façanha, afirma que a maior vitória delas é a exposição do material e a vivacidade. “Elas não querem vender artesanato, elas querem mostrar sua arte. O elogio é essencial. A produção artesanal é apenas uma forma de dizer: estou viva, estou criando! É uma forma de mostrar que são ativas e capazes”, ressalta.

Serviço
Feirinha de artesanatos
Local: pátio do IMPARH (Avenida João Pessoa, 5609 – Damas)
Dias: 2, 3, 16 e 17 de outubro
Hora: 8h às 17 horas.