19 de agosto de 2013 em Saúde

Jovens e especialistas discutem prevenção e diagnóstico do HIV/AIDS

“Direito à saúde e cidadania entre juventudes: os desafios da prevenção e do diagnóstico oportuno do HIV/AIDS” foi o tema do encontro


Os presentes tiveram uma visão macro e teórica sobre a situação da epidemia de AIDS na faixa etária jovem (Foto: Igor de Melo)

O auditório do Instituto de Promoção da Nutrição e do Desenvolvimento Humano (Iprede) foi, durante toda a segunda-feira (19/8), palco para o início do projeto Fique Sabendo Jovem. Sendo uma parceria da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o programa pretende disseminar conhecimento sobre prevenção e mobilizar pessoas para o diagnóstico do HIV/AIDS.
       
No período da manhã, com os projetos “Fique Sabendo Jovem - prevenção e diagnóstico oportuno”,  apresentado por Tati Andrade; “Direito à saúde, juventudes e Aids no Brasil”, apresentado pelo presidente do Conselho Nacional de Juventude, Alessandro Melchior; e “Mobilização e políticas que envolvem o diagnóstico precoce no Ceará”, apresentado pela doutora em saúde coletiva Renata Mota, os presentes tiveram uma visão macro e teórica sobre a situação da epidemia de AIDS na faixa etária jovem.
       
Durante a tarde, foi realizada uma oficina com 50 jovens, escolhidos para serem multiplicadores, levando para as suas comunidades os conhecimentos sobre a prevenção adquiridos no seminário. Representantes do Cuca Che Guevara, do Instituto Federal de Educação, de escolas do Programa Saúde na Escola, de escolas municipais e estaduais e jovens ativistas estavam entre os presentes. 
       
O projeto Fique Sabendo Jovem vai ganhar mais um reforço em outubro. A previsão é que nesse mês comece a circular pela cidade um trailer, doado pelo Unicef para a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que estará estruturado para fazer o aconselhamento e terá equipes multiprofissionais da SMS para fazer o teste HIV/AIDS. “Já que eles (os jovens) não vão fazer o teste, vamos levar o teste para outros espaços”, declara Fabiana Sales, coordenadora da área técnica de DST/AIDS e hepatites virais do município, que explica ainda que o trailer estará em boates, cinemas, praças, principalmente em finais de semana.
       
Para quem quer se testar, basta ir ao Centro de Testagem e Aconselhamento no Posto de Saúde Carlos Ribeiro, no bairro Jacarecanga, ou em outros três postos de Saúde da Secretaria Regional I: no Floresta (Álvaro Weyne), no Rebouças Macambira (Jardim Guanabara) e no Lineu Jucá (Barra do Ceará). Para informações sobre horários de atendimento, ligue 3283. 4556. O teste é rápido e com apenas uma gota de sangue é possível diagnosticar, por exemplo, HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites B e C, em aproximadamente 30 minutos.

Jovens e especialistas discutem prevenção e diagnóstico do HIV/AIDS

“Direito à saúde e cidadania entre juventudes: os desafios da prevenção e do diagnóstico oportuno do HIV/AIDS” foi o tema do encontro

Os presentes tiveram uma visão macro e teórica sobre a situação da epidemia de AIDS na faixa etária jovem (Foto: Igor de Melo)

O auditório do Instituto de Promoção da Nutrição e do Desenvolvimento Humano (Iprede) foi, durante toda a segunda-feira (19/8), palco para o início do projeto Fique Sabendo Jovem. Sendo uma parceria da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o programa pretende disseminar conhecimento sobre prevenção e mobilizar pessoas para o diagnóstico do HIV/AIDS.
       
No período da manhã, com os projetos “Fique Sabendo Jovem - prevenção e diagnóstico oportuno”,  apresentado por Tati Andrade; “Direito à saúde, juventudes e Aids no Brasil”, apresentado pelo presidente do Conselho Nacional de Juventude, Alessandro Melchior; e “Mobilização e políticas que envolvem o diagnóstico precoce no Ceará”, apresentado pela doutora em saúde coletiva Renata Mota, os presentes tiveram uma visão macro e teórica sobre a situação da epidemia de AIDS na faixa etária jovem.
       
Durante a tarde, foi realizada uma oficina com 50 jovens, escolhidos para serem multiplicadores, levando para as suas comunidades os conhecimentos sobre a prevenção adquiridos no seminário. Representantes do Cuca Che Guevara, do Instituto Federal de Educação, de escolas do Programa Saúde na Escola, de escolas municipais e estaduais e jovens ativistas estavam entre os presentes. 
       
O projeto Fique Sabendo Jovem vai ganhar mais um reforço em outubro. A previsão é que nesse mês comece a circular pela cidade um trailer, doado pelo Unicef para a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que estará estruturado para fazer o aconselhamento e terá equipes multiprofissionais da SMS para fazer o teste HIV/AIDS. “Já que eles (os jovens) não vão fazer o teste, vamos levar o teste para outros espaços”, declara Fabiana Sales, coordenadora da área técnica de DST/AIDS e hepatites virais do município, que explica ainda que o trailer estará em boates, cinemas, praças, principalmente em finais de semana.
       
Para quem quer se testar, basta ir ao Centro de Testagem e Aconselhamento no Posto de Saúde Carlos Ribeiro, no bairro Jacarecanga, ou em outros três postos de Saúde da Secretaria Regional I: no Floresta (Álvaro Weyne), no Rebouças Macambira (Jardim Guanabara) e no Lineu Jucá (Barra do Ceará). Para informações sobre horários de atendimento, ligue 3283. 4556. O teste é rápido e com apenas uma gota de sangue é possível diagnosticar, por exemplo, HIV/AIDS, Sífilis e Hepatites B e C, em aproximadamente 30 minutos.