Plantio de alameda de ipês-amarelos celebra "Dia de Proteção às Florestas" na Rede Cuca Mondubim

16 de julho de 2021 em Juventude

Plantio de alameda de ipês-amarelos celebra "Dia de Proteção às Florestas" na Rede Cuca Mondubim

Ação ocorre neste sábado (17/07) e faz parte da campanha #EuPlantoComOCuca, que acontece em julho, o Mês da Juventude


Em alusão ao "Dia de Proteção às Florestas", celebrado neste sábado, 17 de julho, uma alameda de ipês-amarelos será plantada na Rede Cuca Mondubim. A atividade, que começa às 9h, faz parte da campanha #EuPlantoComOCuca, que acontece em julho, o Mês da Juventude.

Além da implantação da alameda, será lançada a placa do futuro viveiro de mudas da Rede Cuca. O primeiro, que será instalado no Cuca Mondubim, consiste em uma estufa de produção de mudas para educação ambiental, monitorada pelos voluntários do Programa.

As atividades contam com a parceria da Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente e Urbanismo (Seuma), que fornecerá as mudas de ipês, pau pombo e mulungus, árvores nativas cearenses, e também da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), que disponibilizará mudas de plantas medicinais, ornamentais e florestais também nativas.

Saiba mais

A Prefeitura de Fortaleza instituiu, em 9 de março de 2021, o ipê-amarelo, também conhecido como caraúba, como Árvore Símbolo de Fortaleza, de acordo com o Decreto N° 14.944. A escolha aconteceu por meio de consulta pública e atende os princípios de preservação e conservação ambiental estabelecidos na Política Municipal do Meio Ambiente.

Sobre a Rede Cuca

Rede de proteção social e oportunidades formada por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.

Geridos pelo Instituto Cuca, os equipamentos localizados na Barra do Ceará, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também visa levar para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.

Plantio de alameda de ipês-amarelos celebra "Dia de Proteção às Florestas" na Rede Cuca Mondubim

Ação ocorre neste sábado (17/07) e faz parte da campanha #EuPlantoComOCuca, que acontece em julho, o Mês da Juventude

Em alusão ao "Dia de Proteção às Florestas", celebrado neste sábado, 17 de julho, uma alameda de ipês-amarelos será plantada na Rede Cuca Mondubim. A atividade, que começa às 9h, faz parte da campanha #EuPlantoComOCuca, que acontece em julho, o Mês da Juventude.

Além da implantação da alameda, será lançada a placa do futuro viveiro de mudas da Rede Cuca. O primeiro, que será instalado no Cuca Mondubim, consiste em uma estufa de produção de mudas para educação ambiental, monitorada pelos voluntários do Programa.

As atividades contam com a parceria da Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente e Urbanismo (Seuma), que fornecerá as mudas de ipês, pau pombo e mulungus, árvores nativas cearenses, e também da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), que disponibilizará mudas de plantas medicinais, ornamentais e florestais também nativas.

Saiba mais

A Prefeitura de Fortaleza instituiu, em 9 de março de 2021, o ipê-amarelo, também conhecido como caraúba, como Árvore Símbolo de Fortaleza, de acordo com o Decreto N° 14.944. A escolha aconteceu por meio de consulta pública e atende os princípios de preservação e conservação ambiental estabelecidos na Política Municipal do Meio Ambiente.

Sobre a Rede Cuca

Rede de proteção social e oportunidades formada por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.

Geridos pelo Instituto Cuca, os equipamentos localizados na Barra do Ceará, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também visa levar para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.