23 de julho de 2013 em Saúde

Prefeito assina ordem de serviço para reforma de 13 postos de saúde nas Regionais II, IV e VI

As unidades básicas de saúde receberão melhorias na infraestrutura, abastecimento de medicamentos e rotina de atendimento 


A Prefeitura Municipal de Fortaleza entregará, até o final de agosto, 26 unidades com nova estrutura e modelo de gestão (Foto: Marcos Moura)

O Prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (23/7), a ordem de serviço para reforma e ampliação de 13 postos de saúde nas Regionais II, IV e VI. A Prefeitura Municipal de Fortaleza entregará, até o final de agosto, 26 unidades com nova estrutura e modelo de gestão. A requalificação prevê melhorias na infraestrutura, abastecimento contínuo de medicamentos do Programa Saúde da Família (PSF) e ampliação do horário de atendimento, que passa a ser de 7h às 19h.

Conforme Roberto Cláudio, a prioridade do Governo Municipal, neste ano, é melhorar a condição dos postos de saúde, enfatizando políticas públicas destinadas à atenção primária. “Grande parte da humanização depende da estrutura montada. Isso melhora o estímulo do profissional e o acolhimento ao paciente que precisa do posto. É por isso que estamos investindo, entre recursos do Governo Federal, Municipal e Estadual, mais de R$ 45 milhões para readaptar essa estrutura de postos”, disse.

Além disso, o Prefeito destacou que serão construídos 25 novos postos de saúde, a partir de setembro. Ele anunciou ainda a construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e casas de abrigo para dependentes químicos nas três Regionais.

De acordo com Socorro Martins, secretária de Saúde, o objetivo é retomar os postos com segurança e qualidade. “É o momento que as empresas de construção vão ter que ter um papel extremamente social, pois é o trabalho deles que vai ofertar uma vida melhor para a população”, apontou.

As assinaturas da ordens de serviço aconteceram nos postos Frei Tito, no Caça e Pesca (Regional II); Projeto Nascente, no Itaperi (Regional IV); e Manoel Carlos Gouveia, no Jardim das Oliveiras (Regional VI). O aposentado Vital Ribeiro, 75, compareceu à solenidade no posto Manoel Carlos Gouveia e avaliou positivamente a iniciativa. “É muito importante. Isto é realmente o que nós estávamos precisando, principalmente as pessoas carentes da área”, afirmou.

No pacote de obras das unidades básicas de saúde, a Prefeitura de Fortaleza, até o final do ano, vai reformar e recuperar, pelo menos, 60 postos de saúde da Capital. As reformas contemplam a recuperação de telhados, fachada, instalações hidráulicas e elétricas, rampas de acesso para deficientes físicos, pintura, ampliação de consultórios, compra de novos equipamentos, modernização do sistema de entrega de medicamentos (farmácia) e climatização das salas.

Clique nos links abaixo e confira a lista dos postos de saúde que serão reformados e ainda os locais de remanejamento do atendimento de cada unidade:

Regional II

Regional IV

Regional VI

Prefeito assina ordem de serviço para reforma de 13 postos de saúde nas Regionais II, IV e VI

As unidades básicas de saúde receberão melhorias na infraestrutura, abastecimento de medicamentos e rotina de atendimento 

A Prefeitura Municipal de Fortaleza entregará, até o final de agosto, 26 unidades com nova estrutura e modelo de gestão (Foto: Marcos Moura)

O Prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (23/7), a ordem de serviço para reforma e ampliação de 13 postos de saúde nas Regionais II, IV e VI. A Prefeitura Municipal de Fortaleza entregará, até o final de agosto, 26 unidades com nova estrutura e modelo de gestão. A requalificação prevê melhorias na infraestrutura, abastecimento contínuo de medicamentos do Programa Saúde da Família (PSF) e ampliação do horário de atendimento, que passa a ser de 7h às 19h.

Conforme Roberto Cláudio, a prioridade do Governo Municipal, neste ano, é melhorar a condição dos postos de saúde, enfatizando políticas públicas destinadas à atenção primária. “Grande parte da humanização depende da estrutura montada. Isso melhora o estímulo do profissional e o acolhimento ao paciente que precisa do posto. É por isso que estamos investindo, entre recursos do Governo Federal, Municipal e Estadual, mais de R$ 45 milhões para readaptar essa estrutura de postos”, disse.

Além disso, o Prefeito destacou que serão construídos 25 novos postos de saúde, a partir de setembro. Ele anunciou ainda a construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e casas de abrigo para dependentes químicos nas três Regionais.

De acordo com Socorro Martins, secretária de Saúde, o objetivo é retomar os postos com segurança e qualidade. “É o momento que as empresas de construção vão ter que ter um papel extremamente social, pois é o trabalho deles que vai ofertar uma vida melhor para a população”, apontou.

As assinaturas da ordens de serviço aconteceram nos postos Frei Tito, no Caça e Pesca (Regional II); Projeto Nascente, no Itaperi (Regional IV); e Manoel Carlos Gouveia, no Jardim das Oliveiras (Regional VI). O aposentado Vital Ribeiro, 75, compareceu à solenidade no posto Manoel Carlos Gouveia e avaliou positivamente a iniciativa. “É muito importante. Isto é realmente o que nós estávamos precisando, principalmente as pessoas carentes da área”, afirmou.

No pacote de obras das unidades básicas de saúde, a Prefeitura de Fortaleza, até o final do ano, vai reformar e recuperar, pelo menos, 60 postos de saúde da Capital. As reformas contemplam a recuperação de telhados, fachada, instalações hidráulicas e elétricas, rampas de acesso para deficientes físicos, pintura, ampliação de consultórios, compra de novos equipamentos, modernização do sistema de entrega de medicamentos (farmácia) e climatização das salas.

Clique nos links abaixo e confira a lista dos postos de saúde que serão reformados e ainda os locais de remanejamento do atendimento de cada unidade:

Regional II

Regional IV

Regional VI