28 de novembro de 2018 em Juventude

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para novo Cuca no Pici

Obras terão 18 meses de duração. Mais de 7 mil m² serão destinados à atividades para a juventude da Regional III


várias pessoas num palco
A solenidade aconteceu no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Pici, onde funcionará o novo Cuca

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (27/11), a ordem de serviço para a construção do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca), no Pici. O novo equipamento será construído onde hoje funciona o Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) e o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras, orçadas em R$ 26,3 milhões e com previsão de duração de 18 meses, iniciam-se em dezembro e preveem a substituição das edificações existentes na área, exceto as piscinas, que serão mantidas e passarão por reformas.

O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destinada a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento. Conforme ressaltou o Prefeito, a assinatura da ordem de serviço reuniu os titulares de diversas pastas como Educação, Esportes, Saúde, Juventude, Regional e Governo, o que evidencia a importância do comprometimento da gestão no sentido de mudar a realidade dos jovens da Cidade, prevenindo a violência e dando-lhes condições para um grande futuro. “Nós assumimos o compromisso de ter um Cuca em cada regional. Aqui no Pici, teremos a oportunidade de descobrir e desenvolver o talento de cada jovem, seja na área cultural no esporte ou profissionalmente. O mais importante é que ele estará protegido nesse espaço e, certamente, criará relações sociais positivas e será preparado para exercer um futuro de cidadania”, afirmou Roberto Cláudio.

De acordo com o titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, em 2014 no lançamento da Rede Cuca, existiam cerca de 33 mil vagas em cursos de formação, e atualmente, já são mais de 61 mil. Para ele, este é um momento histórico para Fortaleza, no qual se concretiza uma série de benefícios para toda a população da Regional III. “O Cuca do Pici, além de restaurar a estrutura do Centro Social Urbano César Cals, que já formou milhares de pessoas, terá como diferencial um coworking popular para trabalhar a parte de inovação e tecnologia e empreendedorismo com jovens, uma parte específica para artes marciais, além da areninha já em pleno funcionamento, que irá compor o plano do equipamento", disse o Coordenador.

Estrutura

O projeto prevê a construção de diversos espaços e equipamentos de esporte e lazer, como: quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários feminino e masculino; piscina semiolímpica coberta, teatro e anfiteatro, skatepark; salas de formação artística e educacional; cineclube com 68 lugares; salas de produção de audiovisual; salas administrativas; cantina, banheiros, copas, bicicletário, estação do Bicicletar; ambulatório e salas para coworking, aulas e reuniões. O entorno também passará por melhorias urbanística como nova iluminação, calçadas, paisagismos, bancos e lixeiras.

A Areninha e a praça existentes ao lado de onde funcionará o novo equipamento, serão integradas às atividades do novo CUCA. O próximo Cuca será no bairro José Walter. As obras devem ter início ainda no primeiro semestre de 2019.

Novo posto de saúde

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) está sendo construída no bairro Pici, próximo ao prédio do CCDH, onde atualmente funciona o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras do novo equipamento de saúde já estão 20% de execução e devem ser entregues até julho de 2019, quando o prédio do antigo posto deixará de funcionar.

O projeto da nova unidade de saúde contempla 728m² de área construída com consultórios médicos e odontológicos, além de farmácia, área de imunização, sala de coleta de exames laboratoriais, raio-x odontológico e recepção.

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para novo Cuca no Pici

Obras terão 18 meses de duração. Mais de 7 mil m² serão destinados à atividades para a juventude da Regional III

várias pessoas num palco
A solenidade aconteceu no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Pici, onde funcionará o novo Cuca

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (27/11), a ordem de serviço para a construção do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca), no Pici. O novo equipamento será construído onde hoje funciona o Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) e o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras, orçadas em R$ 26,3 milhões e com previsão de duração de 18 meses, iniciam-se em dezembro e preveem a substituição das edificações existentes na área, exceto as piscinas, que serão mantidas e passarão por reformas.

O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destinada a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento. Conforme ressaltou o Prefeito, a assinatura da ordem de serviço reuniu os titulares de diversas pastas como Educação, Esportes, Saúde, Juventude, Regional e Governo, o que evidencia a importância do comprometimento da gestão no sentido de mudar a realidade dos jovens da Cidade, prevenindo a violência e dando-lhes condições para um grande futuro. “Nós assumimos o compromisso de ter um Cuca em cada regional. Aqui no Pici, teremos a oportunidade de descobrir e desenvolver o talento de cada jovem, seja na área cultural no esporte ou profissionalmente. O mais importante é que ele estará protegido nesse espaço e, certamente, criará relações sociais positivas e será preparado para exercer um futuro de cidadania”, afirmou Roberto Cláudio.

De acordo com o titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, em 2014 no lançamento da Rede Cuca, existiam cerca de 33 mil vagas em cursos de formação, e atualmente, já são mais de 61 mil. Para ele, este é um momento histórico para Fortaleza, no qual se concretiza uma série de benefícios para toda a população da Regional III. “O Cuca do Pici, além de restaurar a estrutura do Centro Social Urbano César Cals, que já formou milhares de pessoas, terá como diferencial um coworking popular para trabalhar a parte de inovação e tecnologia e empreendedorismo com jovens, uma parte específica para artes marciais, além da areninha já em pleno funcionamento, que irá compor o plano do equipamento", disse o Coordenador.

Estrutura

O projeto prevê a construção de diversos espaços e equipamentos de esporte e lazer, como: quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários feminino e masculino; piscina semiolímpica coberta, teatro e anfiteatro, skatepark; salas de formação artística e educacional; cineclube com 68 lugares; salas de produção de audiovisual; salas administrativas; cantina, banheiros, copas, bicicletário, estação do Bicicletar; ambulatório e salas para coworking, aulas e reuniões. O entorno também passará por melhorias urbanística como nova iluminação, calçadas, paisagismos, bancos e lixeiras.

A Areninha e a praça existentes ao lado de onde funcionará o novo equipamento, serão integradas às atividades do novo CUCA. O próximo Cuca será no bairro José Walter. As obras devem ter início ainda no primeiro semestre de 2019.

Novo posto de saúde

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) está sendo construída no bairro Pici, próximo ao prédio do CCDH, onde atualmente funciona o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras do novo equipamento de saúde já estão 20% de execução e devem ser entregues até julho de 2019, quando o prédio do antigo posto deixará de funcionar.

O projeto da nova unidade de saúde contempla 728m² de área construída com consultórios médicos e odontológicos, além de farmácia, área de imunização, sala de coleta de exames laboratoriais, raio-x odontológico e recepção.