11 de dezembro de 2020 em Gestão

Prefeito Roberto Cláudio realiza última Reunião do Secretariado da gestão

Além da avaliação do Plano de Governo, o encontro destacou o legado da gestão e o prognóstico para diversas áreas da administração pública


prefeito e José Sarto sentados em frente a uma grande mesa disposta em quadrado com vários secretários sentados ao lado
"Temos uma comissão de transição para alinhar informações específicas e permaneceremos dialogando sobre o que está em andamento", afirmou Roberto Cláudio

Na manhã desta sexta-feira (11/12), o prefeito Roberto Cláudio deu início à última Reunião do Secretariado de sua gestão. Ao longo de todo o dia, o evento, realizado no Hotel Gran Mareiro, tem como pauta principal a sistematização de ações e novos projetos para Fortaleza.

As diretrizes incluem, além da avaliação do Plano de Governo, o legado da gestão e o prognóstico para diversas áreas da administração pública. Nessa perspectiva, o encontro configura importante fator norteador para a transição do governo ao prefeito eleito, José Sarto.

“Em 2021, José Sarto tomará posse com toda a sua equipe e fará história pela disposição, pelo preparo e pelo equilíbrio. Por isso, neste momento, é preciso discutir o presente e o futuro da Cidade. Temos uma comissão de transição para alinhar informações específicas e permaneceremos dialogando sobre o que está em andamento, prazos, financiamentos e melhorias a serem executadas”, afirmou Roberto Cláudio.

Apesar da crise econômica nacional agravada pela pandemia, a boa saúde fiscal do Município garantirá à próxima gestão recursos em caixa da ordem de R$ 1 bilhão. “Esses recursos serão destinados a obras em andamento com margem para novas ações”, apontou o Prefeito, acrescentando que, pela primeira vez em duas décadas, Fortaleza conseguiu, em 2018 e em 2019, passar dois anos em superávit primário. "Isso significa que o Município acumulou poupança. Depois de pagar todas as despesas e fazer todos os investimentos, quando fechamos a contabilidade, ficamos com dinheiro em caixa”, detalhou.

Presente na ocasião, Sarto reiterou o compromisso da futura gestão com o desenvolvimento da Capital. “Por meio do diálogo, iremos executar um projeto de união, de construção, de responsabilidade e de tolerância para consolidar as conquistas brilhantes alcançadas pela equipe do Roberto Cláudio. Indicadores em muitas áreas de governo rendem a Fortaleza o reconhecimento nacional e internacional pela gestão exemplar. Isso nos traz uma responsabilidade ainda maior”, garantiu.

Nesse contexto, o futuro prefeito enfatizou o empenho desprendido neste período de transição. “Estamos vivendo os 30 dias que antecedem o início da nova gestão. É um curto período. Por isso, estamos focados em aprofundar os conhecimentos sobre a realidade da Cidade e enfrentar os desafios impostos pela pandemia, a exemplo da retomada econômica, do plano de vacinação e do retorno das aulas presenciais”, acrescentou.

Roberto Cláudio, José Sarto e vereador Antonio Henrique sentados à mesa lado a lado
O prefeito eleito José Sarto também participa da reunião

Medidas contra a covid-19

Em virtude da pandemia de covid-19, os secretários municipais foram divididos em salas distintas. A organização espacial visa à garantia da saúde dos presentes e reforça os protocolos previstos em decreto, a exemplo da aferição de temperatura corporal, do uso obrigatório de máscaras e da distribuição de álcool gel nas instalações do hotel.

Na ocasião, os gestores qualificaram os avanços obtidos ao longo dos últimos oito anos e o andamento de novos projetos.

A secretária da Infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira, destacou o expressivo volume de obras executadas e em execução. “Na primeira gestão do prefeito Roberto Cláudio, 184 obras foram entregues. Na segunda, são 317. Ou seja, mais de 500 obras foram distribuídas em todas as áreas da Cidade”, enumerou, acrescentando que 264 outras intervenções seguirão em andamento.

Para o primeiro semestre de 2021, estão previstas novas Escolas de Tempo Integral, creches, Escolas Areninhas, além da entrega da requalificação de diversas unidades escolares.

Ao longo do período, no âmbito da Saúde, a população irá contar, conforme Manuela Nogueira, com novo CAPS Infantil e com a reforma de postos de saúde. Está prevista, ainda, a entrega da primeira etapa do Gonzaguinha do José Walter, do centro cirúrgico e da emergência do Frotinha de Messejana.

Os primeiros meses de 2021 serão marcados, ainda, pela inauguração do Cuca do Pici, de 10 Células de Proteção Comunitária, da urbanização de lagoas, da requalificação de vias e de mini terminais de ônibus. A nova Avenidade Desembargador Moreira, a Cidade das Crianças e a Praça Coração de Jesus reforçam as conclusões estimadas.

Paralelamente, as obras do Proinfra continuarão a urbanizar, drenar e pavimentar vias em áreas vulneráveis da Cidade. De acordo com o atual secretário de Governo de Fortaleza, Samuel Dias, a atual gestão consolida, ao final de 2020, um cenário de transformações intersetoriais.

“A nossa gestão chegou a lugares historicamente esquecidos. Tivemos a honra de coordenar o programa Mais Ação, por meio do maior investimento da história da Cidade em defesa de quem mais precisa. O resultado será uma Fortaleza cada vez melhor”, disse.

No âmbito tecnológico, o diretor da Citinova, Cláudio Ricardo, defendeu o fortalecimento do Programa Fortaleza Digital, que objetiva oferecer ao cidadão uma plataforma unificada de comunicação com a Prefeitura capaz de reunir a prestação de serviços públicos prioritários.

A iniciativa fomenta a consolidação da Capital enquanto cidade inteligente, interativa e acessível à população. “Por meio de serviços digitais simples e desburocratizados, vem sendo possível oferecer, via web e mobile, respostas imediatas às principais demandas da população em diversas áreas, como educação, saúde, meio ambiente, conservação, fiscalização, trânsito, finanças e tantas outras. O próximo gestor deverá continuar utilizando a tecnologia para ampliar as capacidades de Fortaleza por meio do barramento de dados centralizados, à disposição da gestão e da população, facilitando o entendimento do cidadão comum”, considerou.

Nos últimos 90 dias, a plataforma contabilizou mais de 143 mil acessos. A ampliação deverá fomentar um cenário ainda mais promissor.

Paralelamente, a Prefeitura de Fortaleza segue ampliando o acesso à internet gratuita em espaços públicos da Capital. Por meio de parceria público-privada, o projeto Wi-FOR vem fortalecendo a inclusão digital em todas as Regionais. Ao todo, 62 praças distribuídas pelo Município já foram contempladas.

Desafios relacionados à pandemia

A secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, informou que a Prefeitura está estabelecendo diversos planos de vacinação adaptáveis. “Não sabemos quando e qual vacina chegará a Fortaleza. Por isso, estamos nos antecipando e trabalhando diversas possibilidades de armazenamento, pensando nos locais de vacinação e na administração. Também precisaremos de pessoas e de transportes, que já estão providenciados”, explicou.

Diversos equipamentos municipais e estaduais poderão ser utilizados. “Já estamos em articulação com o Governo do Estado. Nosso objetivo é vacinar toda a população de Fortaleza sem aglomerações, começando pelos grupos prioritários”, assegurou.

Na oportunidade, a titular da SMS destacou o balanço realizado ao longo dos últimos oito anos envolvendo todos os pontos de atenção à saúde. “Avançamos na atenção primária, na assistência psicossocial, nas UPAs, no Samu, nos hospitais, e desenvolvemos o programa Melhor em Casa”, elencou.

Joana Maciel destacou, ainda, os 30 novos postos de saúde, as seis novas UPAs e as quatro Policlínicas entregues. "Também ampliamos o horário de atendimento da atenção primária das 7h às 19h, implantamos as Centrais de Distribuição de Medicamentos, construímos o IJF2 e o Hospital da Criança, e realizamos a requalificação de todo o nosso parque hospitalar”, completou.

Durante a tarde, a Reunião do Secretariado prossegue com a participação de palestrantes e convidados especiais.

Prefeito Roberto Cláudio realiza última Reunião do Secretariado da gestão

Além da avaliação do Plano de Governo, o encontro destacou o legado da gestão e o prognóstico para diversas áreas da administração pública

prefeito e José Sarto sentados em frente a uma grande mesa disposta em quadrado com vários secretários sentados ao lado
"Temos uma comissão de transição para alinhar informações específicas e permaneceremos dialogando sobre o que está em andamento", afirmou Roberto Cláudio

Na manhã desta sexta-feira (11/12), o prefeito Roberto Cláudio deu início à última Reunião do Secretariado de sua gestão. Ao longo de todo o dia, o evento, realizado no Hotel Gran Mareiro, tem como pauta principal a sistematização de ações e novos projetos para Fortaleza.

As diretrizes incluem, além da avaliação do Plano de Governo, o legado da gestão e o prognóstico para diversas áreas da administração pública. Nessa perspectiva, o encontro configura importante fator norteador para a transição do governo ao prefeito eleito, José Sarto.

“Em 2021, José Sarto tomará posse com toda a sua equipe e fará história pela disposição, pelo preparo e pelo equilíbrio. Por isso, neste momento, é preciso discutir o presente e o futuro da Cidade. Temos uma comissão de transição para alinhar informações específicas e permaneceremos dialogando sobre o que está em andamento, prazos, financiamentos e melhorias a serem executadas”, afirmou Roberto Cláudio.

Apesar da crise econômica nacional agravada pela pandemia, a boa saúde fiscal do Município garantirá à próxima gestão recursos em caixa da ordem de R$ 1 bilhão. “Esses recursos serão destinados a obras em andamento com margem para novas ações”, apontou o Prefeito, acrescentando que, pela primeira vez em duas décadas, Fortaleza conseguiu, em 2018 e em 2019, passar dois anos em superávit primário. "Isso significa que o Município acumulou poupança. Depois de pagar todas as despesas e fazer todos os investimentos, quando fechamos a contabilidade, ficamos com dinheiro em caixa”, detalhou.

Presente na ocasião, Sarto reiterou o compromisso da futura gestão com o desenvolvimento da Capital. “Por meio do diálogo, iremos executar um projeto de união, de construção, de responsabilidade e de tolerância para consolidar as conquistas brilhantes alcançadas pela equipe do Roberto Cláudio. Indicadores em muitas áreas de governo rendem a Fortaleza o reconhecimento nacional e internacional pela gestão exemplar. Isso nos traz uma responsabilidade ainda maior”, garantiu.

Nesse contexto, o futuro prefeito enfatizou o empenho desprendido neste período de transição. “Estamos vivendo os 30 dias que antecedem o início da nova gestão. É um curto período. Por isso, estamos focados em aprofundar os conhecimentos sobre a realidade da Cidade e enfrentar os desafios impostos pela pandemia, a exemplo da retomada econômica, do plano de vacinação e do retorno das aulas presenciais”, acrescentou.

Roberto Cláudio, José Sarto e vereador Antonio Henrique sentados à mesa lado a lado
O prefeito eleito José Sarto também participa da reunião

Medidas contra a covid-19

Em virtude da pandemia de covid-19, os secretários municipais foram divididos em salas distintas. A organização espacial visa à garantia da saúde dos presentes e reforça os protocolos previstos em decreto, a exemplo da aferição de temperatura corporal, do uso obrigatório de máscaras e da distribuição de álcool gel nas instalações do hotel.

Na ocasião, os gestores qualificaram os avanços obtidos ao longo dos últimos oito anos e o andamento de novos projetos.

A secretária da Infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira, destacou o expressivo volume de obras executadas e em execução. “Na primeira gestão do prefeito Roberto Cláudio, 184 obras foram entregues. Na segunda, são 317. Ou seja, mais de 500 obras foram distribuídas em todas as áreas da Cidade”, enumerou, acrescentando que 264 outras intervenções seguirão em andamento.

Para o primeiro semestre de 2021, estão previstas novas Escolas de Tempo Integral, creches, Escolas Areninhas, além da entrega da requalificação de diversas unidades escolares.

Ao longo do período, no âmbito da Saúde, a população irá contar, conforme Manuela Nogueira, com novo CAPS Infantil e com a reforma de postos de saúde. Está prevista, ainda, a entrega da primeira etapa do Gonzaguinha do José Walter, do centro cirúrgico e da emergência do Frotinha de Messejana.

Os primeiros meses de 2021 serão marcados, ainda, pela inauguração do Cuca do Pici, de 10 Células de Proteção Comunitária, da urbanização de lagoas, da requalificação de vias e de mini terminais de ônibus. A nova Avenidade Desembargador Moreira, a Cidade das Crianças e a Praça Coração de Jesus reforçam as conclusões estimadas.

Paralelamente, as obras do Proinfra continuarão a urbanizar, drenar e pavimentar vias em áreas vulneráveis da Cidade. De acordo com o atual secretário de Governo de Fortaleza, Samuel Dias, a atual gestão consolida, ao final de 2020, um cenário de transformações intersetoriais.

“A nossa gestão chegou a lugares historicamente esquecidos. Tivemos a honra de coordenar o programa Mais Ação, por meio do maior investimento da história da Cidade em defesa de quem mais precisa. O resultado será uma Fortaleza cada vez melhor”, disse.

No âmbito tecnológico, o diretor da Citinova, Cláudio Ricardo, defendeu o fortalecimento do Programa Fortaleza Digital, que objetiva oferecer ao cidadão uma plataforma unificada de comunicação com a Prefeitura capaz de reunir a prestação de serviços públicos prioritários.

A iniciativa fomenta a consolidação da Capital enquanto cidade inteligente, interativa e acessível à população. “Por meio de serviços digitais simples e desburocratizados, vem sendo possível oferecer, via web e mobile, respostas imediatas às principais demandas da população em diversas áreas, como educação, saúde, meio ambiente, conservação, fiscalização, trânsito, finanças e tantas outras. O próximo gestor deverá continuar utilizando a tecnologia para ampliar as capacidades de Fortaleza por meio do barramento de dados centralizados, à disposição da gestão e da população, facilitando o entendimento do cidadão comum”, considerou.

Nos últimos 90 dias, a plataforma contabilizou mais de 143 mil acessos. A ampliação deverá fomentar um cenário ainda mais promissor.

Paralelamente, a Prefeitura de Fortaleza segue ampliando o acesso à internet gratuita em espaços públicos da Capital. Por meio de parceria público-privada, o projeto Wi-FOR vem fortalecendo a inclusão digital em todas as Regionais. Ao todo, 62 praças distribuídas pelo Município já foram contempladas.

Desafios relacionados à pandemia

A secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, informou que a Prefeitura está estabelecendo diversos planos de vacinação adaptáveis. “Não sabemos quando e qual vacina chegará a Fortaleza. Por isso, estamos nos antecipando e trabalhando diversas possibilidades de armazenamento, pensando nos locais de vacinação e na administração. Também precisaremos de pessoas e de transportes, que já estão providenciados”, explicou.

Diversos equipamentos municipais e estaduais poderão ser utilizados. “Já estamos em articulação com o Governo do Estado. Nosso objetivo é vacinar toda a população de Fortaleza sem aglomerações, começando pelos grupos prioritários”, assegurou.

Na oportunidade, a titular da SMS destacou o balanço realizado ao longo dos últimos oito anos envolvendo todos os pontos de atenção à saúde. “Avançamos na atenção primária, na assistência psicossocial, nas UPAs, no Samu, nos hospitais, e desenvolvemos o programa Melhor em Casa”, elencou.

Joana Maciel destacou, ainda, os 30 novos postos de saúde, as seis novas UPAs e as quatro Policlínicas entregues. "Também ampliamos o horário de atendimento da atenção primária das 7h às 19h, implantamos as Centrais de Distribuição de Medicamentos, construímos o IJF2 e o Hospital da Criança, e realizamos a requalificação de todo o nosso parque hospitalar”, completou.

Durante a tarde, a Reunião do Secretariado prossegue com a participação de palestrantes e convidados especiais.