14 de janeiro de 2020 em Turismo

Prefeito Roberto Cláudio visita Museu do Brigadeiro Antônio de Sampaio, na 10ª Região Militar

O local, que guarda a memória dos heróis cearenses na Guerra do Paraguai, foi ampliado recentemente


prefeito e senhores em pé posando para foto
O grupo foi recepcionado pelo comandante Militar do Nordeste, general Marco Antônio Freire Gomes, e pelo comandante da 10ª Região Militar (10ª RM), general de Divisão, Fernando José Soares da Cunha Mattos

O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (14/01), o Comando da 10ª Região Militar, no Centro de Fortaleza. Na ocasião, o Gestor conheceu a ampliação do Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio, que guarda a história dos heróis cearenses na Guerra do Paraguai. Também participaram da visita o secretário-chefe do Gabinete do Prefeito, Marcelo Pinheiro, o secretário municipal de Governo, Samuel Dias, o secretário Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, entre outras autoridades.

O grupo foi recepcionado pelo comandante Militar do Nordeste, general Marco Antônio Freire Gomes, e pelo comandante da 10ª Região Militar (10ª RM), general de Divisão, Fernando José Soares da Cunha Mattos.

O Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio, que é aberto ao público, abriga também o Espaço Brigadeiro Tibúrcio, construído em 2010 e que passou, recentemente, por uma ampliação. O local guarda memórias sobre os heróis cearenses durante a Guerra do Paraguai. O acervo do museu conta com fotos, placas e imagens, como a de Nossa Senhora da Assunção, trazida à Capitania do Ceará em 1654.

prefeito em museu em pé conversando com senhores
Segundo o general Cunha Mattos, cerca de 16 mil pessoas, por ano, visitam o local

Recentemente, um Termo de Cooperação entre Exército e Prefeitura de Fortaleza foi firmado visando a ampliação da área, como explicou o titular da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza (Setfor), Alexandre Pereira. "A 10ª Região Militar é uma grande parceira da Prefeitura porque tornou esse espaço histórico em ponto de visitação. Eles poderiam ter mantido o quartel fechado, mas fizeram questão de expôr isso ao público. E nós fizemos, em parceria com eles, um ponto de informação aqui dentro para atrair a população para cá", destacou.

Segundo o general Cunha Mattos, cerca de 16 mil pessoas, por ano, visitam o local, que oferece ainda outros dois pontos de visitação: a Praça dos Canhões, no Mirante da Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, e o túnel onde acreditam ter sido presa Bárbara de Alencar. "Sem o apoio da Prefeitura, nós não teríamos condições de atrair a população e os turistas. Graças ao Município e às secretarias de Turismo e Cultura, a gente consegue trazer também as escolas para conhecer a história da Cidade, e só temos a ganhar com essa parceria. Temos interesse em ampliá-la e eu tenho certeza que essa conjunção entre Exército, poder público e comunidade tem excelentes frutos a render para a população", comentou.

As visitas, que duram cerca de 30 minutos, acontecem durante toda a semana. O objetivo é que o Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio tenha sempre uma programação composta de atividades históricas e culturais, e seja integrado com a cidade e a população.

"A 10ª Região Militar faz parte da indicação do Passaporte do Turismo. São 10 localidades e passeios imperdíveis em Fortaleza e o Comando faz parte, juntamente com a Catedral. Um dos passeios é a Catedral e depois a 10ª Região Militar, onde o visitante carimba o passaporte e depois segue para os outros locais", completou o General Cunha Mattos.

Prefeito Roberto Cláudio visita Museu do Brigadeiro Antônio de Sampaio, na 10ª Região Militar

O local, que guarda a memória dos heróis cearenses na Guerra do Paraguai, foi ampliado recentemente

prefeito e senhores em pé posando para foto
O grupo foi recepcionado pelo comandante Militar do Nordeste, general Marco Antônio Freire Gomes, e pelo comandante da 10ª Região Militar (10ª RM), general de Divisão, Fernando José Soares da Cunha Mattos

O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (14/01), o Comando da 10ª Região Militar, no Centro de Fortaleza. Na ocasião, o Gestor conheceu a ampliação do Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio, que guarda a história dos heróis cearenses na Guerra do Paraguai. Também participaram da visita o secretário-chefe do Gabinete do Prefeito, Marcelo Pinheiro, o secretário municipal de Governo, Samuel Dias, o secretário Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, entre outras autoridades.

O grupo foi recepcionado pelo comandante Militar do Nordeste, general Marco Antônio Freire Gomes, e pelo comandante da 10ª Região Militar (10ª RM), general de Divisão, Fernando José Soares da Cunha Mattos.

O Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio, que é aberto ao público, abriga também o Espaço Brigadeiro Tibúrcio, construído em 2010 e que passou, recentemente, por uma ampliação. O local guarda memórias sobre os heróis cearenses durante a Guerra do Paraguai. O acervo do museu conta com fotos, placas e imagens, como a de Nossa Senhora da Assunção, trazida à Capitania do Ceará em 1654.

prefeito em museu em pé conversando com senhores
Segundo o general Cunha Mattos, cerca de 16 mil pessoas, por ano, visitam o local

Recentemente, um Termo de Cooperação entre Exército e Prefeitura de Fortaleza foi firmado visando a ampliação da área, como explicou o titular da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza (Setfor), Alexandre Pereira. "A 10ª Região Militar é uma grande parceira da Prefeitura porque tornou esse espaço histórico em ponto de visitação. Eles poderiam ter mantido o quartel fechado, mas fizeram questão de expôr isso ao público. E nós fizemos, em parceria com eles, um ponto de informação aqui dentro para atrair a população para cá", destacou.

Segundo o general Cunha Mattos, cerca de 16 mil pessoas, por ano, visitam o local, que oferece ainda outros dois pontos de visitação: a Praça dos Canhões, no Mirante da Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, e o túnel onde acreditam ter sido presa Bárbara de Alencar. "Sem o apoio da Prefeitura, nós não teríamos condições de atrair a população e os turistas. Graças ao Município e às secretarias de Turismo e Cultura, a gente consegue trazer também as escolas para conhecer a história da Cidade, e só temos a ganhar com essa parceria. Temos interesse em ampliá-la e eu tenho certeza que essa conjunção entre Exército, poder público e comunidade tem excelentes frutos a render para a população", comentou.

As visitas, que duram cerca de 30 minutos, acontecem durante toda a semana. O objetivo é que o Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio tenha sempre uma programação composta de atividades históricas e culturais, e seja integrado com a cidade e a população.

"A 10ª Região Militar faz parte da indicação do Passaporte do Turismo. São 10 localidades e passeios imperdíveis em Fortaleza e o Comando faz parte, juntamente com a Catedral. Um dos passeios é a Catedral e depois a 10ª Região Militar, onde o visitante carimba o passaporte e depois segue para os outros locais", completou o General Cunha Mattos.