31 de janeiro de 2019 em Saúde

Prefeito Roberto Cláudio visita obras do CAPs AD do Cristo Redentor

Gestor também participou do aniversário do primeiro ano do Centro Dia da Barra do Ceará


várias pessoas em pé, posando para a foto
Com investimento de R$ 870 mil e 95% das obras executadas, o novo prédio recebe os acabamentos finais

Dentro das atividades de ampliação dos serviços da Saúde Mental de Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio visitou as obras do Centro de Atenção Psicossocial, Álcool e outras Drogas (CAPs AD) do Cristo Redentor (Regional I), na manhã desta quinta-feira (31/01). O equipamento, que será inaugurado na primeira quinzena de fevereiro, tem papel fundamental na reinserção social de cidadãos, por meio de acompanhamento e promoção na integração desse serviço com a Rede de Atenção da Saúde Municipal.

Com investimento de R$ 870 mil e 95% das obras executadas, o novo prédio recebe os acabamentos finais, mobiliários e equipamentos para promoção dos serviços. O espaço contará com farmácia, cozinha, refeitório, área de descanso e convivência, salas para atendimento, além de recepção e banheiros.

“Esse CAPs será de primeira. Bem equipado, moderno, com novos profissionais concursados para dar a essa população, que tem necessidades muito especiais, o melhor tratamento possível. O paciente poderá ser atendido ambulatorialmente e, quando necessário, internado, passando alguns dias para se desintoxicar e, eventualmente, ser referido para o internamento de longo prazo”, afirmou o Prefeito.

A inauguração do equipamento faz parte de um grande projeto de reestruturação da Rede de Assistência Psicossocial, que é aquela que proporciona atendimento a pacientes com transtornos mentais, ou dependência de álcool e outras drogas. Além de investimentos em obras físicas, Roberto Cláudio realizou o primeiro concurso da história de Fortaleza para esse rede. Os profissionais concursados deverão atuar a partir de junho desse ano.

Joana Maciel, secretária da Saúde, compartilhou outra novidade que trará grandes benefícios aos pacientes atendidos pelos Centros de Atenção Psicossocial, uma nova metodologia de dispensação de medicamentos. “Vamos implantar, também, a entrega de remédios via centrais. Os pacientes que procurarem os CAPs vão saber que existem 41 itens que consideramos prioritários que vamos garantir a entrega, ou no CAPs, ou nas Centrais de Distribuição de Medicamentos, a partir de março”, completou.

Buscando fortalecer esse tipo de serviços, a Prefeitura de Fortaleza já reformou o CAPs da Regional IV, entregou três unidades de acolhimentos novas e inaugurará, neste primeiro semestre, dois CAPs AD. Estão sendo revistos, ainda, todos os processos de trabalho e matriciamento (integração com a Rede de Saúde), para realização dos encaminhamentos adequados.

A Cidade conta com 15 Centros de Atenção Psicossocial, sendo dois para crianças e adolescentes, seis gerais e sete para tratar pessoas em situação de álcool e outras drogas.

Após essa visita, Roberto Cláudio seguiu para verificar o andamento da reforma de Posto de Saúde Virgílio Távora, que será entregue até março de 2019.

Um ano de Centro Dia do Idoso

Dentro da programação da manhã desta quinta (31/01), o prefeito Roberto Cláudio participou da celebração do primeiro ano do Centro Dia da Barra do Ceará. O equipamento é espaço de referência na promoção do cuidado aos idosos.

“A maior razão da minha felicidade é ver este equipamento funcionando, fazendo a diferença, cheio de alegria, promovendo música, dança, terapia ocupacional, apoio psicológico, acompanhamentos. Que esse aniversário de um ano vire muitos outros, com essa casa servindo e acolhendo bem e expandindo os seus trabalhos a esses fortalezenses”, afirmou o Roberto Cláudio

O espaço tem modificado a vida de idosos da Cidade, ofertando assistência para aqueles cuja famílias não têm condições de prover cuidados durante o dia. No local, praticam atividades físicas, tem acesso a atendimento pedagógico, psicológico e terapia ocupacional. Também participam de oficinas de dança, música, leituras e rodas de conversa. A equipe do Centro-Dia presta ainda orientação sobre a importância dos cuidados praticados pelos acompanhantes dos idosos.

“O Centro Dia trouxe muita coisa boa para minha vida. Muitas vezes ficava angustiada em casa e quando venho para cá tudo se renova. Eu estudo, pinto, faço alongamento, toco bateria. Consigo sair dessa tristeza. Esse tempo que passei aqui me tem feito muito bem, transformou minha vida”, disse Maria de Fátima Lourenço da Silva (68), idosa que vê no equipamento local de transformação.

O Centro Dia funciona de segunda-feira a sexta-feira, em dois turnos (manhã e tarde) com mais de 15 profissionais interdisciplinares. Tem como meta atender 60 idosos diariamente (30 por turno), de ambos os sexos, que estejam em situação de pobreza, isolamento social e outras vulnerabilidades, cujo risco pessoal e social compromete a autonomia e pode incorrer em situação de violação de direitos.

Prefeito Roberto Cláudio visita obras do CAPs AD do Cristo Redentor

Gestor também participou do aniversário do primeiro ano do Centro Dia da Barra do Ceará

várias pessoas em pé, posando para a foto
Com investimento de R$ 870 mil e 95% das obras executadas, o novo prédio recebe os acabamentos finais

Dentro das atividades de ampliação dos serviços da Saúde Mental de Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio visitou as obras do Centro de Atenção Psicossocial, Álcool e outras Drogas (CAPs AD) do Cristo Redentor (Regional I), na manhã desta quinta-feira (31/01). O equipamento, que será inaugurado na primeira quinzena de fevereiro, tem papel fundamental na reinserção social de cidadãos, por meio de acompanhamento e promoção na integração desse serviço com a Rede de Atenção da Saúde Municipal.

Com investimento de R$ 870 mil e 95% das obras executadas, o novo prédio recebe os acabamentos finais, mobiliários e equipamentos para promoção dos serviços. O espaço contará com farmácia, cozinha, refeitório, área de descanso e convivência, salas para atendimento, além de recepção e banheiros.

“Esse CAPs será de primeira. Bem equipado, moderno, com novos profissionais concursados para dar a essa população, que tem necessidades muito especiais, o melhor tratamento possível. O paciente poderá ser atendido ambulatorialmente e, quando necessário, internado, passando alguns dias para se desintoxicar e, eventualmente, ser referido para o internamento de longo prazo”, afirmou o Prefeito.

A inauguração do equipamento faz parte de um grande projeto de reestruturação da Rede de Assistência Psicossocial, que é aquela que proporciona atendimento a pacientes com transtornos mentais, ou dependência de álcool e outras drogas. Além de investimentos em obras físicas, Roberto Cláudio realizou o primeiro concurso da história de Fortaleza para esse rede. Os profissionais concursados deverão atuar a partir de junho desse ano.

Joana Maciel, secretária da Saúde, compartilhou outra novidade que trará grandes benefícios aos pacientes atendidos pelos Centros de Atenção Psicossocial, uma nova metodologia de dispensação de medicamentos. “Vamos implantar, também, a entrega de remédios via centrais. Os pacientes que procurarem os CAPs vão saber que existem 41 itens que consideramos prioritários que vamos garantir a entrega, ou no CAPs, ou nas Centrais de Distribuição de Medicamentos, a partir de março”, completou.

Buscando fortalecer esse tipo de serviços, a Prefeitura de Fortaleza já reformou o CAPs da Regional IV, entregou três unidades de acolhimentos novas e inaugurará, neste primeiro semestre, dois CAPs AD. Estão sendo revistos, ainda, todos os processos de trabalho e matriciamento (integração com a Rede de Saúde), para realização dos encaminhamentos adequados.

A Cidade conta com 15 Centros de Atenção Psicossocial, sendo dois para crianças e adolescentes, seis gerais e sete para tratar pessoas em situação de álcool e outras drogas.

Após essa visita, Roberto Cláudio seguiu para verificar o andamento da reforma de Posto de Saúde Virgílio Távora, que será entregue até março de 2019.

Um ano de Centro Dia do Idoso

Dentro da programação da manhã desta quinta (31/01), o prefeito Roberto Cláudio participou da celebração do primeiro ano do Centro Dia da Barra do Ceará. O equipamento é espaço de referência na promoção do cuidado aos idosos.

“A maior razão da minha felicidade é ver este equipamento funcionando, fazendo a diferença, cheio de alegria, promovendo música, dança, terapia ocupacional, apoio psicológico, acompanhamentos. Que esse aniversário de um ano vire muitos outros, com essa casa servindo e acolhendo bem e expandindo os seus trabalhos a esses fortalezenses”, afirmou o Roberto Cláudio

O espaço tem modificado a vida de idosos da Cidade, ofertando assistência para aqueles cuja famílias não têm condições de prover cuidados durante o dia. No local, praticam atividades físicas, tem acesso a atendimento pedagógico, psicológico e terapia ocupacional. Também participam de oficinas de dança, música, leituras e rodas de conversa. A equipe do Centro-Dia presta ainda orientação sobre a importância dos cuidados praticados pelos acompanhantes dos idosos.

“O Centro Dia trouxe muita coisa boa para minha vida. Muitas vezes ficava angustiada em casa e quando venho para cá tudo se renova. Eu estudo, pinto, faço alongamento, toco bateria. Consigo sair dessa tristeza. Esse tempo que passei aqui me tem feito muito bem, transformou minha vida”, disse Maria de Fátima Lourenço da Silva (68), idosa que vê no equipamento local de transformação.

O Centro Dia funciona de segunda-feira a sexta-feira, em dois turnos (manhã e tarde) com mais de 15 profissionais interdisciplinares. Tem como meta atender 60 idosos diariamente (30 por turno), de ambos os sexos, que estejam em situação de pobreza, isolamento social e outras vulnerabilidades, cujo risco pessoal e social compromete a autonomia e pode incorrer em situação de violação de direitos.