01 de fevereiro de 2022 em Meio ambiente

Prefeitura de Fortaleza abre licitação para implantação de 30 Microparques Urbanos

Projeto dos Microparques preza pelo pertencimento e responsabilidade compartilhada na criação de espaços verdes em Fortaleza


A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), lançou edital de licitação para contratação de empresa que atuará na implantação de 30 microparques urbanos em Fortaleza. As propostas poderão ser enviadas até o dia 21 de fevereiro.

Edital de licitação

Os 30 parques contemplados por esta licitação estão no escopo do Programa Fortaleza Cidade Sustentável. As obras incluem, além dos serviços preliminares, serviços de assentamento de passeios com intertravado de concreto, meio-fio pré-moldado, pavimentação, kits mobiliários, quadra de areia, lixeira subterrânea, demolição de pavimento e paisagismo. Todos os serviços deverão ser executados no prazo máximo de 20 meses, a partir da data de emissão/recebimento da respectiva Ordem de Serviço.

O projeto dos microparques usa o conceito de parques naturalizados, isto é, brinquedos, mobiliários e instalações são pensadas a partir de elementos naturais já existentes no espaço. Eles transformam pequenas áreas antes degradadas, em especial próximas a creches, escolas e outros equipamentos públicos, em ambientes verdes com intervenções que atendam as principais demandas apontadas pela população beneficiada. 

“O mais interessante nesse projeto dos microparques é que ele se desenvolve a partir do pertencimento da sociedade de seu entorno. Antes das obras há um trabalho de escuta social e depois a própria população cuidará da manutenção do espaço”, explica a secretária Luciana Lobo, titular da Seuma. A proposta de implantação inclui 5 meses de manutenção por parte da empresa executora. Nesse período ela é responsável por repassar para a população a metodologia de cuidados com o parque, de forma que os moradores sejam adotantes do espaço. “Essa á uma ideia rica, bonita, porque envolve realmente as pessoas naquilo que é delas, que é para elas”, complementa a secretária.

Fortaleza conta hoje com dois microparques, idealizados e articulados pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), e o projeto faz parte da Rede Urban95, com a parceria de diversas entidades. O primeiro inaugurado foi o José Leon, no bairro Cidade dos Funcionários e, em outubro de 2021, a Prefeitura entregou o Seu Zequinha, na Barra do Ceará.



Prefeitura de Fortaleza abre licitação para implantação de 30 Microparques Urbanos

Projeto dos Microparques preza pelo pertencimento e responsabilidade compartilhada na criação de espaços verdes em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), lançou edital de licitação para contratação de empresa que atuará na implantação de 30 microparques urbanos em Fortaleza. As propostas poderão ser enviadas até o dia 21 de fevereiro.

Edital de licitação

Os 30 parques contemplados por esta licitação estão no escopo do Programa Fortaleza Cidade Sustentável. As obras incluem, além dos serviços preliminares, serviços de assentamento de passeios com intertravado de concreto, meio-fio pré-moldado, pavimentação, kits mobiliários, quadra de areia, lixeira subterrânea, demolição de pavimento e paisagismo. Todos os serviços deverão ser executados no prazo máximo de 20 meses, a partir da data de emissão/recebimento da respectiva Ordem de Serviço.

O projeto dos microparques usa o conceito de parques naturalizados, isto é, brinquedos, mobiliários e instalações são pensadas a partir de elementos naturais já existentes no espaço. Eles transformam pequenas áreas antes degradadas, em especial próximas a creches, escolas e outros equipamentos públicos, em ambientes verdes com intervenções que atendam as principais demandas apontadas pela população beneficiada. 

“O mais interessante nesse projeto dos microparques é que ele se desenvolve a partir do pertencimento da sociedade de seu entorno. Antes das obras há um trabalho de escuta social e depois a própria população cuidará da manutenção do espaço”, explica a secretária Luciana Lobo, titular da Seuma. A proposta de implantação inclui 5 meses de manutenção por parte da empresa executora. Nesse período ela é responsável por repassar para a população a metodologia de cuidados com o parque, de forma que os moradores sejam adotantes do espaço. “Essa á uma ideia rica, bonita, porque envolve realmente as pessoas naquilo que é delas, que é para elas”, complementa a secretária.

Fortaleza conta hoje com dois microparques, idealizados e articulados pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), e o projeto faz parte da Rede Urban95, com a parceria de diversas entidades. O primeiro inaugurado foi o José Leon, no bairro Cidade dos Funcionários e, em outubro de 2021, a Prefeitura entregou o Seu Zequinha, na Barra do Ceará.