15 de julho de 2013 em Educação

Prefeitura de Fortaleza anuncia investimentos de R$ 512 milhões em educação

Durante a abertura da Conferência Municipal da Educação de Fortaleza, foram empossados novos diretores e vice-diretores da rede pública do Município


O evento prossegue até quarta-feira, no Centro de Eventos (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza anunciou o Plano de Investimentos para a Educação no período 2013-2015. Nele, as ações somam R$ 512 milhões. O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio, na manhã desta segunda-feira (15/7), durante a abertura da III Conferência Municipal da Educação de Fortaleza (CME), no Centro de Eventos do Ceará.

Segundo secretário de educação, Ivo Gomes, a meta é que todas as crianças de até sete anos saibam ler, escrever e interpretar textos. Para isso, R$ 129,6 milhões estão destinados para a construção de 91 centros de educação infantil e R$ 19 milhões, para a construção e reforma de unidades escolares de ensino fundamental. Em uma parceria do Governo Federal com o Governo do Estado, 35 novas escolas de tempo integral – cada uma para cerca de 600 alunos do 6º ao 9º ano – começam a funcionar em 2015, sendo que seis delas abrem como projetos-pilotos ainda em 2014. Desse total, 29 estarão em prédios novos, o que totaliza um investimento de R$ 281 milhões.
       
Para o transporte escolar e para atividades de campo, serão adquiridos 40 ônibus acessíveis, o que custará R$ 5,28 milhões. Já para o mobiliário escolar, estão destinados R$ 18 milhões de reais, para 58.715 equipamentos. Além disso, 49 quadras poliesportivas serão construídas em escolas que já existem e precisam dessa estrutura, o que soma R$ 24,7 milhões, vindos do Governo Federal. O novo fardamento também foi apresentado, com dois modelos de mochila, sandália e farda para aulas de educação física.
       
Em uma parceria com a Empresa de Tecnologia da Informação do Estado do Ceará (Etice), serão investidos R$ 3 milhões de reais para ligar todas as escolas de Fortaleza em um cinturão digital com fibra ótica, o que proporcionará internet de alta velocidade. Um canal virtual para alunos, professores e pais está sendo desenvolvido e entrará no ar em 3 de fevereiro de 2014, no primeiro dia de aula da rede municipal. Está sendo criado também o Departamento de Segurança Escolar, o qual terá 40 viaturas e 240 inspetores trabalhando para garantir a tranquilidade nas proximidades das escolas.
       
Visando à capacitação e formação dos professores, será criada a Academia do Professor de Fortaleza, na rua Dona Leopoldina, 907. Nela, estará disponível uma equipe de fonoaudiólogos, psiquiatras, fisioterapeutas, além de um centro de esportes, biblioteca e laboratório de informática, para todos os professores do município. Para a Academia, serão destinados R$ 3 milhões, a partir de uma parceria com o Governo do Estado. Roberto Cláudio deixou claro que “só anunciamos o que tem recurso em caixa” e que a soma de R$ 512 milhões de reais na educação é a maior de que se tem registro no Município.
       
Na ocasião, também foram assinados o Decreto municipal para a criação do Programa de Segurança Escolar, o Termo de Cooperação entre a SME e a Guarda Municipal, o Termo de Cooperação entre Prefeitura e Etice, o convênio com a SME para a reforma das unidades de ensino, o Termo de compromisso para a construção de escolas de tempo integral e foi também lançado o edital de chamada pública para a agricultura familiar.
       
Ainda durante a abertura da Conferência, foi assinado o ato de nomeação de 326 novos diretores e vice-diretores da rede municipal de educação, escolhidos por meio de seleção pública. A professora Teresa Fechine, que representou todos os novos empossados, declarou que a educação em Fortaleza vive um momento histórico, “porque os diretores estão assumindo por mérito próprio” e completou dizendo que “hoje é uma começo de um novo tempo, um tempo de renovação”.
     
Conferência Municipal da Educação

O principal objetivo da III Conferência Municipal da Educação é avaliar e discutir as políticas públicas de educação no município de Fortaleza e um modelo capaz de contribuir com a elevação dos índices de aprendizagem dos estudantes das escolas da rede pública municipal.

Nos três dias da Conferência, o público poderá participar de palestras, ministradas por especialistas renomados nacional e internacionalmente, de oficinas e de uma mini-feira do livro. Também haverá espaços exclusivos para crianças e adolescentes com oficinas de leitura e arte, brinquedoteca e apresentações artísticas.

Ainda serão eleitos no encontro 61 delegados para representar a Capital na Conferência Estadual de Educação, que ocorrerá de 19 a 21 de setembro de 2013. A partir do encontro estadual sairão os delegados para a Conferência Nacional, que ocorrerá em Brasília, no período de 17 a 21 de fevereiro do próximo ano.

O evento prossegue até quarta-feira, no Centro de Eventos. Para mais informações, acesse http://www.cmefortaleza.com.br/

Clique aqui para acessar o álbum com mais fotos da abertura da Conferência.

Prefeitura de Fortaleza anuncia investimentos de R$ 512 milhões em educação

Durante a abertura da Conferência Municipal da Educação de Fortaleza, foram empossados novos diretores e vice-diretores da rede pública do Município

O evento prossegue até quarta-feira, no Centro de Eventos (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza anunciou o Plano de Investimentos para a Educação no período 2013-2015. Nele, as ações somam R$ 512 milhões. O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio, na manhã desta segunda-feira (15/7), durante a abertura da III Conferência Municipal da Educação de Fortaleza (CME), no Centro de Eventos do Ceará.

Segundo secretário de educação, Ivo Gomes, a meta é que todas as crianças de até sete anos saibam ler, escrever e interpretar textos. Para isso, R$ 129,6 milhões estão destinados para a construção de 91 centros de educação infantil e R$ 19 milhões, para a construção e reforma de unidades escolares de ensino fundamental. Em uma parceria do Governo Federal com o Governo do Estado, 35 novas escolas de tempo integral – cada uma para cerca de 600 alunos do 6º ao 9º ano – começam a funcionar em 2015, sendo que seis delas abrem como projetos-pilotos ainda em 2014. Desse total, 29 estarão em prédios novos, o que totaliza um investimento de R$ 281 milhões.
       
Para o transporte escolar e para atividades de campo, serão adquiridos 40 ônibus acessíveis, o que custará R$ 5,28 milhões. Já para o mobiliário escolar, estão destinados R$ 18 milhões de reais, para 58.715 equipamentos. Além disso, 49 quadras poliesportivas serão construídas em escolas que já existem e precisam dessa estrutura, o que soma R$ 24,7 milhões, vindos do Governo Federal. O novo fardamento também foi apresentado, com dois modelos de mochila, sandália e farda para aulas de educação física.
       
Em uma parceria com a Empresa de Tecnologia da Informação do Estado do Ceará (Etice), serão investidos R$ 3 milhões de reais para ligar todas as escolas de Fortaleza em um cinturão digital com fibra ótica, o que proporcionará internet de alta velocidade. Um canal virtual para alunos, professores e pais está sendo desenvolvido e entrará no ar em 3 de fevereiro de 2014, no primeiro dia de aula da rede municipal. Está sendo criado também o Departamento de Segurança Escolar, o qual terá 40 viaturas e 240 inspetores trabalhando para garantir a tranquilidade nas proximidades das escolas.
       
Visando à capacitação e formação dos professores, será criada a Academia do Professor de Fortaleza, na rua Dona Leopoldina, 907. Nela, estará disponível uma equipe de fonoaudiólogos, psiquiatras, fisioterapeutas, além de um centro de esportes, biblioteca e laboratório de informática, para todos os professores do município. Para a Academia, serão destinados R$ 3 milhões, a partir de uma parceria com o Governo do Estado. Roberto Cláudio deixou claro que “só anunciamos o que tem recurso em caixa” e que a soma de R$ 512 milhões de reais na educação é a maior de que se tem registro no Município.
       
Na ocasião, também foram assinados o Decreto municipal para a criação do Programa de Segurança Escolar, o Termo de Cooperação entre a SME e a Guarda Municipal, o Termo de Cooperação entre Prefeitura e Etice, o convênio com a SME para a reforma das unidades de ensino, o Termo de compromisso para a construção de escolas de tempo integral e foi também lançado o edital de chamada pública para a agricultura familiar.
       
Ainda durante a abertura da Conferência, foi assinado o ato de nomeação de 326 novos diretores e vice-diretores da rede municipal de educação, escolhidos por meio de seleção pública. A professora Teresa Fechine, que representou todos os novos empossados, declarou que a educação em Fortaleza vive um momento histórico, “porque os diretores estão assumindo por mérito próprio” e completou dizendo que “hoje é uma começo de um novo tempo, um tempo de renovação”.
     
Conferência Municipal da Educação

O principal objetivo da III Conferência Municipal da Educação é avaliar e discutir as políticas públicas de educação no município de Fortaleza e um modelo capaz de contribuir com a elevação dos índices de aprendizagem dos estudantes das escolas da rede pública municipal.

Nos três dias da Conferência, o público poderá participar de palestras, ministradas por especialistas renomados nacional e internacionalmente, de oficinas e de uma mini-feira do livro. Também haverá espaços exclusivos para crianças e adolescentes com oficinas de leitura e arte, brinquedoteca e apresentações artísticas.

Ainda serão eleitos no encontro 61 delegados para representar a Capital na Conferência Estadual de Educação, que ocorrerá de 19 a 21 de setembro de 2013. A partir do encontro estadual sairão os delegados para a Conferência Nacional, que ocorrerá em Brasília, no período de 17 a 21 de fevereiro do próximo ano.

O evento prossegue até quarta-feira, no Centro de Eventos. Para mais informações, acesse http://www.cmefortaleza.com.br/

Clique aqui para acessar o álbum com mais fotos da abertura da Conferência.