26 de setembro de 2013 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza implanta Programa de Telemedicina em postos de saúde

O lançamento do serviço acontece nesta sexta-feira (27/9), às 14h, no Posto de Saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz


A UFC vai ceder 20 kits compostos de monitor, computador, webcam, fone de ouvido e acesso à internet (Foto: Queiroz Netto)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vai implantar o Programa de Telemedicina nos postos de saúde municipais. O lançamento do serviço acontece nesta sexta-feira (27/9), às 14h, no Posto de Saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz. A unidade acolherá o projeto piloto para que em seguida seja instalado em outros postos da rede.

O serviço será viabilizado por meio de convênio entre a SMS e a Universidade Federal do Ceará (UFC), que vai ceder 20 kits compostos de monitor, computador, webcam, fone de ouvido e acesso à internet, ferramentas necessárias para a atividade.

O Programa visa a orientar e capacitar os profissionais das equipes do Programa Saúde da Família por meio de videoconferência em parceria com universidades federais e demais instituições que possam contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde prestados à população na atenção primária.

Médicos, enfermeiros e dentistas terão acesso a teleconsultores de diversas especialidades, por meio de web aulas e ciclo de palestras, propiciando acesso a relatos com experiências em educação e saúde, além da participação em sessões de cardiologia, conhecendo casos clínicos de maior ocorrência na Atenção Primária do Hospital Universitário Walter Cantídio. O convênio prevê ainda a implantação de serviços como Telecardiologia, Telepediatria e Teledermatologia.

“A capacitação dos profissionais da atenção primária e o acesso a novas tecnologias que permitem atualização de conhecimentos em diversas áreas da saúde são ações que a SMS traz com o objetivo de qualificar e melhorar cada vez mais o atendimento à nossa população”, ressaltou a secretária de Saúde do Município, Socorro Martins.

Prefeitura de Fortaleza implanta Programa de Telemedicina em postos de saúde

O lançamento do serviço acontece nesta sexta-feira (27/9), às 14h, no Posto de Saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz

A UFC vai ceder 20 kits compostos de monitor, computador, webcam, fone de ouvido e acesso à internet (Foto: Queiroz Netto)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vai implantar o Programa de Telemedicina nos postos de saúde municipais. O lançamento do serviço acontece nesta sexta-feira (27/9), às 14h, no Posto de Saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz. A unidade acolherá o projeto piloto para que em seguida seja instalado em outros postos da rede.

O serviço será viabilizado por meio de convênio entre a SMS e a Universidade Federal do Ceará (UFC), que vai ceder 20 kits compostos de monitor, computador, webcam, fone de ouvido e acesso à internet, ferramentas necessárias para a atividade.

O Programa visa a orientar e capacitar os profissionais das equipes do Programa Saúde da Família por meio de videoconferência em parceria com universidades federais e demais instituições que possam contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde prestados à população na atenção primária.

Médicos, enfermeiros e dentistas terão acesso a teleconsultores de diversas especialidades, por meio de web aulas e ciclo de palestras, propiciando acesso a relatos com experiências em educação e saúde, além da participação em sessões de cardiologia, conhecendo casos clínicos de maior ocorrência na Atenção Primária do Hospital Universitário Walter Cantídio. O convênio prevê ainda a implantação de serviços como Telecardiologia, Telepediatria e Teledermatologia.

“A capacitação dos profissionais da atenção primária e o acesso a novas tecnologias que permitem atualização de conhecimentos em diversas áreas da saúde são ações que a SMS traz com o objetivo de qualificar e melhorar cada vez mais o atendimento à nossa população”, ressaltou a secretária de Saúde do Município, Socorro Martins.