04 de setembro de 2018 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza prorroga campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo até 14 de setembro

Em visita ao posto Matos Dourado, o prefeito Roberto Cláudio anunciou essa e outras medidas para reforçar a imunização no Município


prefeito roberto cláudio brinca com uma criança que está no colo da mãe
Durante visita ao posto de saúde Matos Dourado, o Prefeito reforçou a importância da imunização contra pólio e sarampo

A campanha de vacinação contra poliomelite e sarampo prossegue em todos os postos de saúde de Fortaleza até 14 de setembro. Além disso, no próximo sábado (08/09), haverá uma grande mobilização quando as doses serão ofertadas nas sete Centrais de Medicamento da Cidade, localizadas nos terminais de ônibus, e em praças centrais de todas as Regionais. O anúncio dessas medidas foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio, na manhã desta terça-feira (04/09), durante visita ao posto de saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz (Regional VI).

Segundo Roberto Cláudio, as ações têm por objetivo conscientizar os pais e responsáveis que ainda não levaram seus filhos. A necessidade se dá pelo surgimento de casos do vírus da poliomielite, que pode causar paralisia infantil e do sarampo, em alguns estados do Brasil. “Se você tiver conhecimento de alguma criança entre 1 e 5 anos de vida que ainda não foi vacinada, por favor, converse com o pai, com a mãe ou com o responsável para levá-la a um dos nossos postos de saúde. O nosso maior desafio é alcançar esse universo de 27 mil crianças que ainda faltam ser vacinada”, afirmou o Prefeito.

Fortaleza já conta com mais de 77% da população alvo vacinada, no entanto a meta é alcançar 95% das crianças com a faixa etária de vacinação. Joana Maciel, secretária da Saúde, afirmou que a Gestão vem fazendo o papel de casa para a prevenção dessas duas doenças, mas que o engajamento de todos é necessário. “Estamos colocando nossos equipamentos à disposição com vacinas, salas, estrutura e pessoal. Mas nós precisamos que os pais, as mães, os avós e os tios nos ajudem. Levem as crianças para vacinar nas nossas unidades e nas Centrais de Medicamento para que possamos evitar que essas doenças tão graves cheguem até nós”, declarou.

Para Aderjon Saraiva, pai de uma das crianças vacinadas no posto Matos Dourado, a Prefeitura vem fazendo o trabalho dela. Agora, os responsáveis têm que fazer os deles. “Temos que vacinar. É algo simples, rápido. É só cumprir o calendário. Os postos de saúde têm todas as vacinas. É só ir lá e vacinar. Temos que ter cuidado com nossos filhos e ainda ajudar na prevenção das doenças em outras crianças também. Temos que pôr a saúde deles sempre em primeiro lugar”, disse.

Como forma de incentivo e estímulo do engajamento das equipes de saúde da família, a Prefeitura de Fortaleza irá ainda premiar os agentes de saúde que baterem as metas de vacinação com tablets, possibilitando a qualificação do seu trabalho.

Fim de semana prolongado
A campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite prossegue durante todo este fim de semana prolongado. Na sexta-feira (07/09), os postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana estarão vacinando das 8h às 16h30. Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai estar com equipes de imunização nos seguintes locais: desfile de 7 de setembro, das 8h às 12h, ao lado do container do Bike Vida; Praça do Lago Jacarey, das 17h às 20h; Praça Argentina Castelo Branco, das 17h às 20h; e no Circo Marcos Frota, das 16h às 19h.

No sábado (08/09), as ações estratégicas de vacinação da SMS continuam.

No domingo (09/10), a campanha segue com a abertura da sala de vacinação dos postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana, das 8h às 16h30. Além disso, uma equipe de vacinação estará no Circo Marcos Frota, das 16h às 19h.

Fortaleza já aplicou mais de 116 mil doses das vacinas, imunizando cerca de 84% da população alvo. No entanto, a meta é alcançar 95% das crianças com a faixa etária de 1 a menores de 5 anos. Joana Maciel, secretária da Saúde, afirmou que a Gestão vem fazendo a terefa de casa para a prevenção dessas duas doenças, mas que o engajamento de todos é necessário. “Estamos colocando nossos equipamentos à disposição com vacinas, salas, estrutura e pessoal. Mas nós precisamos que os pais, as mães, os avós e os tios nos ajudem. Levem as crianças para vacinar e, com isso, possamos evitar que essas doenças tão graves cheguem até nós”, declarou.

Confira aqui os postos de saúde da Capital

Prefeitura de Fortaleza prorroga campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo até 14 de setembro

Em visita ao posto Matos Dourado, o prefeito Roberto Cláudio anunciou essa e outras medidas para reforçar a imunização no Município

prefeito roberto cláudio brinca com uma criança que está no colo da mãe
Durante visita ao posto de saúde Matos Dourado, o Prefeito reforçou a importância da imunização contra pólio e sarampo

A campanha de vacinação contra poliomelite e sarampo prossegue em todos os postos de saúde de Fortaleza até 14 de setembro. Além disso, no próximo sábado (08/09), haverá uma grande mobilização quando as doses serão ofertadas nas sete Centrais de Medicamento da Cidade, localizadas nos terminais de ônibus, e em praças centrais de todas as Regionais. O anúncio dessas medidas foi feito pelo prefeito Roberto Cláudio, na manhã desta terça-feira (04/09), durante visita ao posto de saúde Matos Dourado, no Edson Queiroz (Regional VI).

Segundo Roberto Cláudio, as ações têm por objetivo conscientizar os pais e responsáveis que ainda não levaram seus filhos. A necessidade se dá pelo surgimento de casos do vírus da poliomielite, que pode causar paralisia infantil e do sarampo, em alguns estados do Brasil. “Se você tiver conhecimento de alguma criança entre 1 e 5 anos de vida que ainda não foi vacinada, por favor, converse com o pai, com a mãe ou com o responsável para levá-la a um dos nossos postos de saúde. O nosso maior desafio é alcançar esse universo de 27 mil crianças que ainda faltam ser vacinada”, afirmou o Prefeito.

Fortaleza já conta com mais de 77% da população alvo vacinada, no entanto a meta é alcançar 95% das crianças com a faixa etária de vacinação. Joana Maciel, secretária da Saúde, afirmou que a Gestão vem fazendo o papel de casa para a prevenção dessas duas doenças, mas que o engajamento de todos é necessário. “Estamos colocando nossos equipamentos à disposição com vacinas, salas, estrutura e pessoal. Mas nós precisamos que os pais, as mães, os avós e os tios nos ajudem. Levem as crianças para vacinar nas nossas unidades e nas Centrais de Medicamento para que possamos evitar que essas doenças tão graves cheguem até nós”, declarou.

Para Aderjon Saraiva, pai de uma das crianças vacinadas no posto Matos Dourado, a Prefeitura vem fazendo o trabalho dela. Agora, os responsáveis têm que fazer os deles. “Temos que vacinar. É algo simples, rápido. É só cumprir o calendário. Os postos de saúde têm todas as vacinas. É só ir lá e vacinar. Temos que ter cuidado com nossos filhos e ainda ajudar na prevenção das doenças em outras crianças também. Temos que pôr a saúde deles sempre em primeiro lugar”, disse.

Como forma de incentivo e estímulo do engajamento das equipes de saúde da família, a Prefeitura de Fortaleza irá ainda premiar os agentes de saúde que baterem as metas de vacinação com tablets, possibilitando a qualificação do seu trabalho.

Fim de semana prolongado
A campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite prossegue durante todo este fim de semana prolongado. Na sexta-feira (07/09), os postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana estarão vacinando das 8h às 16h30. Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai estar com equipes de imunização nos seguintes locais: desfile de 7 de setembro, das 8h às 12h, ao lado do container do Bike Vida; Praça do Lago Jacarey, das 17h às 20h; Praça Argentina Castelo Branco, das 17h às 20h; e no Circo Marcos Frota, das 16h às 19h.

No sábado (08/09), as ações estratégicas de vacinação da SMS continuam.

No domingo (09/10), a campanha segue com a abertura da sala de vacinação dos postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana, das 8h às 16h30. Além disso, uma equipe de vacinação estará no Circo Marcos Frota, das 16h às 19h.

Fortaleza já aplicou mais de 116 mil doses das vacinas, imunizando cerca de 84% da população alvo. No entanto, a meta é alcançar 95% das crianças com a faixa etária de 1 a menores de 5 anos. Joana Maciel, secretária da Saúde, afirmou que a Gestão vem fazendo a terefa de casa para a prevenção dessas duas doenças, mas que o engajamento de todos é necessário. “Estamos colocando nossos equipamentos à disposição com vacinas, salas, estrutura e pessoal. Mas nós precisamos que os pais, as mães, os avós e os tios nos ajudem. Levem as crianças para vacinar e, com isso, possamos evitar que essas doenças tão graves cheguem até nós”, declarou.

Confira aqui os postos de saúde da Capital

Sms