22 de dezembro de 2013 em Fortaleza

Prefeitura entrega mais dois postos de saúde nas Regionais I e IV

As duas unidades funcionarão de acordo com o novo padrão da atual gestão municipal: de 7h às 19h


Com mais essas duas obras finalizadas, agora são 19 unidades básicas de saúde entregues à população

Foram entregues, na manhã desse sábado (21/12), mais dois postos de saúde completamente reformados e equipados. A população das Regionais I e IV recebeu, respectivamente, a unidade Virgílio Távora e Abel Pinto. As cerimônias de reinauguração foram acompanhadas por moradores, líderes comunitários e representantes da Prefeitura de Fortaleza, como a secretaria de saúde do município, Socorro Martins, da educação, Ivo Gomes, e os secretários das Regionais I e IV, Guilherme Teles e Airton Mourão.

As duas unidades já começarão a funcionar na segunda-feira, dia 23. O posto de saúde Abel Pinto, no Demócrito Rocha, possui três equipes completas do Programa Saúde da Família (PSF), além de uma equipe de Núcleo de Apoio Saúde da Família (NASF). Já o Virgílio Távora, que fica no bairro Cristo Redentor, terá, diariamente, cinco equipes do PSF e uma equipe NASF.

Estruturalmente, os novos postos contam com ar condicionados em todos os consultórios, salas de coleta, salas de espera com televisores, farmácias completas, prontuário eletrônico e instalações adaptadas para portadores de deficiências. A dona de casa Maria Eleuda Pereira, que é vizinha do posto Abel Pinto, conta que antes dessa reforma, “o posto existia, mas não funcionava. Tudo era quebrado; a gente se consultava, mas não tinha medicamento. Agora, estamos com muita esperança. Não vai mais precisar chegar de madrugada para pegar senha de atendimento”.

Roberto Cláudio definiu, na ocasião, uma nova etapa após a entrega dos postos de saúde, dizendo que “agora é acompanhar o funcionamento e fazer o posto funcionar, monitorando o atendimento do médico à população”. E sugeriu aos usuários do sistema de saúde que “se algum dia faltar médico, é para cobrar do coordenador do posto, para saber o que aconteceu, por que agora, durante as 12 horas de funcionamento, é para ter pelo menos um médico atendendo”.

Conversando com os moradores presentes na reinauguração do posto Virgílio Távora, o prefeito pediu que eles zelassem pelo prédio, por que “ele é de vocês e construímos com o dinheiro de vocês. Quanto mais ele for cuidado, mais ele vai durar”. E confirmou com a secretária Socorro Martins que, na área restante do terreno do posto, será construído, no primeiro semestre do ano que vem, uma unidade de acolhimento para dependentes químicos.

Com mais essas duas obras finalizadas, agora são 19 unidades básicas de saúde entregues à população. Até o final de janeiro, o total deve somar 45 postos totalmente reestruturados e, em março de 2014, todas as 92 unidades já existentes devem ser reinauguradas no mesmo padrão. Além disso, estão em processo de construção outros 22 postos de saúde e, já em janeiro próximo, duas Unidades de Pronto Atendimento (Upas) da prefeitura devem estar funcionando. “Todas as obras iniciadas possuem dinheiro em caixa”, declarou o prefeito, agradecendo o apoio dos Governos Estadual e Federal que, juntamente com recursos próprios da prefeitura, estão viabilizando a entrega de postos como os desse sábado.

Prefeitura entrega mais dois postos de saúde nas Regionais I e IV

As duas unidades funcionarão de acordo com o novo padrão da atual gestão municipal: de 7h às 19h

Com mais essas duas obras finalizadas, agora são 19 unidades básicas de saúde entregues à população

Foram entregues, na manhã desse sábado (21/12), mais dois postos de saúde completamente reformados e equipados. A população das Regionais I e IV recebeu, respectivamente, a unidade Virgílio Távora e Abel Pinto. As cerimônias de reinauguração foram acompanhadas por moradores, líderes comunitários e representantes da Prefeitura de Fortaleza, como a secretaria de saúde do município, Socorro Martins, da educação, Ivo Gomes, e os secretários das Regionais I e IV, Guilherme Teles e Airton Mourão.

As duas unidades já começarão a funcionar na segunda-feira, dia 23. O posto de saúde Abel Pinto, no Demócrito Rocha, possui três equipes completas do Programa Saúde da Família (PSF), além de uma equipe de Núcleo de Apoio Saúde da Família (NASF). Já o Virgílio Távora, que fica no bairro Cristo Redentor, terá, diariamente, cinco equipes do PSF e uma equipe NASF.

Estruturalmente, os novos postos contam com ar condicionados em todos os consultórios, salas de coleta, salas de espera com televisores, farmácias completas, prontuário eletrônico e instalações adaptadas para portadores de deficiências. A dona de casa Maria Eleuda Pereira, que é vizinha do posto Abel Pinto, conta que antes dessa reforma, “o posto existia, mas não funcionava. Tudo era quebrado; a gente se consultava, mas não tinha medicamento. Agora, estamos com muita esperança. Não vai mais precisar chegar de madrugada para pegar senha de atendimento”.

Roberto Cláudio definiu, na ocasião, uma nova etapa após a entrega dos postos de saúde, dizendo que “agora é acompanhar o funcionamento e fazer o posto funcionar, monitorando o atendimento do médico à população”. E sugeriu aos usuários do sistema de saúde que “se algum dia faltar médico, é para cobrar do coordenador do posto, para saber o que aconteceu, por que agora, durante as 12 horas de funcionamento, é para ter pelo menos um médico atendendo”.

Conversando com os moradores presentes na reinauguração do posto Virgílio Távora, o prefeito pediu que eles zelassem pelo prédio, por que “ele é de vocês e construímos com o dinheiro de vocês. Quanto mais ele for cuidado, mais ele vai durar”. E confirmou com a secretária Socorro Martins que, na área restante do terreno do posto, será construído, no primeiro semestre do ano que vem, uma unidade de acolhimento para dependentes químicos.

Com mais essas duas obras finalizadas, agora são 19 unidades básicas de saúde entregues à população. Até o final de janeiro, o total deve somar 45 postos totalmente reestruturados e, em março de 2014, todas as 92 unidades já existentes devem ser reinauguradas no mesmo padrão. Além disso, estão em processo de construção outros 22 postos de saúde e, já em janeiro próximo, duas Unidades de Pronto Atendimento (Upas) da prefeitura devem estar funcionando. “Todas as obras iniciadas possuem dinheiro em caixa”, declarou o prefeito, agradecendo o apoio dos Governos Estadual e Federal que, juntamente com recursos próprios da prefeitura, estão viabilizando a entrega de postos como os desse sábado.

Sms