Prefeitura inicia 2ª etapa de distribuição de cestas básicas para taxistas, motoristas de apps, catadores e outros trabalhadores

04 de maio de 2021 em Economia

Prefeitura inicia 2ª etapa de distribuição de cestas básicas para taxistas, motoristas de apps, catadores e outros trabalhadores

Os beneficiários que não receberam a cesta básica na primeira etapa podem retirar duas cestas, equivalentes aos meses de abril e maio


homem usando colete de mototaxista faz sinal de positivo para a câmera enquanto segura uma cesta básica
A entrega das cestas básicas ocorre em seis escolas municipais (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta terça-feira (04/05), a segunda etapa de distribuição das cestas básicas para os 15 mil trabalhadores cadastrados no Projeto Renda em Casa. A ação beneficia o grupo formado por taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativo, motoristas de transporte escolar, carroceiros, catadores de recicláveis e guias de turismo. Os beneficiários que não receberam a cesta básica na primeira etapa podem retirar duas cestas, equivalentes aos meses de abril e maio. Para ter acesso ao Renda em Casa é necessário estar na base de dados do Município com cadastro ativo até 1º de março de 2021.

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), que coordena a ação, também está disponibilizando auxílio financeiro no valor de R$ 100, equivalente aos meses de abril e maio, para feirantes, ambulantes, artesãos e empreendedores cadastrados nos projetos Meu Carrinho Empreendedor, Mulher Empreendedora e Meu Bairro Empreendedor. Os empreendedores beneficiários devem atualizar seus dados, como forma de garantir que as informações estejam corretas. Ao todo, 5.496 pessoas estão aptas a receber o auxílio financeiro.

A iniciativa permite que empreendedores cadastrados no Município possam ter condições mínimas de subsistência neste período de calamidade pública, causado pelo novo coronavírus. O Projeto Renda em Casa atenderá até 20.500 pessoas e integra o Programa Fortaleza por Todos, pacote de ações de proteção social destinado à população mais vulnerável da Capital.

Cestas básicas

A entrega das cestas básicas ocorre em seis escolas municipais e a consulta pode ser feita no site https://rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br por meio do CPF cadastrado. As equipes da SDE estão fazendo contato direto com os beneficiários por telefonemas ou mensagens via WhatsApp, orientando que acessem o site para confirmação dos dados. Reforçamos que não adianta ir à escola sem receber a ligação da Prefeitura. Para evitar aglomerações, a entrega só será feita para pessoas cadastradas no dia e local agendados. Para receber a cesta, é necessário apresentar documento oficial com foto. O uso de máscara de proteção é obrigatório.

Auxílio financeiro

Os empreendedores cadastrados devem atualizar seus dados, como forma de garantir que as informações estejam corretas e o auxílio de R$ 100 seja recebido. A atualização também deve ser feita no site https://rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br. O beneficiário deve apresentar cópia digital de documento de identificação (RG e CPF), além do comprovante de endereço atualizado. Todo o processo está sendo avaliado por uma comissão técnica da SDE. O repasse do auxílio em dinheiro será realizado por meio de transferência ou ordem bancária realizada diretamente ao beneficiário. Para dúvidas e esclarecimentos está sendo disponibilizado o e-mai: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br e o telefone 0800 081 4141.

Prefeitura inicia 2ª etapa de distribuição de cestas básicas para taxistas, motoristas de apps, catadores e outros trabalhadores

Os beneficiários que não receberam a cesta básica na primeira etapa podem retirar duas cestas, equivalentes aos meses de abril e maio

homem usando colete de mototaxista faz sinal de positivo para a câmera enquanto segura uma cesta básica
A entrega das cestas básicas ocorre em seis escolas municipais (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta terça-feira (04/05), a segunda etapa de distribuição das cestas básicas para os 15 mil trabalhadores cadastrados no Projeto Renda em Casa. A ação beneficia o grupo formado por taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativo, motoristas de transporte escolar, carroceiros, catadores de recicláveis e guias de turismo. Os beneficiários que não receberam a cesta básica na primeira etapa podem retirar duas cestas, equivalentes aos meses de abril e maio. Para ter acesso ao Renda em Casa é necessário estar na base de dados do Município com cadastro ativo até 1º de março de 2021.

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), que coordena a ação, também está disponibilizando auxílio financeiro no valor de R$ 100, equivalente aos meses de abril e maio, para feirantes, ambulantes, artesãos e empreendedores cadastrados nos projetos Meu Carrinho Empreendedor, Mulher Empreendedora e Meu Bairro Empreendedor. Os empreendedores beneficiários devem atualizar seus dados, como forma de garantir que as informações estejam corretas. Ao todo, 5.496 pessoas estão aptas a receber o auxílio financeiro.

A iniciativa permite que empreendedores cadastrados no Município possam ter condições mínimas de subsistência neste período de calamidade pública, causado pelo novo coronavírus. O Projeto Renda em Casa atenderá até 20.500 pessoas e integra o Programa Fortaleza por Todos, pacote de ações de proteção social destinado à população mais vulnerável da Capital.

Cestas básicas

A entrega das cestas básicas ocorre em seis escolas municipais e a consulta pode ser feita no site https://rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br por meio do CPF cadastrado. As equipes da SDE estão fazendo contato direto com os beneficiários por telefonemas ou mensagens via WhatsApp, orientando que acessem o site para confirmação dos dados. Reforçamos que não adianta ir à escola sem receber a ligação da Prefeitura. Para evitar aglomerações, a entrega só será feita para pessoas cadastradas no dia e local agendados. Para receber a cesta, é necessário apresentar documento oficial com foto. O uso de máscara de proteção é obrigatório.

Auxílio financeiro

Os empreendedores cadastrados devem atualizar seus dados, como forma de garantir que as informações estejam corretas e o auxílio de R$ 100 seja recebido. A atualização também deve ser feita no site https://rendaemcasa.fortaleza.ce.gov.br. O beneficiário deve apresentar cópia digital de documento de identificação (RG e CPF), além do comprovante de endereço atualizado. Todo o processo está sendo avaliado por uma comissão técnica da SDE. O repasse do auxílio em dinheiro será realizado por meio de transferência ou ordem bancária realizada diretamente ao beneficiário. Para dúvidas e esclarecimentos está sendo disponibilizado o e-mai: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br e o telefone 0800 081 4141.