22 de março de 2013 em Saúde

Regional I intensifica o combate ao mosquito Aedes Aegypti com ações educativas

As ações são parte do Plano de Contingência para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue para 2013


Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery apresentaram altos índices de infestação (Foto: Rubens Venâncio)

Os bairros Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery receberão, ao longo dos próximos 30 dias, uma ação de sensibilização da Secretaria Regional I, em razão do alto índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti. As equipes de trabalho visitarão as casas, oficinas e pontos comerciais, fazendo a abordagem educativa contra a propagação do inseto. As atividades realizadas pela Regional I em combate ao mosquito Aedes Aegypti atendem às orientações do Plano de Contingência para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue para 2013, lançado em fevereiro último pela Secretaria Municipal de Saúde.

Como parte das ações para redução dos casos de dengue, o Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da Regional I realizou, na última semana, um trabalho educativo durante evento da paróquia São Pedro e São Paulo em homenagem às mulheres do Jardim Guanabara. Além da distribuição de informativos, os técnicos da Regional I expuseram as maquetes “Casa Correta” e “Casa Incorreta” e apresentaram o Laboratório Vivo do mosquito Aedes Aegypti.

“O principal objetivo da nossa equipe, em nome do combate à dengue, é conscientizar as pessoas para a importância de suas atuações no combate à doença e tentar fazer com que elas transformem hábitos ruins em bons. A gente conversa, por exemplo, sobre a eliminação de depósitos sem utilidade, para que eles não acumulem água e sobre a conservação da limpeza de quintais”, explicou o supervisor técnico do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da SER I, Hélio Miranda.

A participação da Prefeitura de Fortaleza na ação social foi uma resposta à solicitação enviada pela Paróquia São Pedro e São Paulo. As comunidades da Regional I interessadas em solicitar, para seus eventos, o trabalho educativo da Secretaria Regional I contra a proliferação do Aedes Aegypti, devem entrar em contato através do telefone 3433.6823.

Regional I intensifica o combate ao mosquito Aedes Aegypti com ações educativas

As ações são parte do Plano de Contingência para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue para 2013

Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery apresentaram altos índices de infestação (Foto: Rubens Venâncio)

Os bairros Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery receberão, ao longo dos próximos 30 dias, uma ação de sensibilização da Secretaria Regional I, em razão do alto índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti. As equipes de trabalho visitarão as casas, oficinas e pontos comerciais, fazendo a abordagem educativa contra a propagação do inseto. As atividades realizadas pela Regional I em combate ao mosquito Aedes Aegypti atendem às orientações do Plano de Contingência para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue para 2013, lançado em fevereiro último pela Secretaria Municipal de Saúde.

Como parte das ações para redução dos casos de dengue, o Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da Regional I realizou, na última semana, um trabalho educativo durante evento da paróquia São Pedro e São Paulo em homenagem às mulheres do Jardim Guanabara. Além da distribuição de informativos, os técnicos da Regional I expuseram as maquetes “Casa Correta” e “Casa Incorreta” e apresentaram o Laboratório Vivo do mosquito Aedes Aegypti.

“O principal objetivo da nossa equipe, em nome do combate à dengue, é conscientizar as pessoas para a importância de suas atuações no combate à doença e tentar fazer com que elas transformem hábitos ruins em bons. A gente conversa, por exemplo, sobre a eliminação de depósitos sem utilidade, para que eles não acumulem água e sobre a conservação da limpeza de quintais”, explicou o supervisor técnico do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da SER I, Hélio Miranda.

A participação da Prefeitura de Fortaleza na ação social foi uma resposta à solicitação enviada pela Paróquia São Pedro e São Paulo. As comunidades da Regional I interessadas em solicitar, para seus eventos, o trabalho educativo da Secretaria Regional I contra a proliferação do Aedes Aegypti, devem entrar em contato através do telefone 3433.6823.