29 de julho de 2013 em Saúde

Secretaria de Saúde realiza atividades do Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais

Até sexta-feira, será intensificada a vacinação contra a doença nos 92 postos de saúde de Fortaleza


A mobilização acontece nesta segunda-feira (29/7), até 16h, na Praça José de Alencar (Foto: Igor de Melo)

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da área técnica de DST/Aids e Hepatites Virais e da célula de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove, nesta segunda-feira (29/7), uma programação especial alusiva ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. As atividades acontecem na Praça José de Alencar, no Centro, até às 16h. Entre as ações realizadas estão distribuição orientada de preservativos, aferição de pressão arterial, verificação de glicemia e encaminhamento para vacinação e testagem rápida de hepatite B no Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (Rua Guilherme Rocha, 510).

A programação acontece desde 2008, com média de público que varia entre 2 mil a 3 mil pessoas, de acordo com Fabiana Sales, coordenadora da área técnica de DST/Aids e Hepatites Virais. “Este evento tem grande impacto para difundir informações sobre a doença. É uma forma de alertar, também”, disse. Ela destacou que o foco do evento é o combate às hepatites B e C, mais recorrentes e cujo vírus pode ser transmitido pelo sangue.

O Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais também inclui: espaço tira-dúvidas, distribuição de materiais informativos, jogos interativos, aplicação de jogos educativos, oferta de cortes de cabelo, cessão de brindes e apresentações artísticas. A artesã Rosineide Gurgel, 64, realizou os exames disponíveis no local. “Acho isto importante, porque eu sabia pouca coisa sobre a hepatite. É melhor prevenir, às vezes as pessoas ficam doentes por falta de informação”, afirmou.

Até sexta-feira (2/8), serão realizadas atividades voltadas para o combate à hepatite e intensificada a vacinação contra a doença nos 92 postos de saúde de Fortaleza. Além disso, serão feitos testes para diagnóstico de hepatite B no Centro de Testagem e Aconselhamento Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga).

Hepatites Virais
A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus, reações do organismo ou uso abusivo de medicamentos, álcool e drogas. Existem cinco tipos de hepatites virais: A, B, C, D e E, sendo as três primeiras mais comuns. Os sintomas da doença – mal-estar, cansaço, falta de apetite, cor amarelada nas mucosas e pele, febre, dores de cabeça e no corpo, urina escura e fezes claras - muitas vezes demoram a aparecer. Caso a hepatite evolua, pode se tornar cirrose e câncer no fígado.

Para evitar a contaminação, deve-se adotar medidas como uso de preservativos; materiais descartáveis e esterilizados; e higienização da água e alimentos.

Clique aqui para ver mais fotos da atividade.

Secretaria de Saúde realiza atividades do Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais

Até sexta-feira, será intensificada a vacinação contra a doença nos 92 postos de saúde de Fortaleza

A mobilização acontece nesta segunda-feira (29/7), até 16h, na Praça José de Alencar (Foto: Igor de Melo)

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da área técnica de DST/Aids e Hepatites Virais e da célula de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove, nesta segunda-feira (29/7), uma programação especial alusiva ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. As atividades acontecem na Praça José de Alencar, no Centro, até às 16h. Entre as ações realizadas estão distribuição orientada de preservativos, aferição de pressão arterial, verificação de glicemia e encaminhamento para vacinação e testagem rápida de hepatite B no Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (Rua Guilherme Rocha, 510).

A programação acontece desde 2008, com média de público que varia entre 2 mil a 3 mil pessoas, de acordo com Fabiana Sales, coordenadora da área técnica de DST/Aids e Hepatites Virais. “Este evento tem grande impacto para difundir informações sobre a doença. É uma forma de alertar, também”, disse. Ela destacou que o foco do evento é o combate às hepatites B e C, mais recorrentes e cujo vírus pode ser transmitido pelo sangue.

O Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais também inclui: espaço tira-dúvidas, distribuição de materiais informativos, jogos interativos, aplicação de jogos educativos, oferta de cortes de cabelo, cessão de brindes e apresentações artísticas. A artesã Rosineide Gurgel, 64, realizou os exames disponíveis no local. “Acho isto importante, porque eu sabia pouca coisa sobre a hepatite. É melhor prevenir, às vezes as pessoas ficam doentes por falta de informação”, afirmou.

Até sexta-feira (2/8), serão realizadas atividades voltadas para o combate à hepatite e intensificada a vacinação contra a doença nos 92 postos de saúde de Fortaleza. Além disso, serão feitos testes para diagnóstico de hepatite B no Centro de Testagem e Aconselhamento Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga).

Hepatites Virais
A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus, reações do organismo ou uso abusivo de medicamentos, álcool e drogas. Existem cinco tipos de hepatites virais: A, B, C, D e E, sendo as três primeiras mais comuns. Os sintomas da doença – mal-estar, cansaço, falta de apetite, cor amarelada nas mucosas e pele, febre, dores de cabeça e no corpo, urina escura e fezes claras - muitas vezes demoram a aparecer. Caso a hepatite evolua, pode se tornar cirrose e câncer no fígado.

Para evitar a contaminação, deve-se adotar medidas como uso de preservativos; materiais descartáveis e esterilizados; e higienização da água e alimentos.

Clique aqui para ver mais fotos da atividade.