17 de fevereiro de 2022 em Educação

Semana Lilás é novidade no calendário escolar 2022 da Rede Municipal

Programação busca implantar uma cultura de cuidados emocionais nas escolas municipais


Logo semana lilás

O calendário letivo das escolas municipais da Rede Municipal de Ensino passa a ter uma nova programação a partir deste ano de 2022: a Semana Lilás, que ocorrerá na 4ª semana de cada mês. A programação mensal tem a intenção de promover a saúde emocional de toda comunidade escolar, por meio da implantação da cultura de prevenção da saúde mental e de ciclos de cuidados socioemocionais com a participação de alunos, famílias e demais profissionais que compõem a unidade escolar.

A Semana Lilás é uma ação desenvolvida pelo Serviço de Psicologia Escolar junto com as escolas municipais. Este é considerado o segundo passo do ciclo de cuidados iniciado em 2021. Foi desenvolvido a partir da campanha “Outubro Lilás”, criada por meio da Lei Ordinária nº 11.082, que visa a promoção e valorização da saúde mental da comunidade escolar de Fortaleza. Na próxima semana, as unidades vão realizar a primeira semana de atividades com a comunidade escolar.

“Entendemos que esta iniciativa deve trazer à rotina da escola a cultura do ciclo de cuidados emocionais para todos os envolvidos no cotidiano da escola. Em um tempo no qual a saúde mental se configura, cada vez mais, como uma riqueza da humanidade, importa muito que entendamos o valor da qualidade emocional a partir do contexto escolar”, explica Keith Mendonça Cintra, assessora da Coordenadoria de Articulação da Comunidade e Gestão Escolar (Cogest).

Para a realização das atividades, a equipe da psicologia da Rede Municipal elaborou um documento para servir como guia orientador para as unidades escolares. No documento, os psicólogos sugerem diversas possibilidades de atividades que promovem a saúde emocional na escola, por meio do acolhimento, da escuta, disponibilização de espaço para fala e acolhimento coletivo.

A psicóloga do Serviço de Psicologia Escolar, Karinne Alcântara, explica que “o papel dessas atividades é auxiliar os membros da comunidade escolar neste pontapé inicial de criar uma cultura. Importante destacar que não se tratam de atividades complexas. São propostas simples, acessíveis e possíveis de serem realizadas por cada segmento escolar. A ideia da Semana Lilás é favorecer uma cultura escolar em que todo o cuidado importa”.

Ciclo de cuidados na Rede Municipal
Iniciado na Rede de Ensino em setembro de 2021, o ciclo de cuidados foi uma das ações desenvolvidas pelo Serviço de Psicologia Escolar no início da retomada das aulas presenciais. Ocorreu na acolhida da comunidade escolar após período de ensino remoto, ao se trabalhar as competências socioemocionais de profissionais e alunos. O objetivo do ciclo de cuidados é estabelecer um clima escolar saudável e possibilitar mecanismos de saúde emocional para lidar com as inseguranças que o momento de retomada poderia causar.

O Serviço de Psicologia Escolar funciona desde 2020 na Rede Municipal de Ensino. A iniciativa visa contribuir no processo de ensino e aprendizagem, escuta, orientação e fortalecimento dos vínculos e bem-estar da comunidade escolar. Atualmente, o serviço conta com 12 psicólogos para o atendimento a estudantes, seus familiares e profissionais da Rede de Ensino.

Semana Lilás é novidade no calendário escolar 2022 da Rede Municipal

Programação busca implantar uma cultura de cuidados emocionais nas escolas municipais

Logo semana lilás

O calendário letivo das escolas municipais da Rede Municipal de Ensino passa a ter uma nova programação a partir deste ano de 2022: a Semana Lilás, que ocorrerá na 4ª semana de cada mês. A programação mensal tem a intenção de promover a saúde emocional de toda comunidade escolar, por meio da implantação da cultura de prevenção da saúde mental e de ciclos de cuidados socioemocionais com a participação de alunos, famílias e demais profissionais que compõem a unidade escolar.

A Semana Lilás é uma ação desenvolvida pelo Serviço de Psicologia Escolar junto com as escolas municipais. Este é considerado o segundo passo do ciclo de cuidados iniciado em 2021. Foi desenvolvido a partir da campanha “Outubro Lilás”, criada por meio da Lei Ordinária nº 11.082, que visa a promoção e valorização da saúde mental da comunidade escolar de Fortaleza. Na próxima semana, as unidades vão realizar a primeira semana de atividades com a comunidade escolar.

“Entendemos que esta iniciativa deve trazer à rotina da escola a cultura do ciclo de cuidados emocionais para todos os envolvidos no cotidiano da escola. Em um tempo no qual a saúde mental se configura, cada vez mais, como uma riqueza da humanidade, importa muito que entendamos o valor da qualidade emocional a partir do contexto escolar”, explica Keith Mendonça Cintra, assessora da Coordenadoria de Articulação da Comunidade e Gestão Escolar (Cogest).

Para a realização das atividades, a equipe da psicologia da Rede Municipal elaborou um documento para servir como guia orientador para as unidades escolares. No documento, os psicólogos sugerem diversas possibilidades de atividades que promovem a saúde emocional na escola, por meio do acolhimento, da escuta, disponibilização de espaço para fala e acolhimento coletivo.

A psicóloga do Serviço de Psicologia Escolar, Karinne Alcântara, explica que “o papel dessas atividades é auxiliar os membros da comunidade escolar neste pontapé inicial de criar uma cultura. Importante destacar que não se tratam de atividades complexas. São propostas simples, acessíveis e possíveis de serem realizadas por cada segmento escolar. A ideia da Semana Lilás é favorecer uma cultura escolar em que todo o cuidado importa”.

Ciclo de cuidados na Rede Municipal
Iniciado na Rede de Ensino em setembro de 2021, o ciclo de cuidados foi uma das ações desenvolvidas pelo Serviço de Psicologia Escolar no início da retomada das aulas presenciais. Ocorreu na acolhida da comunidade escolar após período de ensino remoto, ao se trabalhar as competências socioemocionais de profissionais e alunos. O objetivo do ciclo de cuidados é estabelecer um clima escolar saudável e possibilitar mecanismos de saúde emocional para lidar com as inseguranças que o momento de retomada poderia causar.

O Serviço de Psicologia Escolar funciona desde 2020 na Rede Municipal de Ensino. A iniciativa visa contribuir no processo de ensino e aprendizagem, escuta, orientação e fortalecimento dos vínculos e bem-estar da comunidade escolar. Atualmente, o serviço conta com 12 psicólogos para o atendimento a estudantes, seus familiares e profissionais da Rede de Ensino.