23 de fevereiro de 2021 em Saúde

Vacinação em Fortaleza continua com aplicação da segunda dose e chega a 31.919 pessoas contempladas

Enquanto aguarda o envio de novas remessas, Município assegura segundas doses da CoronaVac aos trabalhadores da saúde e idosos institucionalizados


Erlemus Soares olha para a câmera
Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o coordenador da Rede da Atenção Primária e Psicossocial do Município, Erlemus Soares, detalhou a logística em vigor

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) atualizou, na manhã desta terça-feira (23/02), o balanço parcial da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza. Ao todo, 115.442 pessoas pertencentes aos grupos prioritários receberam a primeira dose (D1) dos imunobiológicos disponibilizados, até o momento, pelo Ministério da Saúde. Enquanto aguarda o envio de novas remessas, o Município segue administrando, no intervalo adequado, as segundas doses (D2) da CoronaVac asseguradas aos trabalhadores da saúde e aos idosos institucionalizados, totalizando, até então, 31.919 pessoas contempladas.

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o coordenador da Rede da Atenção Primária e Psicossocial do Município, Erlemus Soares, detalhou a logística em vigor. “Em relação à primeira dose, o Município concluiu a aplicação dos primeiros quatro lotes de vacinas disponibilizados pelo Ministério da Saúde e aguarda o envio de novas doses. No entanto, é importante destacar que a campanha de vacinação na Capital não parou. Nós seguimos com a aplicação das segundas doses até que novas doses sejam recebidas para dar prosseguimento à primeira fase da campanha”, reiterou.

Entre as 115.442 pessoas contempladas com a D1, os esforços executados pela Prefeitura alcançaram 67.294 trabalhadores da saúde, 47.914 idosos acima de 75 anos, 10 indígenas e 224 pessoas com deficiência acima de 18 anos institucionalizadas.

A partir do recebimento de novas remessas, a logística estabelecida pelo Município está preparada para atender os idosos cadastrados pela plataforma Vacine Já (https://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br) e pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza que ainda aguardam a primeira dose. “Esses idosos serão atendidos conforme a modalidade escolhida no ato do cadastro, seja em domicílio, nos drives de vacinação ou nas salas de acolhimento distribuídas pela Cidade”, assegurou.

Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes relacionadas à campanha de vacinação em Fortaleza devem ser elucidadas por meio do telefone 156. O canal segue à disposição para a regularização de dados pessoais e eventuais mudanças na modalidade escolhida no ato do cadastro pelo site Vacine Já e pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza.

Capacidade assistencial

Em virtude dos dados epidemiológicos e assistenciais vigentes, marcados pelo expressivo aumento do número de casos e de internações de pacientes acometidos pelo novo coronavírus, a Secretaria Municipal da Saúde informa que os 116 postos de saúde da Capital estão preparados para acolher casos leves associados à síndrome gripal.

“Fortaleza tem uma vasta Rede bem planejada para atender a atual demanda. Nossos postos de saúde funcionam de segunda a sexta-feira, das 7 às 19h, e estão preparados com médicos, enfermeiros, técnicos, oxigênio e oxímetro para medir o nível de saturação”, orientou.

Pacientes apresentando sintomas mais graves, associados à falta de ar intensa ou à febre alta e persistente, devem ser encaminhados às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza, abertas de domingo a domingo 24 horas por dia.

A Prefeitura está trabalhando na ampliação do número de leitos nas unidades de saúde, incluindo as seis UPAs municipais, IJF 2 e Hospital da Mulher, totalizando 210 novos leitos em implantação.

Vacinação em Fortaleza continua com aplicação da segunda dose e chega a 31.919 pessoas contempladas

Enquanto aguarda o envio de novas remessas, Município assegura segundas doses da CoronaVac aos trabalhadores da saúde e idosos institucionalizados

Erlemus Soares olha para a câmera
Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o coordenador da Rede da Atenção Primária e Psicossocial do Município, Erlemus Soares, detalhou a logística em vigor

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) atualizou, na manhã desta terça-feira (23/02), o balanço parcial da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza. Ao todo, 115.442 pessoas pertencentes aos grupos prioritários receberam a primeira dose (D1) dos imunobiológicos disponibilizados, até o momento, pelo Ministério da Saúde. Enquanto aguarda o envio de novas remessas, o Município segue administrando, no intervalo adequado, as segundas doses (D2) da CoronaVac asseguradas aos trabalhadores da saúde e aos idosos institucionalizados, totalizando, até então, 31.919 pessoas contempladas.

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o coordenador da Rede da Atenção Primária e Psicossocial do Município, Erlemus Soares, detalhou a logística em vigor. “Em relação à primeira dose, o Município concluiu a aplicação dos primeiros quatro lotes de vacinas disponibilizados pelo Ministério da Saúde e aguarda o envio de novas doses. No entanto, é importante destacar que a campanha de vacinação na Capital não parou. Nós seguimos com a aplicação das segundas doses até que novas doses sejam recebidas para dar prosseguimento à primeira fase da campanha”, reiterou.

Entre as 115.442 pessoas contempladas com a D1, os esforços executados pela Prefeitura alcançaram 67.294 trabalhadores da saúde, 47.914 idosos acima de 75 anos, 10 indígenas e 224 pessoas com deficiência acima de 18 anos institucionalizadas.

A partir do recebimento de novas remessas, a logística estabelecida pelo Município está preparada para atender os idosos cadastrados pela plataforma Vacine Já (https://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br) e pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza que ainda aguardam a primeira dose. “Esses idosos serão atendidos conforme a modalidade escolhida no ato do cadastro, seja em domicílio, nos drives de vacinação ou nas salas de acolhimento distribuídas pela Cidade”, assegurou.

Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes relacionadas à campanha de vacinação em Fortaleza devem ser elucidadas por meio do telefone 156. O canal segue à disposição para a regularização de dados pessoais e eventuais mudanças na modalidade escolhida no ato do cadastro pelo site Vacine Já e pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza.

Capacidade assistencial

Em virtude dos dados epidemiológicos e assistenciais vigentes, marcados pelo expressivo aumento do número de casos e de internações de pacientes acometidos pelo novo coronavírus, a Secretaria Municipal da Saúde informa que os 116 postos de saúde da Capital estão preparados para acolher casos leves associados à síndrome gripal.

“Fortaleza tem uma vasta Rede bem planejada para atender a atual demanda. Nossos postos de saúde funcionam de segunda a sexta-feira, das 7 às 19h, e estão preparados com médicos, enfermeiros, técnicos, oxigênio e oxímetro para medir o nível de saturação”, orientou.

Pacientes apresentando sintomas mais graves, associados à falta de ar intensa ou à febre alta e persistente, devem ser encaminhados às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza, abertas de domingo a domingo 24 horas por dia.

A Prefeitura está trabalhando na ampliação do número de leitos nas unidades de saúde, incluindo as seis UPAs municipais, IJF 2 e Hospital da Mulher, totalizando 210 novos leitos em implantação.