09 de junho de 2020 em Fortaleza

Agefis realiza operação educativa na orla de Fortaleza

Agentes entregaram máscaras e orientaram a população sobre o isolamento social


fiscal da agefis colocando álcool gel na mão de senhor que usa máscara
Das 17h às 20h desta terça-feira (09/06), 11 agentes abordaram pessoas nos calçadões e na praia

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou, nesta terça-feira (09/06), uma ação de conscientização e fiscalização em trechos da orla da Vila do Mar e da Avenida Beira Mar. Das 17h às 20h, 11 agentes abordaram pessoas nos calçadões e na praia, orientando sobre a importância do isolamento social e entregando máscaras de tecido.

Conforme o gerente de Plantões e Atividades Especiais da Agefis, Reginaldo Araújo, a operação tem como objetivo informar os cidadãos que mesmo com a flexibilização das atividades econômicas, é importante ainda se manter em isolamento social e só sair de casa em caso de extrema necessidade.

fiscal de máscara entregando kit de máscara para senhora usando máscara e passeando com cachorro em coleira
Na Av. Beira Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema, 400 kits de máscaras e material educativo foram entregues

"A questão da pandemia do novo coronavírus ainda persiste. As pessoas devem evitar aglomerações, até porque o decreto ainda proíbe a ocupação de espaços públicos como praias, praças e calçadões", explicou.

Na Av. Beira Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema, 400 kits de máscaras e material educativo foram entregues pelos agentes. Além disso, pessoas utilizando equipamentos compartilhados também receberam álcool em gel 70% para a higienização das mãos.

“As ações estão superando as nossas expectativas. A aceitação das pessoas tem sido boa, a gente não encontra resistência para esse tipo de atuação e no geral, temos ajudado bastante com relação às orientações. Pedimos que, mais ainda, a população possa ajudar e se conscientizar”, avaliou o Gerente.

Shoppings

Também nesta terça-feira (09/06), a Agefis atuou em seis shoppings da Cidade para verificar o cumprimento das medidas preventivas ao novo coronavírus. Os agentes abordaram as gerências dos shoppings para reforçar o alerta quanto ao percentual de funcionamento; verificaram a adoção de cuidados, como a disponibilização de opções de higienização da mãos, aferição de temperatura, sinalização e outras providências protetivas; orientaram a população e os lojistas acerca do distanciamento social de 1,5 metro em filas; e distribuíram máscaras de tecido.

Fiscalização no Centro

No Centro de Fortaleza, os fiscais da Agefis fecharam 79 estabelecimentos por descumprimento do isolamento social entre 1 e 9 de junho. Deste total, 11 foram fechados nesta terça-feira (09/06), por funcionarem em horário não permitido. As equipes também orientaram 46 ambulantes a desocuparem o espaço público.

“Nesta quarta-feira (10/06) vamos intensificar mais ainda por conta da movimentação na Rua José Avelino, onde alguns ambulantes podem insistir em atividades de vendas irregulares. No Centro, intensificamos a fiscalização com relação ao horário de funcionamento das lojas”, disse Reginaldo Araújo.

Os agentes também realizaram o ordenamento de filas de lojas e de agência bancárias, a distribuição de máscaras e de álcool em gel, e abordaram cerca de 400 pessoas. As equipes volantes atuaram na dispersão de aglomerações nas praças da Lagoinha, dos Leões e do Ferreira, Parque das Crianças e nas ruas Major Facundo, Barão do Rio Branco, Senador Pompeu, Guilherme Rocha, Liberato Barroso, entre outras.

A Agência de Fiscalização de Fortaleza realizou, de 8 de maio a 9 de junho, mais de 1.644 ações de monitoramento e dispersão de aglomerações. Entre elas, houve 77 operações para o encerramento das feiras irregulares. Desde o dia 1 de junho, 79 estabelecimentos foram fechados por descumprimento ao decreto de isolamento social.

Cerca de 2.500 pessoas são abordadas por dia no entorno de agências bancárias e lotéricas. A Agefis também faz a distribuição diária de 5.000 máscaras de tecido do projeto Todos com Máscara. A Guarda Municipal de Fortaleza e a Polícia Militar dão apoio às operações.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais

Agefis realiza operação educativa na orla de Fortaleza

Agentes entregaram máscaras e orientaram a população sobre o isolamento social

fiscal da agefis colocando álcool gel na mão de senhor que usa máscara
Das 17h às 20h desta terça-feira (09/06), 11 agentes abordaram pessoas nos calçadões e na praia

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou, nesta terça-feira (09/06), uma ação de conscientização e fiscalização em trechos da orla da Vila do Mar e da Avenida Beira Mar. Das 17h às 20h, 11 agentes abordaram pessoas nos calçadões e na praia, orientando sobre a importância do isolamento social e entregando máscaras de tecido.

Conforme o gerente de Plantões e Atividades Especiais da Agefis, Reginaldo Araújo, a operação tem como objetivo informar os cidadãos que mesmo com a flexibilização das atividades econômicas, é importante ainda se manter em isolamento social e só sair de casa em caso de extrema necessidade.

fiscal de máscara entregando kit de máscara para senhora usando máscara e passeando com cachorro em coleira
Na Av. Beira Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema, 400 kits de máscaras e material educativo foram entregues

"A questão da pandemia do novo coronavírus ainda persiste. As pessoas devem evitar aglomerações, até porque o decreto ainda proíbe a ocupação de espaços públicos como praias, praças e calçadões", explicou.

Na Av. Beira Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema, 400 kits de máscaras e material educativo foram entregues pelos agentes. Além disso, pessoas utilizando equipamentos compartilhados também receberam álcool em gel 70% para a higienização das mãos.

“As ações estão superando as nossas expectativas. A aceitação das pessoas tem sido boa, a gente não encontra resistência para esse tipo de atuação e no geral, temos ajudado bastante com relação às orientações. Pedimos que, mais ainda, a população possa ajudar e se conscientizar”, avaliou o Gerente.

Shoppings

Também nesta terça-feira (09/06), a Agefis atuou em seis shoppings da Cidade para verificar o cumprimento das medidas preventivas ao novo coronavírus. Os agentes abordaram as gerências dos shoppings para reforçar o alerta quanto ao percentual de funcionamento; verificaram a adoção de cuidados, como a disponibilização de opções de higienização da mãos, aferição de temperatura, sinalização e outras providências protetivas; orientaram a população e os lojistas acerca do distanciamento social de 1,5 metro em filas; e distribuíram máscaras de tecido.

Fiscalização no Centro

No Centro de Fortaleza, os fiscais da Agefis fecharam 79 estabelecimentos por descumprimento do isolamento social entre 1 e 9 de junho. Deste total, 11 foram fechados nesta terça-feira (09/06), por funcionarem em horário não permitido. As equipes também orientaram 46 ambulantes a desocuparem o espaço público.

“Nesta quarta-feira (10/06) vamos intensificar mais ainda por conta da movimentação na Rua José Avelino, onde alguns ambulantes podem insistir em atividades de vendas irregulares. No Centro, intensificamos a fiscalização com relação ao horário de funcionamento das lojas”, disse Reginaldo Araújo.

Os agentes também realizaram o ordenamento de filas de lojas e de agência bancárias, a distribuição de máscaras e de álcool em gel, e abordaram cerca de 400 pessoas. As equipes volantes atuaram na dispersão de aglomerações nas praças da Lagoinha, dos Leões e do Ferreira, Parque das Crianças e nas ruas Major Facundo, Barão do Rio Branco, Senador Pompeu, Guilherme Rocha, Liberato Barroso, entre outras.

A Agência de Fiscalização de Fortaleza realizou, de 8 de maio a 9 de junho, mais de 1.644 ações de monitoramento e dispersão de aglomerações. Entre elas, houve 77 operações para o encerramento das feiras irregulares. Desde o dia 1 de junho, 79 estabelecimentos foram fechados por descumprimento ao decreto de isolamento social.

Cerca de 2.500 pessoas são abordadas por dia no entorno de agências bancárias e lotéricas. A Agefis também faz a distribuição diária de 5.000 máscaras de tecido do projeto Todos com Máscara. A Guarda Municipal de Fortaleza e a Polícia Militar dão apoio às operações.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais