24 de agosto de 2021 em Mobilidade

AMC inicia implantação de nova ciclofaixa na Av. Luciano Carneiro

A infraestrutura terá 2,5 km de extensão e interligará o bairro Vila União ao Centro


A partir da noite desta quarta-feira (25/08), a Av. Luciano Carneiro começa a receber a implantação de uma nova ciclofaixa para garantir um deslocamento mais seguro aos ciclistas. A via também terá a velocidade readequada para 50 km/h pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Dotada de 2,5 km de extensão, a infraestrutura cicloviária está localizada junto ao canteiro central no trecho compreendido entre a Av. Lauro Vieira Chaves e Av. Ministro Joaquim Bastos, contemplando os bairros Vila União, Parreão e Fátima.

“A medida atende uma importante via da cidade, ligando vários bairros até a região central de Fortaleza. A ciclofaixa da Av. Luciano Carneiro tem continuidade nas ciclofaixas já existentes da Jaime Benévolo e Barão de Aratanha, realizando conexão cicloviária desde o Vila União até o Centro”, reforça Juliana Coelho, superintendente do órgão.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhada

Com essa implantação, Fortaleza passa a contar com 394,9 km de infraestrutura cicloviária. Um aumento de 481% quando comparado a 2013. Somente neste ano, foram implantados na Capital 47,7 km de malha dedicada a esse público.

Nova velocidade

Em virtude da quantidade de sinistros e alto fluxo veicular de cerca de 25 mil veículos por dia, placas indicando novo limite de velocidade de 50 km/h serão instaladas ao longo da via entre as avenidas 13 de Maio e Lauro Vieira Chagas.

De 2015 a 2020, foram registrados 449 acidentes na Av. Luciano Carneiro, sendo 146 com vítima e nove atropelamentos. O objetivo é reduzir essa estatística, visto que o excesso de velocidade é responsável por uma a cada três mortes no trânsito em todo o mundo.

Será dado um período educativo de seis meses, a partir da conclusão da sinalização, para que haja adaptação dos motoristas e demais usuários.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a readequação da velocidade de 60km/h para 50 km/h aumenta em dez vezes a chance de uma pessoa atropelada sobreviver.

AMC inicia implantação de nova ciclofaixa na Av. Luciano Carneiro

A infraestrutura terá 2,5 km de extensão e interligará o bairro Vila União ao Centro

A partir da noite desta quarta-feira (25/08), a Av. Luciano Carneiro começa a receber a implantação de uma nova ciclofaixa para garantir um deslocamento mais seguro aos ciclistas. A via também terá a velocidade readequada para 50 km/h pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Dotada de 2,5 km de extensão, a infraestrutura cicloviária está localizada junto ao canteiro central no trecho compreendido entre a Av. Lauro Vieira Chaves e Av. Ministro Joaquim Bastos, contemplando os bairros Vila União, Parreão e Fátima.

“A medida atende uma importante via da cidade, ligando vários bairros até a região central de Fortaleza. A ciclofaixa da Av. Luciano Carneiro tem continuidade nas ciclofaixas já existentes da Jaime Benévolo e Barão de Aratanha, realizando conexão cicloviária desde o Vila União até o Centro”, reforça Juliana Coelho, superintendente do órgão.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhada

Com essa implantação, Fortaleza passa a contar com 394,9 km de infraestrutura cicloviária. Um aumento de 481% quando comparado a 2013. Somente neste ano, foram implantados na Capital 47,7 km de malha dedicada a esse público.

Nova velocidade

Em virtude da quantidade de sinistros e alto fluxo veicular de cerca de 25 mil veículos por dia, placas indicando novo limite de velocidade de 50 km/h serão instaladas ao longo da via entre as avenidas 13 de Maio e Lauro Vieira Chagas.

De 2015 a 2020, foram registrados 449 acidentes na Av. Luciano Carneiro, sendo 146 com vítima e nove atropelamentos. O objetivo é reduzir essa estatística, visto que o excesso de velocidade é responsável por uma a cada três mortes no trânsito em todo o mundo.

Será dado um período educativo de seis meses, a partir da conclusão da sinalização, para que haja adaptação dos motoristas e demais usuários.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a readequação da velocidade de 60km/h para 50 km/h aumenta em dez vezes a chance de uma pessoa atropelada sobreviver.