11 de abril de 2018 em Segurança Cidadã

Balanço aponta 128 resgates das equipes de salvamento aquático em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza conta com seis postos fixos Inspetoria de Salvamento Aquático, distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico


Guarda-vidas observam os banhistas no Aterro da Praia de Iracema
A Barra do Ceará concentra o maior número de casos, 40 no total

Um garoto de 8 anos e um homem de 26 foram as duas últimas pessoas resgatadas pela Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal, na orla de Fortaleza. Esses exemplos fazem parte das estatísticas diárias que mostram que, de janeiro a março deste ano, 128 pessoas foram atendidas em um dos seis postos fixos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico.

O balanço aponta que os guarda-vidas realizaram um maior número de resgates na Barra do Ceará, 40 no total. De acordo com o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, a proximidade com o Rio Ceará explica o grande número de ocorrências no local. “É a área mais crítica pela correnteza do rio e o encontro de águas. É onde temos que ficar mais atentos”, diz. Os outros locais com mais ocorrências são nas proximidades do Luzeiros, que registrou 30 casos, e na Praia de Iracema, com 28 atendimentos. “Essas duas últimas localidades são próximas e possuem características semelhantes, mar aparentemente calmo, porém com muitos repuxos”, informa o inspetor.

De acordo com Antônio Vieira, para se ter um banho de mar seguro, “os banhistas devem ficar atentos às áreas permitidas para o banho, geralmente com a presença de guarda-vidas, evitar a entrada no mar, após a ingestão demasiada de bebida alcoólica e aos pais fica a dica para atenção redobrada com as crianças, para isso temos pulseiras de identificação para menores de 12 anos e panfletos com informações relevantes”.

Mais

Além da Barra do Ceará, Luzeiros e Praia de Iracema, a área do Ponta Mar Hotel, Náutico e Carapebas fecham os números com 11, 10 e 9 casos de afogamentos, respectivamente.

Inspetoria de Salvamento Aquático

A ISA tem a função de salvaguardar a orla marítima de Fortaleza, com 75 guarda-vidas, devidamente treinados para atuar em resgates marítimos em seis pontos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico. A ISA conta ainda com viaturas e botes infláveis que agilizam os resgates mais complexos.

Balanço aponta 128 resgates das equipes de salvamento aquático em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza conta com seis postos fixos Inspetoria de Salvamento Aquático, distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico

Guarda-vidas observam os banhistas no Aterro da Praia de Iracema
A Barra do Ceará concentra o maior número de casos, 40 no total

Um garoto de 8 anos e um homem de 26 foram as duas últimas pessoas resgatadas pela Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal, na orla de Fortaleza. Esses exemplos fazem parte das estatísticas diárias que mostram que, de janeiro a março deste ano, 128 pessoas foram atendidas em um dos seis postos fixos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico.

O balanço aponta que os guarda-vidas realizaram um maior número de resgates na Barra do Ceará, 40 no total. De acordo com o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, a proximidade com o Rio Ceará explica o grande número de ocorrências no local. “É a área mais crítica pela correnteza do rio e o encontro de águas. É onde temos que ficar mais atentos”, diz. Os outros locais com mais ocorrências são nas proximidades do Luzeiros, que registrou 30 casos, e na Praia de Iracema, com 28 atendimentos. “Essas duas últimas localidades são próximas e possuem características semelhantes, mar aparentemente calmo, porém com muitos repuxos”, informa o inspetor.

De acordo com Antônio Vieira, para se ter um banho de mar seguro, “os banhistas devem ficar atentos às áreas permitidas para o banho, geralmente com a presença de guarda-vidas, evitar a entrada no mar, após a ingestão demasiada de bebida alcoólica e aos pais fica a dica para atenção redobrada com as crianças, para isso temos pulseiras de identificação para menores de 12 anos e panfletos com informações relevantes”.

Mais

Além da Barra do Ceará, Luzeiros e Praia de Iracema, a área do Ponta Mar Hotel, Náutico e Carapebas fecham os números com 11, 10 e 9 casos de afogamentos, respectivamente.

Inspetoria de Salvamento Aquático

A ISA tem a função de salvaguardar a orla marítima de Fortaleza, com 75 guarda-vidas, devidamente treinados para atuar em resgates marítimos em seis pontos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico. A ISA conta ainda com viaturas e botes infláveis que agilizam os resgates mais complexos.