Guarda-vidas observam os banhistas no Aterro da Praia de Iracema
A Barra do Ceará concentra o maior número de casos, 40 no total

Um garoto de 8 anos e um homem de 26 foram as duas últimas pessoas resgatadas pela Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal, na orla de Fortaleza. Esses exemplos fazem parte das estatísticas diárias que mostram que, de janeiro a março deste ano, 128 pessoas foram atendidas em um dos seis postos fixos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico.

O balanço aponta que os guarda-vidas realizaram um maior número de resgates na Barra do Ceará, 40 no total. De acordo com o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, a proximidade com o Rio Ceará explica o grande número de ocorrências no local. “É a área mais crítica pela correnteza do rio e o encontro de águas. É onde temos que ficar mais atentos”, diz. Os outros locais com mais ocorrências são nas proximidades do Luzeiros, que registrou 30 casos, e na Praia de Iracema, com 28 atendimentos. “Essas duas últimas localidades são próximas e possuem características semelhantes, mar aparentemente calmo, porém com muitos repuxos”, informa o inspetor.

De acordo com Antônio Vieira, para se ter um banho de mar seguro, “os banhistas devem ficar atentos às áreas permitidas para o banho, geralmente com a presença de guarda-vidas, evitar a entrada no mar, após a ingestão demasiada de bebida alcoólica e aos pais fica a dica para atenção redobrada com as crianças, para isso temos pulseiras de identificação para menores de 12 anos e panfletos com informações relevantes”.

Mais

Além da Barra do Ceará, Luzeiros e Praia de Iracema, a área do Ponta Mar Hotel, Náutico e Carapebas fecham os números com 11, 10 e 9 casos de afogamentos, respectivamente.

Inspetoria de Salvamento Aquático

A ISA tem a função de salvaguardar a orla marítima de Fortaleza, com 75 guarda-vidas, devidamente treinados para atuar em resgates marítimos em seis pontos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico. A ISA conta ainda com viaturas e botes infláveis que agilizam os resgates mais complexos.

Publicado em Segurança Cidadã
Os servidores a postos na orla
Os guarda-vidas ficam atentos a qualquer movimentação nos seis postos fixos

A Marinha do Brasil emitiu um alerta de mar agitado em todo o Ceará. Em Fortaleza, as equipes de guarda-vidas da Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal também estão atentas ao período, que pode ter ondas de 3,5 metros de altura no período que vai até quarta-feira (6/9).

Com a essa previsão de mar agitado, os guarda-vidas intensificaram as atividades de prevenção com a distribuição de panfletos com dicas para o banho de mar seguro, além da entrega de pulseira para a identificação dos responsáveis de crianças de até 12 anos. “Nosso efetivo está em alerta e contamos com a cumplicidade, principalmente dos pescadores, até o segundo alerta da Marinha”, observa o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira.

Também há a recomendação da Capitania dos Portos do Ceará para que pequenas embarcações evitem navegar nessa região durante o período. O órgão pede ainda para que as demais embarcações reforcem os cuidados em relação ao material de salvamento, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão e equipamentos de rádio, assim como outros itens de segurança.

Inspetoria de Salvamento Aquático

Para garantir a segurança dos banhistas, a Prefeitura mantém equipes de guarda-vidas em seis postos fixos na orla de Fortaleza. São 91 guarda-vidas, devidamente, treinados para atuar em resgates marítimos, com a particularidade de ter as primeiras guarda-vidas femininas do Brasil. A ISA está presente na Barra do Ceará, Carapebas, Praia de Iracema, Ponta Mar, Luzeiros e Praia do Náutico, todos os dias de 9 às 17 horas. Além dos agentes, a inspetoria conta ainda com viaturas e botes infláveis que agilizam os resgates mais complexos.

Publicado em Segurança Cidadã
Guarda-vidas em vigilância na Orla
Os guarda-vidas estão distribuídos entre a Barra do Ceará e a Praia do Náutico

A Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), agora conta com um efetivo de 85 guarda-vidas, devidamente treinados e capacitados para fazer a segurança dos banhistas dos postos da Barra do Ceará, Carapebas, Praia de Iracema, Ponta Mar, Luzeiros e Praia do Náutico. No espaço de menos de um ano, a ISA aumentou seu efetivo em mais 40 novos servidores, o que representa uma mudança significativa para o trabalho que é feito na orla marítima, do trecho que vai da Barra do Ceará até a Avenida Beira Mar.

Para o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, o trabalho preventivo realizado pelos guarda-vidas já registra uma mudança no número de ocorrências nos postos da orla marítima. De janeiro a março deste ano, foram apenas 20 atendimentos. Em 2016, os guardas salvaram 362 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e maiores de 65 anos, um resultado bastante elevado em relação aos primeiros meses de 2017.

A missão dos guarda-vidas é promover a segurança dos banhistas. Eles orientam as pessoas a não nadarem depois de ingerir bebida alcoólica e entrarem na água uma hora após a última refeição, a fim de evitar cãimbra. A recomendação é a de que permaneçam na água até a altura do umbigo, nadar em local que tenha a presença do guarda-vidas, evitar o banho com a maré alta e entrar no mar sempre em grupo. Criança não pode ficar no mar sem a supervisão constante de um adulto.

Treinamento

Na capacitação dos guarda-vidas, eles têm a oportunidade de vivenciar aulas teóricas e práticas, com assuntos que abordam o dia a dia dos profissionais, nos postos de salvamento aquático. Abordagem à vítima de afogamento, desvencilhamento(como proceder para se soltar da vítima de afogamento) e procedimento de ressuscitação são alguns temas trabalhados com os guarda-vidas nas praias do Náutico e de Iracema. O curso foi ministrado pelos inspetores Vieira e Anísio.

Publicado em Segurança Cidadã
Guarda-vidas na areia em observação
Os guarda-vidas ficam em grupo de quatro a seis servidores

O trabalho preventivo realizado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal, garantiu um ano tranquilo em relação ao número de resgates. De janeiro a dezembro, foram registrados 302 resgates sem mortes, sendo a maior parte desses atendimentos na Barra do Ceará.

Segundo o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, as ações de prevenção foram fundamentais para o sucesso do trabalho em 2016. “Todos os nossos guarda-vidas são orientados a passar informações para os banhista, sobre as condições do mar e os melhores locais para banho. Além disso, temos a campanha constante do Projeto Vidas Seguras, que identifica crianças menores de 12 anos com uma pulseira que leva dados pessoais do responsável”, destaca.

Atualmente, 75 guarda-vidas formam a Inspetoria de Salvamento Aquático que atendem da Barra do Ceará ao Mucuripe, dividindo-se em seis pontos estratégicos de atuação na orla marítima de Fortaleza. A inspetoria também conta com viaturas e dois botes infláveis que facilitam os atendimentos.

Réveillon
De acordo com Antônio Vieira, foram registrados cerca de 20 atendimentos durante as atividades do Réveillon de Fortaleza, entre os dias 31 de dezembro e 2 de janeiro. Vieira afirma que foi realizada uma preparação especial para a virada de ano com intensificação do condicionamento físico dos servidores e reforço nos conhecimentos sobre atendimentos de primeiros socorros e resgate.

“Sabíamos dos desafios nessa grande festa, e o Réveillon das nossas equipes só acabou no segundo dia do ano. Estendemos o plano estratégico também para segunda-feira (02/01) para garantir tranquilidade para os banhistas”. O inspetor lembra os cuidados para o banho de mar seguro. “Evite adentar no mar após a ingestão de bebida alcoólica, bem como de comidas de difícil digestão, e procure tomar banho em locais próximos das nossas cabines de observação”, alerta.

Publicado em Segurança Cidadã
A expectativa é de que a execução do projeto seja iniciada em 2015 e concluída em 2016 (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quinta-feira (23/10), de uma reunião para tratar sobre melhorias na orla marítima e acerca da construção do Parque Rachel de Queiroz. O projeto foi apresentado pela titular da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Águeda Muniz, e por representantes do Banco Mundial (BIRD), responsável pelo financiamento.

De acordo com Águeda Muniz, com a implantação do projeto, a orla marítima de Fortaleza ficará 100% balneável. “A proposta é deixar a orla marítima da Barra do Ceará até a Praia do Futuro própria para o banho”, explicou a secretária.

Além disso, estima-se que 16 mil ligações de esgotos serão instaladas para garantir o saneamento básico na região. “Intensificar o saneamento básico impacta em uma série de fatores, principalmente para promover saúde à população”, disse Roberto Cláudio.

O projeto conta ainda com a construção do Parque Rachel de Queiroz, que será um atrativo para a zona Oeste de Fortaleza, com a expansão dos logradouros públicos, melhorias nos espaços urbanos, preservando a paisagem e protegendo bacias hidrográficas fragilizadas pela ocupação indevida.

O Parque Rachel de Queiroz possui área aproximada de 255 hectares, determinada em 15 trechos, distribuídos ao longo dos bairros Alagadiço, Antônio Bezerra, Amadeu Furtado, Álvaro Weyne, Autran Nunes, Bela Vista, Carlito Pamplona, Couto Fernandes, Dom Lustosa, Genibaú, Henrique Jorge, Jóquei Clube, Monte Castelo, Panamericano, Pici, Parque Araxá, Parquelândia, Padre Andrade, Presidente Kennedy, Rodolfo Teófilo, Quintino Cunha e Vila Ellery. Seus recursos hídricos são o Açude João Lopes e Santo Anastácio, e Riachos Cachoeirinha e Alagadiço.

Os recursos serão destinados ainda à implantação do Fortaleza on line; identificação, estruturação e implantação de Operações Urbanas Consorciadas; e instrumentos de arrecadação tributária, dentre outras importantes iniciativas. 

Para a realização do projeto, o BIRD participará com o financiamento de US$ 150 milhões. O recurso aguarda autorização do Governo Federal. A expectativa é de que, em 2016, a execução seja iniciada.

Publicado em Meio ambiente
O PSA recomenda nadar sempre paralelo à praia e ficar atento para onde exista posto de salvamento

Neste final de semana o Pelotão de Salvamento Aquático (PSA) da Guarda Municipal de Fortaleza mobilizará 36 guarda-vidas, de 9h às 17h, para a orla marítima, a fim de garantir um banho de mar sem riscos de possíveis acidentes, como afogamento. No sábado, 16 homens vão fazer a segurança dos seis postos de observação e no domingo, 20, sendo que dois destes ficarão na Lagoa da Maraponga.


Conforme a escala do final de semana, no Náutico ficarão 6 guarda-vidas (três para cada dia); 5 na Barra do Ceará (dois no sábado e três no domingo); Carapebas, 4; Ponta Mar, 6; Luzeiro 6; e Praia de Iracema (três no sábado e quatro no domingo) e 2 no domingo, na Maraponga.


Para aproveitar um banho de mar sem preocupação o banhista tem de estar atento para algumas dicas: criança não deve ficar só, sem a supervisão constante de um adulto; nada de entrar no mar após ingerir bebida alcoólica e comer demais; nadar sempre paralelo à praia. E atenção, tomar banho de mar onde tenha postos de salvamento; nada de entrar na água para salvar alguém. Se necessário, procure imediatamente um guarda-vidas.


 

Publicado em Esporte e Lazer
Os guarda-vidas ficam nos postos de 9h às 17h e são identificados pela camiseta branca, boné e sunga azul

O Pelotão de Salvamento Aquático (PSA) vai mobilizar 100 guarda-vidas para fazer a segurança dos banhistas nos quatro dias de carnaval, nos postos da orla marítima e da lagoa da Maraponga (só no domingo, dia 2 de março). Para cada dia, 25 homens vão garantir o banho de mar nos postos da Praia de Iracema, Barra do Ceará, Praia dos Luzeiros, Carapebas, Ponta Mar, Náutico e Lagoa da Maraponga. Para aproveitar e curtir bastante o período momino, o comandante do PSA, inspetor Helder Luna, fornece algumas dicas de segurança: criança não deve ficar só no mar sem a supervisão constante de um adulto; não entrar no mar após ingerir bebidas alcoólicas e comer demais; procurar tomar banho onde tenha postos de salvamento; nadar sempre paralelo à praia. Também é importante, segundo o inspetor, não entrar no mar para salvar alguém: procure imediatamente um guarda-vidas. A pessoa inabilitada para salvamento, geralmente morre afogada. Evitar tomar banho onde tiver valas ou buracos; se não souber nadar, não entre no mar ou lagoa. Esperar uma hora após as refeições para entrar na água é uma dica que não deve ser esquecida, e ainda, se você não tem experiência no mar, não confie em boias, objetos flutuantes e pranchinhas. Esses equipamentos transmitem uma falsa segurança. Os guarda-vidas do Pelotão de Salvamento Aquático podem ser identificados pelo uso de camiseta branca, boné e sunga azul. Eles ficam nos postos das 9h às 17h, diariamente.

Publicado em Esporte e Lazer
Na Praia de Iracema serão 21 homens que ficarão de plantão em três turnos durante os dias 31/12 e 1º/1

O Pelotão de Salvamento Aquático (PSA) vai trabalhar nos dias 30 e 31 de dezembro assim como no dia 1º de janeiro com um total de 86 guarda-vidas, na proteção dos banhistas da orla marítima e da Lagoa da Maraponga. O objetivo é garantir o lazer da população e dos turistas nos festejos de final de ano. Só para a Praia de Iracema, no dia 31 de dezembro, local do tradicional réveillon promovido pela Prefeitura de Fortaleza, serão 21 homens, em três turnos: de 9 às 17h, de 17 às 22h e das 22 às 6h do primeiro dia do ano de 2014.


Os 86 guarda-vidas darão proteção aos banhistas dos postos da Praia de Iracema, Náutico, Ponta Mar, Luzeiros, Barra do Ceará, Carapebas e da Lagoa da Maraponga, esta só no domingo, dia primeiro de janeiro. Os guarda vidas operam em seis torres de observação, de três metros de altura, equipados com boias, nadadeiras, binóculos, corda de resgate e farmácia de pequenos socorros. Eles podem ser identificados pelo uso de camiseta branca com cruz vermelha, boné e sunga azul.


O comandante do PSA, inspetor Helder Luna, adverte os banhistas para evitar entrar no mar depois de ingerir bebida alcoólica, entrar na água depois de uma hora da última refeiçã, ficar na água até a altura do umbigo, nadar em locais que tenha a presença do guarda vidas, evitar tomar banho com a maré alta e entrar no mar sempre em grupo.


 

Publicado em Segurança Cidadã
Os guarda-vidas estarão situados nos seis postos da orla marítima e na lagoa da Maraponga

O Pelotão de Salvamento Aquático (PSA), da Guarda Municipal, vai mobilizar, neste final de semana, um total de 57 guarda-vidas para os seis postos da Orla Marítima e o da Lagoa da Maraponga, e assim garantir a segurança dos banhistas. Muita prudência e procurar seguir as regras de segurança que os guardas recomendam a população que escolhe o banho de mar como lazer.


Não nadar depois de ingerir bebida alcoólica, entrar na água só após uma hora da última refeição, ficar na água até a altura do umbigo, nadar em locais que tenha a presença do guarda-vidas, evitar tomar banho com a maré alta e entrar no mar sempre em grupo. As recomendações são do comandante do PSA, João Vieira, a fim de que o banhista aproveite bem o lazer do final das férias.


Neste final de semana os guarda-vidas ficarão divididos por turma:: Ponta Mar (2 no sábado e 1 no domingo), Praia do Luzeiro, (4 no sábado e 4 no domingo), Praia do Náutico (4 no sábado e 5 no domingo), Praia de Iracema  (7 no sábado e 7 no domingo), Barra do Ceará, (6 no sábado e 5 no domingo) e Lagoa da Maraponga (2 guarda-vidas no domingo).

 

Publicado em Esporte e Lazer
Segunda, 11 Março 2013 11:02

Prefeitura de Fortaleza apoia Meia Maratona

A Meia Maratona de Fortaleza 2013 já tem mais de 2 mil inscritos

Para comemorar os 287 anos de Fortaleza e o aniversário do Exército Brasileiro, a Cidade se prepara para a realização da 11ª Meia Maratona, que acontecerá no dia 14 de abril e conta com o apoio da Prefeitura Municipal. Mais de 2 mil atletas já estão inscritos para disputar as diversas categorias nas distâncias de 21,1Km, 10Km e 5Km. Os cadeirantes estarão presentes no percurso de 10Km, nas categorias Masculino e Feminino. A primeira largada acontecerá ás 6h30 no Hotel Marina Park (Av. Presidente Castelo Branco, 400). A arena de chegada será no mesmo hotel. A prova é realizada em conformidade com as normas da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

O apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza acontece por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel). O objetivo do evento é comemorar o aniversário da Cidade a partir da difusão, estímulo e intercâmbio entre os corredores de rua do Estado e de outras regiões do País. Para o Secretário de Esporte e Lazer do Município, Márcio Lopes  “É de grande importância apoiar a Meia Maratona de Fortaleza, pois já é um produto esportivo da Cidade e a sua realização atende tanto à população local quanto ao turismo esportivo”, garante.

Inserida no calendário de provas nacionais, a Meia Maratona de Fortaleza já é tradição entre os atletas de diversos estados e países. Tendo o maior índice técnico do Nordeste, a prova é plana, proporcionando assim um maior rendimento e melhor desempenho dos competidores. A competição é a única corrida de 21,1 km do Ceará inserida no Calendário Oficial de Corridas de Rua Nacionais da Entidade e contará com testes de antidoping sob a coordenação da Confederação Brasileira de Atletismo.

Inscrições:. Podem ser feitas nas lojas Esposende ou online:  http://www.meiamaratonadefortaleza.com. O valor é de R$ 50,00  mais 1 quilo de alimento não perecível.
Data: domingo, 14 de abril
Horário: largada a partir das 6h30
Local: Hotel Marina Park (Av. Presidente Castelo Branco, 400)
Informações: Mandacaru Adventure - 3224.7709

Publicado em Esporte e Lazer