crianças praticam artes marciais no micro parque diante de um grupo que assiste à atividade
A inauguração contou com uma série de atividades para as crianças presentes (Fotos: Kiko Silva)

A Prefeitura de Fortaleza entregou, nesta terça-feira (12/10), Dia das Crianças, o Micro Parque Seu Zequinha, na Barra do Ceará. Durante o evento, os presentes assistiram à apresentação da banda de lata formada pelas crianças da comunidade, e os pequenos participaram de atividades como brincadeiras lúdicas, artes marciais, cantigas de roda, contação de histórias e pinturas. As atividades infantis foram executadas pela Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci).

Também nesta terça-feira, pelas redes sociais, o prefeito José Sarto anunciou que Fortaleza foi selecionada pela Parceria por Cidades Saudáveis para receber apoio técnico e financeiro (US$ 75 mil) para a elaboração de um Marco Regulatório para o Monitoramento da Qualidade do Ar. Para marcar o início desta colaboração, foi instalada uma bolha cinza gigante no Micro Parque Seu Zequinha, alertando sobre a urgência de reduzir os níveis de poluição e minimizar os impactos na saúde e no desenvolvimento das crianças.

"Com isso, teremos base de informação para avaliar ações atuais e futuras em busca de um ar mais limpo na nossa cidade, um direito de todos, especialmente de nossas crianças. Agradeço a todas as instituições pela parceria. Juntos, vamos beneficiar as atuais gerações e as futuras", disse Sarto.

As atividades do Dia das Crianças seguem a proposta do projeto Pé de Infância, que teve início em agosto deste ano e é uma parceria com a Rede Urban95 e a fundação holandesa Bernard Van Leer. “São áreas degradadas que recebem intervenções com apoio de instituições internacionais para a realização dessa experiência, trazendo também referências internacionais a este projeto. A Prefeitura vem desenvolvendo os Micro Parques. Um deles, localizado na Av. José Leon, já foi entregue, e outros dois estão em andamento”, declarou o vice-prefeito Élcio Batista.

uma bolha cinza com cerca de três metros de diâmetro instalada no micro parque
A bolha cinza gigante alerta sobre a urgência de reduzir os níveis de poluição

O projeto Micro Parques transforma áreas degradadas da cidade em pequenos parques urbanos, unindo meio ambiente, primeira infância e educação. O presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Luiz Alberto Sabóia, explicou que esta é uma iniciativa inovadora e de grande potencial de expansão.

“Usando o espaço natural, preservando a topografia do terreno, criamos um parque naturalizado e uma série de outras interações com a comunidade. A ideia é que a gente possa criar uma rede de respiros verdes na cidade, e é viável ter um Micro Parque em cada bairro. A nossa meta é expandir e deixar, ao final da gestão, um legado que será a maior rede de Micro Parques do Brasil”, afirmou.

A autônoma Michelle dos Santos, acompanhando a filha Rebeca, de oito anos, mesmo não sendo moradora do bairro, aproveitou o feriado para vir conhecer o novo equipamento. "É algo bem diferente e de grande importância para as crianças, ter esse lugar seguro e ao ar livre para elas brincarem, além de levantar a questão do meio ambiente, do contato com a natureza e da conscientização sobre a poluição", enfatizou.

Por sua vez, morador da Barra do Ceará há 11 anos, o garçom Paulo Roberto Soares afirmou estar contente com a mudança no espaço. Ele garantiu que vai virar hábito trazer os filhos Gabriel, de nove anos, e Pedro, de um ano, pela proximidade do Micro Parque a sua residência. "Aqui era um local onde as pessoas jogavam lixo e que espalhava doenças. Foi uma excelente intervenção e agora vamos aproveitar muito bem o espaço", disse.

Intersetorialidade

Luiz Alberto Sabóia destacou a intersetorialidade dos serviços realizados com a iniciativa dos Micro Parques, cuja coordenação é feita por meio da Citinova e execuções pela Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger). “Este Micro Parque é uma transversal e conta com o apoio de várias secretarias. Foi pensado para ser um equipamento auxiliar da Rede Pública Municipal de Ensino, trazendo as crianças para terem um momento de lazer, além de incluir cachorródromo, quiosque do Leitura na Praça, entre outros mobiliários”, ressaltou.

Na ocasião, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) realizou a distribuição de mudas e ações de educação ambiental com crianças. Já a SCSP vai ceder uma parte do terreno do Ecoponto do bairro, que fica em frente ao Micro Parque, para a Associação Cultural Afro-brasileira Pai Luiz de Aruanda, que ficará responsável pela criação de uma horta medicinal e ações de educação ambiental com a comunidade.

Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ofereceu vacinação antirrábica e teste de leishmaniose canina e outras atividades realizadas pela comunidade. A Secretaria Municipal de Educação (SME), a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor) e a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) também são parceiras das atividades no Micro Parque Seu Zequinha.

Saiba mais

O tema da qualidade do ar também é o foco de uma intervenção do programa Criança e Natureza, do Instituto Alana, e da Fundação Bernard van Leer. A Parceria, apoiada pela Bloomberg Philanthropies, em colaboração com a Organização Mundial da Saúde e a Vital Strategies, é uma rede de 70 cidades ao redor do mundo que atua na prevenção de doenças cardíacas, diabetes, doenças pulmonares crônicas, câncer e lesões.

Publicado em Meio ambiente

Um homem de costas apresenta um documento para uma mulher sentada à sua frente que usa um computador
Francisco Gerônimo tomou conhecimento do cadastramento feito pela Seuma por meio do contato prévio da Associação
A Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) realizou, na tarde desta terça-feira (22/06), cadastro para vacinação contra a Covid-19 dos catadores de resíduos da Associação de Catadores Rosalina, no bairro Parque Dois Irmãos. A ação faz parte do mutirão da Prefeitura de Fortaleza, que tem como objetivo alcançar as pessoas que não têm acesso à internet ou não sabem fazer o cadastro na plataforma Saúde Digital, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

De acordo com a secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Luciana Lobo, o intuito é somar esforços para permitir que todos sejam vacinados. “A Prefeitura de Fortaleza tem se unido em favor desse mutirão, que tem como finalidade realizar o cadastro para vacinação contra Covid-19 daqueles que não sabem como fazer o cadastro. Para isso, a Seuma mobilizou uma equipe para atuar em diversas associações de catadores de resíduos na capital, atendendo o maior número de pessoas possível”, declarou.

O responsável pela Associação de Catadores da Rosalina, Gabriel Victor, parabenizou a iniciativa da Prefeitura. “Ações como essa devem ser reconhecidas, pois é muito difícil para esse grupo ter acesso à internet para fazer o cadastro de vacinação”, relatou.

O associado Francisco Gerônimo tomou conhecimento da iniciativa da Seuma por meio do contato prévio da Associação e aproveitou a oportunidade. “Eu não tinha feito o cadastro antes porque eu não tive como. Eu fiquei sabendo e vim fazer meu cadastro”, comemorou.

A Seuma está montando um cronograma de atividades para atender outras associações de catadores de resíduos na cidade. Na semana passada, uma equipe da Seuma esteve na Associação Mulheres em Cena, no bairro Serrinha.

Locais de cadastro

Para tentar alcançar a população, desde o dia 14 de junho, a Prefeitura de Fortaleza deu início ao mutirão de cadastramento na plataforma Saúde Digital, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), para vacinação contra Covid-19.

Além disso, a Secretaria Municipal da Educação (SME) está executando a busca ativa junto aos pais ou responsáveis dos mais de 240 mil alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino.

Onde realizar o cadastro no Saúde Digital

- Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Conjunto Ceará (Av. Alanis Maria, s/n - 1ª etapa - Conjunto Ceará)
- Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Cristo Redentor (Av. Monsenhor Hélio Campos, 178 - Cristo Redentor)
- Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Conjunto Palmeiras (Av. Castelo de Castro, 2842 - Conj. Palmeiras)

- Cuca Jangurussu (Avenida Castelo de Castro s/n - Jangurrusu)
- Cuca José Walter (Rua 69 - 2ª etapa - José Walter)
- Centro Cultural Canindezinho (Avenida Osório de Paiva, 6297 - Canindezinho)

- CRAS Jacarecanga (Rua Senador Alencar, 1540 - Jacarecanga)
- CRAS Barra do Ceará (Rua Cândido Castelo Branco, s/n – Barra do Ceará)
- CRAS Mucuripe (Rua Professor Luís Costa, 142 – Mucuripe)
- CRAS Serviluz (Avenida Zezé Diogo, 1038 - Serviluz)
- CRAS Lagamar (Rua Sabino Monte, 4506 – São João do Tauape/Lagamar)
- CRAS Praia do Futuro (Rua Clovis Arrais Maia, 6430 - Praia do Futuro)
- CRAS Bela Vista (Rua Mario de Andrade, 496-A - Bela Vista)
- CRAS João XXIII (Rua Visconde do Cauipe, 200 - João XXIII)
- CRAS Presidente Kennedy (Conjunto Castelo Branco, s/n Quadra F - Presidente Kennedy)
- CRAS Antônio Bezerra (Rua Cândido Maia, 245 – Antônio Bezerra)
- CRAS Quintino Cunha (Rua Ilha do Bote, 334 – Quintino Cunha)
- CRAS Vila União (Rua do Avião, s/n - Vila União)
- CRAS Serrinha (Rua Inácio Parente, 100 - Serrinha)
- CRAS Couto Fernandes (Avenida João Pessoa, 4474 - Damas)
- CRAS Granja Portugal (Rua Humberto Lomeu, 1130 – Granja Portugal)
- CRAS Aracapé (Rua Poliana, s/n - Mondubim)
- CRAS Canindezinho (Rua Coronel José Maurício, 405 - Canindezinho)
- CRAS Bom Jardim (Rua Coronel João Correia, 2023 - Bom Jardim)
- CRAS Mondubim (Avenida Waldir Diogo, 840 - Mondubim)
- CRAS Genibaú (Avenida I, 340, 3ª Etapa – Conjunto Ceará)
- CRAS Conjunto Esperança (Rua 103, 195 – Conjunto Esperança)
- CRAS Conjunto Palmeiras (Rua Iracema, 1860 - Conjunto Palmeiras)
- CRAS Jardim das Oliveiras (Rua Major Otacílio Afonso de Souza, 61 - Jardim das Oliveiras)
- CRAS Castelão (Avenida Alberto Craveiro, 1480 - Boa Vista)
- CRAS João Paulo II (Rua 10, n° 75 - Barroso)
- CRAS Dendê (Rua Adolfo Moreira de Carvalho, 96 - Dendê)
- CRAS Messejana (Rua Edmilson Coelho, 1720 - Curió)

- Central de Atendimento da AMC Shopping Benfica (Av. Carapinima, 2200 - Benfica)
- Central de Atendimento da AMC Shopping RioMar (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 - Benfica)

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza entrega, nesta segunda-feira (07/12), às 16h30, o Centro Cultural Canindezinho, localizado na Avenida Osório de Paiva, no bairro Canindezinho.

O novo equipamento é fruto da Operação Urbana Consorciada Osório de Paiva (OUC-Osório de Paiva), coordenada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

O Centro Cultural ofertará atividades culturais e esportivas à população e foi eleito pela comunidade como uma prioridade para a aplicação dos recursos da contrapartida da OUC, regida pela Lei n.10.403, de 3 de outubro de 2015, que viabilizou a instalação do supermercado Atacadão.

Como uma das contrapartidas da operação ficou definida a construção do Centro Cultural, equipamento público que teve um investimento em torno de R$ 2,8 milhões e possui uma área de 7.638,70 m², sendo acompanhada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf). O terreno onde está instalado o equipamento cultural foi doado à Prefeitura de Fortaleza, visando implantar a contrapartida da Operação na poligonal.

O projeto atende às normas de acessibilidade, oferta de salas multiuso, quadra poliesportiva coberta e quadra de futsal, academia ao ar livre, anfiteatro, parque infantil, academias de dança e artes marciais mistas, bloco educacional, área administrativa e almoxarifado. O local conta, ainda, com horta comunitária e farmácia viva.

A gestão do equipamento será realizada pela Coordenadoria de Juventude, em parceria com a Regional V e o Conselho Gestor da Operação Urbana Consorciada Osório de Paiva.

Além disso, a comunidade do território participará do gerenciamento do espaço de forma que a rede de oportunidades e proteção social para a juventude e a comunidade se amplie e fortaleça.

“As Operações Urbanas Consorciadas podem vir a ser uma espécie de receita mágica para o desenvolvimento de uma política urbana que articule as ações institucionais no âmbito municipal, integre planejamento, investimento e gestão de recursos, dentro de uma perspectiva democrática, participativa e transformadora.” declara a titular da Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz.

Ainda de acordo com a Secretária, as OUCs são instrumentos de Indução do desenvolvimento Urbano mais importante para o crescimento dos municípios, pela possibilidade de abranger as demais ferramentas do Estatuto da Cidade, como Outorga Onerosa, Transferência do Direito de Construir, além de abranger outros instrumentos tributários de mais valia já cobrados pelos municípios brasileiros como, por exemplo, IPTU, ITBI, ISS, Contribuição de Melhoria, demais tributos (impostos, taxas e contribuições).

Operação Urbana Consorciada

A Operação Urbana Consorciada (OUC), prevista no Estatuto da Cidade, prevê transformações urbanísticas, sociais e ambientais, em áreas degradadas, ou subutilizadas da cidade.

A relevância de uma OUC é o estabelecimento de uma parceria público-privada, onde, por meio de instrumentos legais, regulamentados pela constituição, as cidades tendem a ganhar qualidade de vida urbana, em especial para seus cidadãos.
Fortaleza já conta com sete OUC’s, entre consolidadas e em andamento. São elas: OUC Papicu; OUC Maceió; OUC Sítio Tunga; Jóquei Clube; Dunas do Cocó; OUC Lagoa da Sapiranga e OUC Osório de Paiva.

Serviço
Inauguração do Centro Cultural no Canindezinho
Data: 07/12 (segunda-feira)
Horário: 16h30
Local: Avenida General Osório de Paiva, 6297 - Canindezinho (Ao lado do supermercado Atacadão)

Publicado em Juventude
prefeito assinando documento em cima de mesa com riacho maceió ao fundo, secretária Manuela e Paulinho Leme em pé ao lado olhando. todos usam máscara
“Vamos revitalizar e fazer a limpeza completa do Riacho, com recuperação de mata ciliar, além de toda urbanização de suas laterais", explicou o Prefeito

Na manhã desta quinta-feira (13/08), o prefeito Roberto Cláudio assinou a ordem de serviço para a construção do Parque Riacho Maceió, no bairro Varjota. Serão mais de 97 mil m² de área urbanizada, com a implantação de novos espaços que vão promover mais lazer e bem-estar aos fortalezenses. A obra está orçada em cerca de R$ 20 milhões e terá duração de 18 meses.

O Riacho Maceió faz parte da história do desenvolvimento dos bairros Varjota e Mucuripe, que cresceram em suas margens e agora passa por completa transformação. “Vamos revitalizar e fazer a limpeza completa do Riacho, com recuperação de mata ciliar, além de toda urbanização de suas laterais, que envolve paisagismo, calçadão, ciclovia, equipamentos de esporte e lazer”, declarou o Gestor, lembrando que o objetivo é proteger o patrimônio ambiental, que atualmente, vem recebendo lixo e detritos, e prover um espaço de interação social.

O projeto, que irá contemplar da Rua Tavares Coutinho até a Av. Abolição, prevê a criação de espaços de convivência e amplo calçadão com pista de cooper e ciclofaixa em todo o seu entorno. O novo Parque será, também, um polo de lazer com equipamentos que estimulam a prática de diversas atividades físicas, coletivas e individuais, com a instalação de Academias ao Ar Livre, quadra poliesportiva, quadras de vôlei de praia, pista de skate, mesa de pingue-pongue, espiribol e espaço para a prática de Parkour.

homem de chapéu e máscara posando para a foto fazendo sinal de legal com a mão
“Aqui estava com muito acúmulo de lixo, as calçadas não dão para gente se locomover. Com a obra vai ficar bom", comentou César Amaro

A região ganhará, também, pequenas praças com espaços multiuso, Cachorródromo, parque infantil, Food Park com vagas para trailers e jardins gramados para piqueniques. Serão realizados, ainda, serviços de reforma de áreas já existentes como a restauração do oratório de Nossa Senhora das Graças e o muro de contenção do Riacho, que passará por reforço em toda a sua estrutura, auxiliando no ordenamento do curso do manancial ao longo de todo o Parque.

A obra ainda irá recuperar o recurso hídrico do manancial e contará com serviços de drenagem que vão facilitar o deságue de águas pluviais no canal existente. As águas do Riacho Maceió passarão por tratamento hídrico, com processo que consiste na separação de resíduos sólidos, filtragem por meio da implantação de vegetação natural e instalação de sistema de tratamento Ultravioleta (UV).

De acordo com Manuela Nogueira, secretária da Infraestrutura, além dessa etapa, serão realizadas outras com objetivo de recuperar o manancial. “Entregamos, até o final do ano, esse trecho da obra para a população já sentir o que será o 100% do riacho Maceió. É uma obra longa, não só de requalificação de passeio e equipamentos, mas tem o viés de meio ambiente que pretendemos trazer uma nova vida ao riacho em si”, completou.

César Amaro de Lima, 45 anos, que passa todo os dias ao lado do córrego, contou o que achou da novidade. “Aqui estava com muito acúmulo de lixo, as calçadas não dão para gente se locomover. Com a obra vai ficar bom, porque não era bem utilizado, era espaço de lixo e mato. Agora as pessoas vão poder fazer esporte, conversar em um local legal”, disse.

Primeira etapa

Em 2014, a Prefeitura de Fortaleza realizou a primeira etapa das obras de requalificação do Parque Riacho Maceió, com a construção de calçadão, passarelas com guarda-corpo sobre o Riacho, paisagismo, caramanchões, iluminação e instalação de mobiliários urbanos.

O espaço, que está localizado entre a Av. Beira-Mar e a Rua Tereza Hinko, possui cerca de 22 mil metros quadrados de área e foi recuperado a partir de um Convênio de Operação Urbana Consorciada (OUC) entre o Município, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), e a Nordeste Participação e Empreendimento (Norpar).

Publicado em Infraestrutura
Fortaleza Online é destaque naciona

Inédito e inovador quando o assunto é desburocratização, o Programa Fortaleza Online completa cinco anos desde seu lançamento, alcançando a marca de 52 serviços disponíveis ao cidadão e mais de 733 mil documentos emitidos entre licenças, autorizações, alvarás e isenções, facilitando a vida do cidadão fortalezense que deseja construir ou regularizar um negócio na cidade. Os serviços estão disponíveis 24 horas, sete dias da semana, permitindo que o cidadão acesse de qualquer lugar.

Com o lançamento do primeiro serviço em julho de 2015, a Consulta de Adequabilidade Locacional, a Prefeitura de Fortaleza deu um grande passo ao possibilitar que o cidadão pudesse analisar, de forma gratuita e imediata, se o local pretendido para iniciar um novo negócio era adequado às determinações da legislação. Com isso, as demais licenças para o funcionamento das atividades passaram a ser emitidas de forma ainda mais rápida.

No setor da construção, Fortaleza foi a primeira cidade brasileira a concluir um documento de Alvará de Construção em 30 minutos, sendo um marco para o setor na cidade. Antes da virtualização do serviço, a emissão do documento era realizada no prazo de 30 a 60 dias úteis.

O Fortaleza Online também emite as principais autorizações para a regularização de empreendimentos. Desde 2019, é possível emitir o Alvará de Funcionamento de forma online, documento que antes demorava 60 dias úteis para emissão. A plataforma facilitou a abertura de novas atividades na cidade, desburocratizando a formalização dos negócios.

Com a aprovação do novo Código da Cidade, em agosto de 2019, foram sendo inseridos novos serviços, até chegar aos 52 atuais, dos principais documentos para construir e funcionar na cidade. Além dos serviços já citados, também estão disponíveis: Certificado de Inspeção Predial, Certidão de Logradouro, Confinantes, Endereço e Número, Licença Ambiental Simplificada, Plano de Gerenciamento de Resíduos, Licença de Publicidade, Autorização de Utilização Sonora, dentre outros.

Para a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, o Programa se propõe a vencer o desafio da desburocratização e alcançar eficiência, agilidade e transparência da administração pública. “Mais que desburocratizar, o Fortaleza Online pretende aproximar o Poder Público do cidadão, possibilitando que as oportunidades de ascensão econômica e social promovida pela implantação de novos empreendimentos, edificações e intervenções urbanísticas propiciem uma cidade mais justa, inclusiva, sustentável e competitiva”, ressalta.

Seuma 100% virtualizada

O Fortaleza Online unido ao novo Licenciamento Digital, lançado em maio deste ano, produto também elaborado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), possibilitou a automatização de 100% dos serviços nas áreas do urbanismo e meio ambiente. Agora, todos os serviços do órgão podem ser emitidos de forma virtual, já que o novo Licenciamento Digital migrou para o meio virtual a solicitação e a tramitação dos serviços que antes só poderiam ser solicitados de forma física e presencial, como Alvará para Ampliação e Reforma, Certificação Fator Verde e as licenças de instalação e operação.

Publicado em Meio ambiente
A Prefeitura de Fortaleza atua, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), no estímulo ao desenvolvimento inclusivo e oferece oportunidade de trabalho e renda para pessoas com deficiência visual, com o Projeto Visão nas Mãos. A iniciativa, que promove a inserção de 48 cegos no mercado de trabalho, disponibiliza espaços públicos para a execução de atividades de massoterapia.
 
Neste mês de julho, os profissionais oferecem serviços de massoterapia em diversos pontos da Cidade: Praça dos Estressados; Tribunal de Justiça do Estado do Ceará; Fórum Clóvis Beviláqua; Secretaria Municipal da Infraestrutura; Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente; Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor); Regionais II e VI; Fórum das Turmas Recursais; e na Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado. 
 
Inclusão econômica e social
As pessoas com deficiência visual que participam do Projeto Visão nas Mãos recebem consultoria, capacitação gerencial, material de trabalho (cadeiras quick massage, macas e biombos), bem como materiais de consumo (camisas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha e álcool em gel). Cada sessão custa R$ 20. O valor é repassado integralmente aos massoterapeutas.
 
PROGRAMAÇÃO COMPLETA
 
Praça dos Estressados
Data: Todos os dias
Horário: das 6h30 às 11h e das 17h às 21h
Local: Avenida Beira Mar, S/N - Meireles
 
Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
Data: Todas as quintas-feiras, exceto feriados
Horário: das 11h às 16h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba
 
Fórum Clóvis Beviláqua
Data: Todas as terças-feiras, exceto feriados
Horário: das 8h às 17h
Local: Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, 220 - Edson Queiroz
 
Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis)
Data: 03/07 (quarta-feira)
Horário: das 08h às 17h
Local: Rua Francisco José Albuquerque, 1020 - Cajazeiras
 
Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico - SDE
Data e hora: 05/07 (sexta-feira)
Horário: das 8h às 16h
Local: Rua Tibúrcio Cavalcante, 1233 - Aldeota
 
Secretaria Regional II
Data e hora: 05/07 (sexta-feira)
Horário: das 8h às 17h
Local: Rua Professor Juraci Oliveira, 01 - Edson Queiroz
 
Secretaria Municipal da Infraestrutura - Seinf
Data: todas as quintas-feiras, exceto feriados
Horário: das 8h às 16h
Local: Avenida Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras
 
Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente - Seuma
Data: todas as quintas-feiras, exceto feriados
Horário: das 8h às 16h
Local: Avenida Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras
 
Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza - Etufor
Data: 16/07 (terça-feira)
Horário: das 17h às 22h
Local: Avenida Dos Expedicionários, 5677 - Vila União
 
Secretaria Regional VI
Data: 11/07 (quinta-feira)
Horário: das 8h às 17h
Local: Rua Padre Pedro de Alencar, 789 - Messejana
 
Fórum das Turmas Recursais
Data: todas as sextas-feiras
Horário: das 8h às 17h
Local: Avenida Santos Dumont, 1400 - Aldeota.
 
Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado
Data: 25/07 (quinta-feira)
Horário: das 8h às 16h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba
 
Mais informações: 0800 081 4141
 
*Programação sujeita à alteração.
 
Publicado em Economia
XI Fórum Adolfo Herbster

O Fórum Adolfo Herbster, realizado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) chega a sua 11ª edição. O evento, que será realizado na próxima quarta-feira (19/12), a partir das 08h, no edifício LC Corporate, reunirá engenheiros, arquitetos, urbanistas e estudantes para debater sobre tecnologia, arquitetura e inovação, com foco no “fazer cidade”.

A iniciativa foi instituída em 1979, pela administração municipal, visando debater com a sociedade instrumentos de desenvolvimento urbano para Fortaleza. Esta edição terá como tema principal “As respostas da cidade para o século XXI” e abordará assuntos relevantes para fomentar o poder público, iniciativa privada e sociedade civil a planejarem integradamente o bem-estar da população de Fortaleza.

A iniciativa contará com três painéis. O primeiro será o Painel Empreendendo na Cidade com a participação de Severino Neto, presidente da rede de Mercadinhos São Luiz, e Ticiana Rolim Queiroz, diretora comercial e de marketing da C. Rolim Engenharia.

Já o segundo painel, intitulado de Habitando na Cidade, contará com a colaboração de Luciano Ramos, presidente da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura Regional do Ceará (Asbea-CE) e Ricardo Bezerra, diretor executivo da Lopes Immobilis. O último painel será o Vivendo a Cidade e terá a participação de Mariana Marques, da Auê Feira Criativa, e Paulo Angelim, arquiteto e urbanista.

A titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz fará a palestra de encerramento com o tema “Novas formas de morar e Inovação”, apresentando tendências inovadoras de moradia. “A regulamentação da Nova Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos), em Agosto de 2017, possibilitou uma flexibilização no processo de adequabilidade das construções, fomentando, nas construtoras e na sociedade, uma exigência maior em relação a produtos inovadores para moradia. É isto que vamos debater, com a sociedade e com os profissionais, durante esta edição do Fórum Adolfo Herbster, como melhorar e ampliar a oferta de moradia e ocupação da cidade”, enfatiza Águeda Muniz.

Serviço
XI Fórum Adolfo Herbster – As respostas da cidade para o século XXI
Data: 19/12/2018 (quarta-feira)
Hora: a partir das 08h
Local: LC Corporate - Av. Barão de Studart, 300 - Meireles

Programação
08h
– Credenciamento
08h30 - Abertura
9h – Painel I: “Empreendendo na Cidade”
09h45 – Painel II: “Habitando na Cidade”
10h30 - Painel III: “Vivendo a Cidade”
11h15 - Palestra: “Novas formas de morar e Inovação”
12h - Encerramento

Publicado em Meio ambiente
várias pessoas numa mesa de auditório
Solenidade de assinatura dos decretos ocorreu no auditório do Paço Municipal

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta quarta-feira (12/12), o decreto de desburocratização dos procedimentos administrativos referentes a documentação, atendimento, licenciamentos, autorizações, declarações, certidões, permissões e concessões de natureza urbana e ambiental. A medida visa facilitar o acesso a serviços essenciais da Prefeitura de Fortaleza. Na mesma solenidade, Roberto Cláudio instituiu o Comitê Fortaleza Digital, instância de caráter deliberativo que fomentará a plataforma de mesmo nome, reunindo os serviços da Prefeitura em um só lugar. 

“Um dos decretos tem sentido prático. Vai diminuir o número de exigências para um conjunto de obrigações da Prefeitura, como licenças e alvarás. Basicamente, vamos reduzir e simplificar o número de documentações. O outro cria um comitê que trabalhará na Plataforma Fortaleza Digital, criando uma ferramenta única, simples, amigável, transparante e acessível à população”, declarou o Prefeito.

Águeda Muniz, secretária do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), lembrou que a ação trará benefícios diretos aos cidadãos ao simplificar os processos. “A desburocratização é uma das linhas de ação do Fortaleza Competitiva, facilitando acesso às documentações necessárias que vão regulamentar os negócios na Cidade. A redução desses documentos não causa perdas. Na verdade, dá acesso àquelas pessoas que tinham dificuldades por questões meramente burocráticas e agora vão acessar de forma simples”.

O objetivo do Fortaleza Digital é centralizar os serviços da Prefeitura de Fortaleza no ambiente virtual. “O Comitê Gestor vai avaliar quais serviços são elegíveis para integrar essa plataforma online, tornando o acesso mais amigável e fácil ao cidadão”, explicou Cláudio Ricardo, presidente na Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova).

A nova plataforma vai ofertar, por exemplo, acesso à informação de linhas de ônibus, avaliação do sistema do transporte público, denúncias, realização de matrículas e acompanhamento da performance escolar de alunos, marcação de consultas especializadas, acompanhamento de fila de exames, entre outros.

Cabe ao novo Comitê definir os principais serviços de acesso ao cidadão, as estratégias de inclusão digital, criação de chatbot (aplicativo que utiliza inteligência artificial para conversar com usuários) e integração da plataforma com os serviços online já desenvolvidos pela Gestão.

Entre os participantes desse grupo, estão representantes das Secretarias de Governo (Segov), Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Finanças (Sefin), Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) e Controladoria Geral do Município (CGM).

Publicado em Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta quarta-feira (12/12), às 9h, no auditório do Paço Municipal, os decretos de desburocratização e de lançamento do Comitê Fortaleza Digital. Os decretos visam simplificar procedimentos administrativos com foco na melhoria do serviço público prestado ao cidadão.

Serviço
Assinatura dos Decretos de Desburocratização e de Lançamento do Comitê Fortaleza Digital
Data: quarta-feira (12/12)
Horário: 9h
Local: Auditório do Paço Municipal – Rua São José, 01 - Centro

Publicado em Fortaleza
Exposição educativa de combate às arboviroses.
Exposição educativa de combate às arboviroses.

A Prefeitura de Fortaleza promove, nesta sexta-feira (09/11), a partir das 8h, no bairro Vicente Pinzón, mais um mutirão municipal de combate às arboviroses. A ação, que será coordenada pelas Secretarias Municipais Regional II e de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), acontecerá no estacionamento da Escola Municipal Aída Santos, localizada na Rua Trajano de Medeiros.

A iniciativa faz parte do plano sustentabilidade para o controle do Aedes aegypti, e tem como objetivo conscientizar a população em relação à prevenção e eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da dengue, zyka e chikungunya.

Durante o mutirão, a população contará com uma programação dinâmica que inclui exposição educativa sobre o mosquito Aedes aegypti, apresentações de teatro de fantoches, além de abordagens educativas com conscientização ambiental, distribuição de mudas e materiais informativos.

No decorrer da manhã de atividades preventivas, também estão previstas requalificações de pontos de lixo crônicos, pintura de meio fio, varrição, panfletagem e visitas domiciliares com os agentes de endemias e os educadores em saúde, que devem percorrer as ruas do bairro mostrando aos moradores como é possível se prevenir contra o mosquito. Os profissionais irão orientar sobre vedação correta das caixas d’águas, cuidados com possíveis criadouros, realizando distribuição de sacos plásticos, recolhimento de materiais inservíveis e de materiais de grande porte, a exemplo de móveis, sofás, colchões velhos, pneus, dentre outros.

De acordo com o titular da Secretaria Regional II, Ferruccio Feitosa, a luta contra as arboviroses é de todos e deve ser algo constante. “No segundo semestre, o índice de infestação cai, mas é justamente neste período que precisamos antecipar as ações de enfrentamento ao mosquito antes de começar a chover, período de maior preocupação. Em setembro, promovemos a Operação Inverno Plano de Sustentabilidade, no Meireles, o nosso objetivo é ampliar a redução do índice de infecções das doenças transmitidas por arboviroses. Quero enfatizar que o combate às arboviroses é uma luta de todos e deve ser algo constante. A população também deve fazer a sua parte”, concluiu o Secretário.

O período que antecede a quadra invernosa é o momento em que a Prefeitura se reúne com a população para trabalhar ações que visam a redução do índice de infecções por meio de arboviroses.

Serviço
Mutirão Municipal de combate às arboviroses
Data: 09 de novembro
Horário: 08h
Local: Estacionamento da escola municipal Aída Santos, Rua Trajano de Medeiros, Nº 803, Vicente Pinzón

Publicado em Fortaleza
Página 1 de 6