Mostrando itens por tag: Mobilidade Urbana
Operário trabalhando na Avenida Mozart Lucena
Na Avenida Mozart Lucena, as obras ocorrem em dois trechos, como parte do programa Meu Bairro Empreendedor

A Prefeitura de Fortaleza vem intensificando obras de mobilidade urbana e requalificação viária em importantes vias da cidade. As avenidas Mozart Lucena e José Bastos estão recebendo faixa elevada para pedestres, lombadas físicas, ciclovia e nova iluminação. Os projetos beneficiam pedestres, pessoas com mobilidade reduzida, ciclistas e trânsito de veículos.

Com serviços executados pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), em parceria com outros órgãos da gestão municipal, as intervenções têm o objetivo de melhorar a circulação e a convivência de pessoas. As duas regiões possuem grande densidade de atividades comerciais, residenciais e de serviços.

“Com obras em pleno andamento, este é um dos principais eixos de conexão entre os bairros Barra do Ceará, Jardim Guanabara, Vila Velha e Quintino Cunha. A via é bem densa em estabelecimentos de comércio e de serviços, sendo muito importante para os moradores da região. Por esse motivo, as equipes estão requalificando o canteiro central e as calçadas para que as pessoas possam usufruir deste espaço com maior conforto e segurança, com o benefício para pedestres e ciclistas”, comentou o secretário da Conservação e Serviços Públicos, Ferruccio Feitosa, na manhã desta terça-feira (02/02), durante visita às intervenções na Avenida Mozart Pinheiro Lucena.

Avenida Mozart Lucena
Na Avenida Mozart Lucena, as obras em andamento ocorrem em dois trechos, como parte do programa Meu Bairro Empreendedor, idealizado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), que visa ao fomento da economia local por meio da melhoria da circulação de mais de 120 mil pessoas na área.

Em um dos trechos, entre a Rua Rio Juruá e a Av. Benu Marcondes, a Avenida Mozart Lucena já recebeu 700 metros de requalificação do canteiro central, estando previstao ainda a requalificação de 100 metros do canteiro, implantação de faixa elevada para pedestres, lombadas físicas, ciclovia, realocação de postes e a inclusão de novos pontos de iluminação pública, nova sinalização, paisagismo, fresa e recape do asfalto. Nesse trecho, a pista manterá as duas faixas de rolamento, sendo mantida a permissão do estacionamento adjacente ao meio-fio da calçada.

Já no trecho entre as avenidas Benu Marcondes e Major Assis, já foram requalificados 200 metros da calçada oeste da Avenida Mozart Lucena e foi implantado piso intertravado na pista no sentido praia-sertão. Resta ainda a requalificação de 800 metros, envolvendo acréscimos de calçada em pontos de parada, nova pavimentação, canteiro central com ciclovia, faixa elevada para pedestres, lombadas, serviços de drenagem, renovação da iluminação pública, novo mobiliário e sinalização.

Vale destacar que o trecho da Avenida Mozart Lucena, desde a Avenida Major Assis até a Rua Baixa do Milagre, já está finalizado. Nessa etapa, entregue em novembro de 2020, foram implantados novos pontos de iluminação branca, renovação da sinalização horizontal e vertical, soluções de drenagem para escoamento de águas pluviais, requalificação do canteiro central e nova pavimentação, além de 1,4km de infraestrutura cicloviária e 750 metros de acréscimo de calçada por pintura. Com o intuito de garantir a travessia segura de pedestres e ciclistas, também foram realizadas alterações de fluxo do trânsito em alguns cruzamentos.

Avenida José Bastos
Também com intervenções em execução, realizadas em parceria com a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), a Avenida José Bastos, no trecho entre as avenidas Senador Fernandes Távora e Domingos Olímpio, está recebendo a implantação de cerca de 6 km de nova infraestrutura cicloviária, pavimentação em concreto nos pontos de ônibus, fresa, recape e nova sinalização.

Além disso, o canteiro central está sendo requalificado para receber ciclovia bidirecional. Também está prevista a revitalização da faixa exclusiva para o transporte coletivo e o redesenho na sinalização da via, incluindo a implantação de semáforos, fechamento de retornos e readequação da velocidade de 60 km para 50 km/h, contribuindo para um menor índice de acidentes na região e passando a atender a todos os modais.

Ao final das obras, a Avenida José Bastos também contará com um novo sistema de drenagem, por meio da construção de bocas de lobo e galeria nos pontos críticos de alagamento, como nos cruzamentos com a Av. Senador Fernandes Távora e ruas Mozart Firmeza e Mario Silveira.

Publicado em Mobilidade
Jovem utilizando bicicleta do sistema Bicicletar
O Bicicletar agora chega pela primeira vez aos bairros Vila Peri e Conjunto Ceará, além de outros, como Bom Jardim, Granja Portugal, Parque Santa Cecília e Granja Lisboa, que receberam estações recentemente

A Prefeitura de Fortaleza completa seis anos de atividades do Bicicletar e dá início, nesta sexta-feira (11/12), à operação de mais quatro novas estações nos bairros Vila Peri, Conjunto Ceará e Bom Jardim, beneficiando as Regionais IV e V. Com a novidade, ao todo, Fortaleza passa a contar com 188 estações do sistema de bicicletas compartilhadas, mais que o dobro de estações disponíveis até o final do ano passado, permitindo mais alternativas de deslocamento sustentável para o uso da população em todas as Regionais.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora chega pela primeira vez aos bairros Vila Peri e Conjunto Ceará, além de outros, como Bom Jardim, Granja Portugal, Parque Santa Cecília e Granja Lisboa, que receberam estações recentemente.

De janeiro deste ano até agora, a gestão municipal implantou 108 novas estações do Bicicletar. Com isso, o sistema de compartilhamento de bicicletas foi expandindo, em 2020, para novas regiões da Cidade, seguindo caminho para tornar-se o maior sistema deste tipo do Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro em números absolutos, atrás somente do Rio de Janeiro e de São Paulo. Além disso, este novo modelo está ampliando, modernizando e trazendo mais conforto ao sistema, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, entre outras melhorias. Como resultado, atualmente, mais de 880 mil pessoas vivem a uma distância de até 500 metros de uma das 188 estações do Bicicletar.

As novas estações fazem parte da expansão do sistema, que neste ano chegou pela primeira vez aos bairros da Regional V, como Bom Jardim, Granja Portugal, Parque Santa Cecília e Granja Lisboa.

Até o momento, o Bicicletar já possibilitou a realização de 3.426.914 viagens e o sistema conta com mais de 263 mil usuários cadastrados, sendo cerca de 94% dos cadastros ativos utilizando o Bilhete Único.

As novas estações
183 - Pavão Misterioso (Av. Augusto dos Anjos, esquina com a Rua Araraquara – Vila Peri)
185 - Terminal Siqueira (Av. General Osório de Paiva, esquina com a Rua Agamenon - canteiro central – Vila Peri)
186 - Escola Santos Dumont (Rua Oscar França, 286 - em frente ao Centro de Educação Infantil Maria Luiza Barbosa Chaves – Bom Jardim)
197 - Caixa Conjunto Ceará (Av. H, esquina com a Av. A – na praça em frente à agência da Caixa Econômica Federal – Conjunto Ceará)

Expansão do Bicicletar
Iniciado em dezembro de 2014, o Bicicletar chegou ao final de 2019 com 80 estações em Fortaleza. Estas estações eram e permanecem sendo patrocinadas pela Unimed Fortaleza, ou seja, a gestão municipal não teve nenhum custo com o programa. Já estes novos equipamentos que estão sendo implantados ao longo de 2020 são custeados com recursos municipais oriundos da arrecadação da Zona Azul, resultando num sistema completamente renovado.

As novas estações estão sendo implantadas enquanto as estações que já existiam também estão sendo gradativamente renovadas e ampliadas. A empresa Serttel permanece como operadora e responsável pela manutenção técnica nos equipamentos.

Melhorias no sistema
Novidades como câmeras de videomonitoramento e alarme sonoro em todas as estações, botões individuais para solicitar conserto de bicicletas, escolha de bicicleta a partir da modalidade Bilhete Único, monitoramento por GPS e central de atendimento gratuito por telefone também estão entre as melhorias. O sistema permanece gratuito para quem utiliza Bilhete Único para viagens de até 1 hora de segunda a sábado ou 1h e 30 minutos aos domingos e feriados.

Regras de uso
1 – Baixe o aplicativo Bicicletar no smartphone e faça o cadastro, ou cadastre-se pelo site: www.bicicletar.com.br

2 – Após o cadastro, habilite seu passe Bicicletar no site ou no aplicativo:
·Passe com Bilhete Único é gratuito
·Passe diário: R$ 5,00
·Passe mensal: R$ 20,00
·Passe anual: R$ 80,00

3 – Retire uma bicicleta utilizando o aplicativo, por telefone (08005009901) ou com seu Bilhete Único
4 – Após utilizar a bicicleta, devolva em uma das posições livres da estação do seu destino.

Podem ser feitas gratuitamente quantas viagens quiser de até 1 hora (segunda a sábado) e até 90 min (domingos e feriados), desde que sejam realizadas com intervalos de pelo menos 15 min entre si.

Clique aqui e confira o mapa das estações

Publicado em Mobilidade

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quinta-feira (06/02), às 9h, na Praça Antônio Alves Linhares, no bairro Carlito Pamplona (Regional I), o terceiro lote de novas estações da primeira fase de expansão do Bicicletar. A expansão está levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade e está ocorrendo, inicialmente, pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I). O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da Capital, tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo, e o primeiro em número de estações por habitantes.

Serviço:
Inauguração do terceiro lote de novas estações do Bicicletar na Regional I
Data: 06/02 (quinta-feira)
Horário: 9h
Local: Praça Antônio Alves Linhares - “Praça do Carlito Pamplona” (Avenida Francisco Sá, esquina com a Avenida Pasteur)

Publicado em Mobilidade
Nova estação do Bicicletar na Areninha do Pirambu (Regional I)
O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quarta-feira (15/01), às 8h, na Areninha do Pirambu, o primeiro pacote de seis novas estações da primeira fase de expansão do Bicicletar, levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da cidade. O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da Cidade. O projeto começará pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I), tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo, e o primeiro em número de estações por habitantes.

Serviço
Inauguração do primeiro pacote de novas estações da expansão do Bicicletar
Data: 15/01 (quarta-feira)
Horário: 8h
Local: Areninha do Pirambu (Avenida Leste-Oeste, 1980)

Publicado em Mobilidade

O prefeito Roberto Cláudio anuncia, durante coletiva de imprensa, no Auditório do Paço Municipal, nesta quinta-feira (18/10), às 14h, a ampliação do sistema Bicicletar para outras áreas da Cidade. Na ocasião, será apresentado o novo modelo e a localização das novas estações de compartilhamento de bicicletas.

O sistema Bicicletar surgiu em 15 de dezembro de 2014 e foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), com o objetivo de solucionar o transporte de pequeno percurso e facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da Capital.

Atualmente, Fortaleza conta com 80 estações do Bicicletar e um total de 800 bicicletas disponíveis. A partir de agora, o programa será ampliado para novos bairros, garantindo maior área de abrangência

Serviço
Coletiva de imprensa para anúncio da ampliação do sistema Bicicletar
Data: 18/10 (quinta-feira)
Local: Auditório do Paço Municipal (Endereço: Rua São José, 01 – Centro)
Horário: 14h

Publicado em Mobilidade
Ciclofaixa da Avenida Virgílio Távora
A nova ciclofaixa possui cerca de 1,9 km de extensão e é unidirecional, junto ao canteiro central, em ambos os sentidos da Avenida Virgílio Távora

A Prefeitura de Fortaleza concluiu a implantação de uma nova ciclofaixa na Avenida Senador Virgílio Távora, garantindo uma conexão no sentido norte-sul naquela região, que antes não possuía uma opção de deslocamento seguro para ciclistas. Com isso, Fortaleza conta agora com 241,8km de malha cicloviária, evidenciando um aumento de 251% de ampliação na malha cicloviária somente na gestão do prefeito Roberto Cláudio.

Desenvolvida pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), a nova ciclofaixa possui cerca de 1,9 km de extensão, no trecho entre as avenidas Pontes Vieira e Dom Luís, e é unidirecional, junto ao canteiro central, em ambos os sentidos da Avenida Virgílio Távora. Além de garantir o ir e vir com segurança dos ciclistas, a nova ciclofaixa se conecta à quatro já existentes, sendo elas das avenidas Antônio Sales, Santos Dumont, Dom Luís e rua Tertuliano Potiguara.

Com a implantação desta infraestrutura cicloviária, Fortaleza conta agora com 241,8km de malha cicloviária, sendo 103 km de ciclovias, 134,8 km de ciclofaixas, 3,9 km de ciclorrotas e 0,1 km de passeio compartilhado. Este número representa um aumento de 251% de ampliação na malha cicloviária somente na gestão do prefeito Roberto Cláudio, tendo em vista que Fortaleza tinha apenas 68,2km de ciclovia no final de 2012.

De janeiro até agora, já foram implantados cerca de 16km de malha cicloviária em diversos bairros da cidade. Em breve, a Avenida Oliveira Paiva e a Rua Nereu Ramos também serão contempladas com novas ciclofaixas.

Publicado em Mobilidade
O passe gratuito para o Biclicletar é para usuários novos e antigos
Atualmente, o Bicicletar conta com 800 bicicletas distribuídas em 80 estações

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) comemora, neste domingo (19/08), o Dia Nacional do Ciclista com passes gratuitos do Bicicletar. Durante todo o dia, a 1h30 será gratuita. A ideia é incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e de lazer.

O passe diário estará liberado durante todo dia do domingo da seguinte forma: o usuário que pegar uma bicicleta numa estação poderá utilizá-la por uma hora e meia gratuitamente. Caso queira continuar utilizando de forma gratuita, ele deverá deixar a bicicleta na estação, esperar 15 minutos e pegar novamente. Se quiser continuar o uso, sem interrupção, pagará R$ 5,00 pelo adicional de cada hora. Tanto usuários novos quanto já cadastrados poderão usufruir desse benefício.

O Bicicletar foi lançado em 2014, pela Prefeitura de Fortaleza e é um dos sistemas mais utilizados no Brasil, registra uma média de 2 mil viagens por mês. Atualmente, conta com 800 bicicletas distribuídas em 80 estações. Até 2020, a Prefeitura de Fortaleza tem como meta implantar mais 120 estações.

Até o início de agosto, o sistema realizou mais de duas milhões de viagens e também deixaram de ser emitidas mais de 757 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas, já que esse seria o montante produzido caso essas viagens tivessem sido realizadas por carros.

Sobre o dia Nacional do Ciclista

O dia Nacional do Ciclista foi sancionado e publicado no Diário Oficial da União, em novembro do ano passado. A data escolhida é uma homenagem ao ciclista Pedro Davison que foi atropelado enquanto pedalava na faixa central do Eixão Sul de Brasília. Ele veio ao óbito em 19 de agosto de 2006.

Publicado em Fortaleza
Ônibus na Faixa Exclusiva
Além das novas medidas, o Prefeito apresentará também um balanço dos resultados alcançados com programas já implantados na Cidade

O prefeito Roberto Cláudio anuncia, nesta quinta-feira (15/03), às 15h, no Paço Municipal, o novo pacote de ações com o objetivo de melhorar os serviços de transporte público em Fortaleza. Além das novas medidas, que incluem a implantação de dois miniterminais, o gestor apresentará também um balanço dos resultados alcançados com programas já implantados, como as faixas exclusivas e corredores de ônibus, o Bilhete Único; melhorias, como wi-fi e ar condicionado nos coletivos, e o aplicativo Meu Ônibus, dentre outras iniciativas.

Os projetos serão executados em parceria pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e demais órgãos da administração municipal. Com o desenvolvimento de projetos específicos, a gestão do prefeito Roberto Cláudio vem reorganizando o trânsito e promovendo o convívio saudável entre os diversos modais, obtendo resultados melhores do que as expectativas.

Serviço
Anúncio de novas ações para o transporte público em Fortaleza
Data: Quinta-feira (15/03)
Local: Paço Municipal (Rua São José, 01 - Centro)
Horário: 15h

Publicado em Mobilidade
Estação do Bicicleta Integrada ao lado do Terminal do Siqueira
O Bicicleta Integrada é pioneiro no Brasil pelo foco na integração com o transporte público e conta com 250 bicicletas distribuídas em cinco estações próximas a terminais de ônibus

A Prefeitura de Fortaleza substituirá até o final deste ano um total de 100 bikes do Bicicleta Integrada, o sistema de compartilhamento de bicicletas de Fortaleza que vem incentivando cada vez mais a integração com o transporte público, por meio de grandes estações próximas a terminais de ônibus. A primeira etapa de substituição teve início nesta segunda-feira (27/11).

Coordenado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Gestão Cicloviária de Fortaleza, o trabalho de substituição será dividido em duas etapas. Nesta segunda-feira (27/11), 60 novas bikes, com patrocínio do Extra, começaram a operar no lugar de outras nas estações dos terminais Conjunto Ceará, Messejana e Siqueira. A segunda etapa ocorre até o final deste ano, quando outras 40 bikes também serão substituídas nas estações dos terminais Parangaba e Papicu, com patrocínio do Grupo Marquise, Unifor e Indaiá.

O engenheiro da Prefeitura, Gustavo Pinheiro, explica a necessidade dessa substituição, que faz parte do trabalho de manutenção do Bicicleta Integrada. “As novas bicicletas serão incluídas no sistema para substituir outras que, com o tempo de intenso uso do sistema, tiveram alguma danificação, o que é normal visto a grande demanda de utilização. Portanto, em breve, os usuários terão 100 bicicletas novas em ótimo estado de manutenção”, afirma Gustavo.

Iniciado em junho de 2016, o Bicicleta Integrada é pioneiro no Brasil pelo foco na integração com o transporte público e conta hoje com cinco estações, oferecendo um total de 250 bicicletas distribuídas pelos Terminais de Ônibus dos bairros Conjunto Ceará, Messejana, Siqueira, Papicu e Parangaba. Ao longo deste período de atividades, o sistema foi responsável por 52.555 viagens e recebeu 4.797 cadastros (até 16:00 do dia 23/11/17), sendo que os terminais que mais se destacaram em volume de viagens foram Conjunto Ceará e Parangaba.

Ao longo do próximo semestre, mais três estações serão implantadas no Centro, Terminal Antônio Bezerra e Terminal Lagoa, tendo o patrocínio do Shopping RioMar. Com a expansão do sistema, também ampliam-se as possibilidades para o usuário e incentiva-se o uso da bicicleta, além de dar mais vida à cidade, uma vez que se abre alternativas para mais bicicletas e pessoas nas ruas.

Todo o sistema é operado pela empresa Serttel, responsável por dar manutenção técnica nos equipamentos e tem custeio misto, sendo patrocinado pelo Extra (estações dos terminais Conjunto Ceará, Messejana e Siqueira), Unifor e Indaiá (estação do Terminal do Papicu) e Grupo Marquise (estação do Terminal da Parangaba). Assim como acontece com o Bicicletar e os Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), a gestão pública municipal não tem nenhum ônus financeiro com o sistema Bicicleta Integrada.

Cadastro e regras de utilização
O Bicicleta Integrada funciona todos os dias da semana, sempre das 05 horas às 23h59 para retirada das bicicletas, e 24 horas (tempo integral) para devolução das bicicletas. O tempo de posse que o usuário tem direito à bicicleta é de 14 horas, possibilitando que faça, por exemplo, o pernoite com a bicicleta do sistema ou permaneça no seu local de trabalho com ela e devolva após o expediente. Outro importante fator é que as bicicletas retiradas a partir das 17h das sextas-feiras e vésperas de feriado poderão ser devolvidas até às 9h do dia útil subsequente, sem que haja penalidade para o usuário. O usuário pode retirar a bicicleta via Bilhete Único, Autoatendimento, ligando para 4003-0386 ou pelo aplicativo Bicicleta Integrada, disponível gratuitamente para iOS e Android no site do sistema: www.bicicletaintegrada.com

Com regras distintas do sistema Bicicletar, a utilização das bicicletas é gratuita, bastando que o usuário realize cadastro presencialmente no Posto de Cadastramento dos Terminais de Ônibus, onde são feitas as adesões ao Bilhete Único Fortaleza, de forma que também não há taxa de adesão para a utilização do sistema. Para isso, é obrigatório ter 18 anos para se cadastrar e apresentar as originais e cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e Bilhete Único cadastrado no CPF do usuário, além de número de telefone celular válido e pessoal.

Malha Cicloviária
Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em 221% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha 68 quilômetros de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 218,8 quilômetros de infraestrutura cicloviária, sendo 101,5 km de ciclovias, 115,8 km de ciclofaixas, 1,4 km de ciclorrotas e 0,1 km de passeio compartilhado. Os trabalhos são coordenados pela SCSP, por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) e as Regionais. Veja o mapa da Malha Cicloviária existente.

Publicado em Mobilidade
Com investimento de R$ 95 milhões, as obras da nova Avenida Aguanambi foram iniciadas em fevereiro do ano passado
Com investimento de R$ 95 milhões, as obras da nova Avenida Aguanambi foram iniciadas em fevereiro do ano passado

A Prefeitura de Fortaleza fará a liberação parcial do tráfego na Av. Aguanambi, na próxima terça-feira (26/09), a partir das 7h. Com isso, os motoristas que seguem no sentido BR116/Centro, devem acessar o novo viaduto - que terá mais duas faixas liberadas - e seguir pela Av. Aguanambi com destino ao Centro da cidade.   

Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) estarão no local controlando o tráfego. O fluxo de veículos de grande porte, como ônibus e caminhões, continua pela Av. Visconde do Rio Branco.

Obra

Com investimento de R$ 95 milhões, as obras da nova Avenida Aguanambi foram iniciadas em fevereiro do ano passado e fazem parte do corredor expresso Messejana/Centro. O projeto prevê diversas intervenções na região, como a requalificação e urbanização da avenida, que passará a contar com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma exclusiva para o transporte público, além de novas calçadas, ciclovia, instalação de seis estações de ônibus junto ao canteiro central e a reforma de duas praças e da rotatória existente sob o novo viaduto.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) informa que a obra está com 65% de execução. Com entrega prevista para janeiro de 2018, o projeto prevê a ampliação e urbanização de toda a Av. Aguanambi, no trecho entre a Av. Domingos Olímpio e a rotatória da Av. Eduardo Girão.  

Quando concluídas as intervenções, Fortaleza ganhará seu terceiro corredor expresso de ônibus. O sistema irá garantir a redução do tempo de viagem dos coletivos, principalmente na Av. Aguanambi, por onde trafegam hoje 71 mil veículos por dia, além de 37 linhas de ônibus que beneficiam, diariamente, cerca de 198 mil passageiros. As obras de reforma e ampliação do Terminal de Messejana, também fazem parte deste pacote de obras de mobilidade urbana. A previsão de entrega do novo Terminal de Messejana é novembro deste ano.

Publicado em Infraestrutura
Página 1 de 2