Usuária do Bicicletar na estação de bicicletas
O estudo mostra também que, do total de 8.180 viagens realizadas no período, 40% foram iniciadas a partir destas novas estações

A Prefeitura de Fortaleza vem implantando novas estações do Bicicletar, levando o sistema de compartilhamento de bicicletas para outras áreas da cidade, com estações maiores e oferecendo mais vagas. De janeiro até agora, já foram implantadas novas 25 estações, distribuídas nas Regionais I e III, e um estudo mostra que, das 20 estações mais utilizadas no período de uma semana (29/01 a 07/02), 9 são estações que foram inauguradas durante esta fase de expansão do Bicicletar. Isso quer dizer que 45% das estações mais procuradas neste período são equipamentos novos, evidenciando o acerto da gestão municipal em oferecer mais uma opção de deslocamento para as pessoas nas áreas periféricas da cidade.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar está expandindo o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da cidade, tornando-se o primeiro sistema do Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro maior sistema do tipo em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo.

Com a iniciativa, Fortaleza conta hoje com um total de 105 estações, e a expansão está levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da cidade. O novo modelo está ampliando e modernizando o sistema para trazer mais conforto aos usuários, dentre outras melhorias.

De acordo com estudo recente, das 8.180 viagens realizadas de 29 de janeiro até 7 de fevereiro nestas 20 estações, 3.299 viagens foram realizadas nestas 9 novas estações implantadas recentemente, ou seja, aproximadamente 40% destas viagens foram feitas a partir de equipamentos implantados no eixo oeste da cidade, do Centro à Barra do Ceará. Isso revela também que a soma das viagens feitas a partir destas 9 estações, que ficam localizadas, por exemplo, na Vila do Mar, Cristo Redentor, Pirambu, avenidas Leste-Oeste e Pasteur, é maior que a soma das viagens realizadas nesse período a partir das estações do Aterro e Aterrinho da Praia de Iracema, Shopping Benfica, Praça da Gentilândia, Érico Mota e José Sombra, que ficam em regiões mais centrais da cidade e apresentam uma grande movimentação de pessoas.

O secretário-executivo de Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia, que também é coordenador do PAITT, diz que a importância da expansão do Bicicletar para áreas mais periféricas é que isso representa mais uma opção de deslocamento para as pessoas. “O Bicicletar é uma opção barata de deslocamento, já que a primeira hora de uso é gratuita para quem tem cadastro no Bilhete Único, e é saudável para quem pedala e para o meio ambiente. Os primeiros resultados mostram que essa região, desde o Centro até a Barra do Ceará, onde está acontecendo a primeira fase de expansão do Bicicletar, tem um potencial extraordinário de uso desses equipamentos. Com menos de um mês de uso, quase a metade das 20 estações mais utilizadas estão nessa área e isso indica que, seguramente, a expansão do Bicicletar trará resultados fantásticos”, afirma Sabóia.

Ranking das 20 estações do Bicicletar (29/01 a 07/02)

Posição Número Estação Viagens
13 Aterrinho Praia de Iracema 904
14 Aterro Praia de Iracema 783
33 Shopping Benfica 448
94 Areninha Vila do Mar 417
32 Praça da Gentilândia 408
89 Escola Estado de Alagoas 408
93 Mercado dos Peixes Vila do Mar 394
41 Érico Mota 384
96 Igreja Cristo Redentor 384
10º 85 Escola Flávio Marcílio 371
11º 90 Rua Irapuã 344
12º 37 José Sombra 343
13º 84 Santa Rosa 340
14º 42 North Shopping 340
15º 87 UPA Leste-Oeste 332
16º 36 Praça Otávio Bonfim 329
17º 20 Dragão do Mar 318
18º 1 Praça Luíza Távora 316
19º 95 Escola São Cura D’ars 309
20º 61 Anfiteatro Parque do Cocó 308

Ampliação do sistema
Neste ano, até o momento, já foram inauguradas 25 novas estações da Fase 1 de expansão do Bicicletar. Até o final deste semestre, Fortaleza passará das atuais 105 estações do Bicicletar para um total de 210 estações e a expectativa é beneficiar pessoas em todas as Regionais da cidade. Também como novidade, o sistema Mini Bicicletar, que oferece estações para bicicletas infantis em praças, será expandido em breve, saindo das atuais 5 estações para 14 estações.

O total das novas 130 estações serão custeadas com recursos municipais da arrecadação da Zona Azul e as 80 estações que já existiam até dezembro de 2019 permanecem sendo patrocinadas pela Unimed Fortaleza. Ao passo que as novas estações forem sendo implantadas em novos bairros da cidade, as estações já existentes também serão gradativamente renovadas e ampliadas, resultando num sistema completamente renovado.

Melhorias no sistema Bicicletar
Novidades como câmeras de videomonitoramento e alarme sonoro em todas as estações, botões individuais para solicitar conserto de bicicletas, escolha de bicicleta a partir da modalidade Bilhete Único, monitoramento de bicicletas por GPS e central de atendimento gratuito por telefone também estão entre as melhorias. O sistema permanece gratuito para quem utiliza Bilhete Único para viagens até 1 hora de segunda a sábado ou 1h e 30 minutos aos domingos e feriados.

Regras de uso
1 – Baixe o aplicativo Bicicletar no smartphone e faça o cadastro ou cadastre-se pelo site: www.bicicletar.com.br;

2 – Após o cadastro, habilite seu passe Bicicletar no site ou no aplicativo:
• Passe com Bilhete Único é gratuito
• Passe diário: R$5,00
• Passe mensal R$20,00
• Passe anual R$80,00

3 – Retire uma bicicleta utilizando o aplicativo, por telefone (08005009901) ou com seu Bilhete Único;

4 – Após utilizar a bicicleta, devolva em uma das posições livres da estação do seu destino;

Podem ser feitas gratuitamente quantas viagens quiser de até 1 hora (segunda a sábado) e até 90 min (domingos e feriados), desde que sejam realizadas com intervalos de pelo menos 15 min entre si.

Fortaleza e mobilidade cicloviária
Até o momento, o sistema Bicicletar já possibilitou a realização de 2.924.996 viagens, 261.821 usuários cadastrados, sendo que 91% dos cadastros ativos utilizam o Bilhete Único; 75% utilizam o sistema para deslocamentos diário entre trabalho, compras e estudos; 38% são estudantes e um a cada três usuários é mulher.

O Bicicletar é um dos sistemas mais utilizados do Brasil, apresentando uma maior utilização em dias úteis. Após a consolidação do sistema, o sistema já verificou uma média de 3.100 viagens em dias úteis. Já aos finais de semana e feriados, a maior média verificada foi de 2.100 viagens por dia.

Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em cerca de 319% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha apenas 68,1 km de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 286 km de infraestrutura cicloviária, sendo 110,1 km de ciclovias, 169,6 km de ciclofaixas, 6,1 km de ciclorrotas e 0,2 km de passeio compartilhado.

Nesse sentido, em 2018, já havia sido ultrapassada a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas. Dando um passo bem mais à frente, a Prefeitura de Fortaleza projeta uma meta maior até o final deste ano, que é chegar a uma marca de cerca de 400 km de malha cicloviária.

* Mapa das estações do Bicicletar
* Mapa da Malha Cicloviária existente

Publicado em Mobilidade

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quinta-feira (06/02), às 9h, na Praça Antônio Alves Linhares, no bairro Carlito Pamplona (Regional I), o terceiro lote de novas estações da primeira fase de expansão do Bicicletar. A expansão está levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade e está ocorrendo, inicialmente, pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I). O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da Capital, tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo, e o primeiro em número de estações por habitantes.

Serviço:
Inauguração do terceiro lote de novas estações do Bicicletar na Regional I
Data: 06/02 (quinta-feira)
Horário: 9h
Local: Praça Antônio Alves Linhares - “Praça do Carlito Pamplona” (Avenida Francisco Sá, esquina com a Avenida Pasteur)

Publicado em Mobilidade
bicicletar na barra
O Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da cidade, tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quarta-feira (29/01), às 9h, no Cuca Barra, o segundo lote de novas estações da primeira fase de expansão do Bicicletar, levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da cidade. A expansão está ocorrendo pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I). O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da cidade, tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo, e o primeiro em número de estações por habitantes.

Serviço
Inauguração do segundo lote de novas estações do Bicicletar na Regional I
Data: 29/01 (quarta-feira)
Horário: 9h
Local: Cuca Barra (Avenida Leste-Oeste, 6417)

Publicado em Mobilidade
Nova estação do Bicicletar na Areninha do Pirambu (Regional I)
O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quarta-feira (15/01), às 8h, na Areninha do Pirambu, o primeiro pacote de seis novas estações da primeira fase de expansão do Bicicletar, levando o sistema de compartilhamento para novas áreas da cidade. O novo modelo vai ampliar, modernizar o sistema e trazer mais conforto, com estações maiores e oferecendo mais vagas para as bicicletas, dentre outras melhorias.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Bicicletar agora expande o sistema de compartilhamento de bicicletas para novas regiões da Cidade. O projeto começará pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I), tornando-se o terceiro maior sistema do tipo no Brasil em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo, e o primeiro em número de estações por habitantes.

Serviço
Inauguração do primeiro pacote de novas estações da expansão do Bicicletar
Data: 15/01 (quarta-feira)
Horário: 8h
Local: Areninha do Pirambu (Avenida Leste-Oeste, 1980)

Publicado em Mobilidade
Bikes do Bicicletar
Hoje, Fortaleza conta com 80 estações distribuídas em pontos estratégicos da cidade, tendo ultrapassado 2.600.000 viagens

Como parte da Semana da Mobilidade em Fortaleza e em alusão ao movimento global pelo Dia Mundial sem Carro, a Prefeitura disponibiliza, por três dias, o uso gratuito aos passes dos sistemas Bicicletar e Mini Bicicletar, a partir desta sexta-feira (20/09) até domingo (22/09). Com foco na sustentabilidade e segurança viária, esse é o terceiro ano seguido em que a programação traz reflexões sobre o futuro da mobilidade urbana, chamando a atenção sobre soluções e alternativas para os modelos de deslocamento na cidade, em discussão em diversas cidades do país e do mundo.

Por meio da iniciativa, qualquer usuário poderá adquirir o passe com esse benefício durante o período, permitindo a vantagem aos ciclistas de todas as faixas etárias. Caso o usuário já tenha o cadastro e o app Bicicletar, também pode adquirir o passe gratuito pelo próprio aplicativo. Para mais informações e ter acesso à novidade, basta acessar o site do Bicicletar ou o aplicativo pelo celular.

Com projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o sistema Bicicletar surgiu, em 15 de dezembro de 2014, como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza. Hoje, Fortaleza conta com 80 estações distribuídas em pontos estratégicos da cidade, tendo ultrapassado 2.600.000 viagens.

Já o Mini Bicicletar, lançado em julho de 2017, busca incentivar o uso do transporte por bicicletas em Fortaleza desde a infância, por meio de ações educativas e opções de lazer para crianças em espaços públicos, ganhando espaço em ambientes ideais para ações educativas, envolvendo crianças e toda a família. O sistema de bicicletas infantis conta com cinco estações, estando distribuídas na Praça das Flores, no Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio, Lago Jacarey, Praça Luiza Távora e na Avenida Beira Mar.

Malha Cicloviária
Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em 285% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha apenas 68,2km de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 263km de infraestrutura cicloviária, sendo 108km de ciclovias, 150,9km de ciclofaixas, 4km de ciclorrotas e 0,1km de passeio compartilhado. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), cerca de 40% da população de Fortaleza mora, no máximo, a uma distância de 300 metros da rede cicloviária.

Com o desenvolvimento do Programa de Expansão da Malha Cicloviária, já foi ultrapassada a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas. Dando um passo bem mais à frente, a Prefeitura de Fortaleza projeta uma meta maior até o final de 2020, que é chegar a uma marca de cerca de 400 km de malha cicloviária. No total, o PDCI prevê que Fortaleza conte com, no mínimo, 524 km de malha cicloviária disponível até 2030.

Dia Mundial Sem Carro
O Dia Mundial sem Carro surgiu na França, em 1997, e é celebrado no dia 22 de setembro, tendo sido adotado por vários países e cidades no mundo, dando origem inclusive à Semana Europeia da Mobilidade, realizada no mesmo período da versão brasileira. Em todo mundo, o objetivo é que as pessoas possam repensar uso excessivo do automóvel e mostrar que outros modais ajudam a construir mais qualidade de vida nas cidades, com menos estresse e poluição.

Publicado em Mobilidade
Mulher pedalando em bicicleta do sistema Bicicletar
Na ocasião, o prefeito de Fortaleza apresentará novos detalhes da expansão e a localização das próximas estações de compartilhamento de bicicletas

O prefeito Roberto Cláudio lança, nesta sexta-feira (08/03), às 9h, durante coletiva de imprensa no Paço Municipal, o Edital de Licitação para ampliação do Bicicletar, o sistema de Bicicleta Compartilhada de Fortaleza. Na ocasião, o gestor apresentará novos detalhes da expansão e a localização das próximas estações de compartilhamento de bicicletas.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), o Sistema Bicicletar conta, atualmente, com 80 estações na cidade. A partir de agora, o programa será ampliado para um número maior de bairros, com maior área de abrangência na Capital cearense, podendo chegar até o número de 200 estações.

O sistema Bicicletar surgiu em 15 de dezembro de 2014, como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da Cidade. A Prefeitura de Fortaleza não tem custo com o programa Bicicletar, que é patrocinado pela Unimed Fortaleza.

Serviço
Lançamento do Edital de Licitação para ampliação do Bicicletar
Data: 08/03 (sexta-feira)
Horário: 9h
Local: Auditório do Paço Municipal (Rua São José, 01 - Centro).

Publicado em Mobilidade

O prefeito Roberto Cláudio anuncia, durante coletiva de imprensa, no Auditório do Paço Municipal, nesta quinta-feira (18/10), às 14h, a ampliação do sistema Bicicletar para outras áreas da Cidade. Na ocasião, será apresentado o novo modelo e a localização das novas estações de compartilhamento de bicicletas.

O sistema Bicicletar surgiu em 15 de dezembro de 2014 e foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), com o objetivo de solucionar o transporte de pequeno percurso e facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da Capital.

Atualmente, Fortaleza conta com 80 estações do Bicicletar e um total de 800 bicicletas disponíveis. A partir de agora, o programa será ampliado para novos bairros, garantindo maior área de abrangência

Serviço
Coletiva de imprensa para anúncio da ampliação do sistema Bicicletar
Data: 18/10 (quinta-feira)
Local: Auditório do Paço Municipal (Endereço: Rua São José, 01 – Centro)
Horário: 14h

Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza realiza o Ciclofaixa de Lazer especial para o Dia Nacional do Ciclista com passes gratuitos do Bicicletar neste domingo (19/08), das 07h às 13h. A novidade a Rota Leste especial, saindo do Anfiteatro do Cocó e conectando-se com a programação do "Cidade da Gente" em área próxima ao Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Praça Almirante Saldanha. Para quem utiliza o sistema de bicicletas compartilhadas, a novidade deste domingo é que os passes do Bicicletar estarão disponíveis gratuitamente durante 1h30, todo o dia.

Em comemoração ao Dia Nacional do Ciclista, no decorrer do domingo, o usuário poderá usufruir da primeira 1h30 do Bicicletar gratuitamente e, para não ser cobrado a taxa após o término tempo, deverá deixar a bicicleta em uma estação, aguardar quinze minutos e retirá-la novamente. Caso queira continuar sem interrupção do intervalo, o ciclista pode manter o uso da bike e pagará R$ 5,00 reais pelo adicional de cada hora.

No Parque do Cocó, o ponto de apoio da Ciclofaixa de Lazer também vai disponibilizar aos participantes aluguel de bicicletas e atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Todo o percurso contará com a colaboração de agentes da AMC e da Guarda Municipal, proporcionando segurança e conforto aos ciclistas. As Rotas Oeste e Sul permanecem paralisadas para estudos técnicos de melhorias de estruturas e trajetos.

Idealizada pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), em 21 de dezembro de 2014, o Ciclofaixa de lazer é uma opção de lazer, esporte e cultura aos domingos na capital e incentiva o hábito saudável da prática esportiva. O evento conta com a participação de 4 mil pessoas por edição.

Rota Leste
A Rota Leste sairá do início da ciclovia da Avenida Washington Soares em direção ao Passeio Público, passando pelo Ponto de Apoio do Anfiteatro do Parque do Cocó. O percurso seguirá pela Av. Padre Antônio Tomás, Av. Senador Virgílio Távora, Júlio Ibiapina, Abolição, Desembargador Moreira, Beira Mar, Rui Barbosa, seguindo pelas avenidas Historiador Raimundo Girão, Almirante Barroso, Pessoa Anta e Alberto Nepomuceno, chegando à Rua Dr. João Moreira, chegando no Ponto de Apoio do Passeio Público, por trás da 10ª Região Militar.

Bicicletar
O sistema Bicicletar surgiu, em 15 de dezembro de 2014, como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da cidade. Atualmente, Fortaleza conta com 800 bicicletas distribuídas em 80 estações na cidade e com previsão para mais 120 estações para 2020.

Sobre o dia Nacional do Ciclista
O dia Nacional do Ciclista foi sancionado e publicado no Diário Oficial da União, em novembro do ano passado. A data escolhida é uma homenagem ao ciclista Pedro Davison que foi atropelado enquanto pedalava na faixa central do Eixão Sul de Brasília. Ele veio ao óbito em 19 de agosto de 2006.

Publicado em Esporte e Lazer
O passe gratuito para o Biclicletar é para usuários novos e antigos
Atualmente, o Bicicletar conta com 800 bicicletas distribuídas em 80 estações

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) comemora, neste domingo (19/08), o Dia Nacional do Ciclista com passes gratuitos do Bicicletar. Durante todo o dia, a 1h30 será gratuita. A ideia é incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e de lazer.

O passe diário estará liberado durante todo dia do domingo da seguinte forma: o usuário que pegar uma bicicleta numa estação poderá utilizá-la por uma hora e meia gratuitamente. Caso queira continuar utilizando de forma gratuita, ele deverá deixar a bicicleta na estação, esperar 15 minutos e pegar novamente. Se quiser continuar o uso, sem interrupção, pagará R$ 5,00 pelo adicional de cada hora. Tanto usuários novos quanto já cadastrados poderão usufruir desse benefício.

O Bicicletar foi lançado em 2014, pela Prefeitura de Fortaleza e é um dos sistemas mais utilizados no Brasil, registra uma média de 2 mil viagens por mês. Atualmente, conta com 800 bicicletas distribuídas em 80 estações. Até 2020, a Prefeitura de Fortaleza tem como meta implantar mais 120 estações.

Até o início de agosto, o sistema realizou mais de duas milhões de viagens e também deixaram de ser emitidas mais de 757 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas, já que esse seria o montante produzido caso essas viagens tivessem sido realizadas por carros.

Sobre o dia Nacional do Ciclista

O dia Nacional do Ciclista foi sancionado e publicado no Diário Oficial da União, em novembro do ano passado. A data escolhida é uma homenagem ao ciclista Pedro Davison que foi atropelado enquanto pedalava na faixa central do Eixão Sul de Brasília. Ele veio ao óbito em 19 de agosto de 2006.

Publicado em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza registrou a marca de 2 milhões de viagens de bicicletas por meio do Bicicletar, sistema que se estabeleceu como uma solução de transporte para facilitar o deslocamento na cidade e que ainda permanece no ranking como o sistema mais utilizado no Brasil.

Para marcar o feito, o prefeito Roberto Cláudio receberá, nesta sexta-feira (08/06), às 11h, no Paço Municipal, o usuário que realizou a viagem de número 2.000.000 e também o usuário e a usuária que mais utilizaram o sistema até então. Os três serão contemplados com a concessão de uma bicicleta. Além disso, para incentivar que mais pessoas se locomovam utilizando bikes, o Gestor também vai anunciar um novo passe para os ciclistas utilizarem o sistema.

Iniciado em dezembro de 2014, o Bicicletar é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT). As três bicicletas da premiação foram adquiridas numa parceria entre a Unimed Fortaleza e Serttel, empresas patrocinadora e operadora do sistema respectivamente.

Serviço
Premiação dos usuários do Bicicletar
Data: 08/06 (sexta-feira)
Local: Paço Municipal (Endereço: Rua São José, 01 - Centro)
Horário: 11h

Publicado em Mobilidade
Página 1 de 2