30 de novembro de 2021 em Mobilidade

Prefeitura de Fortaleza comemora 1 milhão de viagens do Bicicletar realizadas em 2021

O recorde é alcançado pela primeira vez em menos de um ano


Usuário do Bicicletar retirando bicicleta na estação da Praça da Igreja do Carmo, no Centro
Perto de completar sete anos de atividades, o sistema público de bicicletas compartilhadas em Fortaleza já proporcionou mais de 4,5 milhões de deslocamentos ao todo

A Prefeitura de Fortaleza comemora, nesta terça-feira (30/11), a marca de 1 milhão de viagens realizadas pelo Bicicletar, entre janeiro e novembro de 2021. O recorde é alcançado pela primeira vez em menos de um ano. Perto de completar sete anos de atividades, o sistema público de bicicletas compartilhadas em Fortaleza já proporcionou mais de 4,5 milhões de deslocamentos desde o início de suas atividades em dezembro de 2014, incentivando cada vez mais o comportamento sustentável pelo uso de transporte não motorizado na capital cearense.

Coordenado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), com o apoio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), em parceria com a Unimed Fortaleza, o Bicicletar está consolidado como o maior sistema do tipo no Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo.

O prefeito José Sarto celebrou a marca de 1 milhão de viagens, enfatizando a bem-sucedida política de mobilidade em Fortaleza. “O nosso sistema de bicicletas compartilhadas se confirma como política pública abraçada pelos fortalezenses, reforçando os avanços na mobilidade urbana da Cidade. Seguiremos investindo em ações que proporcionem um ir e vir cada vez mais seguro, incentivando a população a pedalar, uma prática saudável, que contribui com a sustentabilidade”, afirmou o prefeito.

O secretário da Conservação e Serviços Públicos, Ferruccio Feitosa, registrou o incentivo da gestão municipal ao transporte sustentável na cidade. “Fortaleza é uma das cidades mais cicláveis do Brasil. Basta citarmos alguns números importantes, como os mais de 400 km de ciclovias e ciclofaixas, e também as 192 estações do Bicicletar, disponíveis ao fortalezense e ao público que visita a nossa cidade. Proporcionar 1 milhão de viagens pelo sistema público de bicicletas compartilhadas em menos de um ano é um recorde mais do que saudável a nossa capital e mostra que a gestão do prefeito Sarto está no caminho certo em seguir avançando em ações que fortaleçam o uso de meios de transporte não motorizados”, ressaltou Ferruccio.

Em julho deste ano, o Bicicletar também já havia alcançado outro recorde, ultrapassando a marca de 4 milhões de viagens realizadas ao todo desde o seu lançamento (4.523.274 viagens até agora). Atualmente, o Bicicletar conta com 192 estações distribuídas em pontos estratégicos da cidade e também já impediu a emissão de mais de 1.843 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas. São mais de 297 mil usuários cadastrados no sistema, sendo cerca de 94% dos cadastros ativos utilizando o Bilhete Único.

Recentemente, em setembro, a gestão municipal inaugurou duas novas estações do sistema de bicicletas compartilhadas na cidade, sendo uma do Bicicletar na Avenida Heráclito Graça, bairro Centro (Regional 12), e uma estação infantil do Mini Bicicletar no Polo de Lazer do bairro Conjunto Esperança (Regional 10).

Como parte do processo constante de ampliação e modernização do Bicicletar, desde abril deste ano, uma nova versão do aplicativo do sistema oferece interface mais ágil, segura e intuitiva, com o objetivo de melhorar a experiência de ciclistas com o sistema público de compartilhamento de bicicletas, potencializando a segurança de usuários e do próprio sistema. A nova versão do app traz, por exemplo, a possibilidade de reserva da bicicleta por cinco minutos, funcionalidade que não era disponível anteriormente. Para informações sobre utilização, cadastro no sistema, download do app e localização das estações, basta acessar o site www.bicicletar.com.br.

Malha Cicloviária

Hoje, Fortaleza conta com cerca de 405,6 km de malha cicloviária. Desse total, a AMC já implantou 58,4 km durante a atual gestão. A mais recente foi implantada no trecho compreendido entre as avenidas Desembargador Moreira com Abolição. Até o fim da gestão do prefeito Sarto, a estimativa é implantar mais 100 km de ciclovias e ciclofaixas, chegando a uma malha total de 500 km. Toda a infraestrutura cicloviária fez de Fortaleza a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas a ciclovias e ciclofaixas, segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil). Conforme a pesquisa, mais de 50% dos habitantes moram a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

Prefeitura de Fortaleza comemora 1 milhão de viagens do Bicicletar realizadas em 2021

O recorde é alcançado pela primeira vez em menos de um ano

Usuário do Bicicletar retirando bicicleta na estação da Praça da Igreja do Carmo, no Centro
Perto de completar sete anos de atividades, o sistema público de bicicletas compartilhadas em Fortaleza já proporcionou mais de 4,5 milhões de deslocamentos ao todo

A Prefeitura de Fortaleza comemora, nesta terça-feira (30/11), a marca de 1 milhão de viagens realizadas pelo Bicicletar, entre janeiro e novembro de 2021. O recorde é alcançado pela primeira vez em menos de um ano. Perto de completar sete anos de atividades, o sistema público de bicicletas compartilhadas em Fortaleza já proporcionou mais de 4,5 milhões de deslocamentos desde o início de suas atividades em dezembro de 2014, incentivando cada vez mais o comportamento sustentável pelo uso de transporte não motorizado na capital cearense.

Coordenado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), com o apoio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), em parceria com a Unimed Fortaleza, o Bicicletar está consolidado como o maior sistema do tipo no Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo.

O prefeito José Sarto celebrou a marca de 1 milhão de viagens, enfatizando a bem-sucedida política de mobilidade em Fortaleza. “O nosso sistema de bicicletas compartilhadas se confirma como política pública abraçada pelos fortalezenses, reforçando os avanços na mobilidade urbana da Cidade. Seguiremos investindo em ações que proporcionem um ir e vir cada vez mais seguro, incentivando a população a pedalar, uma prática saudável, que contribui com a sustentabilidade”, afirmou o prefeito.

O secretário da Conservação e Serviços Públicos, Ferruccio Feitosa, registrou o incentivo da gestão municipal ao transporte sustentável na cidade. “Fortaleza é uma das cidades mais cicláveis do Brasil. Basta citarmos alguns números importantes, como os mais de 400 km de ciclovias e ciclofaixas, e também as 192 estações do Bicicletar, disponíveis ao fortalezense e ao público que visita a nossa cidade. Proporcionar 1 milhão de viagens pelo sistema público de bicicletas compartilhadas em menos de um ano é um recorde mais do que saudável a nossa capital e mostra que a gestão do prefeito Sarto está no caminho certo em seguir avançando em ações que fortaleçam o uso de meios de transporte não motorizados”, ressaltou Ferruccio.

Em julho deste ano, o Bicicletar também já havia alcançado outro recorde, ultrapassando a marca de 4 milhões de viagens realizadas ao todo desde o seu lançamento (4.523.274 viagens até agora). Atualmente, o Bicicletar conta com 192 estações distribuídas em pontos estratégicos da cidade e também já impediu a emissão de mais de 1.843 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas. São mais de 297 mil usuários cadastrados no sistema, sendo cerca de 94% dos cadastros ativos utilizando o Bilhete Único.

Recentemente, em setembro, a gestão municipal inaugurou duas novas estações do sistema de bicicletas compartilhadas na cidade, sendo uma do Bicicletar na Avenida Heráclito Graça, bairro Centro (Regional 12), e uma estação infantil do Mini Bicicletar no Polo de Lazer do bairro Conjunto Esperança (Regional 10).

Como parte do processo constante de ampliação e modernização do Bicicletar, desde abril deste ano, uma nova versão do aplicativo do sistema oferece interface mais ágil, segura e intuitiva, com o objetivo de melhorar a experiência de ciclistas com o sistema público de compartilhamento de bicicletas, potencializando a segurança de usuários e do próprio sistema. A nova versão do app traz, por exemplo, a possibilidade de reserva da bicicleta por cinco minutos, funcionalidade que não era disponível anteriormente. Para informações sobre utilização, cadastro no sistema, download do app e localização das estações, basta acessar o site www.bicicletar.com.br.

Malha Cicloviária

Hoje, Fortaleza conta com cerca de 405,6 km de malha cicloviária. Desse total, a AMC já implantou 58,4 km durante a atual gestão. A mais recente foi implantada no trecho compreendido entre as avenidas Desembargador Moreira com Abolição. Até o fim da gestão do prefeito Sarto, a estimativa é implantar mais 100 km de ciclovias e ciclofaixas, chegando a uma malha total de 500 km. Toda a infraestrutura cicloviária fez de Fortaleza a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas a ciclovias e ciclofaixas, segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil). Conforme a pesquisa, mais de 50% dos habitantes moram a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.