A Prefeitura Municipal de Fortaleza realizou acordo com a oficina Cordeiro e ainda no mês de março deve iniciar a construção de um viaduto e de uma rotatória na Av. Raul Barbosa com Av. Murilo Borges, no local onde ficava o imóvel. A medida foi anunciada pelo prefeito Roberto Cláudio.  A retirada dos equipamentos do edifício, a fim de que o mesmo seja demolido após a desapropriação garantida pelo Município, já teve início. A construtora licitada realiza o levantamento topográfico nesta semana e deve realizar a demolição do prédio na semana que vem para posteriormente dar início às obras no cruzamento.

A demanda da obra se faz necessária devido ao grande congestionamento no local em diversos horários, especialmente nos de pico. O trecho faz parte da matriz de responsabilidade da Copa do Mundo 2014 que prevê a criação de Bus Rapid Trafic (BRT) por toda a extensão nos 7km que passam pela Via Expressa e Raul Barbosa.

O investimento total é de R$ 145,27 milhões. Ao longo da Via Expressa, serão 4 túneis, cruzando a Av. Padre Antônio Tomaz, a Av. Santos Dumont, o Túnel longitudinal sob a Via Expressa (entre as avenidas Santos Dumont e Padre Antônio Tomaz e a Avenida Alberto Sá também sob a Via Expressa). Estes túneis eliminam os cruzamentos evitando o congestionamento nas citadas avenidas. Para o secretário extraordinário da Copa, Domingos Neto, “o benefício das obras resolverá um problema crônico de trânsito que é enfrentado por quem passa pelo local e é um dos maiores legados que a Copa deixará à Cidade”.   


 

Publicado em Infraestrutura
Foto: Marcos Moura

Apenas 2,5% das obras de mobilidade urbana no entorno do estádio Arena Castelão estão concluídas. Essa foi a realidade encontrada pelo prefeito Roberto Cláudio, durante visita realizada na manhã desta sexta-feira (4). "O cenário que encontramos foi assustador, havia a expectativa de realização de pelo menos 50% da obra, mas na verdade apenas 2,5% estão concluídos", afirmou o prefeito destacando que, além do atraso no andamento das obras, há atraso também no pagamento e falta de diálogo.

Diante deste quadro, o prefeito anunciou uma força-tarefa para a aceleração das obras, que chegaram a ficar paradas, e assegurou que o prazo de 15 de junho para a conclusão, já para a Copa das Confederações, será cumprido.

“Estamos coordenando esforços, com o compromisso da Cagece, Coelce e da própria empresa construtora de ajudar no andamento e na aceleração da obra. Vamos recuperar o tempo perdido e atender a expectativa da população de que até o dia 15 de junho tenhamos tudo concluído”, garantiu o prefeito Roberto Cláudio.

Para isso, todas as empresas envolvidas nas obras terão reuniões semanais, coordenadas pela Secretaria Extraordinária da Copa e pela Secretaria de Infraestrutura, para que não haja problemas de comunicação nem de atraso nos pagamentos.

Com relação à obra da Via Expressa, Roberto Cláudio garantiu que até o final de janeiro a Prefeitura vai apresentar um cronograma de ações e um plano de mobilidade, de modo a reduzir os transtornos ao máximo, já que a via possui alta confluência de trânsito. Ele assegurou também
que a Prefeitura será responsável pelas desapropriações na área. “Vamos iniciar um diálogo aberto, franco, com muita responsabilidade com as comunidades do entorno”, assegurou.

Publicado em Infraestrutura
Página 4 de 4