16 de julho de 2020 em Fortaleza

Campanha O Amor Alimenta beneficia cerca de 1.300 famílias da Regional I

Além dos alimentos, equipe da Secretaria Regional I e lideranças comunitárias distribuíram máscaras de proteção aos beneficiados


secretário em pé ao lado de senhora e rapaz segurando cesta básica. todos usando máscara e posando para a foto
“Doar-se em nome do bem coletivo eleva a alma e traz um combustível especial. Além de ensinar muito sobre respeito e cidadania", destaca o secretário da Regional I, Rennys Frota (à esquerda)

Nesta quarta-feira (15/07), moradores dos bairros Cristo Redentor, Jardim Guanabara, Vila Velha, Álvaro Weyne e Barra do Ceará receberam cestas básicas da campanha O Amor Alimenta, desenvolvida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional I. Com a entrega, a iniciativa alcança a marca de 1.297 famílias residentes em comunidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e atingidas economicamente pela pandemia da Covid-19.

Além dos alimentos, equipe da Secretaria Regional I e lideranças comunitárias distribuíram máscaras de proteção aos beneficiados. "Essas cestas fazem diferença na vida das pessoas que as recebem. Esses mantimentos alimentam mais do que o físico. A gente nota que a fé e até a autoestima do favorecido são transformadas. Uma atitude que parece tão simples é capaz de recuperar a esperança, traz leveza”, comenta, emocionada, Ana do Arpoador, uma das lideranças do Cristo Redentor.

Segundo a moradora do Jardim Guanabara, Francisca Lúcia, autônoma, beneficiada com a Campanha, a cesta ajuda muito. "A gente não tem emprego fixo e, com esta doença que agride o mundo todo, tem dias que minha família não tem nem o que comer. Enche meu peito de alegria saber que vou voltar pra casa com o que oferecer aos meus filhos”, diz.

O secretário da Regional I, Rennys Frota, acompanhou a entrega. Ele conta que muitas frentes de solidariedade desenvolvidas pela Prefeitura e parceiros nasceram durante a pandemia do novo coronavírus. “Doar-se em nome do bem coletivo eleva a alma e traz um combustível especial. Além de ensinar muito sobre respeito e cidadania. Muitas mãos unidas estão modificando a realidade de comunidades que enfrentam a vulnerabilidade social”, avalia Rennys.

A campanha O Amor Alimenta já beneficiou famílias residentes nos bairros Álvaro Weyne, Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Jardim Guanabara, Cristo Redentor, Pirambu e Monte Castelo. Os itens alimentícios doados são concedidos por servidores da Prefeitura e da Procuradoria-Geral Federal (PGF), Movimento Supera Fortaleza, empresários e sociedade civil.

Para colaborar, basta entrar em contato com o número (85) 98513.5290. A equipe da Secretaria Regional I busca a doação ou repassa os dados bancários para transferência da contribuição. Atualmente, são cerca de três mil inscrições.

Campanha O Amor Alimenta beneficia cerca de 1.300 famílias da Regional I

Além dos alimentos, equipe da Secretaria Regional I e lideranças comunitárias distribuíram máscaras de proteção aos beneficiados

secretário em pé ao lado de senhora e rapaz segurando cesta básica. todos usando máscara e posando para a foto
“Doar-se em nome do bem coletivo eleva a alma e traz um combustível especial. Além de ensinar muito sobre respeito e cidadania", destaca o secretário da Regional I, Rennys Frota (à esquerda)

Nesta quarta-feira (15/07), moradores dos bairros Cristo Redentor, Jardim Guanabara, Vila Velha, Álvaro Weyne e Barra do Ceará receberam cestas básicas da campanha O Amor Alimenta, desenvolvida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional I. Com a entrega, a iniciativa alcança a marca de 1.297 famílias residentes em comunidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e atingidas economicamente pela pandemia da Covid-19.

Além dos alimentos, equipe da Secretaria Regional I e lideranças comunitárias distribuíram máscaras de proteção aos beneficiados. "Essas cestas fazem diferença na vida das pessoas que as recebem. Esses mantimentos alimentam mais do que o físico. A gente nota que a fé e até a autoestima do favorecido são transformadas. Uma atitude que parece tão simples é capaz de recuperar a esperança, traz leveza”, comenta, emocionada, Ana do Arpoador, uma das lideranças do Cristo Redentor.

Segundo a moradora do Jardim Guanabara, Francisca Lúcia, autônoma, beneficiada com a Campanha, a cesta ajuda muito. "A gente não tem emprego fixo e, com esta doença que agride o mundo todo, tem dias que minha família não tem nem o que comer. Enche meu peito de alegria saber que vou voltar pra casa com o que oferecer aos meus filhos”, diz.

O secretário da Regional I, Rennys Frota, acompanhou a entrega. Ele conta que muitas frentes de solidariedade desenvolvidas pela Prefeitura e parceiros nasceram durante a pandemia do novo coronavírus. “Doar-se em nome do bem coletivo eleva a alma e traz um combustível especial. Além de ensinar muito sobre respeito e cidadania. Muitas mãos unidas estão modificando a realidade de comunidades que enfrentam a vulnerabilidade social”, avalia Rennys.

A campanha O Amor Alimenta já beneficiou famílias residentes nos bairros Álvaro Weyne, Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Jardim Guanabara, Cristo Redentor, Pirambu e Monte Castelo. Os itens alimentícios doados são concedidos por servidores da Prefeitura e da Procuradoria-Geral Federal (PGF), Movimento Supera Fortaleza, empresários e sociedade civil.

Para colaborar, basta entrar em contato com o número (85) 98513.5290. A equipe da Secretaria Regional I busca a doação ou repassa os dados bancários para transferência da contribuição. Atualmente, são cerca de três mil inscrições.