03 de junho de 2022 em Saúde

IJF lança Revista Científica com a colaboração do corpo clínico multiprofissional do hospital

Publicação contempla padrões internacionais de pesquisa e reforça a relevância da instituição para a promoção e desenvolvimento da saúde pública


O Instituto Dr. José Frota, hospital de rede pública da Prefeitura de Fortaleza, lançou nesta sexta-feira (03/06), a nova edição da Revista Científica do IJF. A publicação, que contou com a participação do corpo clínico e multiprofissional do hospital, contempla padrões científicos internacionais e reforça a relevância do hospital para a promoção da saúde pública, para o desenvolvimento da assistência segura às vítimas de traumas e para a evolução no perfil do IJF como instituição de ensino, pesquisa e orientadora de políticas públicas.

Revista Científica do IJF (2022.1)

O evento de lançamento teve a presença de representantes da Direção do IJF, de membros do corpo clínico do hospital e de participantes dos programas de residência, internato e estágio em diversas áreas da saúde.

De acordo com o editor-chefe da revista, Walter Feitosa, a obra foi elaborada em português e inglês a fim de alcançar mais pessoas e reverberar os conhecimentos nos mais diversos espaços acadêmicos e hospitalares. A superintendente do IJF, Riane Azevedo, destaca que "com o acesso digital da obra é possível difundir com mais abrangência as pesquisas, a fim de levar conhecimento ao redor do mundo e, assim, ajudar muitas pessoas."

Durante o lançamento, Walter Feitosa resgatou o histórico de produções científicas do IJF, por meio da publicação de manuais técnicos e revistas. “Falando em produção científica, tivemos em 1988 o lançamento da Revista Cientifica do IJF, que se manteve ativa e participativa por muitos anos, mas que incorporou uma nova gestão para a concretização desta edição, avançando na modernização, mas mantendo o mesmo afã de ensino e pesquisa diferenciados, pautados no trauma e aperfeiçoando abordagens em segmentos como Educação e Gestão em Saúde, Inovação e Pesquisa Clínica".




IJF lança Revista Científica com a colaboração do corpo clínico multiprofissional do hospital

Publicação contempla padrões internacionais de pesquisa e reforça a relevância da instituição para a promoção e desenvolvimento da saúde pública

O Instituto Dr. José Frota, hospital de rede pública da Prefeitura de Fortaleza, lançou nesta sexta-feira (03/06), a nova edição da Revista Científica do IJF. A publicação, que contou com a participação do corpo clínico e multiprofissional do hospital, contempla padrões científicos internacionais e reforça a relevância do hospital para a promoção da saúde pública, para o desenvolvimento da assistência segura às vítimas de traumas e para a evolução no perfil do IJF como instituição de ensino, pesquisa e orientadora de políticas públicas.

Revista Científica do IJF (2022.1)

O evento de lançamento teve a presença de representantes da Direção do IJF, de membros do corpo clínico do hospital e de participantes dos programas de residência, internato e estágio em diversas áreas da saúde.

De acordo com o editor-chefe da revista, Walter Feitosa, a obra foi elaborada em português e inglês a fim de alcançar mais pessoas e reverberar os conhecimentos nos mais diversos espaços acadêmicos e hospitalares. A superintendente do IJF, Riane Azevedo, destaca que "com o acesso digital da obra é possível difundir com mais abrangência as pesquisas, a fim de levar conhecimento ao redor do mundo e, assim, ajudar muitas pessoas."

Durante o lançamento, Walter Feitosa resgatou o histórico de produções científicas do IJF, por meio da publicação de manuais técnicos e revistas. “Falando em produção científica, tivemos em 1988 o lançamento da Revista Cientifica do IJF, que se manteve ativa e participativa por muitos anos, mas que incorporou uma nova gestão para a concretização desta edição, avançando na modernização, mas mantendo o mesmo afã de ensino e pesquisa diferenciados, pautados no trauma e aperfeiçoando abordagens em segmentos como Educação e Gestão em Saúde, Inovação e Pesquisa Clínica".