08 de abril de 2021 em Mobilidade

Prefeitura amplia a rede cicloviária em Fortaleza com novos 17km de infraestrutura exclusiva a ciclistas

Ampliação ocorreu nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito José Sarto


mulher anda de bicicleta numa ciflofaixa
As novas intervenções fazem parte do Circuito Cicloviário do Cocó

A Prefeitura de Fortaleza está ampliando a infraestrutura cicloviária pela cidade. Nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito José Sarto, já foram implantados 17,7 km de ciclofaixas que garantem um ir e vir mais seguro aos usuários de bicicleta.

Com essas intervenções, a Capital passa a ter 364,9 km de malha cicloviária, o que representa um aumento de 436% em relação ao que havia em 2013. A sinalização é executada pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Deste total, 4,1 km de ciclofaixas podem ser utilizadas no entorno do Parque do Cocó, na Av. Padre Antônio Tomás/Andrade Furtado e nas ruas Bento Albuquerque e Francisco Matos.

As novas intervenções fazem parte do Circuito Cicloviário do Cocó que consiste em ligações cicloviárias ao redor do parque e interligam aquela região aos bairros Cidade 2000 e Papicu.

Além dessas ciclofaixas, os ciclistas também têm a oportunidade de utilizar 11 km de infraestrutura distribuída pela Av. Leste-Oeste, ruas Chico Lemos, Cônego Braveza, José Alves Cavalcante, Nogueira Acioly, Barão de Aratanha e Jaime Benévolo.

infográficos de dados

Nova ciclofaixa

Neste sábado (10/04), será concluída uma nova ciclofaixa na Av. Eduardo Girão. Com 2,6 km de extensão, ela é unidirecional e situada junto ao canteiro central nos dois sentidos da via.

A ciclofaixa vai se interligar à existente na Rua Damasceno Girão e à ciclovia da Av. José Jatahy, assegurando continuidade em direção à região da Av. Bezerra de Menezes.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

383 novos paraciclos

A AMC já implantou 383 novos paraciclos neste ano em Fortaleza. Os equipamentos estão sendo contemplados nas proximidades de postos de saúde, Cucas, escolas, microparques urbanos, estações de bicicletas compartilhadas, Areninhas, praças, órgãos públicos e demais áreas com grande concentração de público.

Prefeitura amplia a rede cicloviária em Fortaleza com novos 17km de infraestrutura exclusiva a ciclistas

Ampliação ocorreu nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito José Sarto

mulher anda de bicicleta numa ciflofaixa
As novas intervenções fazem parte do Circuito Cicloviário do Cocó

A Prefeitura de Fortaleza está ampliando a infraestrutura cicloviária pela cidade. Nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito José Sarto, já foram implantados 17,7 km de ciclofaixas que garantem um ir e vir mais seguro aos usuários de bicicleta.

Com essas intervenções, a Capital passa a ter 364,9 km de malha cicloviária, o que representa um aumento de 436% em relação ao que havia em 2013. A sinalização é executada pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Deste total, 4,1 km de ciclofaixas podem ser utilizadas no entorno do Parque do Cocó, na Av. Padre Antônio Tomás/Andrade Furtado e nas ruas Bento Albuquerque e Francisco Matos.

As novas intervenções fazem parte do Circuito Cicloviário do Cocó que consiste em ligações cicloviárias ao redor do parque e interligam aquela região aos bairros Cidade 2000 e Papicu.

Além dessas ciclofaixas, os ciclistas também têm a oportunidade de utilizar 11 km de infraestrutura distribuída pela Av. Leste-Oeste, ruas Chico Lemos, Cônego Braveza, José Alves Cavalcante, Nogueira Acioly, Barão de Aratanha e Jaime Benévolo.

infográficos de dados

Nova ciclofaixa

Neste sábado (10/04), será concluída uma nova ciclofaixa na Av. Eduardo Girão. Com 2,6 km de extensão, ela é unidirecional e situada junto ao canteiro central nos dois sentidos da via.

A ciclofaixa vai se interligar à existente na Rua Damasceno Girão e à ciclovia da Av. José Jatahy, assegurando continuidade em direção à região da Av. Bezerra de Menezes.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

383 novos paraciclos

A AMC já implantou 383 novos paraciclos neste ano em Fortaleza. Os equipamentos estão sendo contemplados nas proximidades de postos de saúde, Cucas, escolas, microparques urbanos, estações de bicicletas compartilhadas, Areninhas, praças, órgãos públicos e demais áreas com grande concentração de público.