24 de agosto de 2018 em Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza leva atendimento do VetMóvel ao Cuca Jangurussu com ações para a semana de combate à leishmaniose

A semana de sensibilização para cuidados contra a Leishmaniose é organizada pela Secretaria Municipal de Saúde


O atendimento no Cuca Jangurussu irá até sexta-feira (31/08)
O atendimento no Cuca Jangurussu irá até sexta-feira (31/08)

A Prefeitura de Fortaleza levará o atendimento do Vetmóvel, a partir desta segunda-feira (27/08), ao Cuca Jangurussu (Regional VI), com acesso pela Av. Alef de Souza Cavalcante, próximo à feira do São Cristovão. Em apoio à semana de sensibilização para cuidados contra a Leishmaniose, organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, serão realizadas ações educativas de combate ao Calazar e exames para diagnóstico da doença. Os serviços vão até a próxima sexta-feira (31/08), de 8h às 12h e de 13h às 17h.

As atividades gratuitas de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais de tutores do público em geral. Já as castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, sendo obrigatória a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço dos tutores para a realização do serviço. Para castrações, é necessário agendar pelo número (85) 3272-3356 ou presencialmente na Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), na Av. Pontes Vieira, 2391.

Gerido pela Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), que é vinculada à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o VetMóvel faz parte do plano de ações programadas para 2018 com o objetivo de conscientizar a população de Fortaleza e envolvê-la no combate contra os maus tratos, cuidados e abandono de animais.

Atuam no VetMóvel quatro médicos veterinários, sendo um clínico geral, um anestesista e dois cirurgiões. O equipamento também oferece, gratuitamente, registro geral animal e distribuição de material educativo com informações sobre bem-estar animal e guarda responsável.

Leishmaniose

A leishmaniose é uma doença transmitida pela picada do mosquito flebótomo, também conhecido como mosquito da palha, que pode transmitir a doença a cães e humanos. Os sintomas que os tutores devem ficar atentos em seus animais são descamação seca da pele, pelos quebradiços, nódulos na pele, úlceras, febre, atrofia muscular, fraqueza, anorexia, falta de apetite, vômito, diarreia, lesões oculares e sangramentos.

Atividades do VetMóvel

Normalmente, as atividades são desenvolvidas da seguinte forma:

- Segunda-feira

Atendimento clínico para animais de tutores e atendimento cirúrgico para os animais de protetores de felinos (gatos);

- Terça-feira

Atendimento cirúrgico previamente agendado para caninos (cães) de tutores de baixa renda;

- Quarta-feira

Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de felinos (gatos);

- Quinta-feira

Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

- Sexta-feira

a) Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

b)Acompanhamento pós-cirúrgico no local da semana anterior.

Documentação e regras para atendimento

I – As atividades de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais do público em geral;

II – As castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes. É obrigatório a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço do tutor;

III – O retorno para o acompanhamento pós-cirúrgico será feito por um médico cirúrgico-veterinário no local da semana anterior, sempre das 8h às 10h. Caso o animal não seja levado ao local marcado para avaliação, o tutor poderá levá-lo aonde o VetMóvel estiver em atividade, tendo prioridade no atendimento. Durante a semana, os animais que precisarem retornar ao VetMóvel para avaliação pós-cirúrgica, poderão ir ao equipamento ou entrar em contato para orientação pelo telefone da Coepa: (85) 3272-3356;

IV – O VetMóvel irá atender os animais oriundos das ONGs e protetores independentes cadastrados na Coepa, cujo controle está sendo feito por meio de parceria com a ONG Deixa Viver, no sentido de encaminhar os animais para serem castrados, enquanto não for feito o chamamento público para credenciamento das clínicas veterinárias. Os protetores independentes cadastrados encaminharão suas demandas diretamente à Coepa;

V – Os animais deverão ter jejum alimentar de 12 horas e jejum hídrico (água) de 6 horas para as castrações previamente agendadas;

VI – Os animais de ponto de abandono só serão castrados se tiverem protetor independente que ofereçam lar temporário para o pós-operatório e assinem termo de responsabilidade, após passarem por avaliação clínica e exames complementares.

Serviço

VetMóvel no Cuca Jangurussu
Período: de 27 a 31 de agosto de 2018
Endereço: Avenida Alef de Souza Cavalcante - Jangurussu
Horário: de 8h às 12h e de 13h às 17h

 

Prefeitura de Fortaleza leva atendimento do VetMóvel ao Cuca Jangurussu com ações para a semana de combate à leishmaniose

A semana de sensibilização para cuidados contra a Leishmaniose é organizada pela Secretaria Municipal de Saúde

O atendimento no Cuca Jangurussu irá até sexta-feira (31/08)
O atendimento no Cuca Jangurussu irá até sexta-feira (31/08)

A Prefeitura de Fortaleza levará o atendimento do Vetmóvel, a partir desta segunda-feira (27/08), ao Cuca Jangurussu (Regional VI), com acesso pela Av. Alef de Souza Cavalcante, próximo à feira do São Cristovão. Em apoio à semana de sensibilização para cuidados contra a Leishmaniose, organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, serão realizadas ações educativas de combate ao Calazar e exames para diagnóstico da doença. Os serviços vão até a próxima sexta-feira (31/08), de 8h às 12h e de 13h às 17h.

As atividades gratuitas de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais de tutores do público em geral. Já as castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, sendo obrigatória a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço dos tutores para a realização do serviço. Para castrações, é necessário agendar pelo número (85) 3272-3356 ou presencialmente na Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), na Av. Pontes Vieira, 2391.

Gerido pela Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), que é vinculada à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o VetMóvel faz parte do plano de ações programadas para 2018 com o objetivo de conscientizar a população de Fortaleza e envolvê-la no combate contra os maus tratos, cuidados e abandono de animais.

Atuam no VetMóvel quatro médicos veterinários, sendo um clínico geral, um anestesista e dois cirurgiões. O equipamento também oferece, gratuitamente, registro geral animal e distribuição de material educativo com informações sobre bem-estar animal e guarda responsável.

Leishmaniose

A leishmaniose é uma doença transmitida pela picada do mosquito flebótomo, também conhecido como mosquito da palha, que pode transmitir a doença a cães e humanos. Os sintomas que os tutores devem ficar atentos em seus animais são descamação seca da pele, pelos quebradiços, nódulos na pele, úlceras, febre, atrofia muscular, fraqueza, anorexia, falta de apetite, vômito, diarreia, lesões oculares e sangramentos.

Atividades do VetMóvel

Normalmente, as atividades são desenvolvidas da seguinte forma:

- Segunda-feira

Atendimento clínico para animais de tutores e atendimento cirúrgico para os animais de protetores de felinos (gatos);

- Terça-feira

Atendimento cirúrgico previamente agendado para caninos (cães) de tutores de baixa renda;

- Quarta-feira

Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de felinos (gatos);

- Quinta-feira

Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

- Sexta-feira

a) Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

b)Acompanhamento pós-cirúrgico no local da semana anterior.

Documentação e regras para atendimento

I – As atividades de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais do público em geral;

II – As castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes. É obrigatório a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço do tutor;

III – O retorno para o acompanhamento pós-cirúrgico será feito por um médico cirúrgico-veterinário no local da semana anterior, sempre das 8h às 10h. Caso o animal não seja levado ao local marcado para avaliação, o tutor poderá levá-lo aonde o VetMóvel estiver em atividade, tendo prioridade no atendimento. Durante a semana, os animais que precisarem retornar ao VetMóvel para avaliação pós-cirúrgica, poderão ir ao equipamento ou entrar em contato para orientação pelo telefone da Coepa: (85) 3272-3356;

IV – O VetMóvel irá atender os animais oriundos das ONGs e protetores independentes cadastrados na Coepa, cujo controle está sendo feito por meio de parceria com a ONG Deixa Viver, no sentido de encaminhar os animais para serem castrados, enquanto não for feito o chamamento público para credenciamento das clínicas veterinárias. Os protetores independentes cadastrados encaminharão suas demandas diretamente à Coepa;

V – Os animais deverão ter jejum alimentar de 12 horas e jejum hídrico (água) de 6 horas para as castrações previamente agendadas;

VI – Os animais de ponto de abandono só serão castrados se tiverem protetor independente que ofereçam lar temporário para o pós-operatório e assinem termo de responsabilidade, após passarem por avaliação clínica e exames complementares.

Serviço

VetMóvel no Cuca Jangurussu
Período: de 27 a 31 de agosto de 2018
Endereço: Avenida Alef de Souza Cavalcante - Jangurussu
Horário: de 8h às 12h e de 13h às 17h