25 de abril de 2018 em Saúde

Prefeitura promove atividade de testagem rápida entre os jovens do Mondubim

A ação acontece nesta quinta-feira (26/04), na comunidade do Parque Santana, de 13h às 16h


Ônibus do Fique Sabendo
A atividade acontece com apoio do ônibus de testagem rápida, onde os jovens terão acesso a um espaço equipado com ambulatórios e uma equipe de saúde capacitada
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), em parceria com a Rede Cuca, promove, nesta quinta-feira (26/04), atividades de promoção em saúde com os jovens. A campanha de testagem do programa “Fique Sabendo Jovem” acontece na comunidade do Parque Santana, no bairro Mondubim, de 13h às 16h. Na ocasião serão ofertados testes para HIV, Hepatites B e C, além de sífilis. 
 
A atividade acontece com apoio do ônibus de testagem rápida, onde os jovens terão acesso a um espaço equipado com três ambulatórios e uma equipe de saúde capacitada para o atendimento. Antes da realização do teste, um profissional orienta os jovens e realiza o chamado aconselhamento pré-teste que consiste no preenchimento de uma ficha do paciente e fornece orientações sobre os procedimentos da testagem. Todo o processo é sigiloso e o resultado sai em até 30 minutos. O atendimento envolve ainda o aconselhamento pós-teste, onde uma equipe multidisciplinar tira dúvidas sobre o resultado e faz os encaminhamentos para os casos diagnosticados reagentes para as doenças sexualmente transmissíveis.
 
A iniciativa tem como foco as chamadas populações-chave, nas quais a epidemia do HIV/Aids está concentrada, em especial homens que fazem sexo com homens (HSH), gays e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, dos 15 aos 24 anos. Segundo dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS), no mundo inteiro, 30% do total de pessoas que vivem com HIV/Aids compõem esta faixa etária.
 
Para o coordenador da Área Técnica de IST/Aids, Marco Paiva, o momento visa alertar e conscientizar a população jovem para a pratica do sexo seguro. “Por meio do serviço, proporcionamos a população sexualmente ativa o acesso ao teste e, dessa forma, orientamos quanto a proteção às infecções sexualmente transmissíveis”, destacou Marcos.
 
Saiba Mais

O programa “Fique Sabendo Jovem”, coordenado pela Área Técnica de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids) e Hepatites Virais da SMS é desenvolvido em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), desde 2013, e tem o objetivo de aumentar a testagem da população geral de adolescentes e jovens, dispor ao tratamento da infecção pelo HIV e outras IST, além da realização de ações preventivas no combate ao avanço da epidemia.
 
O teste rápido está disponível em todos os 110 Postos de Saúde e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Carlos Ribeiro, localizado na Rua Jacinto de Matos, 944 - Jacarecanga. O teste de HIV é gratuito e o sigilo sobre o resultado também é garantido. O exame deve ser feito sempre que tenha ocorrido uma relação de risco, sexo desprotegido. Nas unidades de saúde são distribuídos gratuitamente preservativos masculinos e femininos.
 

Prefeitura promove atividade de testagem rápida entre os jovens do Mondubim

A ação acontece nesta quinta-feira (26/04), na comunidade do Parque Santana, de 13h às 16h

Ônibus do Fique Sabendo
A atividade acontece com apoio do ônibus de testagem rápida, onde os jovens terão acesso a um espaço equipado com ambulatórios e uma equipe de saúde capacitada
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), em parceria com a Rede Cuca, promove, nesta quinta-feira (26/04), atividades de promoção em saúde com os jovens. A campanha de testagem do programa “Fique Sabendo Jovem” acontece na comunidade do Parque Santana, no bairro Mondubim, de 13h às 16h. Na ocasião serão ofertados testes para HIV, Hepatites B e C, além de sífilis. 
 
A atividade acontece com apoio do ônibus de testagem rápida, onde os jovens terão acesso a um espaço equipado com três ambulatórios e uma equipe de saúde capacitada para o atendimento. Antes da realização do teste, um profissional orienta os jovens e realiza o chamado aconselhamento pré-teste que consiste no preenchimento de uma ficha do paciente e fornece orientações sobre os procedimentos da testagem. Todo o processo é sigiloso e o resultado sai em até 30 minutos. O atendimento envolve ainda o aconselhamento pós-teste, onde uma equipe multidisciplinar tira dúvidas sobre o resultado e faz os encaminhamentos para os casos diagnosticados reagentes para as doenças sexualmente transmissíveis.
 
A iniciativa tem como foco as chamadas populações-chave, nas quais a epidemia do HIV/Aids está concentrada, em especial homens que fazem sexo com homens (HSH), gays e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, dos 15 aos 24 anos. Segundo dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS), no mundo inteiro, 30% do total de pessoas que vivem com HIV/Aids compõem esta faixa etária.
 
Para o coordenador da Área Técnica de IST/Aids, Marco Paiva, o momento visa alertar e conscientizar a população jovem para a pratica do sexo seguro. “Por meio do serviço, proporcionamos a população sexualmente ativa o acesso ao teste e, dessa forma, orientamos quanto a proteção às infecções sexualmente transmissíveis”, destacou Marcos.
 
Saiba Mais

O programa “Fique Sabendo Jovem”, coordenado pela Área Técnica de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids) e Hepatites Virais da SMS é desenvolvido em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), desde 2013, e tem o objetivo de aumentar a testagem da população geral de adolescentes e jovens, dispor ao tratamento da infecção pelo HIV e outras IST, além da realização de ações preventivas no combate ao avanço da epidemia.
 
O teste rápido está disponível em todos os 110 Postos de Saúde e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Carlos Ribeiro, localizado na Rua Jacinto de Matos, 944 - Jacarecanga. O teste de HIV é gratuito e o sigilo sobre o resultado também é garantido. O exame deve ser feito sempre que tenha ocorrido uma relação de risco, sexo desprotegido. Nas unidades de saúde são distribuídos gratuitamente preservativos masculinos e femininos.