19 de setembro de 2019 em Cultura

Projeto Dia 25 é Dia de Maracatu promove oficina e cortejo em escola municipal

O projeto tem o objetivo de levar mensalmente a manifestação cultural a diversos pontos da Cidade


Jovem Performa em cortejo de Maracatu Vozes da África
O objetivo da atividade é desenvolver diálogo entre integrantes de agremiações de Maracatu junto a estudantes (Foto: Fernanda Siebra)

O projeto Dia 25 é Dia de Maracatu celebra a expressão popular cearense com atividades culturais gratuitas, entre segunda e quarta-feira (23 e 25/09), na Escola Municipal Dom Manoel da Silva Gomes. A ação é realizada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com a Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME).

Na segunda e terça-feira (23 e 24/09), os alunos da escola municipal participarão da oficina “Maracatucando: A arte de fazer maracatu, sua história, dança e ritmos”, das 9h às 11h. O objetivo da atividade é desenvolver debates e conversas entre brincantes e integrantes de agremiações de Maracatu, junto aos estudantes do ensino fundamental matriculados na rede municipal de ensino de Fortaleza.

Durante os encontros serão abordados aspectos da história do maracatu cearense e suas peculiaridades frente as manifestações em outras regiões do país, bem como atividades práticas com as vestimentas tradicionais e instrumentos.

Na quarta-feira (25/09), a programação terá encerramento com o cortejo da agremiação Maracatu Vozes da África, na quadra da escola, a partir das 10h.

A data
O projeto “Dia 25 é dia de Maracatu” tem o objetivo de levar mensalmente a manifestação cultural a diversos pontos da cidade, sempre no dia 25. A data foi sugerida no calendário oficial do Município, por meio do Projeto de Lei nº 10/2016.

Vozes da África
O Maracatu Vozes da África foi fundado em 20 de novembro de 1980, por iniciativa de um grupo de intelectuais, escritores, poetas, folcloristas e carnavalescos.

Serviço
- Oficina “Maracatucando: A arte de fazer maracatu, sua história, dança e ritmos”
Data: 23 e 24/09 (segunda e terça)
Horário: 9h às 11h
- Apresentação do Maracatu Vozes da África na quadra da escola
Data: 25/09 (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Escola Municipal Dom Manoel da Silva Gomes (Rua Samuel Uchôa, 550 – Jardim América)

Projeto Dia 25 é Dia de Maracatu promove oficina e cortejo em escola municipal

O projeto tem o objetivo de levar mensalmente a manifestação cultural a diversos pontos da Cidade

Jovem Performa em cortejo de Maracatu Vozes da África
O objetivo da atividade é desenvolver diálogo entre integrantes de agremiações de Maracatu junto a estudantes (Foto: Fernanda Siebra)

O projeto Dia 25 é Dia de Maracatu celebra a expressão popular cearense com atividades culturais gratuitas, entre segunda e quarta-feira (23 e 25/09), na Escola Municipal Dom Manoel da Silva Gomes. A ação é realizada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com a Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME).

Na segunda e terça-feira (23 e 24/09), os alunos da escola municipal participarão da oficina “Maracatucando: A arte de fazer maracatu, sua história, dança e ritmos”, das 9h às 11h. O objetivo da atividade é desenvolver debates e conversas entre brincantes e integrantes de agremiações de Maracatu, junto aos estudantes do ensino fundamental matriculados na rede municipal de ensino de Fortaleza.

Durante os encontros serão abordados aspectos da história do maracatu cearense e suas peculiaridades frente as manifestações em outras regiões do país, bem como atividades práticas com as vestimentas tradicionais e instrumentos.

Na quarta-feira (25/09), a programação terá encerramento com o cortejo da agremiação Maracatu Vozes da África, na quadra da escola, a partir das 10h.

A data
O projeto “Dia 25 é dia de Maracatu” tem o objetivo de levar mensalmente a manifestação cultural a diversos pontos da cidade, sempre no dia 25. A data foi sugerida no calendário oficial do Município, por meio do Projeto de Lei nº 10/2016.

Vozes da África
O Maracatu Vozes da África foi fundado em 20 de novembro de 1980, por iniciativa de um grupo de intelectuais, escritores, poetas, folcloristas e carnavalescos.

Serviço
- Oficina “Maracatucando: A arte de fazer maracatu, sua história, dança e ritmos”
Data: 23 e 24/09 (segunda e terça)
Horário: 9h às 11h
- Apresentação do Maracatu Vozes da África na quadra da escola
Data: 25/09 (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Escola Municipal Dom Manoel da Silva Gomes (Rua Samuel Uchôa, 550 – Jardim América)