prefeito falando para a foto
Na ocasião, o Prefeito também enfatizou a importância do isolamento social

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, na tarde desta quinta-feira (09/04), durante transmissão ao vivo nas redes sociais, a criação do Comitê de Controle Interno, Transparência e Governança. O objetivo da iniciativa é garantir a transparência, a legalidade e a eficiência, aumentando ainda mais os cuidados na aplicação dos recursos da Prefeitura de Fortaleza durante o período de calamidade pública causado pela transmissão do coronavírus.

Conforme Roberto Cláudio, o Comitê é presidido pela titular da Controladoria Geral do Município (CGM), Luciana Lôbo, e conta ainda com o envolvimento da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), do Gabinete do Prefeito e da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A atuação será direcionada para o acompanhamento das decisões dos órgãos da Prefeitura envolvidos em questões, como por exemplo, a flexibilização e a celeridade dos prazos para as aquisições de equipamentos como respiradores.

Na ocasião, o Prefeito também enfatizou a importância do isolamento social, reforçando a mensagem, pelo momento do feriado da Semana Santa, de que é preciso evitar a ida a outras cidades e a formação de aglomerações nos bairros da Capital.

Ele lembrou, ainda, que já estão em vigor as operações de fiscalização realizadas pelas equipes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Guarda Municipal, Defesa Civil e AMC, com o apoio dos Agentes de Cidadania e Agentes de Endemias, com a finalidade de abordar e orientar a população para prevenir a transmissão e o contágio pelo coronavírus

“Nada é mais sagrado que a vida da gente e a dos outros. É preciso ter consciência, e a melhor forma de prevenir é garantir o isolamento temporário, o distanciamento das pessoas na rua e evitar sair de casa, a não ser por algo extremamente necessário. Já temos confirmação da Covid-19 em praticamente todos os bairros”, lembrou.

Publicado em Gestão
Gleison Alves está montando mini cestas básicas para doar a quem precisa.
Gleison Alves está montando mini cestas básicas para doar a quem precisa.

Diante do enfrentamento ao novo coronavírus, os Agentes de Cidadania e Controle Social estão exercendo papel fundamental em suas comunidades. Membros da sociedade civil, eles foram eleitos para representar, de forma voluntária, seus territórios junto à Prefeitura de Fortaleza. Ao todo, são 468 agentes distribuídos nos 39 territórios da Cidade. Entre eles, muitos estão contribuindo na conscientização dentro de suas comunidades, sempre respeitando as recomendações de prevenção à Covid-19.

É o caso do agente Gleison Alves, de 31 anos, do bairro Serrinha, que está fazendo uma campanha de arrecadação de alimentos e montando mini cestas básicas. Ele está pedindo a ajuda de conhecidos para montar as cestas e fornecer para quem está precisando, inclusive usando dinheiro próprio. O objetivo é ampliar a ação e envolver outros agentes da Regional IV. “As pessoas conhecem meu trabalho e me procuram para pedir ajuda. Esse é nosso papel, entrar junto com a Prefeitura para fazer acontecer”, afirmou.

A agente Andreia Oliveira, de 43 anos, moradora do Jangurussu, conta que está respeitando o isolamento social, pois tem familiares em casa que estão no grupo de risco, como seus pais e seu filho, que tem asma. Mesmo sem sair, ela vem exercendo sua cidadania, divulgando as ações da Prefeitura e do Estado junto à comunidade, fazendo um trabalho de conscientização, orientando seus conhecidos e cadastrando as pessoas que precisam em ações, como a do Supera Fortaleza. “Eu fico assistindo aos vídeos do Prefeito para me atualizar, pegar as informações e fico replicando”, comentou.

Para ela, as ações da Prefeitura diante do enfretamento ao novo coronavírus já estão surtindo efeito dentro das comunidades. “Os kits escolares beneficiaram muitas pessoas aqui no Jangurussu, a entrega foi bem organizada e as pessoas ficaram agradecidas. Eu tenho percebido que essas ações têm deixado as pessoas mais seguras para ficar em casa, porque aquelas que ainda não receberam sabem que, eventualmente, vão receber. Elas estão entendendo que é mais importante ficar em casa”, afirmou Andreia.

A agente de cidadania Maria Maciel está cumprindo, rigorosamente, o isolamento social em casa.
A agente de cidadania Maria Maciel está cumprindo, rigorosamente, o isolamento social em casa.

Com 77 anos, Maria Maciel, agente de cidadania do bairro Presidente Vargas, também garante que está cumprindo rigorosamente o isolamento social em sua residência, pois, além de fazer parte do grupo de risco, possui um neto deficiente e sabe que o importante agora é preservar a saúde da família. Ela conta que tenta se ocupar durante o dia costurando, pois não sai de casa em hipótese alguma e que quem está saindo para fazer compras e pagamentos é a sua filha. “Vou pra rua fazer o quê se está tudo fechado? Só pegar doença. As pessoas é que são teimosas e continuam saindo, mas deveriam ficar em casa. Saúde em primeiro lugar”, reforçou.

Para o coordenador especial de Participação Social, Gilberto Bastos, é muito gratificante ver as pessoas se mobilizando para ajudar umas às outras. Ele destaca a importância de todos respeitarem o isolamento, contribuindo, assim, para a desaceleração da transmissão da doença na Cidade.

A coordenadora adjunta da Coordenadoria Especial de Participação Social (CEPS), Ana Cavalcante, acrescenta que os serviços essenciais da CEPS não foram prejudicados e, com isso, o crédito do Bilhete Único dos Agentes de Cidadania, por exemplo, está sendo creditado regularmente. “Este é um benefício que não poderíamos deixar de oferecer a esses representantes da comunidade, pois é um direito deles. Mas é importante que essas pessoas só saiam se for extremamente necessário”, ponderou.

Publicado em Participação social

A Prefeitura de Fortaleza entrega, nesta sexta-feira (10/04), 20 novos leitos de observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) Dr. Fernando Guanabara, localizada no bairro Vila Velha (Regional I). A nova estrutura vai atender pacientes com síndrome gripal de baixa e média complexidade, que chegam por demanda espontânea ou por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A medida é mais uma iniciativa no combate e prevenção à Covid-19.

Além destes novos 20 leitos da UPA do Vila Velha, já foram entregues 20 novos leitos na UPA Yolanda Pontes Vidal Queiroz, no bairro Edson Queiroz. Também está em fase de finalização, 20 novos leitos na UPA Juraci Magalhães, no Bom Jardim, além dos 80 novos leitos nas UPAs dos bairros Jangurussu e Itaperi. Até a próxima semana, Fortaleza contará com 140 novos leitos distribuídos em 5 das 6 UPAs (unidades de pronto-atendimento) municipais.

“Com a ampliação desses leitos de observação, a capacidade instalada da UPA será aumentada e, com a capacidade de atendimento maior, iremos melhorar o fluxo de atendimento durante a pandemia. É importante ressaltar, ainda, que as UPAs não possuem leitos de internação, mas sim de observação”, ressaltou o coordenador da rede pré-hospitalar e hospitalar de Fortaleza, Romel Araújo.

Leitos para o tratamento da Covid-19

Fortaleza já possui 30 leitos disponíveis no IJF 2, entre Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria. A meta, segundo o prefeito Roberto Cláudio, é entregar, até o mês de maio, 175 leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus, no IJF 2.

Além disso, o hospital temporário que está sendo construído no Estádio Presidente Vargas terá capacidade para atender 204 pacientes, podendo ampliar sua capacidade para até 306, dependendo da demanda. Com expectativa de entrega para o dia 20 de abril, a estrutura está sendo montada em uma área de 3.500m², com base em concreto, estrutura metálica e lonas com divisórias para acomodar os pacientes em isolamento.

Publicado em Saúde

arte da campanha com o texto o amor alimenta

A Prefeitura de Fortaleza lança, por meio da Secretaria Regional I, a campanha “O Amor Alimenta”, que concederá cestas básicas a moradores de bairros da Regional I afetados economicamente por ocasião dos efeitos provocados pela pandemia do novo coronavírus. A iniciativa integra o Movimento Supera Fortaleza, juntando-se à Plataforma Fortaleza Solidária.

A ação arrecadará cestas básicas, junto a servidores, empresários, sociedade em geral, para serem doadas ao público-alvo. Os cidadãos beneficiados com a campanha “O Amor Alimenta” serão identificados por uma equipe da Secretaria Regional I e lideranças comunitárias.

As cestas básicas devem ser entregues na portaria da Secretaria Regional I, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Quem deseja doar, mas não tem como realizar a entrega no ponto de coleta, basta ligar para o número (85) 98513.5290.

A lista com a primeira triagem de beneficiários identificados deve ser repassada à Equipe do Supera Fortaleza até 15 de abril. A Secretaria Regional I ficará responsável pelas entregas, que serão feitas nas residências dos beneficiários.

“As barreiras saltadas de mãos dadas são mais fáceis de superar. Só com auxílio mútuo saímos fortalecidos de grandes adversidades. O amor ao próximo lança um viver melhor ao coletivo. A isto damos o nome de solidariedade”, pontua o secretário da Regional I, Rennys Frota.

Serviço:
Campanha “O Amor Alimenta” para arrecadação de cestas básicas
Ponto de Coleta: sede da Secretaria Regional I (Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito)
Horário para recebimento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Os interessados em doar que não podem ir até a Regional I, podem ligar para (85) 98513.5290

Publicado em Fortaleza
mulher de máscara em balcão entregando cesta básica para mulher sorrindo
As entregas podem ser feitas entre 8h e 17h, de segunda a sexta-feira, desde que observados os protocolos recomendados pela OMS durante o período de isolamento social

O Movimento Supera Fortaleza, que promove a entrega de doações para a população em situação de vulnerabilidade econômica, cujo o sustento foi afetado devido à pandemia do novo coronavírus, já doou mais de 6 mil cestas básicas, além de itens de higiene pessoal e limpeza, por meio de 85 entidades distribuídas nas sete Regionais da Cidade.

A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, Sistema Verdes Mares, Somos Um - Empreendedorismo Social, Bolero Comunicação, Rock Digital, Organizações Não Governamentais (ONGs), Banco Palmas e Programa Fortaleza Solidária.

Quem pode ser beneficiado?

Pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica e são assistidas por instituições que procuram o apoio do Programa. É necessário preencher uma ficha com todos os dados. A equipe do Supera confirma e valida o cadastro para poder atender ao maior número de demandas possível.

Como fazer para ajudar?

A iniciativa dispõe de quatro pontos de coleta onde podem ser doados alimentos, cestas básicas ou itens de higiene pessoal e limpeza. São eles: Shopping Grand Messejana (Av Frei Cirilo, 3840, Messejana); Mercadinho São Luiz do Shopping Benfica (Av. Carapinina, 2200, Benfica); Mercadinho São Luiz do Shopping Del Passeo (Av. Santos Dumont, 3131, Aldeota); e na Rua Alfredo Ladislau, 1430, Varjota.

As entregas podem ser feitas entre 8h e 17h, de segunda a sexta-feira, desde que observados os protocolos recomendados pela OMS durante o período de isolamento social.

Para contribuir com doações em dinheiro, é preciso acessar o site kickante.com.br/campanhas/movimento-supera-fortaleza, que aceita doações a partir de R$ 10,00.

O Supera Fortaleza disponibiliza dois canais de atendimento:

Instagram: @movimentosuperafortaleza

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicado em Social

A Secretária Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) criou um sistema de monitoramento do efetivo que trabalha junto à população de Fortaleza para acompanhar possíveis casos de contaminação pelo Coronavírus, antecipando, assim, os cuidados necessários de auxilio direto ao servidor.

O sistema funciona por meio de um link, que pode ser acessado do smartphone ou qualquer computador pelos guardas municipais e agentes da Defesa Civil. Nele, os servidores respondem a um questionário, enviando informações sobre o seu estado de saúde.

Os dados serão acompanhados pelo Núcleo de atenção Biopsicossial da Sesec, que terá uma visão panorâmica do efetivo.

Link do sistema


 

Publicado em Segurança Cidadã

dois homens e uma mulher aguardando atendimento em recepção de posto de saúde
As seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) continuarão funcionando normalmente, 24h por dia, todos os dias do feriado
A Prefeitura de Fortaleza montou uma estratégia de atuação para garantir o atendimento aos fortalezenses nos serviços de saúde durante o feriado da Semana Santa, que começa nesta sexta-feira (10/04) e vai até a próxima segunda-feira (13/04), no aniversário de Fortaleza.

As seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) continuarão funcionando normalmente, 24h por dia, todos os dias do feriado. As Unidades, localizadas nos bairros Vila Velha, Itaperi, Edson Queiroz, Jangurussu, Bom Jardim e Cristo Redentor, são voltadas ao atendimento adulto e pediátrico em casos de urgência e emergência.

Os hospitais também terão atendimento 24h por dia, durante todos os dias, recebendo pacientes em casos de média e alta complexidade. Fortaleza conta, hoje, com dez hospitais, incluindo três Frotinhas (Antônio Bezerra, Parangaba e Messejana), três Gonzaguinhas (Barra do Ceará, José Walter e Messejana), o Instituto Dr. José Frota (IJF) e o Hospital da Mulher.

Com exceção do feriado da Paixão de Cristo, nesta sexta-feira (10/04), a vacinação domiciliar contra a gripe H1N1 vai continuar sendo realizada todos os dias pelas equipes de atenção domiciliar (EMAD).

Do dia 23 de março até o momento, já foram vacinados quase 26 mil idosos em domicílio, por meio do cadastro prévio nos programas Saúde da Família e Melhor em Casa ou pelo Whatsapp (9.9989-4799), além da página Vacine Já (http://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br), disponibilizada pela Prefeitura.

Os Postos de Saúde, voltados a exames de rotina e casos de menor complexidade, ficarão fechados no feriado, com exceção do Posto Anastácio Magalhães (R. Delmiro de Farias, 1670 - Rodolfo Teófilo), aberto diariamente apenas para aplicação de vacina antirrábica e Tamiflu, das 8h às 17h.

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), as Policlínicas e as Centrais de Distribuição de Medicamento também estarão fechados durante o feriado.

Publicado em Saúde

A tradicional feira Mercado Coletivo, realizada mensalmente no Mercado dos Pinhões pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), não ocorrerá de forma presencial no mês de Abril. O projeto, que tem o objetivo de estimular o mercado autoral e a economia criativa da cidade, ocorrerá, neste sábado (11/04), em formato digital, divulgando expositores tradicionais, através das redes sociais da Secultfor (@Secultfor).

A ação procura fortalecer e impulsionar a venda dos pequenos empreendedores que mantiveram o atendimento online em meio ao período de isolamento social. O Mercado Coletivo conta com expositores de moda, arte, design, decoração, artesanato, música e gastronomia.

O cancelamento de eventos culturais, como o Mercado Coletivo, que promovem aglomeração de pessoas, ocorre em virtude de decreto publicado no Diário Oficial do Município, pela Prefeitura de Fortaleza, que determina ações emergenciais de combate ao Covid-19.

Confira a lista dos perfis do Instagram de expositores do Mercado Coletivo que continuam com venda online:

@amofrozinha, @amorperfeito_atelier, @apetrechos, @bordadosbeijaflor, @byalexazevedo, @callicrochet, @cpdesignstore, @espinhofuloacessorios, @florabamboo, @flordealgodaobordados, @kizybastos, @lovelytrip_loja, @mandalasfassanaro, @meiahorarelogios, @monstrengos, @oficinadada, @quadroscriativos, @rendacearense, @seufofinho, @tayday_ayalla_anderson, @tendaboho, @usepeledeanjo e @xuxuzinhas.

Publicado em Cultura
prefeito roberto cláudio
“Cada um desses 1.518 mototaxistas, 5.099 taxistas e 7.800 motoristas de aplicativos dentro do critério vai ter o direito a receber, a partir do dia 20 de abril, uma cesta básica", afirmou Roberto Cláudio

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, nesta quinta-feira (09/04) a extensão do projeto de Segurança e Proteção Alimentar Municipal para taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos. Mais de 14.400 profissionais serão beneficiados com uma cesta básica durante o período de enfrentamento ao coronavírus. Como critério, foi definido que receberão o benefício mototaxistas cadastrados junto à Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), taxistas (autorizatários, permisssionários e substitutos) que estão com carteira válida desde 2019 e motoristas de aplicativos que trabalham por mais de 30h por semana ou acumulado médio de 120 horas por mês, o que caracteriza aqueles que são considerados motoristas exclusivos.

“Cada um desses 1.518 mototaxistas, 5.099 taxistas e 7.800 motoristas de aplicativos dentro do critério vai ter o direito a receber, a partir do dia 20 de abril, uma cesta básica. A decisão nossa foi garantir o benefício por dois meses”, declarou o Prefeito, que também informou que haverá a suspensão de cobrança e realização de vistoria dos táxis em abril e maio, com reavaliação no mês de junho, atendendo a pedidos do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditáxi).

Plano de Segurança e Proteção alimentar

De acordo com Roberto Cláudio, a partir de 20 de abril, a Prefeitura passa a distribuir 341 mil cestas básicas tanto dentro das escolas como também para os beneficiários do Bolsa Família que não têm filhos na escola, são muitos jovens ou não estão em idade escolar.

Plano de proteção a profissionais autônomos, artesãos e artistas locais

Na mesma data, a Prefeitura começa a realizar o pagamento às famílias de 22.500 feirantes, ambulantes, autônomos, artesãos e artistas cadastrados no Município, que receberão auxílio à renda de R$ 100,00 por mês.

Roberto Cláudio ressaltou ainda que essas medidas que buscam garantir uma rede de proteção social, econômica e alimentar para os mais vulneráveis estão sendo tomadas dentro dos limites legais e financeiros do Município.

Publicado em Economia

prefeito sentado à mesa falando
“Qualquer mobilidade entre bairros e, principalmente, entre cidades pode acelerar a curva de transmissão. Nós queremos evitar casos de contaminação simultânea”, alertou o Prefeito
O prefeito Roberto Cláudio coordenou, nesta quarta-feira (08/04), nova reunião entre membros do Comitê Municipal da Saúde para o Enfrentamento ao Novo Coronavírus. Na ocasião, foram traçadas estratégias para reforçar o combate à pandemia durante a Semana Santa.

Apesar dos tradicionais deslocamentos inerentes ao feriado prolongado, a recomendação da Prefeitura de Fortaleza, alinhada às autoridades de Saúde, segue voltada à prevenção à Covid-19 por meio do isolamento social. “A Semana é Santa, mas a vida e a nossa saúde são sagradas. O coronavírus está em alta dispersão. Mais de 80 bairros da Cidade já têm casos confirmados. Nosso objetivo é segurar o ritmo de transmissão da doença”, introduziu o Prefeito.

A iniciativa pressupõe a permanência das pessoas em suas residências, exceto diante de necessidades primordiais. “Qualquer mobilidade entre bairros e, principalmente, entre cidades pode acelerar a curva de transmissão. Nós queremos evitar casos de contaminação simultânea”, alertou.

Expansão do número de leitos

Até o dia 20 de abril, a Prefeitura e o Governo do Estado seguem expandindo, em ritmo acelerado, os leitos assistenciais direcionados ao internamento e ao tratamento em terapia intensiva.

Durante a transmissão ao vivo, o Prefeito também anunciou que, até a próxima sexta-feira (10/04), 40 novos leitos serão distribuídos pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) instaladas nos bairros Vila Velha e Bom Jardim, que passarão a contar com 20 novas unidades cada.

Há, ainda, a expectativa de se inaugurar, até o domingo de Páscoa, 10 novos leitos de UTI no Instituto Doutor Jose Frota 2 (IJF2) exclusivamente voltados ao tratamento de casos de maior complexidade em pacientes acometidos pela Covid-19.

Informação, educação e fiscalização

Roberto Cláudio destacou a expansão das ações da Prefeitura que visam à informação, à educação e à fiscalização da população em relação aos cuidados básicos diante do cenário vigente.

“Há uma ação coordenada pelo meu Gabinete, que reúne esforços da Guarda Municipal, da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, da Agência de Fiscalização de Fortaleza, além de agentes de endemias e da Defesa Civil, com o intuito de orientar, em pontos de aglomeração, a população e de fiscalizar as regras de cuidado com a saúde individual e coletiva”, detalhou.

Para a finalidade, equipes estão distribuídas pelo entorno de agências bancárias e lotéricas, supermercados e farmácias de Fortaleza.

Durante o próximo fim de semana, a iniciativa chegará à faixa de praia da Capital, objetivando reduzir os pontos de aglomeração e a consequente disseminação desenfreada do vírus.

Por fim, o Prefeito registrou uma palavra de gratidão aos agentes públicos envolvidos nesse esforço coletivo. “Estes profissionais estão à frente desta missão de forma corajosa e heroica, pois estão colocando sob risco a sua própria saúde para ajudar a nossa Cidade”, finalizou.

Publicado em Saúde
Página 1 de 10