A Prefeitura de Fortaleza publicou, neste domingo (12/07), o Decreto Municipal N° 14.736. O documento, disponível no Diário Oficial do Município (DOM), prorroga o isolamento social na Cidade até o dia 19 de julho, em virtude da pandemia do novo coronavírus, e entra em vigor a partir desta segunda-feira (13/07).

Clique e confira o Decreto Municipal N° 14.736

Na Capital, permanecem suspensos os eventos e atividades com risco de disseminação da Covid-19. Também continua mantido o dever geral de permanência domiciliar, bem como o controle da circulação de pessoas. O Decreto ainda abrange o controle do uso de áreas e equipamentos de lazer de condomínios verticais e horizontais.

Segue obrigatório o uso de máscara por todos aqueles que precisarem sair de suas residências, especialmente quando da utilização de transporte público, individual ou coletivo, ou no interior de estabelecimentos abertos ao público.

Conforme o novo decreto, o Município de Fortaleza permanece na Fase 3 do Processo de Abertura Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais no Estado do Ceará. A cadeia de alimentação fora do lar, autorizada na Fase 2, permanecerá funcionando exclusivamente durante o dia, observadas as medidas sanitárias previstas em protocolo, assim como outras atividades liberadas e a prática de atividades físicas individuais. Permanece proibido o funcionamento de bares e estabelecimentos similares.

Novas atividades liberadas

A partir desta segunda-feira (13/07), está autorizada a realização de jogos do Campeonato Cearense de Futebol, desde que sem torcida e realizados na Região de Saúde de Fortaleza, preferencialmente no Estádio Arena Castelão, observadas as medidas sanitárias previstas em protocolo.

Fica liberado o funcionamento de barracas de praia no horário de 9h às 16h, respeitando o Protocolo Geral e Setorial estabelecido para a atividade. O atendimento presencial das lojas de agências de viagem, bem como os Centros de Formação de Condutores, também estão autorizados a funcionar, desde que sejam cumpridas as medidas sanitárias previstas e mediante prévio agendamento e procedimentos administrativos.

O Decreto Municipal N° 14.736 prevê, ainda, o retorno da prestação de serviços voltados, exclusivamente, ao planejamento da organização de eventos, observando o limite da capacidade de atendimento presencial, o percentual de funcionários em trabalho simultâneo e todas as medidas sanitárias específicas.

Os estabelecimentos para alimentação fora do lar, a exemplo das padarias, estão autorizados a abrir a partir das 6h e a fechar às 16h, seguindo os Protocolos Gerais e Setoriais estabelecidos.

As atividades econômicas e comportamentais já liberadas permanecerão durante a prorrogação do isolamento social, as quais deverão continuar cumprindo com todas as condições estabelecidas para a respectiva operação, em especial as medidas sanitárias gerais e setoriais definidas para o seguro funcionamento das mesmas.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais

Publicado em Gestão

governador e prefeito lado a lado posando para a foto, usando máscaras e com brasão do estado do Ceará e bandeiras ao fundo
Vamos continuar evitando aglomerações, mantendo as medidas adequadas de higiene, usando álcool gel e agindo consciente e responsavelmente”, destacou o Prefeito
A terceira fase da retomada gradual das atividades econômicas segue avançando em Fortaleza. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana anunciaram, nesta sexta-feira (10/07), novas orientações relacionadas à decisão prevista em decreto. O novo decreto será publicado neste sábado (11/07).

Clique e assista ao vídeo na íntegra

Em virtude da atual situação epidemiológica do Município, marcada pela redução do número de casos, de internações e de óbitos causados pela Covid-19, estará autorizado o retorno de novas atividades. A determinação, em vigor a partir desta segunda-feira (13/07), inclui, além do cumprimento de protocolos sanitários específicos, a obrigatoriedade do uso de máscaras e de álcool gel.

Barracas de praia

Conforme o novo decreto, as barracas de praia passarão a funcionar seguindo o mesmo horário e protocolos dos restaurantes. “Esses locais cumprem importante papel econômico, atuam como forma democrática de lazer e deverão funcionar, como os restaurantes, em horário de almoço, em conformidade com todos os protocolos sanitários estabelecidos”, pontuou Roberto Cláudio.

Padarias

Outra mudança anunciada foi a ampliação do horário de funcionamento das padarias, que a partir desta segunda-feira, poderão abrir a partir das 6h. Já o fechamento se mantém às 16 horas.

Futebol

Os jogos do Campeonato Cearense de Futebol poderão ser realizados com portões fechados, sem acesso presencial do público. "O futebol está liberado a partir da vigência do novo decreto, podendo acontecer em qualquer estádio da macrorregião de Fortaleza, mas com prioridade para o Castelão. Vamos seguir, para isso, todos os protocolos de segurança", garantiu o Governador.

Agências de viagens

Paralelamente, as agências de turismo estão autorizadas a operar a partir do próximo dia 13/07. “A comercialização de pacotes de viagens será permitida”, informou o Prefeito.

Protocolos sanitários

Camilo Santana reiterou a obrigatoriedade do uso de máscaras. “Para continuar contendo a disseminação do vírus, segue necessário o uso de máscaras. Os indicadores têm melhorado substancialmente. Por isso, é importante manter os cuidados. Importante, também, registrar a atuação dos profissionais da Saúde pela atuação no enfrentamento à pandemia”, acrescentou.

Roberto Cláudio enfatizou a relevância do cumprimento das medidas sanitárias estabelecidas em decreto. “O autocuidado e o cuidado com os demais são indispensáveis. Os indicadores continuarão sendo monitorados e os protocolos sanitários devem ser devidamente cumpridos. Vamos continuar evitando aglomerações, mantendo as medidas adequadas de higiene, usando álcool gel e agindo consciente e responsavelmente”, finalizou.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais

Publicado em Saúde

mulher profissional de saúde com máscara, touca e óculos aplicando teste em dedo de senhor que usa máscara
Serão realizados mais 3.300 exames, entre testes rápidos e RT-PCR, em 113 bairros
A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta segunda-feira (13/07), em parceria com o Governo do Estado, a segunda fase da pesquisa de soroprevalência na Capital. Para ampliar o controle epidemiológico no Município e orientar as políticas públicas de prevenção e combate à Covid-19, mais 3.300 exames, entre testes rápidos e RT-PCR, serão realizados em domicílio, em 113 bairros, para a detecção da Covid-19.

Por meio da detecção de anticorpos na população, torna-se possível mensurar, em três etapas distintas, os impactos causados pelo novo coronavírus na Cidade. As residências participantes são selecionadas aleatoriamente, seguindo a metodologia do estudo. O morador a ser testado será sorteado entre os presentes. No caso de pessoas com menos de 18 anos e de incapazes, os testes acontecerão mediante autorização dos pais ou do responsável.

O intuito da proposta é orientar políticas públicas preventivas e assistenciais, a partir da estimativa proporção da população que já possui anticorpos contra o vírus, e a disseminação do atual quadro pandêmico.

A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, o Governo do Estado do Ceará e a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e o estudo é executado pelo Instituto Opnus.

Como reconhecer o pesquisador

Mais de 200 pesquisadores, entre enfermeiros e estudantes universitários, foram capacitados, nos dias 6 e 7 de julho para a realização da pesquisa. Além da aplicação dos testes, os profissionais são orientados sobre medidas de segurança.

Os pesquisadores, devidamente paramentados com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs), portarão crachá de identificação, panfleto informativo da pesquisa, além de termo de consentimento para a participação.

Testes

Durante a visita, será aplicado questionário com informações relacionadas ao sexo, idade, escolaridade e condições de saúde do morador submetido ao exame. No ato será realizado o teste rápido, com coleta de sangue, cujo resultado é liberado em 15 minutos, como também o teste RT-PCR que coleta amostra por meio de swab (cotonete) da mucosa nasofaringe (nariz e garganta), nesta modalidade o resultado não é imediato.

Primeira fase

A primeira fase da testagem, realizada entre 2 e 15 de junho, contemplou as primeiras 3.300 pessoas e estima que 370 mil (14,2%) fortalezenses já têm anticorpos contra a Covid-19. As Regionais I, III e VI de Fortaleza apresentaram a maior incidência de casos.

Clique e saiba mais sobre a primeira fase da pesquisa

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais

Publicado em Saúde
prefeito de perfil falando com pintura em quadro ao fundo
“Esse processo será mais preciso. Iremos realizar o exame pela coleta de sangue do dedo e pelo SWAB nasal", garantiu o Prefeito

Para mensurar os impactos da Covid-19 em Fortaleza, o prefeito Roberto Cláudio anunciou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, novas ações de monitoramento e de controle epidemiológico na Capital. A Prefeitura de Fortaleza, em parceria com o Governo do Estado do Ceará, irá iniciar, a partir da próxima semana, a nova fase da pesquisa de soroprevalência no Município. Para a finalidade, 3.300 novos exames serão realizados em domicílio.

Clique e assista ao vídeo na íntegra

O Gestor reafirmou o intuito da proposta, executada em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). “Já testamos as 3.300 primeiras pessoas. A segunda fase da pesquisa continuará identificando o nível de imunidade da população fortalezense em relação ao novo coronavírus. Isso é importante para garantir mais segurança ao processo de retomada das atividades econômicas e cotidianas, além de direcionar políticas públicas preventivas e assistenciais de Saúde”, destacou.

A nova etapa incluirá novos métodos para diagnósticos. “Esse processo será mais preciso. Iremos realizar o exame pela coleta de sangue do dedo e pelo SWAB nasal para identificar a presença de atividade viral. O nível de precisão será maior e melhor”, garantiu.

Como reconhecer o pesquisador

As coletas serão realizadas por profissionais capacitados, acompanhados por supervisores e membros das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) do território. Os pesquisadores portarão crachá de identificação, panfleto informativo da pesquisa, além de termo de consentimento para a participação. “A iniciativa trará mais conforto e mais segurança à população”, finalizou o Prefeito.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais
Publicado em Saúde
prefeito olhando e apontando para tela ao seu lado, que exibe gráficos
Prefeito apresentou dados que revelam redução na procura por serviços de saúde em virtude de quadros gripais sugestivos

Na tarde desta terça-feira (07/07), o prefeito Roberto Cláudio confirmou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, a tendência de queda do número de casos e de óbitos pela Covid-19 em Fortaleza. Mesmo diante do processo de retomada gradual das atividades econômicas, o último boletim epidemiológico divulgado aponta estabilização do quadro pandêmico na Capital.

Clique e assista ao vídeo na íntegra

O balanço semanal apresentado, composto por diversos indicadores, revela redução na procura por serviços de saúde em virtude de quadros gripais sugestivos. “A análise mede o número de pacientes sintomáticos atendidos pelos Postos de Saúde. A despeito de termos finalizado a quinta semana de retomada progressiva das atividades, o número diário de pacientes atendidos, em comparação às semanas anteriores, tendeu à estabilização consistente com a queda do número de casos”, introduziu o Prefeito.

Nessa perspectiva, Roberto Cláudio detalhou a média semanal de atendimentos registrados. “Em relação à fase dois, da semana um para a semana dois, a gente registrou uma queda de 480 para 424 pacientes atendidos com quadro gripal, confirmando essa tendência durante o período de retomada. Não há, neste momento, razão objetiva que sinalize um aumento no número de atendimentos nos Postos de Saúde”, reiterou.

Internações

O segundo gráfico apresentado mostrou a incidência de internações em enfermarias ou em leitos de terapia intensiva em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Na última semana, Fortaleza registrou expressiva queda na demanda.

“Atingimos o nosso menor patamar. Na última semana, foram, em média, 16 pacientes demandando internação em enfermarias ou em UTIs por dia. Ao longo desta semana, considerando domingo e segunda, foram contabilizados números ainda menores, com uma média diária de 14 pacientes precisando de leitos de internação”, explicou Roberto Cláudio.

Número de óbitos

O número de óbitos causados pela Covid-19 na Capital também segue em declínio. “O indicador mais robusto e mais preciso a ser monitorado, embora um pouco mais tardio em relação ao processo de abertura, é o do número médio diário de óbitos confirmados. Nosso pico epidemiológico superou 80 óbitos diários confirmados nas semanas 19 e 20. No entanto, a gente vem em uma tendência de sete semanas seguidas de queda. Semana passada, a média foi de 6,7 óbitos por dia”, garantiu.

Protocolos sanitários

O Prefeito também assegurou a permanência do monitoramento epidemiológico e estimulou o cumprimento das medidas de proteção e prevenção. “Ainda não há como dizer que vencemos essa batalha. Os dados vão nos indicar se, em algum momento, o processo de abertura precisa ser interrompido ou se pode continuar. Para garantir a continuidade da retomada, é necessário o cumprimento dos protocolos sanitários previstos em decreto, como o uso de máscara e álcool gel, a correta higienização das mãos e o respeito ao distanciamento social. Evitar aglomerações ajudará a evitar novos picos e novas ondas da doença”, afirmou.

Prestação de contas

Ainda durante a transmissão, Roberto Cláudio esclareceu a logística implantada pela Prefeitura de Fortaleza em relação ao transporte público. “Não há decisão da Prefeitura no sentido de cancelar nenhuma linha de ônibus. Tem havido um trabalho de consultoria rico e detalhado, envolvendo pesquisas de origens e destinos de passageiros, para identificar ineficiências e garantir maior eficiência ao sistema. Para isso, está sendo realizado um levantamento de dados. A partir dos indicadores, buscaremos formas de aumentar a qualidade do serviço prestado sem impactar o preço das tarifas”, disse.

Oferta e demanda

Por fim, o Prefeito garantiu que a frota de ônibus disponibilizada tem sido superior à demanda de passageiros. “Em relação ao padrão pré-pandemia, estamos com 40% da demanda normal e 70% da oferta anterior. Temos mais oferta do que procura. Tem havido um monitoramento de problemas em tempo real para corrigir falhas eventuais”, finalizou.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais
Publicado em Saúde
prefeito roberto cláudio e governador camilo santana
O anúncio foi feito neste sábado (04/07) por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais dos gestores

No início da tarde deste sábado (04/07), em transmissão ao vivo nas redes sociais, o prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana anunciaram que Fortaleza passa, a partir da próxima segunda-feira (06/07), da Fase 2 para a Fase 3 de retomada da economia.

Esta decisão só foi possível por meio de orientações das equipes de saúde do Estado e do Município. “A melhoria nos indicadores da saúde, especificamente com relação ao número de casos e de busca de assistência para pacientes de Covid, a redução de casos, a tendência contínua na redução de óbitos por Covid-19 e a melhoria nos indicadores de assistência a saúde, permite que Fortaleza pudesse dar mais um passo na retomada progressiva e responsável do nosso cotidiano na cidade”, comentou o prefeito Roberto Cláudio.

A Fase 3 do Plano de Retomada compreende 13 setores, a maioria completa as cadeias já liberadas gradualmente nas fases anteriores, como: Têxteis e Roupas, Comunicação, Publicidade e Editoração, Indústria e Serviços de Apoio, Artigos do Lar, Cadeia Agropecuária, Cadeia Moveleira, Tecnologia da Informação, Logística e Transporte, Comércio e Serviços de Higiene e Limpeza e Cadeia Automotiva. Essas atividades econômicas passarão a ter 100% de trabalho presencial.

Praias e calçadões também foram liberados para atividades físicas individuais sem aglomerações. Além disso, o transporte intermunicipal passa a operar a partir da próxima sexta-feira (10/07).

De acordo com o prefeito Roberto Cláudio, “este decreto vai permitir um aumento no volume das atividades, o que vai representar mais retomada de empregos a partir da próxima semana”.

Restrições

Apesar do avanço, a Fase 3 foi liberada com algumas restrições em relação ao que já estava previsto no Plano de Retorno. Bares e restaurantes ainda não poderão retomar atendimento à noite, assim como barracas de praia que estavam previstas para voltar com 50% nessa fase.

De acordo com o governador Camilo Santana, mesmo com o avanço, a população não pode esquecer os cuidados essenciais de prevenção. “É obrigatório o uso da máscara, é proibido aglomerações e é importante que as pessoas cumpram essas determinações para que possamos continuar avançando nas próximas fases de abertura”.

Prefeito e Governador afirmaram que, mesmo com a queda nos indicadores, as estruturas assistenciais para atendimento aos pacientes de Covid-19 continuam à disposição para Fortaleza e pacientes de todo o Estado.

banner do canal coronavírus fortaleza

Publicado em Saúde
mulher e garota de costas em frente à recepção de posto de saúde
O funcionamento de Postos no fim de semana expande as portas de entrada para o sistema público de saúde e reforça as ações em execução direcionadas ao combate à Covid-19

A Prefeitura de Fortaleza mantém o funcionamento de seis Postos de Saúde neste sábado (04/07) e domingo (05/07). Nos dois dias, a população segue assistida pela Atenção Primária em todas as Regionais da Cidade das 8h às 17h. A medida expande as portas de entrada para o sistema público de saúde e reforça as ações em execução direcionadas ao combate à Covid-19 no âmbito municipal.

Clique e confira a lista de Postos de Saúde em funcionamento neste fim de semana (04 e 05/07)

Monitoramento epidemiológico

Diante da retomada gradual das atividades econômicas e cotidianas, o atendimento dos Postos no fim de semana objetiva, sobretudo, auxiliar o monitoramento epidemiológico, garantir o atendimento primário a pacientes sintomáticos, assegurar diagnósticos adequados e possibilitar, precocemente, eventuais transferências hospitalares diante de quadros complexos.

Estratégia Saúde da Família

As unidades em funcionamento contarão com equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), incluindo médicos e enfermeiros, que realizarão o acompanhamento e a triagem de pacientes com quadros gripais sugestivos.

Oxímetro

Há cinco semanas, os indicadores confirmam tendência de estabilização da epidemia do novo coronavírus no Município. No entanto, a Prefeitura de Fortaleza segue monitorando a saturação de oxigênio no sangue de pacientes que procuram os Postos de Saúde e apresentam os primeiros sintomas de infecção causada pelo novo coronavírus.

O atendimento e a avaliação do paciente pelo método seguem durante este fim de semana. Paralelamente, de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, serão realizadas aferições de pressão arterial e de temperatura.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais
Publicado em Saúde
A Prefeitura de Fortaleza vai expandir o Projeto Sintonia de atendimento psicológico on-line. A partir desta quinta-feira (02/07), os profissionais da educação que atuam na Rede Municipal de Ensino também contarão com o suporte psicológico por meio da plataforma virtual. Os interessados devem acessar o site sintonia.sepog.fortaleza.ce.gov.br, responder ao formulário eletrônico, com preenchimento dos dados pessoais, indicativo dos motivos que levaram a buscar atendimento e sugestão de dia para o atendimento.
 
Desde maio, o Projeto Sintonia está disponível para os profissionais municipais de saúde que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus. 
 
Articulado pela primeira-dama de Fortaleza Carol Bezerra, o Projeto é executado em parceria com as Secretarias Municipais da Saúde e Educação. “As ações são desenvolvidas a partir dos três princípios básicos dos Primeiros Cuidados Psicológicos, que são: observar, escutar e aproximar. Com a ampliação do programa, vamos potencializar esse apoio aos profissionais da educação que atuam nas unidades de ensino da Rede Municipal para identificar reações de crises emocionais e intervir para o alívio desses sintomas”, comenta a primeira-dama Carol Bezerra.
 
Com a ampliação, a expectativa é ofertar mais uma possibilidade de acompanhamento da saúde mental dos profissionais da Educação. De acordo com a titular da SME, Dalila Saldanha, a iniciativa é de extrema relevância, especialmente no retorno às atividades escolares presenciais após o isolamento social. "Compreendemos que esse momento exigirá um cuidado ainda maior com a saúde mental da comunidade escolar. Além disso, estamos prestando um apoio psicológico e ações de cuidado a fim de superar os danos emocionais causados aos nossos profissionais ao longo período de pandemia”, afirma.
 
Esta iniciativa atende também a uma reivindicação da categoria, apresentada por meio do Sindiute, para que o Município promova ações voltadas ao cuidado e à saúde mental dos trabalhadores em Educação. 
 
O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 21 horas, e no sábado, das 14 às 16 horas. A sessão dura em média 50 minutos e é realizada por meio de links de chamada de vídeo ou voz, dependendo da preferência do profissional atendido. 
 
São aproximadamente 100 psicólogos municipais capacitados para atuar no Sintonia. Cada um conta com uma equipe de supervisores e um psiquiatra de referência caso seja preciso interconsulta ou encaminhamento. Será possível também orientar, avaliar e realizar encaminhamentos à Rede de Atenção Psicossocial (RAPS).
 
O atendimento psicológico on-line segue as normas da Resolução do Conselho Federal de Psicologia nº 11/2018.
Publicado em Educação
prefeito de perfil falando
De acordo com Roberto Cláudio, a expectativa da Prefeitura é atingir 100% da normalidade nos atendimentos até o dia 21 de julho

Na noite desta quarta-feira (01/07), o prefeito Roberto Cláudio anunciou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, a retomada gradual dos atendimentos espontâneos e programados oferecidos pelos Postos de Saúde da Cidade. Até a próxima semana, 75% das atividades agendadas devem ser normalizadas.

“Neste momento, 50% da rotina segue restabelecida. Os atendimentos incluem pré-natal, puericultura, vacinação, atenção a pacientes crônicos e em tratamento de doenças infecciosas. Essa agenda é fundamental para o monitoramento e o eventual encaminhamento de cada paciente para outros pontos de atenção”, defendeu.

Conforme Roberto Cláudio, em virtude da pandemia, a natureza dos atendimentos emergenciais e ambulatoriais se modificou para atender pacientes com quadros gripais. "No entanto, em decorrência da estabilização do quadro epidemiológico, estamos restabelecendo a rotina normal nas unidades básicas de saúde”, destacou.

A expectativa da Prefeitura é atingir 100% da normalidade até o dia 21 de julho. Para a finalidade, os dados epidemiológicos continuarão em análise. “Se conseguirmos manter a trégua da Covid-19, retomaremos totalmente até o fim deste mês. É bom destacar que continuaremos com a rotina de triagem e de acompanhamento de pacientes com quadros gripais”, acrescentou.

Projeto Sintonia

Durante a transmissão, o Prefeito também anunciou expansão do Projeto Sintonia. A iniciativa, idealizada pela primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, oferece atendimento psicológico a profissionais de saúde atuantes na linha de frente do combate à Covid-19. A partir desta quinta-feira (02/07), a assistência contemplará, também, membros da Rede Municipal da Educação.

“Quem trabalha na ponta, em especial com o manejo de pacientes acometidos pelo novo coronavírus, está suscetível a estresses psicológicos maiores. Por isso, lançamos um projeto de apoio a esses profissionais. A partir de amanhã, o atendimento será expandido para os servidores da rede pública da educação. Será ofertado todo o tipo de acolhimento necessário”, informou.

Clique aqui para acessar a plataforma do Projeto Sintonia

Novo Posto de Saúde

Roberto Cláudio anunciou, ainda, a entrega de um novo Posto de Saúde à população. O equipamento, instalado na região da Barra do Ceará, ira fortalecer os atendimentos da Atenção Primária por meio da atuação de três equipes completas da Estratégia Saúde da Família.

“Esse Posto de Saúde completamente novo passou a funcionar hoje e beneficiará os moradores da Barra do Ceará e das Goiabeiras, historicamente pouco assistidas em virtude da densidade populacional. A estrutura é comparável a consultórios particulares da Cidade e dispõe de laboratórios, farmácia, assistência odontológica, contemplando toda a rotina da Atenção Primária. Há décadas, a comunidade luta por essa unidade básica tão fundamental”, destacou.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais
Publicado em Saúde

prefeito de perfil falando com bandeiras ao fundo
"Tem havido uma tendência de queda no número de casos, de internações e de óbitos causados pela Covid-19. No entanto, a situação ainda não é de normalidade”, ponderou o Prefeito
Na noite desta segunda-feira (29/06), o prefeito Roberto Cláudio destacou, em transmissão ao vivo pelas redes sociais, medidas em execução pelo Município para mitigar os impactos da pandemia do novo coronavírus.

Em virtude da suspensão temporária das aulas presenciais em Fortaleza, a Prefeitura tem garantido, pelo quarto mês consecutivo, a distribuição de kits de alimentação escolar aos alunos da Rede Municipal de Ensino. “Ainda não há definição acerca do retorno das atividades educacionais. Enquanto isso, continuaremos provendo esses mantimentos, que têm sido um alívio para diversas famílias”, introduziu.

Cerca de 230 mil estudantes, regularmente matriculados nas escolas municipais, seguem beneficiados pela iniciativa. “Estamos começando o quarto ciclo mensal da distribuição desses alimentos, que têm garantido o aporte nutricional adequado a tantas crianças e jovens de Fortaleza. Além disso, estamos adicionando, a essa cesta básica, um componente proteico, composto por uma dúzia de ovos”, informou.

Na oportunidade, o Prefeito esclareceu a logística de distribuição estabelecida. “Iniciamos, hoje, a entrega pela Educação Infantil, composta por creches e pré-escolas. Em seguida, conforme o cronograma, contemplaremos os alunos do Ensino Fundamental”, detalhou, acrescentando que o número de cestas concedidas por família é equivalente à quantidade de filhos em idade escolar matriculados na Rede Pública.

Retomada das atividades econômicas e cotidianas

Ainda durante a transmissão, Roberto Cláudio comentou o atual cenário epidemiológico da Capital. “Estamos percorrendo a segunda fase da retomada gradual das atividades econômicas e cotidianas na Cidade. Há, pelo menos, cinco semanas, tem havido uma tendência de queda no número de casos, de internações e de óbitos causados pela Covid-19. No entanto, a situação ainda não é de normalidade”, ponderou.

Nessa perspectiva, o Prefeito reiterou a importância do cumprimento das regras de convivência e dos protocolos sanitários previstos em decreto. “É preciso atuar individual e coletivamente. As responsabilidades seguem compartilhadas. É fundamental que continuemos a lavar as mãos, a usar máscara, a guardar o distanciamento mínimo de 1 metro e meio entre as pessoas e a evitar aglomerações”, pontuou.

De acordo com a explanação, o cronograma de retomada depende, fundamentalmente, dos indicadores de saúde pública. “Se, em algum momento, for identificado algum sinal de alerta, o processo pode ser retrocedido ou interrompido. Nada substitui a proteção à vida e à saúde pública. O respeito cotidiano deve acontecer para que possamos evitar a retomada de estágios epidemiológicos mais graves”, finalizou.

arte escrito Fortaleza contra coronavírus, clique aqui e saiba mais

Publicado em Saúde
Página 1 de 36