29 de junho de 2020 em Fortaleza

Webinar promovido pelo Iplanfor fala sobre cidades inteligentes

Seminário on-line ocorre nesta terça-feira (30/06), às 15h, no canal do YouTube do Observatório de Fortaleza


arte com data, nome, hora e local de transmissão do evento

O segundo webinar do Observatório de Fortaleza, que acontece nesta terça-feira (30/06), às 15 horas, terá o tema "Fortaleza, cidade inteligente: potências e desafios". O evento on-line, promovido pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) em parceria com a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), será transmitido ao vivo pelo canal no YouTube do Observatório de Fortaleza.

Para expor e trocar ideias sobre os caminhos que podem potencializar a condução de Fortaleza no campo das cidades inteligentes, o prof. Cláudio Ricardo, presidente da Citinova, o rof. Dr. André Carneiro, do IFCE Fortaleza, Sarah Habersack, representante da Agência Alemã de Cooperação Global (GIZ), Erico Przeybilovicz, pesquisador do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), e Michel Oliveira Araújo, ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SEDECI) de Juazeiro do Norte, irão participar do seminário virtual.

Cidades inteligentes são aquelas que utilizam a tecnologia, tanto mecânica como humana, para promover o bem-estar dos moradores, o crescimento econômico e, ao mesmo tempo, melhorar a sustentabilidade com iniciativas e ações em vários setores, como planejamento urbano, habitação social, energia, mobilidade urbana, coleta de lixo, controle da poluição do ar, entre outros.

Fortaleza recebeu da Unesco, em outubro de 2019, o título de Cidade Criativa, na categoria Design, e passou a fazer parte da Rede Mundial de Cidades Criativas, cujo compromisso é realizar ações de desenvolvimento sustentável que beneficiem diretamente as comunidades no contexto urbano.

Em junho de 2019, a Citinova criou o Observatório de Cidades Inteligentes de Fortaleza (OCIFOR), a fim de mapear e publicizar os projetos em andamento na gestão pública municipal que convergem com os indicadores de cidades inteligentes. Em setembro, Fortaleza foi oficialmente convidada pelo Ministério Federal do Interior e Construção da Alemanha para integrar a Rede Internacional de Cidades Inteligentes. A Citinova realizou uma visita técnica para intercâmbio de informações e experiências sobre Smart Cities.

Neste primeiro momento, o grupo responsável pelo OCIFOR trabalha com o Sistema de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapfor), que tem o objetivo de planejar e monitorar os investimentos da Prefeitura, além de identificar os projetos e ações ancorados no conceito de cidades inteligentes no Plano Fortaleza 2040.

Serviço:
Webinar "Fortaleza, Cidade Inteligente: Potências e Desafios"
Data: (30/06) terça-feira
Hora: 15h
Local: Canal do Observatório de Fortaleza no YouTube

Webinar promovido pelo Iplanfor fala sobre cidades inteligentes

Seminário on-line ocorre nesta terça-feira (30/06), às 15h, no canal do YouTube do Observatório de Fortaleza

arte com data, nome, hora e local de transmissão do evento

O segundo webinar do Observatório de Fortaleza, que acontece nesta terça-feira (30/06), às 15 horas, terá o tema "Fortaleza, cidade inteligente: potências e desafios". O evento on-line, promovido pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) em parceria com a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), será transmitido ao vivo pelo canal no YouTube do Observatório de Fortaleza.

Para expor e trocar ideias sobre os caminhos que podem potencializar a condução de Fortaleza no campo das cidades inteligentes, o prof. Cláudio Ricardo, presidente da Citinova, o rof. Dr. André Carneiro, do IFCE Fortaleza, Sarah Habersack, representante da Agência Alemã de Cooperação Global (GIZ), Erico Przeybilovicz, pesquisador do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), e Michel Oliveira Araújo, ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação (SEDECI) de Juazeiro do Norte, irão participar do seminário virtual.

Cidades inteligentes são aquelas que utilizam a tecnologia, tanto mecânica como humana, para promover o bem-estar dos moradores, o crescimento econômico e, ao mesmo tempo, melhorar a sustentabilidade com iniciativas e ações em vários setores, como planejamento urbano, habitação social, energia, mobilidade urbana, coleta de lixo, controle da poluição do ar, entre outros.

Fortaleza recebeu da Unesco, em outubro de 2019, o título de Cidade Criativa, na categoria Design, e passou a fazer parte da Rede Mundial de Cidades Criativas, cujo compromisso é realizar ações de desenvolvimento sustentável que beneficiem diretamente as comunidades no contexto urbano.

Em junho de 2019, a Citinova criou o Observatório de Cidades Inteligentes de Fortaleza (OCIFOR), a fim de mapear e publicizar os projetos em andamento na gestão pública municipal que convergem com os indicadores de cidades inteligentes. Em setembro, Fortaleza foi oficialmente convidada pelo Ministério Federal do Interior e Construção da Alemanha para integrar a Rede Internacional de Cidades Inteligentes. A Citinova realizou uma visita técnica para intercâmbio de informações e experiências sobre Smart Cities.

Neste primeiro momento, o grupo responsável pelo OCIFOR trabalha com o Sistema de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapfor), que tem o objetivo de planejar e monitorar os investimentos da Prefeitura, além de identificar os projetos e ações ancorados no conceito de cidades inteligentes no Plano Fortaleza 2040.

Serviço:
Webinar "Fortaleza, Cidade Inteligente: Potências e Desafios"
Data: (30/06) terça-feira
Hora: 15h
Local: Canal do Observatório de Fortaleza no YouTube