25 de abril de 2013 em Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 10 de maio

A meta da Prefeitura de Fortaleza é vacinar 420 mil pessoas. Em todo Brasil, devem ser vacinadas 31,3 milhões de pessoas


Primeiro balanço da Secretaria de Saúde do Município aponta que a campanha atingiu 30% da população estimada (Foto: Marcos Moura)

O Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe até o dia 10 de maio. A Prefeitura de Fortaleza também aderiu a esse novo cronograma de vacinação e, por mais duas semanas, todos os cidadãos que compõem o grupo prioritário devem procurar os postos de saúde para se vacinar. O grupo é formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem como meta para Fortaleza vacinar aproximadamente 420 mil pessoas. O balanço feito até o Dia D, 20/04, mostrou que a população acima dos 60 anos foi a que mais compareceu aos postos, e que a campanha atingiu 30% da população estimada.

Nacionalmente, segundo os dados do Ministério da Saúde, foram imunizadas 14,9 milhões de  pessoas até as 18 horas de quarta-feira (24/04). Isso representa 47,6% da meta do Ministério, que estima vacinar 31,3 milhões de pessoas integrantes dos grupos prioritários. A campanha, que começou dia 15 de abril, pretende vacinar 80% do público-alvo.

Prevenção
O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.

Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 10 de maio

A meta da Prefeitura de Fortaleza é vacinar 420 mil pessoas. Em todo Brasil, devem ser vacinadas 31,3 milhões de pessoas

Primeiro balanço da Secretaria de Saúde do Município aponta que a campanha atingiu 30% da população estimada (Foto: Marcos Moura)

O Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe até o dia 10 de maio. A Prefeitura de Fortaleza também aderiu a esse novo cronograma de vacinação e, por mais duas semanas, todos os cidadãos que compõem o grupo prioritário devem procurar os postos de saúde para se vacinar. O grupo é formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem como meta para Fortaleza vacinar aproximadamente 420 mil pessoas. O balanço feito até o Dia D, 20/04, mostrou que a população acima dos 60 anos foi a que mais compareceu aos postos, e que a campanha atingiu 30% da população estimada.

Nacionalmente, segundo os dados do Ministério da Saúde, foram imunizadas 14,9 milhões de  pessoas até as 18 horas de quarta-feira (24/04). Isso representa 47,6% da meta do Ministério, que estima vacinar 31,3 milhões de pessoas integrantes dos grupos prioritários. A campanha, que começou dia 15 de abril, pretende vacinar 80% do público-alvo.

Prevenção
O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.

Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar