16 de dezembro de 2020 em Controladoria e Ouvidoria

Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza conquista 2º lugar do I Concurso Nacional de Artigos Científicos

O resultado foi apresentado nesta terça-feira (15/12), durante a 36ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci)


Servidores da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza (CGM) foram destaques durante a 36ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), ao conquistar o 2º Lugar do “I Concurso Nacional de Artigos Científicos”. O certame teve como tema “Controle Interno: Desafios e Perspectivas para O Século XXI”. O resultado foi apresentado nesta terça-feira (15/12) e contou com a adesão de mais de 40 participantes de diferentes regiões do País.

O artigo “O Planejamento anual das atividades de auditoria interna da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza: trajetória recente, desafios e oportunidades", dos servidores Isaac Gurgel e Leidiane Almeida, destacou o trabalho que revelou os avanços implementados durante os últimos dois anos pelo órgão na área de Planejamento Anual de Auditoria, o que resultou na conquista do segundo lugar. A primeira colocação abordou "Transparência ativa em foco: Um caminho para além dos portais de acesso à informação", enquanto que o terceiro debateu "Lei anticorrupção e o risco de abuso do poder punitivo do Estado no tempo: O caso dos processos administrativos de responsabilização".

Para o servidor da CGM, Isaac Gurgel, o concurso possibilitou o registro de toda a evolução das ações de Planejamento Anual de Auditoria. “A ideia inicial nasceu de uma inquietação que era como deixar registrado a evolução do nosso trabalho. E através do artigo científico encontramos uma oportunidade. Durante o período de implementação dos novos instrumentos, percebemos um salto significativo de qualidade desse trabalho, e ao descrever, compartilhando essa experiência, foi possível conquistar esse reconhecimento”, destacou Isaac.

O período de inscrições e entrega dos artigos avaliados ocorreu de 11 de agosto até 31 de outubro. Os artigos foram analisados por três avaliadores independentes, com a menor nota de cada artigo descartada, posteriormente, as demais notas foram somadas e divididas pela quantidade de avaliadores cujas notas não foram desconsideradas, obtendo a nota média de cada artigo. A iniciativa foi aberta a profissionais, estudantes, pesquisadores e interessados no tema.

Para a secretária chefe da CGM, Luciana Lobo, a conquista desse prêmio vem consolidar o trabalho desenvolvido pelos servidores. “É com muito orgulho que destaco a competência e comprometimento dos servidores com a causa, refletido no desejo de registrar e documentar toda evolução dos trabalhos de auditoria do órgão. E esse reconhecimento obtido em escala nacional vem enaltecer o serviço desempenhado por nossos servidores”, ressaltou Luciana.

Confira aqui mais informações.

Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza conquista 2º lugar do I Concurso Nacional de Artigos Científicos

O resultado foi apresentado nesta terça-feira (15/12), durante a 36ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci)

Servidores da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza (CGM) foram destaques durante a 36ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), ao conquistar o 2º Lugar do “I Concurso Nacional de Artigos Científicos”. O certame teve como tema “Controle Interno: Desafios e Perspectivas para O Século XXI”. O resultado foi apresentado nesta terça-feira (15/12) e contou com a adesão de mais de 40 participantes de diferentes regiões do País.

O artigo “O Planejamento anual das atividades de auditoria interna da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município de Fortaleza: trajetória recente, desafios e oportunidades", dos servidores Isaac Gurgel e Leidiane Almeida, destacou o trabalho que revelou os avanços implementados durante os últimos dois anos pelo órgão na área de Planejamento Anual de Auditoria, o que resultou na conquista do segundo lugar. A primeira colocação abordou "Transparência ativa em foco: Um caminho para além dos portais de acesso à informação", enquanto que o terceiro debateu "Lei anticorrupção e o risco de abuso do poder punitivo do Estado no tempo: O caso dos processos administrativos de responsabilização".

Para o servidor da CGM, Isaac Gurgel, o concurso possibilitou o registro de toda a evolução das ações de Planejamento Anual de Auditoria. “A ideia inicial nasceu de uma inquietação que era como deixar registrado a evolução do nosso trabalho. E através do artigo científico encontramos uma oportunidade. Durante o período de implementação dos novos instrumentos, percebemos um salto significativo de qualidade desse trabalho, e ao descrever, compartilhando essa experiência, foi possível conquistar esse reconhecimento”, destacou Isaac.

O período de inscrições e entrega dos artigos avaliados ocorreu de 11 de agosto até 31 de outubro. Os artigos foram analisados por três avaliadores independentes, com a menor nota de cada artigo descartada, posteriormente, as demais notas foram somadas e divididas pela quantidade de avaliadores cujas notas não foram desconsideradas, obtendo a nota média de cada artigo. A iniciativa foi aberta a profissionais, estudantes, pesquisadores e interessados no tema.

Para a secretária chefe da CGM, Luciana Lobo, a conquista desse prêmio vem consolidar o trabalho desenvolvido pelos servidores. “É com muito orgulho que destaco a competência e comprometimento dos servidores com a causa, refletido no desejo de registrar e documentar toda evolução dos trabalhos de auditoria do órgão. E esse reconhecimento obtido em escala nacional vem enaltecer o serviço desempenhado por nossos servidores”, ressaltou Luciana.

Confira aqui mais informações.