15 de junho de 2022 em Cultura

Vila das Artes abre inscrições para oficinas do programa "Dançando na Vila"

Três oficinas voltadas ao público jovem e infantil serão realizadas no mês de julho


A Escola Pública de Dança da Vila das Artes promove, no mês de férias escolares, mais uma edição do programa "Dançando na Vila". Voltadas para o público jovem e infantil, as formações "Iniciação ao Ballet Clássico", "Brincando com Elementos Dançantes do Hip Hop" e "Dança Moderna" ocorrerão na Vila da Artes, com aulas às segundas, quartas e sexta-feiras, ao longo das três últimas semanas do mês de julho. Inscrições seguem até 4 de julho por meio de ficha de inscrição on-line disponibilizada abaixo ou presencialmente na secretaria da Vila das Artes.

Ficha de inscrição 

Todas as atividades ocorrerão durante a tarde. Interessados poderão participar de uma ou mais oficinas. Confira abaixo o detalhamento de cada uma das atividades.

A oficina "Brincando com elementos dançantes do Hip Hop", com Manu Gomez, destina-se a crianças e adolescentes com idade entre 11 e 16 anos, e será realizadas às segundas-feiras (11, 18 e 25/07), das 14 às 16h. A atividade irá explorar de forma lúdica, por meio de dinâmicas com os elementos da dança Hip-Hop, possibilidades técnico-criativas para o aprimoramento de recursos essenciais para a Dança, como coordenação, noção de tempo e espaço, memorização, equilíbrio, escuta e vários outros.

A oficina "Iniciação ao Ballet Clássico", com Marianna Aires, destina-se à faixa etária de 8 a 12 anos e ocorrerá às quartas-feiras (13, 20 e 27/07), das 14h às 16h. A atividade visa o entendimento dos conceitos básicos e dos processos práticos que possibilitam a aprendizagem da dança clássica, sua nomenclatura, o trabalho da flexibilidade, da força, do desenvolvimento do equilíbrio, coordenação motora, musicalidade e interatividade.

A oficina "Dança Moderna", com Rubéns Lopes, destina-se a adolescentes com idade entre 13 e 16 anos e ocorrerá às sextas-feiras (15, 22 e 29/07), das 14h às 16h. A atividade estuda os feitos sócio-históricos e conceituais sobre a Técnicas de Martha Graham, Lestern Horton e Katherine Dunhan. "Faremos uma iniciação às técnicas, suas bases, exercícios de fortificação, contrações, releases, falls, espirais, bem como exercícios característicos dessas três técnicas", explica Rubéns. "Praticaremos as colocações de braços, pés, caminhadas e suas posições adequadas, bem como exercícios no chão, no centro e na diagonal. Ao final das vivências criaremos uma partitura coreográfica compreendendo o conteúdo abordado em aula", finaliza o professor.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre os facilitadores
MANU GOMEZ tem 25 anos e é bacharela em Dança pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Dançarina e pesquisadora em Dança, atua profissionalmente na área há 8 anos. É diretora do trabalho “Cinestesia”, iniciado em 2017, e coordena o grupo de pesquisa independente "Hip Hop Experimental". Participou de eventos nacionais e internacionais.

MARIANNA AIRES iniciou seus estudos na Escola de Ballet Gorete Quinttela, em 2002, e se formou na Escola de Ballet Lucymeire Aires. Entre cursos, seminários, workshops aprendeu com diversos mestres a arte e a
técnica da dança, como Lucymeire Aires, Flávio Sampaio e Mariza Estrella, e atuou na composição e na na remontagem de diversos clássicos, com "Dom Quixote", "A Bela Adormecida" e "Paquita". Atuou na Malma Companhia de Dança (Rio Grande do Sul). Ministra cursos em festivais, escolas e grupos.

RÚBENS LOPES é artista, professor e pesquisador em dança. Mestrando em Artes no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), é formado pelo Curso Técnico em Dança do Ceará (CTD) e em Licenciatura em Dança na Universidade Federal do Ceará (UFC). Dirige a Cia. Anagrama desde 2008. Atualmente, coordena o o projeto de extensão em Danças Africanas Ancestrais no IFCE, em Fortaleza, e compõe o quadro de professores de diversas escolas de dança, na capital e no interior do Ceará. Dentro do ativismo no Movimento Negro, pesquisa as danças negras ancestrais e da diáspora. É também colunista no Portal MUD e membro do Grupo de Pesquisa Coletivo Areia: Pesquisa e Criação em e com Dança (UFC), do Fórum de Dança do Ceará, da Juventude Negra Kalunga e do Núcleo de Estudos Afro Brasileiros e Indígenas (NEABI - Campus Fortaleza).

Serviço
"Dançando na Vila" - Oficinas de Dança para crianças e adolescentes
Inscrições: até 4 de julho, em www.viladasartesfortaleza.com.br
Data de realização: Segundas, Quartas e Sextas-feiras do mês de Julho
Hora: 14h a 16h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro)
Gratuito

Vila das Artes abre inscrições para oficinas do programa "Dançando na Vila"

Três oficinas voltadas ao público jovem e infantil serão realizadas no mês de julho

A Escola Pública de Dança da Vila das Artes promove, no mês de férias escolares, mais uma edição do programa "Dançando na Vila". Voltadas para o público jovem e infantil, as formações "Iniciação ao Ballet Clássico", "Brincando com Elementos Dançantes do Hip Hop" e "Dança Moderna" ocorrerão na Vila da Artes, com aulas às segundas, quartas e sexta-feiras, ao longo das três últimas semanas do mês de julho. Inscrições seguem até 4 de julho por meio de ficha de inscrição on-line disponibilizada abaixo ou presencialmente na secretaria da Vila das Artes.

Ficha de inscrição 

Todas as atividades ocorrerão durante a tarde. Interessados poderão participar de uma ou mais oficinas. Confira abaixo o detalhamento de cada uma das atividades.

A oficina "Brincando com elementos dançantes do Hip Hop", com Manu Gomez, destina-se a crianças e adolescentes com idade entre 11 e 16 anos, e será realizadas às segundas-feiras (11, 18 e 25/07), das 14 às 16h. A atividade irá explorar de forma lúdica, por meio de dinâmicas com os elementos da dança Hip-Hop, possibilidades técnico-criativas para o aprimoramento de recursos essenciais para a Dança, como coordenação, noção de tempo e espaço, memorização, equilíbrio, escuta e vários outros.

A oficina "Iniciação ao Ballet Clássico", com Marianna Aires, destina-se à faixa etária de 8 a 12 anos e ocorrerá às quartas-feiras (13, 20 e 27/07), das 14h às 16h. A atividade visa o entendimento dos conceitos básicos e dos processos práticos que possibilitam a aprendizagem da dança clássica, sua nomenclatura, o trabalho da flexibilidade, da força, do desenvolvimento do equilíbrio, coordenação motora, musicalidade e interatividade.

A oficina "Dança Moderna", com Rubéns Lopes, destina-se a adolescentes com idade entre 13 e 16 anos e ocorrerá às sextas-feiras (15, 22 e 29/07), das 14h às 16h. A atividade estuda os feitos sócio-históricos e conceituais sobre a Técnicas de Martha Graham, Lestern Horton e Katherine Dunhan. "Faremos uma iniciação às técnicas, suas bases, exercícios de fortificação, contrações, releases, falls, espirais, bem como exercícios característicos dessas três técnicas", explica Rubéns. "Praticaremos as colocações de braços, pés, caminhadas e suas posições adequadas, bem como exercícios no chão, no centro e na diagonal. Ao final das vivências criaremos uma partitura coreográfica compreendendo o conteúdo abordado em aula", finaliza o professor.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre os facilitadores
MANU GOMEZ tem 25 anos e é bacharela em Dança pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Dançarina e pesquisadora em Dança, atua profissionalmente na área há 8 anos. É diretora do trabalho “Cinestesia”, iniciado em 2017, e coordena o grupo de pesquisa independente "Hip Hop Experimental". Participou de eventos nacionais e internacionais.

MARIANNA AIRES iniciou seus estudos na Escola de Ballet Gorete Quinttela, em 2002, e se formou na Escola de Ballet Lucymeire Aires. Entre cursos, seminários, workshops aprendeu com diversos mestres a arte e a
técnica da dança, como Lucymeire Aires, Flávio Sampaio e Mariza Estrella, e atuou na composição e na na remontagem de diversos clássicos, com "Dom Quixote", "A Bela Adormecida" e "Paquita". Atuou na Malma Companhia de Dança (Rio Grande do Sul). Ministra cursos em festivais, escolas e grupos.

RÚBENS LOPES é artista, professor e pesquisador em dança. Mestrando em Artes no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), é formado pelo Curso Técnico em Dança do Ceará (CTD) e em Licenciatura em Dança na Universidade Federal do Ceará (UFC). Dirige a Cia. Anagrama desde 2008. Atualmente, coordena o o projeto de extensão em Danças Africanas Ancestrais no IFCE, em Fortaleza, e compõe o quadro de professores de diversas escolas de dança, na capital e no interior do Ceará. Dentro do ativismo no Movimento Negro, pesquisa as danças negras ancestrais e da diáspora. É também colunista no Portal MUD e membro do Grupo de Pesquisa Coletivo Areia: Pesquisa e Criação em e com Dança (UFC), do Fórum de Dança do Ceará, da Juventude Negra Kalunga e do Núcleo de Estudos Afro Brasileiros e Indígenas (NEABI - Campus Fortaleza).

Serviço
"Dançando na Vila" - Oficinas de Dança para crianças e adolescentes
Inscrições: até 4 de julho, em www.viladasartesfortaleza.com.br
Data de realização: Segundas, Quartas e Sextas-feiras do mês de Julho
Hora: 14h a 16h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro)
Gratuito