A Escola Pública de Circo da Vila das Artes promove, nesta sexta-feira (08/07), o espetáculo "Presepada", atividade de encerramento do segundo ciclo do Curso de Palhaçarias. Serão apresentadas seis esquetes com estudantes da formação, desenvolvidas com a direção dos professores Neto Holanda e Cláudio Ivo. A atividade tem início às 17h, na Vila das Artes. A entrada é gratuita e a classificação é livre.

Coordenadora da Escola Pública de Circo, Ana Vieira enfatiza a importância dos alunos compartilharem os processos criativos desenvolvidos durante o curso: "A cada ciclo do Curso de Palhaçarias, realizamos uma atividade de culminância. Dessa vez,. os esquetes foram compilados em um espetáculo. É um sempre momento significante para cada um dos participantes", comenta a coordenadora.

Os trabalhos a serem apresentados são: "Show do dólar, com Davi Reis; "O salto da Sibita", com Isabel Saraiva; "Acalanto", com Tânia Castro; "Irmã Valadares", com Antônia Cavalcante; "Palhaço Garapa - A magia do riso", com Rael Campos; e "Água do Amor", com Daniel Noronha.

A apresentação conta ainda com operação de câmera e de som de Brenda Louise e Melissa Cunha, ambas também alunas do Curso de Palhaçarias. A produção executiva é de Rafael Abreu e a direção de figurino é de Ruth Aragão.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Serviço
Espetáculo "Presepada"
Data: Sexta-feira (08/07)
Hora: 17h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 - Centro)

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes abre inscrições para mais três oficinas programa Viva o Circo Hoje 2022 – Programa Especial de Fomento à Cadeia do Circo. As oficinas "Iniciação em contorção e flexibilidade", com Kaye Djamiliá, "Construção e introdução a prática de malabares", com Yago Silva, e "Nas Entranhas do Riso: o sagrado e o profano na palhaçaria feminina", com Luana Vieira têm inscrições até dia 11 de julho. 

Inscrição

A coordenadora da Escola Pública de Circo, Ana Vieira, comenta as novidades da programação: "a segunda semana chega com oficinas que envolvem equilíbrio, acrobacias de solo e comicidade, destinadas a públicos de crianças, jovens e adultos com e sem experiência na linguagem circense".

É válido lembrar que oficinas "Práticas de Equilíbrio", com Sarah Nastroyanni, "Acrobacia Cênica", com Sâmia Bittencourt e "Fluxos de Movimentos – Do solo ao aéreo", com Gil Rodriguês, seguem com inscrições abertas até esta quinta-feira (30/06).

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação
- Oficina "Iniciação em contorção e flexibilidade", com Kaye Djamiliá
A atividade proporciona instruções básicas para a construção de treinos específicos para cada participante, visando a continuidade após o fim do curso. Serão apresentadas detalhadamente as partes da coluna mobilizadas na contorção e realizado treinos de flexibilidade e sustentação.
Data: 11 a 15/07
Hora: 18h30 a 20h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro)

- Oficina "Construção e introdução a prática de malabares", com Yago Silva
A oficina propõe a introdução aos malabares, desde a construção e a prática com bolinha a outras modalidades do universo circense. Com uma abordagem voltada para a observação e a correção, o instrutor se propõe a trazer para a vivência dos alunos a prática diária dos malabares e possíveis ramos a se seguir a partir das técnicas apresentadas.
Data: 14, 15, 21 e 22/07
Hora: 15h a 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro)

- Oficina "Nas Entranhas do Riso: o sagrado e o profano na palhaçaria feminina", com Luana Vieira
A oficina se constitui como um espaço de troca formativa, lugar seguro para que mulheres possam desenvolver coletivamente suas singularidades cômicas. Com diálogos vivenciais, processamento teórico, exercícios de comicidade para cena, exercícios biocêntricos, construção cênica, trabalho vocal e de consciência corporal, a oficina trabalha a temática com progressividade, numa metodologia sensível, acolhedora e não menos potente.
Data: 12, 13, 14, 19, 20 e 21/07
Hora: 18h30 a 21h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221, Centro)

Sobre os facilitadores
KAYE DJAMILIÁ é multiartista e professora, graduada em Teatro-Licenciatura pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Começou a pesquisar a linguagem circense ao ingressar no curso Co-laboratório em artes circenses (Colab), e hoje integra o coletivo Desvie que pesquisa e cria dentro das modalidades aéreas. Realizou trabalhos no teatro, no cinema, na dança e no circo. Desde 2018 vem atuando também como encenadora. Atualmente dá aulas de flexibilidade e contorção.

LUANA VIEIRA é psicóloga especialista em Saúde da Família, atuou como palhaça em hospitais infantis, ampliando-se na comicidade a partir da Rede de Comicidade Feminina do Ceará. Facilitadora das oficinas “Bobagem Terapêutica: a palhaçaria como caminho de autocuidado” e “Nas Entranhas do Riso” no Theatro José de Alencar, em 2019 e 2020, respectivamente. É atriz atuante no grupo de Teatro de Feminista parte da pesquisa de Mestrado “A mulher no teatro: Jogo, dramaturgia e cena”, do PPGARTES - IFCE.

YAGO SILVA é multiartista e pesquisador nas áreas de Teatro, Circo, Música e Cultura Popular. Atua na cidade de Fortaleza e vem desenvolvendo uma pesquisa na área da palhaçaria que entrepassa por várias linguagens e tem a rua como principal espaço a ser ocupado por sua arte. Estudante do curso de Licenciatura em Teatro do IFCE, formou-se na quinta turma da Academia do Riso e no Curso Princípios Básico de Teatro do Theatro José de Alencar, onde teve a oportunidade de estudar com grandes Mestres da cidade. Participou também de diversos espetáculos teatrais ao longo dos anos como ator, músico e palhaço. Atualmente trabalha como palhaço da Trupe do Riso, grupo que há mais de vinte anos realiza visitas a hospitais. Na área técnica, atua como operador de luz e sonoplasta.

Serviço
Programa "Viva o Circo Hoje" - Inscrições Abertas
Inscrições: até 11 de julho
Link de inscrição
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes divulga a programação inicial da ação Viva o Circo Hoje 2022 – Programa Especial de Fomento à Cadeia do Circo. As oficinas "Práticas de Equilíbrio", com Sarah Nastroyanni, "Acrobacia Cênica", com Sâmia Bittencourt e "Fluxos de Movimentos – Do solo ao aéreo", com Gil Rodriguês estão com inscrições abertas até 30 de junho.

Inscrição

A coordenadora da Escola Pública de Circo, Ana Vieira, destaca a variedade das ações formativas: "São oficinas que se destinam a faixas etárias diversas e a diferentes níveis de experiência com a linguagem do circo. Teremos formações em comicidade, acrobacias aéreas e de solo, malabares e diversas outras modalidades", descreve a coordenadora.

Em sua versão de 2022, o programa Viva o Circo Hoje trará no total 8 oficinas, que serão realizadas ao longo do mês de julho. Confira abaixo o detalhamento da programação inicial que já se encontra com inscrições abertas.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação
- Oficina "Práticas de Equilíbrio", com Sarah Nastroyanni
Atividade do programa "Viva o Circo Hoje", da Escola Pública de Circo da Vila das Artes, a oficina com carga horária de 10 horas-aula trabalhará os temas "Abordagens somáticas do corpo no Circo", "Fortalecer para inverter", "Práticas de equilíbrio" e "Modulando a gravidade no corpo".
Data: 04 a 08 de julho
Horário: 18h30 a 20h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 - Centro)

- Oficina "Acrobacia Cênica", com Sâmia Bittencourt
Atividade do programa "Viva o Circo Hoje", da Escola Pública de Circo da Vila das Artes, a oficina se propõe a ampliar o olhar para a técnica da acrobacia de solo. O objetivo é investigar a virtuose do corpo acrobata, tendo como premissa a poesia do corpo na cena, trabalhando consciência corporal, técnica, criação e dramaturgia no circo contemporâneo.
Data: 04 a 09 de julho
Horário: 18h30 a 21h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 - Centro)

- Oficina de Trapézio Fixo "Fluxos de Movimentos – Do solo ao aéreo", com Gil Rodriguês
Nesta vivência temos como objetivo levar acrobaticamente a preparação física para o brincar na sala de aula em um experimento de movimentos, a partir das práticas do proponente que é acrobata aéreo (Trapézio fixo) e de solo.
Data: 05 a 21 de julho (terças e quintas-feiras)
Horário: 9h a 11h
Local: Galpão da Vila (Vila Demétrio, 156, casa 1 – Benfica)

Sobre os facilitadores
SARAH NASTROYANNI é artista multilinguagem e pesquisadora em formação. Residente em Fortaleza, é integrante do coletivo "No barraco da Constância tem!", arte educadora do Museu de Arte Contemporânea (MAC), graduanda em Teatro pelo IFCE e formada no Co-Laboratório de Artes Circenses (2018-2021) da Artelaria Produções, com especialidade em equilíbrio sobre as mãos.

SÂMIA BITTENCOURT é artista circense, acrobata, atriz, bailarina, diretora e palhaça. É graduada pelo curso superior em Artes Cênicas do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (atual IFCE). Diretora e fundadora da Cia CLE (2007), é integrante há 29 anos da Cia de Arte Andanças. É também integrante da Rede de Comicidade Feminina e curadora da Mostra de Palhaçaria Feminina do Ceará.

GIL RODRIGUÊS é ator licenciado em Teatro pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e artista circense especializado em trapézio fixo. Além também de performer e dançarino, é professor e coreógrafo do Maracatu Solar.

Serviço
Programa Viva o Circo Hoje 
Inscrições: até 30 de junho
Inscrição on-line
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila da Artes abre inscrições para a formação "Laboratório de Criação de Números", com Fred Raposo. A atividade ocorrerá por meio de encontros on-line nos dias 27 e 29 de junho e 4, 11 e 18 de julho, das 19h às 21h. Encontros individuais, também on-line, serão agendados com o professor e ocorrerão entre os dias 5 e 14 de julho, das 16h às 20h. Inscrições devem ser realizadas meio de ficha de inscrição on-line até 23 de junho.

Ficha de inscrição

Inteiramente gratuito e com carga horária total de 40 horas-aula, o laboratório aborda as bases da história dos palhaços e palhaças, desde a ideia até a execução. "Trata-se de uma ação formativa teórico-prática com orientação direcionada para a elaboração de exercícios cômicos, pensada para artistas com certa experiência no território clownesco, na atuação ou no circo", explica Fred Raposo.

A atividade integra o Programa de Fomento a Laboratórios, Pesquisas e Residências, programa da Escola Pública de Circo da Vila das Artes que tem por objetivo disponibilizar ferramentas e recursos para criação e para pesquisa em circo.

"Laboratório de Criação de Números" foi um dos projetos selecionados na chamada pública para credenciamento de propostas formativas em artes circenses, lançada no mês de abril deste ano.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Fred Raposo é palhaço, ator e bailarino. Vem desenvolvendo seu trabalho entre Brasil e Argentina desde o ano de 2010. Atualmente, está em turnê com o espetáculo "Fuckme", de Marina Otero, com que já se apresentou em diferentes países, como Suíça, Itália, França e Espanha. Atualmente reside entre Fortaleza e Buenos Aires.

Serviço
Laboratório de Criação de Números, com Fred Raposo
Inscrições: até 23/06, em www.viladasartesfortaleza.com.br
Data: 27 e 29/06 e 04, 11 e 18/07 (em grupo), e 05 a 14/07 (encontros individuais)
Hora: 19h a 21h (em grupo) / 16h a 20h (encontros individuais)
Local: Plataforma de Videoconferências Google Meet
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes abre inscrições para a oficina gratuita "Profissão Artista – Produção e Gestão de Artistas e Companhias", com Felipe Abreu. As aulas ocorrerão de 21 a 23/06, das 18h30 às 20h30, na Vila das Artes. Inscrições deverão ser realizadas por meio de formulário on-line até 20 de junho.

Ficha de inscrição

Com carga horária total de 10h, a oficina traz uma introdução à produção e à gestão de companhias e artistas independentes e pretende compartilhar vivências de êxitos e desafios, com o intuito de auxiliar outros artistas a viver da sua própria arte. É utilizada linguagem simples e acessível na transmissão do conteúdo e são propostas ferramentas para a organização, rentabilidade e sustentabilidade do trabalho artístico.

Os participantes selecionados serão notificados por e-mail. O resultado será também publicizado por meio do perfil da Vila das Artes na rede social Instagram (@viladasartesfortaleza).

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Felipe Abreu é artista desde 2009 e produtor e gestor da companhia Laguz há 9 anos. Fez cursos de gestão cultural com Richard Riguetti (Grupo Off-Sina) e participou de mentoria de planejamento estratégico com a Ato Marketing Cultural. O artista pesquisa, cria e produz espetáculos e oficinas na área da palhaçaria e do circo, mantendo 5 espetáculos e várias oficinas no repertório.

Serviço
Oficina "Profissão Artista – Produção e Gestão de Artistas e Companhias", com Felipe Abreu
Inscrições: até 20/06, em www.viladasartesfortaleza.com.br
Data de Realização: 21, 22, e 23/06
Hora: 18h30 a 20h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes prorroga a realização da oficina gratuita "Dimensões da Produção para o Circo: Afirmação e Viabilidade", com Rodrigo de Oliveira. As aulas ocorrerão agora na Vila das Artes durante os meses de agosto e setembro. Se liga nos dias: 15, 16, 22, 24, 26, 29 e 30 de agosto, e 05, 07 e 09 de setembro, das 9h às 12h. As inscrições seguem abertas por meio do preenchimento de formulário on-line.

Ficha de Inscrição

A oficina apresenta carga-horária total de 30h e visa a formação de jovens artistas das artes circenses interessados em realizar a produção seus próprios trabalhos e/ou os de suas companhias, grupos e coletivos. "A partir de reflexões críticas sobre produção cultural em nosso contexto, a formação toma como base três dimensões da produção cultural: planejamento a partir do desejo de realizar; viabilidade técnica e financeira; e comunicação, promoção e geração de conteúdos", explica Rodrigo.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Rodrigo de Oliveira possui graduação em Letras e licenciatura pela Universidade de São Paulo (USP) e é mestrando em Educação Brasileira na Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem experiência de 20 anos na área de educação, com ênfase em elaboração de projetos e planejamento pedagógico. Reúne experiência no terceiro setor, com atuações nos campos da elaboração, gestão e avaliação de projetos, planejamento institucional, captação de recursos e produção cultural. Em 2004, criou a TEMBIÚ – Alimento de Alma, um coletivo de educadores, artistas e produtores com atuação em Fortaleza para impulsionar projetos educativos, sociais e culturais no estado do Ceará.

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes abre inscrições para as oficinas gratuitas "VesteResto no Picadeiro: Oficina de Figurino para Circo", com Ruth Aragão, e "Dimensões da Produção para o Circo: Afirmação e Viabilidade", com Rodrigo de Oliveira. Ficha de inscrição on-line se encontra disponível no site da Vila das Artes até o dia 9 de junho.

Ficha de inscrição

A oficina "VesteResto no Picadeiro: Oficina de Figurino para Circo", com Ruth Aragão, tem carga-horária total de 30h e propõe exercícios criativos e colaborativos que investem na potência da transformação dos itens do vestuário e demais bens-de-consumo, "ressignificando processos e produtos e incrementando os elos entre autonomia de criação, sustentabilidade e consciência de consumo", explica Ruth. As aulas ocorrerão nos dias 14, 15, 21, 22, 23, 24, 28, 29 e 30 de junho, das 18h às 21h, na Vila das Artes.

A oficina "Dimensões da Produção para o Circo: Afirmação e Viabilidade", com Rodrigo de Oliveira, apresenta carga-horária total de 30h e visa a formação de jovens artistas das artes circenses interessados em realizar a produção seus próprios trabalhos e/ou os de suas companhias, grupos e coletivos. "A partir de reflexões críticas sobre produção cultural em nosso contexto, a formação toma como base três dimensões da produção cultural: planejamento a partir do desejo de realizar; viabilidade técnica e financeira; e comunicação, promoção e geração de conteúdos", explica Rodrigo. As aulas ocorrerão nos dias 13, 15, 17, 20, 21, 27, 29 d ejunho e 01, 04, 05 de julho, das 9h às 12h, no Ecocirco do Instituto Intervalo.

Os participantes selecionados serão notificados por e-mail no dia 10/06. O resultado será também publicizado por meio do Instagram da Vila das Artes (@viladasartesfortaleza).

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre os ministrantes

Ruth Aragão  é criadora e professora de moda e figurino com pós-Graduação em “Criação de Imagem e Styling de Moda” (Senac SP), sistematizando suas pesquisas, inquietações, conhecimentos e saberes com o rigor necessário para um aperfeiçoamento em Upcycling (Reuso) e na condução de coletivos criativos, radicalizando a ressignificação das linguagens da moda e do figurino. Na sua trajetória, contabiliza mais de 100 projetos.

Rodrigo de Oliveira possui graduação em Letras e licenciatura pela Universidade de São Paulo (USP) e é mestrando em Educação Brasileira na Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem experiência de 20 anos na área de educação, com ênfase em elaboração de projetos e planejamento pedagógico. Reúne experiência no terceiro setor, com atuações nos campos da elaboração, gestão e avaliação de projetos, planejamento institucional, captação de recursos e produção cultural. Em 2004, criou a TEMBIÚ – Alimento de Alma, um coletivo de educadores, artistas e produtores com atuação em Fortaleza para impulsionar projetos educativos, sociais e culturais no estado do Ceará.

Serviço

Oficina "VesteResto no Picadeiro: Oficina de Figurino para Circo", com Ruth Aragão
Período de inscrições: até 09/06
Inscrição
Período das aulas: de 14 a 30/06 (terça, quartas e quintas-feiras)
Hora: 18h a 21h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Oficina "Dimensões da Produção para o Circo: Afirmação e Viabilidade", com Rodrigo de Oliveira
Período de inscrições: até 09/06
Inscrição
Período das aulas: 13, 15, 17, 20, 21, 27, 29/06 e 01, 04, 05/07
Hora: 9h a 12h
Local: Ecocirco do Instituto Intervalo (Av. Alberto Craveiro, 2222 – Castelão)
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes abre inscrições para a oficina "Acrobacia Cômica", com Romina Sanchez. A atividade ocorre de 07 a 09 de junho, das 18h30 às 21h30, na Vila das Artes. Inscrições devem ser realizadas on-line até o dia 02 de junho

Iniscrição

Com carga-horária total de 9h, a oficina aborda técnicas de comicidade na linguagem da acrobacia e oferece a palhaços e acrobatas ferramentas cômicas a serem utilizadas em figuras acrobáticas. O palhaço e acrobata Felipe Abreu participa da formação como convidado especial.

Os participantes selecionados serão notificados por e-mail no dia 03/06. O resultado será também publicizado por meio do Instagram da Vila das Artes (@viladasartesfortaleza).

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e gerido pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre a ministrante
Romina Sanchez é formada pela Escola de Artes Urbanas (EAU), na Argentina. Estudou também na Escola Nacional de Circo e no Instituto Cultural Escola Livre de Palhaço (Eslipa), ambos no Rio de Janeiro. Praticou e estudou Palhaçaria com importantes nomes, como Grupo La Mínima, Lilian Moraes, Pepe Nuñes, Loco Brusca, Sue Morrison, Leris Colombaioni e Ricardo Pucetti.

Serviço
Oficina "Acrobacia Cômica", com Romina Sanchez
Período de inscrição: até 02 de junho
Loca de inscriçãol: Vila das Artes
Data de realização: 07 a 09 de junho
Horário: 18h30
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes divulga o resultado final da Chamada Pública para o Credenciamento de Propostas Formativas em Artes Circenses. Confira a listagem no site do Instituto Iracema.

A coordenação vai entrar em contato com os proponentes para montar a programação do ano de 2022. As propostas aptas farão parte de um banco de dados para montagem da programação.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Publicado em Cultura

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes lança chamada pública para o credenciamento de propostas formativas em arte circenses. As atividades poderão compor a programação da escola ao longo do ano de 2022. Artistas, técnicos, produtores, gestores de circo, professores e pesquisadores podem se inscrever até o dia 25 de abril, por meio de ficha de inscrição disponibilizada on-line.

Edital
Ficha de inscrição

Serão aceitas propostas formativas em artes circenses em duas categorias: "Apreciação e difusão da arte circense" e "Qualificação e aperfeiçoamento em arte circense". As ações podem ser em formato presencial, híbrido ou virtual. Confira o detalhamento de cada categoria no edital.

"É um chamamento de caráter amplo, que dá aos circenses a possibilidade de propor atividades nas mais variadas modalidades e integrar os programas que compõe a escola de circo", comenta Ana Vieira, coordenadora da Escola Pública de Circo da Vila das Artes.

Para fins desta chamada, entende-se como ação formativa cursos, oficinas, seminários, palestras, rodas de conversa, workshops, pesquisa e outros formatos, desde que relativos às artes circenses. A realização das propostas formativas em formato presencial dependerá das normas vigentes relativas ao combate da pandemia da Covid-19.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) e administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI).

Cronograma
O prazo de inscrições é 25 de abril. A divulgação das propostas aptas ocorre até 29/04. O período de envio de recurso é 30/04 a 01/05. A lista final de credenciados será divulgada em 02/05. Acompanhe todas as etapas no site Instituto Iracema.

Serviço
Chamada Pública em Artes Circenses
Inscrições: até 25 de abril
Local: site do Instituto Iracema
Gratuito

Publicado em Cultura
Página 1 de 7