alunos e professores da rede municipal de ensino durante a sétima Feira municipal de ciência, cultura e arte
Alunos da Escola Municipal José Ramos Torres de Melo ao lado dos avaliadores dos trabalhos, Marcelino e Lindalva Pereira, e da professora orientadora, Danielle Miná

Após dois dias de exposição dos trabalhos na VII Feira de Ciência, Cultura e Arte de Fortaleza, os alunos da rede municipal encerraram, nesta quinta-feira (14/09), as apresentações, que abordaram temas como robótica, sustentabilidade, valorizando a iniciação ao trabalho científico.

Cerca de 1.200 alunos de escolas municipais visitaram a feira, em uma parceria da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), com a Seara da Ciência, equipamento vinculado à Universidade Federal do Ceará (UFC). A mostra oportunizou a exposição de 60 trabalhos desde quarta-feira (13/09).

"Tivemos uma grande interação na participação dos alunos com as apresentações dos trabalhos, que foram assistidos por avaliadores da Feira de Ciências", avaliou o gerente da Célula de Desenvolvimento Curricular da SME, Wesley Rocha.

Mestre em Química pela UFC, Jessica Miranda foi uma das avaliadoras e ressaltou positivamente o desempenho das crianças na atividade escolar. “Ficamos satisfeitos ao ver o nível das abordagens que eles escolheram, com conteúdos bem à frente de suas séries”, opinou.

Entre os trabalhos, estava o projeto “O estudo do sono: Meu amigo sono”, das estudantes Rebeca Vieira e Maria Eduarda Oliveira, do 8º ano da Escola de Tempo Integral Professor Álvaro da Costa. As alunas explicaram que o objetivo era mostrar o quanto uma boa noite de descanso faz bem para o nosso corpo e melhora o rendimento escolar.

Outro trabalho que chamou atenção foi um protótipo de uma mesa de hockey elaborado com materiais como E.V.A., isopor e ar quente de um secador, e produzido pelos alunos Kauã Marques e Estevão Alves, da Escola Municipal Torres de Melo. “A mesinha tem cerca de 60 centímetros e é de baixo custo, as crianças podem replicar em casa sem riscos, e se divertir com o brinquedo”, comentou Kauã.

Para esta edição da Feira de Ciência, Cultura e Arte, as escolas municipais inscreveram 245 projetos e, destes, 60 foram selecionados para exposição, realizada na Seara da Ciência. Agora, 12 trabalhos serão selecionados para participar da feira regional com alunos e escolas de todo o Estado do Ceará. A equipe avaliadora foi composta por profissionais da SME e da Seara.

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), divulga, nesta terça-feira (12/09), a 8ª chamada pública em 2017 para provimento do cargo de coordenador pedagógico da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. Ao todo, são dez vagas em nove unidades escolares. As inscrições acontecem entre os dias 13 e 15 de setembro.

Poderão participar do processo seletivo os integrantes do banco de coordenadores pedagógicos constituído a partir do que dispõem os editais n° 11/2013 - SME e nº 37/2017 - SME que não estejam, no ato da inscrição, nomeados para o cargo de coordenador pedagógico.

Para realizar a inscrição, os candidatos interessados deverão comparecer ao Distrito de Educação correspondente à unidade escolar escolhida das 8h às 12h ou das 13h às 17h dos dias 13, 14 ou 15 de setembro, para a entrega da Ficha de Inscrição preenchida e dos documentos exigidos.

Clique aqui e confira o texto da chamada pública.

Endereços dos Distritos de Educação:
Distrito de Educação 1: Avenida Francisco Sá, 7878 - Barra do Ceará.
Distrito de Educação 2: Rua Professor Juraci Mendes de Oliveira, 01 - Edson Queiroz.
Distrito de Educação 3: Avenida Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia.
Distrito de Educação 4: Rua Isaie Bóris, 568 - Montese.
Distrito de Educação 5: Avenida Augusto do Anjos, 2466 - Bom Sucesso.
Distrito de Educação 6: Av. Padre Pedro de Alencar, 789 - Messejana.

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), divulga, nesta terça-feira (12/09), a 11ª chamada pública em 2017 para provimento do cargo de diretor escolar na Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. O documento torna públicas as vagas para o cargo em quatro unidades escolares, com inscrições até sexta-feira (15/09).

Poderão participar do processo seletivo os integrantes dos bancos de gestores escolares constituídos a partir do que dispõem a Portaria nº 123/2013, publicada no DOM de 29 de maio de 2013, a Portaria nº 218/2014, publicada no DOM de 21 de julho de 2014, e os editais nº 37/2017 - SME e nº 71/2017 - SME, com resultados publicados no DOM de 1º de agosto de 2017, acompanhados do respectivo Ato de Homologação nº 1.747/2017.

Para se inscreverem, os interessados deverão comparecer à Célula de Superintendência Escolar, situada na Avenida Desembargador Moreira, 2875, 6º andar, bairro Dionísio Torres (no caso das Escolas de Tempo Integral, a inscrição será realizada na Assessoria de Tempo Integral da SME, situada no 4º andar), das 8h às 12h ou das 13h às 17h dos dias 13, 14 ou 15 de setembro, para a entrega da Ficha de Inscrição preenchida e os documentos exigidos.

Clique aqui e confira o texto da chamada pública.

Publicado em Educação
logo da sétima feira de ciências, cultura e arte da rede municipal de ensino

A Prefeitura de Fortaleza e a Universidade Federal do Ceará (UFC) promovem nesta terça-feira (12/09), a abertura da VII Feira de Ciência, Cultura e Arte de Fortaleza, a partir das 14h, na Seara da Ciência da UFC. O evento reunirá 180 participantes, entre professores, alunos, coordenadores de distritos e equipes da Secretaria Municipal da Educação (SME) e da Seara da Ciência.

Durante a mostra, que acontece nos dias 13 e 14 de setembro, 60 trabalhos serão apresentados e irão concorrer à credencial para participação na etapa regional, organizada pelo Governo do Estado. Destes, 12 serão selecionados.

A VII Feira de Ciência, Cultura e Arte de Fortaleza é uma programação que integra a política educacional da Prefeitura de Fortaleza e tem como premissa o desenvolvimento de ações educacionais que possibilitem a apropriação de conhecimentos e valores. Realizada em parceria com a Seara da Ciência da UFC, a mostra é destinada a estudantes do 5º ao 9ª ano e da EJA.

Serviço
Abertura da VII Feira de Ciência, Cultura e Arte de Fortaleza
Data: 12 de setembro (terça-feira)
Horário: 14h
Local: Seara da Ciência (Rua Dr. Abdenago Rocha Lima, s/n - Campus do Pici).

Exposição dos trabalhos
Data: 13 e 14 de setembro
Horário: 8h às 16h
Local: Seara da Ciência (Rua Dr. Abdenago Rocha Lima, s/n - Campus do Pici).

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), considerando a vacância em cargos escolares de coordenador pedagógico, divulga chamada pública para o preenchimento de 37 vagas.

Poderão participar integrantes do Banco de Coordenadores Pedagógicos oriundo da Seleção Pública do Edital n° 11/2013 - SME, que não estejam, no ato da inscrição, nomeados para o cargo de coordenador pedagógico. Para realizar a inscrição, os candidatos devem comparecer ao Distrito de Educação correspondente à unidade escolar de interesse (ver anexo), de 8h às 12h e de 13h às 17h, nos dias 20, 21, 22, 23, e 24 de março, com Ficha de Inscrição e documentos exigidos na chamada pública.

Clique aqui para acessar a chamada pública para provimento do cargo em comissão de coordenador pedagógico.

Publicado em Educação

A Secretaria Municipal da Educação (SME) libera o repasse de capital determinado pelo Programa Municipal de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (PMDE). O valor do investimento é de cerca de R$ 1,7 milhão e começará a ser disponibilizado a partir desta segunda-feira (20/03).

O repasse é destinado a todas as unidades educacionais (Escolas e Centros de Educação Infantil) da rede municipal de ensino e deve ser aplicado na aquisição de materiais de uso permanente, de acordo com o Plano de Aplicação de Recursos (PAR).

Publicado em Educação

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), já está disponibilizando, para todas as escolas da rede municipal de ensino, a parcela emergencial do Programa Municipal de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (PMDE). O valor de R$ 5.000 deverá ser aplicado em reparos estruturais, principalmente naqueles que foram causados pelas chuvas.

A SME informa ainda que, para receber o recurso, a escola deve possuir uma unidade executora de recursos financeiros constituída.

Clique aqui para acessar a Portaria nº 296/2017 – SME que fixa os valores referentes ao repasse de parcela emergencial do Programa Municipal de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (PMDE) referente ao ano de 2017 e dá outras providencias.

Publicado em Educação

A Secretaria Municipal da Educação (SME) divulga o resultado da Chamada Pública ao banco de Gestores Escolares da Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME) para provimento do cargo em comissão de diretor e vice-diretor. Os candidatos selecionados devem apresentar-se ao Distrito de Educação para o qual foram selecionados durante esta quarta-feira (18/01), entre 8h e 17h.

Abaixo, a lista do resultado por distrito de educação:

Distrito 02

Distrito 03

Distrito 04

Distrito 06

Publicado em Educação
A ação faz parte da estratégia de elevar os índices de aprendizagem dos alunos da rede municipal (Foto: Igor de Melo)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal da Educação (SME), vai iniciar a partir do mês de junho em todas as escolas da rede pública de Fortaleza um programa de correção de fluxo escolar em alfabetização com alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental. A ação faz parte da estratégia traçada desde o início da atual gestão pelo secretário da Educação, Ivo Gomes, de elevar os índices de aprendizagem dos alunos da rede municipal.

O objetivo do programa é alfabetizar 13.747 crianças do 3º ao 5º ano que não atingiram o nível desejado de leitura e escrita na faixa etária adequada. “Nessa nova gestão, detectamos que 21% dos alunos nessa faixa etária não sabem nem ler, nem escrever, o que prejudica em muito o aprendizado desses alunos”, destacou Márcia Campos, assessora institucional da SME. A SME chegou a esse diagnóstico por meio de uma avaliação de leitura e escrita realizada pelas próprias escolas, no início do ano letivo.

A intervenção pedagógica tem o intuito de auxiliar na construção de competências e habilidades de leitura, escrita, desenvolvimento do raciocínio lógico matemático e resolução de problemas. A correção de fluxo escolar em alfabetização ocorrerá mediante a utilização de duas estratégias pedagógicas: o Software Luz do Saber e o Programa de Correção de Fluxo em Alfabetização do Ministério da Educação/ Grupo de Estudos em Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação (GEEMPA).

O Software Luz do saber é um recurso didático que contribui para a alfabetização, além de promover a inserção na cultura digital. Através dessa metodologia, o aluno participa de atividades no computador e no papel e de jogos que visam à interação com os colegas e com o professor. O GEEMPA também tem foco na alfabetização através de jogos pedagógicos, mas sem o auxílio do computador. Os dois métodos serão aplicados simultaneamente nas turmas de correção de fluxo escolar.

Entre as estratégias adotadas pela SME para que os alunos possam ler e escrever um texto com compreensão, estão: utilizar um período letivo especial com duração de 3 a 5 meses e turmas com até 30 alunos; reorganizar as turmas de 3º ao 5º ano, de modo a enturmar, provisoriamente, os alunos não alfabetizados para efetuar a alfabetização; capacitar os professores na metodologia do Software Luz do Saber e realizar formação específica com os profissionais que trabalharão com o GEEMPA, além de fornecer cadernos e jogos didáticos para os alunos, entre outros.

Após o período de alfabetização, os alunos retornarão às suas turmas de origem. Para que todos os alunos do 3° ao 5° ano da rede municipal de ensino sejam de fato alfabetizados, Dóris Leão, coordenadora do Ensino Fundamental da SME, afirma que é imprescindível a participação de toda a comunidade escolar. “A expectativa é alfabetizar 100% dos alunos dessas turmas. Estamos otimistas e apostando no comprometimento de todos os envolvidos nessa tarefa tão importante. A partir da alfabetização, esses alunos serão inseridos no mundo do conhecimento, isso vai proporcionar a todos eles uma verdadeira evolução”, disse a coordenadora.

Publicado em Educação
O Prefeito e o secretário de Educação saudaram os alunos da Escola Mozart Pinto em seu primeiro dia de aula

Os alunos da Escola de Ensino Fundamental e Educação Infantil Mozart Pinto tiveram um primeiro dia de aula diferente graças às presenças do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e do secretário de Educação, Ivo Gomes. A unidade educacional possui os melhores resultados da rede pública municipal de Fortaleza no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2011 e por isso foi escolhida para abrir o ano letivo 2013 nesta segunda-feira (18/03).

Na solenidade, Ivo Gomes fez menção aos resultados alcançados pela escola no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2011 e à normalização das aulas em 2014, além de ressaltar a importância da participação e acompanhamento dos pais. “Estamos iniciando uma nova era na educação de Fortaleza, por isso, precisamos contar com o apoio de todos os pais, para que acompanhem e participem efetivamente desse processo” disse o secretário.  

Em seu discurso, o prefeito Roberto Cláudio assegurou que irá trabalhar muito para garantir uma escola de qualidade para os fortalezenses. Ele também pediu o apoio dos pais e a confiança dos professores. “A nossa tarefa é revolucionária e vocês, professores, são os agentes mais importantes dela, pois viabilizarão oportunidade de aprendizado para os alunos. Não nos faltarão esforços para valorizá-los e estimulá-los”, destacou o prefeito.

Eliane Sampaio, atual diretora da escola, destacou o trabalho realizado pelo corpo docente, funcionários e pais. “Há 17 anos, eu entrei nessa escola com o objetivo de melhorar cada vez mais a aprendizagem das crianças, e hoje, eu me sinto feliz e realizada. O mérito é de todos”, afirmou.  

Para Jane Mary Cardoso, mãe da aluna do 2º ano, Mariana Mota Cardoso, as expectativas para o ano de 2013 são as melhores possíveis, pois a prioridade agora é a aprendizagem dos alunos. “Se o calendário foi alterado para o benefício das crianças e a partir do ano que vem as aulas estarão normalizadas, então, só temos o que comemorar”, disse Jane Mary.

Estiveram presentes no evento, Adail Júnior (vereador), Francisco Airton Morais Mourão (secretário da Regional IV), Elizabeth Carvalho (Chefe de Distrito da Regional IV), Márcia Campos (chefe de gabinete da SME), Ana Cristina e Gardênia Baima (diretoras do Sindiute).

Calendário escolar

De acordo com o calendário escolar de 2013 – que é fruto do Pacto de Responsabilidade Social e Pedagógica pelos Estudantes da Rede Pública de Fortaleza, firmado entre a SME e diversas instituições ligadas à Educação, como Ministério Público, Conselho Municipal de Educação e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - as aulas do Ensino Fundamental têm início  dia 18 de março e acabarão no dia 10 de janeiro de 2014.

Para as instituições que atendem crianças em idade de creche e pré-escola, o início do ano letivo será no dia 20 de março. Com isso, pela primeira vez nos últimos sete anos, em 2014 o ano letivo começará em fevereiro, como ocorre na rede pública estadual e na rede privada da Capital, que têm calendários regularizados. Em 2014, as aulas começarão no dia 3 de fevereiro.

Publicado em Educação