banheiro reformado
Os banheiros recebem kit sanitários e ligação intradomiciliar

A Prefeitura de Fortaleza segue com ações de melhorias habitacionais na região do grande Pirambu (Regional 1). Somente neste ano, mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, 236 famílias foram beneficiadas com reforma ou construção de banheiros naquela região. Os trabalhos são coordenados pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) e fazem parte de um dos eixos da política de habitação executada na capital cearense.

As melhorias habitacionais consistem em uma intervenção estrutural que foca, principalmente, na construção ou reparo de banheiros, pela qual as famílias são beneficiadas com a instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório e vaso), piso, revestimento cerâmico e, em alguns casos, adaptações para necessidades especiais e colocação de caixa d’água. Além da questão estrutural, essas residenciais passam a ter o sistema de esgotamento sanitário ligado à rede de saneamento básico, por meio da ligação intradomiciliar. “As melhorias habitacionais são uma questão de saúde pública e também levam dignidade para essas famílias, visto que proporcionamos a salubridade de terem um banheiro”, observa o titular da Habitafor, Adail Fontenele.

Em 2021, mesmo com os impasses da pandemia, mais de R$ 470 mil foram investidos em obras de melhorias habitacionais no grande Pirambu e, nos últimos cinco anos, foram mais R$ 9,2 milhões, em consonância com o Projeto Vila do Mar, beneficiando mais de 1.700 famílias. Especificamente nessa região, o Município investiu cerca de 20% em contrapartidas que incluem trabalho social, regularização fundiária, assessoria técnica, fiscalização e acompanhamento das ações.

Além do Pirambu, os bairros Vicente Pinzón/Serviluz (Regional 2) e Moura Brasil (12) são outras áreas beneficiadas com melhorias habitacionais em 2021. Nesses locais, 166 famílias foram contempladas com as intervenções, com investimentos de mais de R$ 500 mil que também contemplam ações de trabalho social, assessoria técnica, fiscalização e acompanhamento das obras.

“Acredito que poderíamos ter avançado muito mais, porém em razão da pandemia, a Habitafor trabalhou com restrições como o mundo todo e as melhorias habitacionais foram diretamente prejudicadas, uma vez que a intervenção é no interior da residência e com a família em casa”, pondera o titular da pasta.

Até o final do ano, outras 50 famílias deverão ser beneficiadas com esse eixo da política habitacional.

Publicado em Habitação

A Prefeitura de Fortaleza atua, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Fortaleza), com a ações de melhorias habitacionais em pelo menos três áreas vinculadas às Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS). As intervenções, que focam principalmente o banheiro das residências, estão presentes nos bairros Pirambu (Regional 1), Serviluz (2) e Moura Brasil (12).

Na atual gestão, mesmo com as sérias restrições impostas pela pandemia da Covid-19, mais de 300 famílias foram beneficiadas com ações de melhorias habitacionais. Esse trabalho tem o foco na construção e/ou reparos de banheiros com a instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório e vaso), colocação de piso e revestimento cerâmico, além de promover o acesso à rede de saneamento básico, por meio da ligação intradomiciliar. “Essas intervenções permitem melhorar as condições saudáveis de habitabilidade em áreas de assentamentos precários, levando dignidade para as famílias atendidas”, destaca o titular da Habitafor, Adail Fontenele.

Até outubro deste ano, 167 famílias haviam sido beneficiadas com melhorias habitacionais no Pirambu, 101 tiveram seus banheiros construídos ou reformados no Serviluz e outras 35 receberam a intervenção no Moura Brasil. Além disso, outras 47 famílias seguem com obras em execução nesses bairros.

Um dos beneficiados com a melhoria foi Francisco José da Silva, morador da Rua Taperuaba, no grande Pirambu. Para ele, o trabalho ágil e bem feito permitiu que acolhesse a sua mãe de 74 anos. “Foi um trabalho rápido, com bom atendimento e deu para trazer minha mãe que estava no interior por causa da pandemia. Como estou desempregado, não teria como melhorar o banheiro”, ressalta o morador.

Zonas Especiais de Interesse Social

As zonas foram delimitadas e determinadas pelo Plano Diretor de Fortaleza (PDPFor-2009), e compreendem áreas do território que exigem tratamento especial na definição de parâmetros reguladores de usos e ocupação do solo. Mais informações no site https://zonasespeciais.fortaleza.ce.gov.br/ 

Publicado em Habitação

 

A imagem do antes e depois do banheiro reformado
O foco principal das melhorias é o banheiro da residência, que recebe um kit sanitário

A Prefeitura de Fortaleza beneficiou 303 famílias com o programa de melhorias habitacionais, desenvolvido pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor). Nos últimos noves meses, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, o Município manteve uma média de 33 intervenções mensais distribuídas entre os bairros Pirambu (Regional 1), Serviluz (2) e Moura Brasil (12).

As melhorias habitacionais são intervenções executadas pela Prefeitura em áreas predefinidas, que visam ao melhoramento estrutural de moradias precárias, com foco principal no banheiro. Na oportunidade, são instalados kits sanitários compostos de chuveiro, lavatório e vaso, além do assentamento de piso, revestimento cerâmico e, em alguns casos, adaptações para necessidades especiais.

“Esse trabalho requer o acesso a casa e, em tempos de pandemia, essa tarefa ficou bem limitada. Mesmo assim, as nossas equipes foram a campo, identificaram as necessidades e executaram as melhorias que permitem a essas famílias o acesso ao saneamento e, em muitos casos, a dignidade de ter um banheiro”, ressalta o secretário titular da Habitafor, Adail Fontenele.

As ações foram contabilizadas pela Coordenadoria de Programas Habitacionais (Cophab), até setembro deste ano, e a expectativa é que outras 230 famílias sejam beneficiadas até o final de 2021, como a da moradora do Pirambu, Gorete Rodrigues, que ficou muito feliz com o novo banheiro. “Fiquei muito satisfeita, pois estou desempregada, vivo somente com o programa social e, com dois filhos pequenos, não teria como fazer o meu banheiro”, disse a dona de casa.

Publicado em Habitação
técnica da habitafor conversa com senhor
Vivendo de renda informal, seu Marcos dos Santos, 53, se alegrou com a possibilidade de ter um banheiro em casa

Nesta terça-feira (21/09), equipes das Coordenadorias de Programas Sociais e de Engenharia da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) estiveram na região do grande Pirambu, colhendo novos cadastros para a inclusão mais famílias no Programa de Melhorias Habitacionais. A ideia é que mais de 100 residências sejam beneficiadas até o final de outubro.

A ação no Pirambu é uma continuidade do trabalho de melhorias habitacionais que vem sendo executado pela Prefeitura de Fortaleza, dentro do Projeto Vila do Mar. “O Social vai cadastrando e a gente da Engenheira já vai medindo para providenciar o croqui e a elaboração de projetos, orçamentos e execução do trabalho. Ao todo, nos últimos anos, a Prefeitura já atendeu mais de 1.900 famílias e, até o final de outubro, pretendemos ter mais 100, 120 melhorias”, explica a engenheira da Habitafor, Mariana Sales.

Vivendo de renda informal, seu Marcos dos Santos, 53, se alegrou com a possibilidade de ter um banheiro em casa. “Faz muito tempo que tento fazer esse banheiro, mas tem outras coisas para fazer e com a pandemia tudo ficou mais caro. Agora vai dar certo fazer o meu bannheirinho e depois eu ajeito a cozinha”, comemorou o morador.

Dona Jacilúcia Teixeira vê o trabalho realizado pelo Município com credibilidade. “Anos atrás teve um cadastro, mas não foi pela Prefeitura e não veio. Agora eu creio que venha, pois está envolvendo a Prefeitura e é uma coisa mais séria e vou ficar na expectativa”, disse a dona de casa.

Mais

As melhorias habitacionais são intervenções estruturais focadas, principalmente, na construção ou reparo de banheiros, com a instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório e vaso), piso, revestimento cerâmico e, em alguns casos, adaptações para necessidades especiais, além do acesso à rede de saneamento básico, por meio da ligação intradomiciliar.

Publicado em Habitação
Dona Maria Luzia em sua casa usando máscara
Dona Maria Luzia será uma das contempladas com a melhoria habitacional

A Prefeitura de Fortaleza segue executando, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), o trabalho de melhorias habitacionais no Serviluz (Regional 2). Uma equipe de engenharia esteve na poligonal para acompanhar o andamento do programa e também vistoriou novas residências que deverão ser beneficiadas com a melhoria.

A engenheira da Habitafor, Mariana Sales, falou sobre a atividade e a expectativa para o projeto de melhorias habitacionais na região do Serviluz. “Intensificamos o trabalho e queremos ter uma produção bem maior, com uma previsão de entregar 120 reformas, até o fim de setembro”, explicou a engenheira.

Chefe de família e vendedora de café no Mucuripe, dona Maria Luzia agradeceu a oportunidade de receber uma melhoria habitacional em sua residência, que para ela, é a realização de um sonho. “Vou ficar agradecida, pois o meu ganho não dá para fazer um banheiro. Sou uma mulher chefe de família que sai às 4h de casa para vender café no Mucuripe, um dia ganho, outros não. Então, é uma benção mandada por Deus, porque não tenho condições e vou ganhar um banheiro novo”, celebrou.

Publicado em Habitação
grupo de pessoas com máscara caminha em rua
Coordenadas por equipes técnicas do Social e da Engenharia da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), as ações estão focadas no cadastramento de novas famílias da poligonal

A Prefeitura de Fortaleza retomou, nesta terça-feira (17/08), os trabalhos vinculados às melhorias habitacionais na região do Vila do Mar, no Pirambu, localizado na Regional 1. Coordenadas por equipes técnicas do Social e da Engenharia da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), as ações estão focadas no cadastramento de novas famílias da poligonal, bem como na retomada gradativa do trabalho previsto pelo Município antes da pandemia.

De acordo com a engenheira da Habitafor, Mariana Sales, apesar de os trabalhos não estarem totalmente suspensos, houve a necessidade de readequações para dar maior celeridade no processo. “Precisávamos abrir mais frentes de obras e, nesta atividade de hoje, ao passo que a equipe de engenharia detectava a necessidade de melhoria, o social realizava os cadastros e a gente já liberava a família beneficiária”, explicou Sales.

Ainda segundo a engenheira, essas novas famílias cadastradas devem entrar no cronograma de obras ainda neste mês. “Fizemos 27 novos cadastros e repassamos para a empresa responsável. Agora, ficaremos no aguardo dos projetos e orçamentos para que até semana que vem, as casas visitadas comecem a receber as melhorias habitacionais”, observou Mariana Sales.

Além do Vila do Mar, a Habitafor segue com trabalhos de melhorias habitacionais em outras áreas da cidade, como é o caso do Serviluz (Regional 2) e Moura Brasil (Regional 12), esse último também com ações de urbanização.

Mais

As melhorias habitacionais consistem, principalmente na instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório e vaso), colocação de piso e revestimento cerâmico e, em alguns casos, adaptações para necessidades especiais como barra de apoio, por exemplo. Somente na área do Vila do Mar, a Prefeitura de Fortaleza beneficiou cerca de 1.500 famílias com melhorias habitacionais, nos últimos anos.

Publicado em Habitação
Além do kit sanitário, os banheiros são interligados à rede de saneamento
A aposentada Maria de Fátima da Silva Lima viu o seu banheiro ser transformado

Um dos eixos da política habitacional desenvolvidos pela Prefeitura de Fortaleza, intitulado de Melhorias Habitacionais, vem efetivando o direito básico a milhares de famílias de ter um banheiro. Áreas como Pirambu, Serviluz e Moura Brasil estão na rota desse trabalho. Nos últimos anos, mais de 2.000 residências receberam esse tipo de intervenção que garante salubridade e dignidade.

Coordenadas pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), as Melhorias Habitacionais já levaram a 2.121 famílias a oportunidade desse direito básico. As intervenções são focadas, principalmente, na construção ou reparo no banheiro, permitindo o acesso ao saneamento básico, por meio da ligação intradomiciliar. “Permitir que as famílias tenham um banheiro ligado à rede de esgotamento sanitário é dar a possibilidade de uma vida mais saudável e digna”, observa o secretário titular da Habitafor, Adail Fontenele.

Um exemplo do impacto positivo desse trabalho vem do bairro Moura Brasil. Com 65 anos e 46 deles vividos no bairro da Regional 12, a aposentada Maria de Fátima da Silva Lima viu o seu banheiro ser transformado, destaca a importância da política e o zelo da equipe com o trabalho. “Foi uma bênção de Deus esse projeto, pois jamais eu teria condições de fazer o meu banheiro tão bonito como está agora. Está revestido de cerâmica, piso antiderrapante e colocaram a barra também. Eu só tenho a agradecer”.

Mais

A expectativa do Município é que mais 3.500 famílias sejam contempladas com melhorias habitacionais no Pirambu, Serviluz e Moura Brasil. Vale lembrar que o projeto beneficiou, até 2020, mais de 1.400 famílias no Pirambu. 469 famílias foram beneficiárias de intervenções desenvolvidas nas comunidades do Campo Estrela e São Cristóvão (Grande Jangurussu) e nos bairros Serviluz e Moura Brasil.

As melhorias habitacionais consistem na instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório e vaso), além de piso, revestimento cerâmico e, em alguns casos, adaptações para necessidades especiais como barra de apoio, por exemplo.

Publicado em Habitação

A Prefeitura de Fortaleza realiza, nesta sexta-feira (22/01), um encontro com famílias do Serviluz que serão beneficiadas com a política de melhorias habitacionais. A reunião, que será coordenada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), tem como objetivo central fazer com que os moradores conheçam os benefícios dessa ação, assim como prepará-los para receber as equipes de trabalho que têm o foco principal na construção ou adequação dos banheiros.

O encontro faz parte das ações desenvolvidas pela Prefeitura dentro da política habitacional e a previsão é que cerca de 1.200 residências sejam contempladas com a intervenção no final do projeto. “A ideia é explicar sobre os trabalhos que serão desenvolvidos, bem como preparar os moradores para receber as equipes, principalmente pelo fato de que essas intervenções ocorrem com as famílias dentro de casa”, explica a assistente social Cynthia Caldas.

As melhorias habitacionais são intervenções desenvolvidas junto a comunidades vulneráveis, que permitem condições saudáveis de habitabilidade em moradias precárias, levando dignidade para as famílias atendidas. O foco desse trabalho está na construção e/ou reparo de banheiros com a instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório, vaso, revestimento e piso cerâmico), além de acesso à rede de saneamento básico.

Além do Serviluz, a Prefeitura de Fortaleza vem executando ações semelhantes no Grande Pirambu, por meio do projeto Vila do Mar, no bairro Moura Brasil e nas comunidades do Campo Estrela e São Cristóvão, no Jangurussu. Ao todo, mais de 2.000 famílias já foram beneficiadas por esse eixo da política habitacional de Fortaleza.

 

Publicado em Habitação
A imagem mostra o antes e o depois da melhoria
Algumas residências nem banheiro existia

A Prefeitura de Fortaleza segue cadastrando famílias que irão receber melhorias habitacionais no grande Pirambu, bairro localizado na Regional I. Vinculada ao Projeto Vila do Mar e coordenada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), essa política de habitação já beneficiou 1.309 famílias e, até o final deste ano, outras 600 devem ser completadas somente naquela região.

“A área que vem recebendo as melhorias habitacionais foi dividida em 14 trechos e já estamos cadastrando as famílias do trecho 12. Após essa etapa, nós repassamos para a equipe de Engenharia da Habitafor que acompanha a execução dos trabalhos’’, afirmou a assistente social, Tércia Araújo.

Sobre as melhorias habitacionais

As melhorias habitacionais são intervenções importantes desenvolvidas pelo Município, junto a comunidades vulneráveis. Elas permitem condições saudáveis de habitabilidade em moradias precárias e levam dignidade para as famílias atendidas, com foco na melhoria dos banheiros, que são construídos e/ou reparados com a instalação de kits sanitários (chuveiro, lavatório, vaso, revestimento e piso cerâmico), além de acesso à rede de saneamento básico. Além do Vila do Mar, a Prefeitura de Fortaleza também executou ações de melhorias habitacionais nas comunidades do Campo Estrela e São Cristóvão, no grande Jangurussu.

Publicado em Habitação

O prefeito em exercício Moroni Torgan assina, nesta terça-feira (06/08), às 17 horas, na Praça João Pernambuco, a ordem de serviço para a requalificação da Comunidade Moura Brasil. O serviços serão realizados por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Habitacional (Habitafor).

O projeto prevê a implantação de calçadas, áreas de convivência e reestruturação de uma praça local. A intervenção terá ainda melhorias habitacionais, regularização fundiária e trabalho social junto às famílias.

As ações vão proporcionar também melhorias no acesso à comunidade, com a implantação de escadaria para pedestres e rotatória para veículos, bem como a retirada de pontos de entulho e reforço na contenção do morro. As áreas de convívio serão privilegiadas com jardinagem, bancos e passeios com piso intertravado.

“É uma área de quase 12.000 m² que receberá as benfeitorias. Cerca de 150 famílias serão beneficiadas com a requalificação, que consistirá na instalação de kit sanitário e melhorias estruturais, principalmente nas fachadas, além do papel da casa que será concedido a 250 famílias”, explica a secretária do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques.

A obra está orçada em cerca de R$ 1,8 milhão e tem previsão de ser concluída no segundo semestre de 2020.

Serviço:
Assinatura da Ordem de Serviço para requalificação da Comunidade Moura Brasil
Data: 06/08 (terça-feira)
Horário: 17h
Local: Praça João Pernambuco (Travessa da Saudade com Rua do Trilho)

Publicado em Habitação
Página 1 de 2