Até o último dia 21 de março, foram notificados, em Fortaleza, 1.461 casos de dengue (Foto: Estácio Jr./ arquivo))

Com o objetivo de combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti e a transmissão da dengue em Fortaleza, uma equipe de 107 agentes de endemias da Secretaria Regional II está realizando, diariamente, ações de combate a doença em diversas áreas. A ação prioriza os bairros com maior índice de infestação e com o maior número de casos notificados até agora. São eles: Centro, Aldeota, Dionísio Torres, Meireles, São João do Tauape, Joaquim Távora, Praia do Futuro II e Luciano Cavalcante. 

Até o último dia 21 de março, foram notificados, em Fortaleza, 1.461 casos de dengue – desses, 337 foram confirmados. A Regional II tem oito casos confirmados. Os bairros Aldeota e Dionísio Torres apresentam o maio índice de infestação com, respectivamente, 2,20% e 2,01%.

Os trabalhos contemplam visitas domiciliares com abordagens educativas, eliminação de depósitos, vedação de caixa d´água e, quando necessário, aplicação de larvicida. Além da investigação dos casos notificados, é realizado o bloqueio de área com borrifação (UBV costal), visitas aos pontos estratégicos (borracharias, reciclagens, canteiros de obras e etc) e encaminhamento para Vigilância Sanitária e para o Distrito de Meio Ambiente dos pontos estratégicos e de imóveis que precisam ser fiscalizados.

A Regional II, nesse ano, já concluiu a ação nos seguintes bairros: Varjota, Mucuripe e Guararapes. No Cais do Porto foi também realizada a vedação de 95% das caixas d’água, que apresentaram positividade de foco.

Publicado em Fortaleza
Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery apresentaram altos índices de infestação (Foto: Rubens Venâncio)

Os bairros Jardim Guanabara, Monte Castelo e Ellery receberão, ao longo dos próximos 30 dias, uma ação de sensibilização da Secretaria Regional I, em razão do alto índice de infestação predial do mosquito Aedes Aegypti. As equipes de trabalho visitarão as casas, oficinas e pontos comerciais, fazendo a abordagem educativa contra a propagação do inseto. As atividades realizadas pela Regional I em combate ao mosquito Aedes Aegypti atendem às orientações do Plano de Contingência para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue para 2013, lançado em fevereiro último pela Secretaria Municipal de Saúde.

Como parte das ações para redução dos casos de dengue, o Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da Regional I realizou, na última semana, um trabalho educativo durante evento da paróquia São Pedro e São Paulo em homenagem às mulheres do Jardim Guanabara. Além da distribuição de informativos, os técnicos da Regional I expuseram as maquetes “Casa Correta” e “Casa Incorreta” e apresentaram o Laboratório Vivo do mosquito Aedes Aegypti.

“O principal objetivo da nossa equipe, em nome do combate à dengue, é conscientizar as pessoas para a importância de suas atuações no combate à doença e tentar fazer com que elas transformem hábitos ruins em bons. A gente conversa, por exemplo, sobre a eliminação de depósitos sem utilidade, para que eles não acumulem água e sobre a conservação da limpeza de quintais”, explicou o supervisor técnico do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da SER I, Hélio Miranda.

A participação da Prefeitura de Fortaleza na ação social foi uma resposta à solicitação enviada pela Paróquia São Pedro e São Paulo. As comunidades da Regional I interessadas em solicitar, para seus eventos, o trabalho educativo da Secretaria Regional I contra a proliferação do Aedes Aegypti, devem entrar em contato através do telefone 3433.6823.

Publicado em Saúde
Limpeza contra a proliferação do mosquito da dengue envolve moradores próximos à estação Antônio Bezerra (Foto: Fábio Lima/Arquivo)

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Regional III, realiza uma Semana de Combate à Dengue na próxima segunda-feira (04/03), às 9 horas, na Estação Antônio Bezerra. A semana é resultado de uma parceria com o METROFOR e surge com intuito de evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, através de limpeza urbana, fiscalização e educação ambiental no local.

De acordo com o Distrito Técnico de Endemias da Regional III, 54 quarteirões e 4.419 imóveis distribuídos em cinco bairros (Antônio Bezerra, Olavo Oliveira, Presidente Kennedy, Quintino Cunha e Padre Andrade) ao redor da estação estarão recebendo as ações.

Segundo o coordenador do Distrito Técnico de Endemias da Regional III, Sidrônio Ferreira, a programação da semana contará com visitas domiciliares de 38 agentes de controle de endemias e agentes comunitários de saúde para orientar a população sobre as doenças relacionadas com lixo. Como também exposição educativa nas escolas e a execução da “Operação Quintal Limpo”, realizadas pela equipe de educação em saúde e mobilização social.

Na última terça-feira (26/02) iniciaram os serviços de retirada de lixo, capina e varrição nas proximidades da Estação do Antônio Bezerra. De acordo com Paulo Roberto Cunha, gerente de sistemas fixos e via permanente do METROFOR, a limpeza ocorrerá do viaduto da Avenida Mister Hull até a Rua Coronel Carvalho.

Serviço:

Assunto: Abertura da semana de combate a dengue nas margens da linha oeste do metrô de Fortaleza

Data/Hora: Segunda-feira, 04/03, às 9 horas

Local de Abertura: Rua José Alcioly, em frente ao número 285, Antônio Bezerra

Contato: Distrito Técnico de Endemias da Regional III, 3488-3255.

 

Publicado em Saúde
Página 3 de 3