Durante a entrevista, Roberto Cláudio explicou os investimentos de R$ 4 milhões para o Estádio Presidente Vargas

Nessa quinta-feira (9/1), a TV O Povo recebeu, ao vivo, o prefeito Roberto Cláudio para participação no programa Trem Bala, do jornalista Alan Neto. Na pauta, estiveram os mais variados assuntos sobre a cidade e, principalmente, as ações e obras em prol dos esportes.

Ainda no primeiro bloco do programa, o prefeito explicou o projeto de quase R$ 4 milhões para a criação de uma estrutura administrativa anexa ao Estádio Presidente Vargas. O novo prédio terá espaço para sala de imprensa, entrevistas coletivas e toda a parte administrativa do estádio. Além disso, esse orçamento é também destinado para manutenção de cadeiras e gramado.

Para o ginásio Aécio de Borba, já está programada uma recuperação completa para o início do segundo semestre. Já para o ginásio Paulo Sarasate, que recebeu grandes eventos internacionais em 2013, uma parceria Público-Privada remodelará a fachada, instalará ar-condicionado e nova coberta, tudo previsto para iniciar em 2015. Sobre o patrocínio aos clubes, Roberto Cláudio garantiu a continuidade do financiamento, que definiu como “fundamental”.

Indagado sobre a situação da segurança na cidade, Roberto Cláudio explicou que compete à prefeitura as ações de prevenção, como a iluminação de praças, criação de áreas poliesportivas e equipamentos de cultura e esporte. Para isso, estão sendo finalizados até o final de janeiro dois Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte – CUCAs (nos bairros Jangurussu e Mondubim) e, em 2014, serão construídos três Centros de Iniciação Esportiva. Para o tratamento de dependentes químicos, já são 350 vagas em toda a cidade.

O prefeito encerrou a entrevista dando a certeza de que “Fortaleza terá um sistema de saúde que funciona para a população. Isso é o que eu quero para o final do mandato”.

Obras

As obras para a Copa do Mundo FIFA 2014 estão garantidas para o final de março. São elas: avenida Alberto Craveiro inteira, avenida Paulino Rocha e dois túneis da Via Expressa (avenida Santos Dumont com Padre Antônio Tomás). Depois de entregues esses equipamentos, serão iniciados o cruzamento da avenida Raul Barbosa com Murilo Borges e o túnel da Alberto Sá, “para não pararmos a cidade”, explicou.

IPTU

Respondendo a perguntas sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o prefeito admitiu que o aumento na taxa é, sim, antipático, mas que é previsto em lei. E declarou que “há na lei uma previsão de que a cada três anos o imposto mude. Temos que gastar com responsabilidade, mais prioridade ao que é preciso, ou seja, com a saúde, educação e com mobilidade”.

Centro da cidade

Segundo o prefeito, “o Centro arrecada sozinho mais do que qualquer cidade do interior” e precisa modificar o perfil da ocupação. Em fevereiro, uma parceria Público-Privada começará a recuperar praças, internalizar a fiação, permitir ocupação residencial e criar shoppings populares, retirando ambulantes das calçadas.


 

Publicado em Gestão
Foi anunciado que o prazo total de construção da obra será de 26 meses, mas espera-se entregá-la pronta antes disso

O vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, anunciou a construção da nova sede do Instituto de Previdência do Município (IPM) na avenida da Universidade, 1.940. Orçado em R$ 11 milhões, o novo prédio, que terá cinco pavimentos, já tem Ordem de Serviço para começar a ser erguido ao lado de um imóvel histórico, que abrigou a residência de Neutel Maia, tio do compositor Lauro Maia. A novidade foi anunciada durante a confraternização anual do órgão, na noite desta quarta-feira (18/12).


Atualmente, as atividades do IPM estão distribuídas em cinco edificações. Além de onerosa, essa descentralização traz inconvenientes como o deslocamento de documentos entre as unidades e de usuários e funcionários.


O vice-prefeito ressaltou que esse é um compromisso da atual gestão. “Teremos um espaço com cinco mil metros quadrados, com todo o atendimento do órgão centralizado”, informou Gaudêncio.


O superintendente do órgão, José Porto, comentou que o prazo para conclusão da obra será de 26 meses. “Mas pretendemos entregar antes disso”.


À exceção do IPM Saúde, que permanece onde está (avenida da Universidade, 1.895), as demais quatro edificações ficarão em um só endereço, favorecendo melhores condições de logística e de gestão. A nova sede implicará em redução de custos entre 40% e 60%.

---


 

Publicado em Gestão
Equipe composta por cerca de 60 homens trabalha de segunda a sábado no local

As obras para a construção de dois viadutos no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Júnior e Antônio Sales seguem em ritmo acelerado desde que foram retomadas no dia 5 de outubro deste ano e segue dentro do cronograma. No local, já foram feitos os trabalhos topográficos, a limpeza do terreno e a aplicação de uma nova camada de solo na mesma altura da pista. Com a chegada de novos equipamentos, foram iniciados também os serviços de cravação de estacas para execução dos blocos e pilares dos viadutos e a execução do muro de contenção.

Atualmente, a obra acontece em dois trechos, na avenida Engenheiro Santana Júnior (viaduto nível 1), próximo ao Parque do Cocó, e na avenida Antônio Sales (viaduto nível 2), esquina com o supermercado Frangolândia. A segunda etapa das obras teve início nesse mês de dezembro, na avenida Antônio Sales, onde estão sendo colocadas as estacas que servirão de suporte ao primeiro viaduto, que seguirá em curva à esquerda com sentido à avenida Engenheiro Santana Jr.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) informa que uma equipe composta por cerca de 60 homens trabalha de segunda a sábado para que a obra seja entregue dentro do prazo, previsto para outubro de 2014.

Veja os mapas com os cinco desvios implantados naquela região: http://bit.ly/1aTjk9P

Publicado em Mobilidade
Reunião aconteceu no gabinete do Prefeito e determinou as grandes obras que serão entregues até o fim do mês

O prefeito Roberto Cláudio anunciou na tarde desta terça-feira (8/10) um pacote de obras que será entregue até o fim de outubro. O comunicado foi feito durante reunião em seu gabinete com representantes de alguns órgãos do município ligados à infraestrutura e à mobilidade urbana. Nos primeiros nove meses de gestão, apenas as obras do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) receberam investimentos da ordem de R$ 15 milhões.

Avenida Antônio Sales

A obra da avenida Antônio Sales (trecho entre as ruas José Vilar e Barbosa de Freitas) será entregue com drenagem, pavimentação, terraplanagem e calçadas padronizadas concluídas ainda em outubro. Assim também ocorrerá com a rua Antônio Augusto (trecho entre a avenida Antônio Sales e a rua Padre Valdevino). Na via, foram realizados os mesmos serviços.

Outra obra do Transfor que a cidade receberá nos próximos dias é a nova calçada padronizada da avenida Tristão Gonçalves (trecho que compreende a avenida Domingos Olímpio até a rua Senador Alencar).

Praça Farias Brito

Dentro do Programa de Requalificação Urbana com Inclusão Social (Preurbis), os moradores do Passaré receberão até o fim de outubro a praça Farias Brito. Com cerca de dois hectares, será um local moderno, com equipamentos de ginástica, playground e quadras poliesportivas. A obra integra o projeto do Parque do Cocó, no qual serão aplicados R$ 2,5 milhões.

O objetivo do Preurbis é promover a melhoria da qualidade de vida da população carente residente em áreas de risco ambiental e social, situada às margens dos rios Cocó e Maranguapinho, bem como a vertente marítima oeste de Fortaleza, com investimentos programados em infraestrutura, melhoria habitacional, dentre outros.

Avenida Catolé

A zona sul de Fortaleza ganha, também neste mês uma nova avenida, com a conclusão das obras de drenagem, terraplanagem e pavimentação asfáltica, foram investidos R$ 4,9 milhões na construção da avenida Catolé. Com 2.100 metros de extensão, a via interliga o Conjunto Palmeiras ao 4º Anel Viário.

O obra da nova avenida integra o Programa de Drenagem Urbana de Fortaleza (Drenurb), que tem por finalidade contribuir par a melhoria da qualidade de vida e condições urbanas e sanitárias da população. São realizadas ações com foco na ampliação e recuperação de sistemas de drenagem, limpeza e urbanização de lagoas, instalação de ecopontos, desapropriação e reassentamento de famílias residentes em áreas de risco.

Riacho Jacarecanga

Dentro do programa será entregue também a primeira etapa do riacho Jacarecanga. A drenagem que foi feita desde a escola de Aprendiz de Marinheiros (na Avenida Leste Oeste) até o trilho da fábrica Philomeno Gomes beneficiará quatro bairros da cidade (Moura Brasil, Farias Brito, Jacarecanga e Monte Castelo). Foram aplicados nessa intervenção o montante de R$ 2,9 milhões.

Riacho Alagadiço

Ainda em outubro, será entregue a obra de drenagem do bueiro do riacho Alagadiço (na avenida Perimetral) e do campus do Pici. Essa intervenção é a primeira de cinco etapas de um projeto orçado em R$ 29 milhões e que beneficiará comunidades do entorno do riacho.

A Prefeitura investe na melhoria da mobilidade urbana, através da implantação de corredores exclusivos para o transporte público, reestruturação de grandes vias, construção de túneis, viadutos e ciclovias, além da padronização das calçadas e a reforma de canteiros centrais. As intervenções na infraestrutura da cidade beneficiam usuários de todos os meios de transporte, favorecendo deslocamentos eficientes para motoristas, ciclistas e pedestres.

Estiveram presentes à reunião da tarde desta terça-feira o secretário de Infraestrutura do Município, Samuel Dias; o coordenador do Transfor, Valdir Santos; o secretário executivo de Infraestrutura, José Roberto de Resende; o coordenador do Preurbis, Iatagan da Costa; o coordenador do Drenurb, André Daher; o Procurador Geral do Município, José Leite; e o coordenador de Articulação Política da Prefeitura, Lúcio Bruno.

 

Publicado em Infraestrutura
A CTD avaliará obras de mobilidade com 75% de execução (Foto: Igor de Melo)

Comissão de Turismo e Desporto (CTD) da Câmara dos Deputados, presidida pelo ex-jogador de futebol e Deputado Federal Romário (PSB-RJ), fará visita à Fortaleza nesta segunda-feira (20/5), para acompanhar o andamento das obras para a Copa das Confederações FIFA 2013 e Copa do Mundo FIFA 2014. O itinerário começa às 11h, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, e segue durante a tarde, a partir de 14h, no entorno do Castelão.

A Comissão, que foi convidada por Domingos Neto, titular da Secretaria Municipal Extraordinária da Copa (SecopaFor), tem como foco vistoriar as obras de mobilidade que contam com 75% de execução para serem concluídas até 15 de junho, antes da Copa das Confederações da FIFA 2013 na Capital. É importante o monitoramento em nossa cidade das obras da Copa, que é feito de forma brilhante pela Comissão. Agora recebo os deputados, como secretário, dando continuidade ao acompanhamento que iniciamos como parlamentares em 2011”, afirmou Domingos Neto.

A CTD tem realizado audiências públicas com os titulares das Secretarias Extraordinárias da Copa, a fim de conhecer o planejamento e o andamento das ações para a realização dos campeonatos nas diversas cidades-sede do País. Os planos operacionais de Fortaleza foram apresentados no dia 7 de maio, em Brasília.

 

Publicado em Turismo
No Cuca do Mondubim, o teatro é um dos equipamentos inacabados (Foto: Marcos Moura)

Nesta terça-feira (7/5), a  Prefeitura de Fortaleza retomou as obras dos Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte das Regionais V (Mondubim) e VI (Conjunto São Cristovão). Atualmente, o Cuca V encontra-se com aproximadamente 85% das obras executadas e o Cuca VI está um pouco mais atrasado, com 60% de sua estrutura concluída.

Por conta de dívidas da gestão passada, os equipamentos tiveram que receber acréscimo de recursos oriundos do Tesouro Municipal da ordem de R$ 11 milhões. No total, o Cuca da Regional V contará com investimento de R$ 14 milhões e a unidade da Regional VI demandará R$ 20 milhões.

“O prefeito Roberto Cláudio assumiu sua gestão priorizando as políticas de juventude. E os Cucas são usinas criativas onde é possível gerar capital social, intelectual, econômico e cultural. Esses equipamentos exercem um papel primordial de inserção dos jovens de 15 a 29 anos na sociedade”, explicou o secretário de Juventude, Élcio Batista, que esteve acompanhado do secretário de Infraestrutura, Samuel Dias, e do secretário da Regional VI, Renato Lima em visita guiada com a imprensa nesta terça-feira.

Em ambos os empreendimentos, está faltando finalizar o acabamento do teatro e das salas de aula, instalar o sistema de climatização, além de licitações importantes para o funcionamento. No Cuca VI, também estão pendentes as obras de pavimentação do entorno.

Cada empreendimento demanda R$ 8 milhões ao ano para o pleno funcionamento e deve ser instalado um por Regional.

Socialização
Cerca de mil jovens são atendidos em cada Cuca. São cursos gratuitos em diversas áreas do conhecimento, como teatro, audiovisual, gastronomia, música, fotografia, circo, dança e comunicação. Além dos cursos de formação, também são ofertadas vagas para as práticas esportivas.

Élcio Batista destacou o objetivo principal desses equipamentos de socialização que é tirar os jovens da ociosidade. Em Fortaleza, hoje, vivem 720 mil jovens na faixa etária alvo do projeto. “O que queremos é que esses equipamentos funcionem a maior parte do tempo e todos os dias. Vamos atender a comunidade diariamente até às 22h e aos sábados e domingos, assim como já acontece no Cuca da Regional I, na Barra do Ceará”, informou o secretário de Juventude.

Outras obras
O prefeito Roberto Cláudio dará a Ordem de Serviço para o início da construção de três Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs). Para esses empreendimentos será destinado um total de R$ 8,5 milhões provenientes do Ministério da Cultura. A Prefeitura de Fortaleza também irá retomar a obra da Praça da Juventude, na Granja Portugal. O equipamento terá investimento de R$ 1,3 milhão.

Publicado em Juventude
O investimento total é de quase R$ 1 milhão (Foto: Kaio Machado)

A aposentada Nilda de Barros, que vive no Conjunto Ceará há 32 anos, é uma dos 180 mil moradores do bairro que comemoram as primeiras obras da atual gestão naquela área, iniciadas nesta sexta-feira (19), durante visita do prefeito Roberto Claudio ao local. A intervenção inclui a recuperação das principais vias e praças do bairro, além de obras de limpeza urbana e iluminação pública. Segundo assegurou o prefeito aos moradores, os serviços devem ser concluídos num prazo de 90 dias.

O investimento total é de quase R$ 1 milhão, sendo R$ 488 mil direcionados somente para a recuperação das ruas e avenidas do local, onde muitos trechos se encontram em péssimo estado de conservação e prejudicam o trânsito de carros e ônibus. “Apesar de ser um bairro com economia pujante e uma referência na região, o Conjunto Ceará é exemplo simbólico da carência de serviços públicos. Essas obras são um anseio antigo desses moradores que agora começa a ser atendido”, disse o prefeito, que percorreu algumas ruas do bairro acompanhado de lideranças políticas e comunitárias.

A intervenção está sendo feita por meio de uma grande força tarefa formada por 60 trabalhadores que estão recuperando o calçamento e o asfalto de ruas e avenidas de grande fluxo. O trabalho inclui, ainda, a limpeza e recuperação de canais e praças, com a substituição de lâmpadas amarelas pelas de cor branca nesses espaços. “Faz muito tempo que a gente esperava essas obras. Algumas até foram iniciadas pela outra prefeitura, mas nunca terminavam. Agora, a coisa vai andar e tudo vai ficar bem melhor pra gente”, comemorou dona Nilda, que viu as obras começarem bem na frente da casa dela. As demais Regionais também receberão as melhorias iniciadas no bairro.

Publicado em Fortaleza
Trabalhadores reabilitados ou com auxílio-acidente também terão direito a um percentual mínimo de vagas

Os editais de licitação pública dos órgãos da Prefeitura de Fortaleza direcionados à contratação para obras ou serviços que envolvam mão-de-obra deverão incluir uma cláusula com exigência de capacitação de todos os trabalhadores, sendo ministrada dentro da própria jornada de trabalho. A carga horária será definida pelo secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Philipe Nottingham, e pelos titulares dos órgãos envolvidos na licitação.

O decreto assinado pelo prefeito Roberto Cláudio no dia 16 de abril também determina inclusão de uma cláusula nos editais definindo um percentual mínimo de vagas para trabalhadores reabilitados ou beneficiários de auxílio-acidente. A iniciativa representa uma preocupação da administração municipal com a necessidade de prevenir, por meio da educação, a ocorrência de acidentes de trabalho também entre os  terceirizados que prestem serviços aos órgãos e entidades da Prefeitura de Fortaleza.


 

Publicado em Social
O prazo de conclusão da obra é de 240 dias

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), retomou as obras de ampliação do Terminal de Antônio Bezerra na última segunda-feira (04/03). As obras fazem parte do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor). 
A reforma do terminal teve início em agosto de 2009, mas estava paralisada há dois anos por entraves relacionados à execução do projeto. Durante esse período, a ampliação e modernização do terminal passaram por ajustes e adaptações.

O novo Terminal de Antônio Bezerra terá acesso de pedestres pela Avenida Mister Hull e pela Rua Demétrio de Menezes. Duas plataformas serão construídas no sentido perpendicular à Avenida Mister Hull, para melhorar a acessibilidade e a circulação dos ônibus no terminal. As plataformas terão o formato “dente de serra”, que permitirá aos motoristas dos ônibus o acesso imediato às plataformas sem que eles precisem realizar a manobra de marcha ré para acoplar o veículo.

Além das duas plataformas, serão criadas travessias subterrâneas para evitar o cruzamento entre os pedestres e os ônibus. Cada uma das plataformas terá duas baterias de banheiros, inclusive para pessoas com deficiência. Telefones públicos rebaixados também estarão disponíveis, como forma de promover a acessibilidade universal num equipamento público como o terminal de ônibus.

O usuário do novo terminal poderá usufruir ainda de grandes galerias comerciais, além de posto dos Correios, posto policial e ambulatório. A administração do terminal estará dividida em dois níveis: um no piso principal do terminal e outro no segundo pavimento, onde, através de uma torre de observação, será possível visualizar todo o movimento de entrada e saída dos ônibus.

Com a ampliação, o terminal passará a ter mais que o dobro de seu tamanho atual, passando de 12 mil m² para 29 mil m². As obras de reforma estão, atualmente, 35% concluídas e tem custo total de R$ 14.385.268,21. O prazo de conclusão da obra é de 240 dias. De acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), pelo Terminal de Antônio Bezerra, inaugurado em julho de 1992, circulam atualmente 44 linhas, atendendo diariamente a 162 mil passageiros.

Publicado em Mobilidade
Página 2 de 2