A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) fará bloqueio na Rua Dr. Joaquim Bento, no cruzamento com a Rua Coronel Dionísio Leonel Alencar, a partir desta terça-feira (26/07). No trecho, a Secretaria Municipal de Gestão Regional (Seger) executará obra para serviço de drenagem.

A intervenção deve durar sete dias. Neste período, orientadores de tráfego prestarão auxílio aos condutores quanto a três opções de desvios.

Quem trafegar pela Rua Coronel Dionísio Leonel de Alencar deve entrar à esquerda na Rua Dr. Joaquim Bento, à direita na Rua Duarte da Costa, à direita na Rua Guilherme Pessoa, à direita da Av. Mem de Sá e à esquerda para retornar à Rua Dr. Joaquim Bento.

Quem vier pela Rua Dr. Joaquim Bento, deve entrar à direita na Av. Mem de Sá, à esquerda na Rua Guilherme Pessoa, à esquerda na Rua Diego Feijó e à direita para retornar para a Rua Dr. Joaquim Bento.

Outra alternativa para quem trafegar pela Rua Coronel Dionísio Leonel de Alencar é seguir à direita na Rua Professor José Henrique, à esquerda na Rua Dionísio Alencar Filho e à direita na Rua Dr. Joaquim Bento.

Transporte Coletivo

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) também irá alterar o itinerário de 18 linhas devido à intervenção, conforme orientação da AMC.

Após a conclusão das obras, as linhas voltarão ao itinerário normal.

Linhas afetadas pelo desvio:

050 - Siqueira/Papicu/Washington Soares/1, 051 - Grande Circular I/1 – Ida, 052 - Grande Circular II/1 – Volta, 053 - Messejana/Papicu/Washington Soares/1 – Ida, 055 - Grande Circular I (Corujão)/1 – Ida, 056 - Grande Circular II (Corujão)/1 – Volta, 616 - Lagoa Redonda I/1, 617 - Lagoa Redonda/Abreulândia/1 – Ida, 626 - Lagoa Redonda II/1 – Ida, 634 - Lagoa Redonda/Abreulândia/Esquerda, 640 - Cj. Alvorada/Messejana, 644 - Lagoa Redonda/Abreulândia/Litorânea, 656 - Messejana/Sabiaguaba/Direita, 657 - Messejana/Sabiaguaba/Esquerda, 676 - Curió/1, 696 - Curió/Messejana, 703 - Paupina/Pici, 712 - Cj. Palmeiras/Papicu.

Publicado em Mobilidade
caminhão carregando postes na leste-oeste
A primeira etapa das intervenções foi concluída, com a substituição e instalação de postes, num total de 222 estruturas (Foot: Kiko Silva)

A Prefeitura de Fortaleza segue realizando trabalhos de melhoria e modernização da iluminação pública em diversas áreas da Capital. Neste mês, por meio da Secretaria da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a gestão municipal deu início à obra de iluminação na Avenida Leste-Oeste, promovendo intervenções em cinco trechos da avenida. O trabalho vai contemplar toda a Leste-Oeste, do Centro à Barra do Ceará, com instalação de novos postes e luminárias LED.

A primeira etapa das intervenções foi concluída, com a substituição e instalação de postes, num total de 222 estruturas. Em seguida, foram instalados suportes e 464 luminárias. A próxima etapa é o cabeamento aéreo, que consiste na passagem dos cabos de energia para o funcionamento dos equipamentos.

A região está recebendo iluminação em LED, que possui maior eficiência e luminosidade. A previsão é de que toda a extensão seja concluída em meados de agosto.

Conheça os cinco trechos beneficiados este mês:

Trecho 1: Rua Jacinto Matos à Rua General Sampaio
Trecho 2: proximidades da Rua Santa Rosa à Rua Jacinto Matos
Trecho 3: Rua Alves Lima às proximidades da Rua Dom Hélio Campos
Trecho 4: Rua Vila Velha às proximidades da Rua Dona Mendina
Trecho 5: Rua General Sampaio à Avenida Dom Manuel

Iluminação Pública

De janeiro a maio deste ano, a Prefeitura de Fortaleza concluiu mais de 200 obras de iluminação, que contemplam instalação, substituição e melhorias. Entre os destaques estão as obras realizadas na nova Beira-Mar, assim como no Jardim Japonês, Praça do João XXIII, Praça Santa Edwiges, Praça da Igreja de Fátima e a urbanização do Beira-Rio, na Barra do Ceará, que está em andamento.

Publicado em Fortaleza
Obra Interceptor Oceânico - Foto Thiago Matine
A obra Interceptor Oceânico foi inaugurada em 1978 (Foto Thiago Matine)

Quem passa pelo calçadão da avenida Beira-Mar já deve conhecer duas obras icônicas na Cidade: o Interceptor Oceânico e o Monumento aos Jangadeiros, ambas esculturas do artista Sérvulo Esmeraldo (1929-2017). A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), iniciou o processo de restauração das duas peças.

O Monumento aos Jangadeiros será retirado do local para ser encaminhado a um galpão metalúrgico especializado neste tipo de intervenção e passará por todo o devido processo de recuperação. Já o Interceptor Oceânico terá reparos realizados no local.

A restauração está incluída na requalificação da Beira-Mar. Os reparos nas peças serão feitos de acordo com a orientação do Instituto Sérvulo Esmeraldo, que concedeu à Secultfor os croquis (documentos originais) das obras para que fosse iniciada a restauração.

“As obras necessitam passar periodicamente por um processo de conservação e restauração, para que, assim, a gente possa manter o relevante legado que Sérvulo deixou para o Ceará. A importância de realizar este trabalho é uma consideração e um respeito a este legado do artista. É importante observar que há um conceito todo refinado nestas peças, como o da espacialidade e da monumentalidade, sendo marcos na paisagem da nossa Beira-Mar,”, enfatiza o conservador, restaurador e técnico da Secultfor, Antônio Vieira.

As obras
A escultura Monumento aos Jangadeiros foi iniciada em 1992 e é uma referência aos jangadeiros que atuavam em Fortaleza e cobravam melhores condições de trabalho. A requalificação do espaço irá restaurar os elementos históricos da obra, que será rodeada por tapumes nos próximos dias.

O Interceptor Oceânico é um ícone da paisagem da Cidade. A obra foi inaugurada em 1978, quando o Governo do Estado lançou o projeto de construção do interceptor, como uma espécie de monumento ao saneamento básico da Capital.

Investimento
A ação da Prefeitura terá um investimento de R$ 188.888,90. Todos os reparos dos elementos históricos do local serão realizados conforme diagnóstico elaborado pela Coordenadoria de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). As obras também contarão com o acompanhamento da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

Publicado em Cultura
A pintura de Vicente Leite é uma obra em óleo sobre tela com medidas de 2,60 m (altura) e 3,20 m (largura).
A pintura de Vicente Leite é uma obra em óleo sobre tela com medidas de 2,60 m (altura) e 3,20 m (largura) (Foto: Thiago Matine)

O centenário Teatro São José recebeu de volta uma pintura datada do ano de 1923 do artista Vicente Leite. Após restauro, a tela retornou à casa no dia três de novembro, realocada logo acima do palco. O restauro foi iniciado no mês de junho deste ano, quando a tela passou por um processo de estabilização e recuperação.

A obra é uma imagem pictórica da Sagrada Família, com representação de São José Operário, que dá nome ao equipamento cultural. A pintura de Vicente Leite é uma obra em óleo sobre tela com medidas de 2,60 m (altura) e 3,20 m (largura).

Vicente Rosal Ferreira Leite nasceu na cidade do Crato (região do Cariri cearense) no ano de 1900. Foi um pintor e desenhista importante em sua geração. Recebeu uma bolsa de estudos do governo do Ceará, por volta de 1920, quando mudou-se para o Rio de Janeiro, cidade onde morreu em 1941. Foi lá onde frequentou a Escola Nacional de Belas Artes (Enba), entre 1920 e 1926, tendo aulas com Batista da Costa, Rodolfo Chambelland e Lucílio de Albuquerque. Atualmente, o artista é homenageado com nome de rua na cidade de Fortaleza, no bairro Aldeota.

O Teatro

Com 107 anos de história, o Teatro São José, localizado no Centro da Capital, foi inaugurado em 1914 como alternativa de lazer cultural para trabalhadores que não tinham acesso fácil ao luxuoso Theatro José de Alencar, inaugurado em 1910. O equipamento é um bem histórico, tombado pelo Município em 1988, por meio da lei nº 6.318.

Em 2018, o equipamento foi reinaugurado pela Prefeitura de Fortaleza, com administração da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). O novo teatro possui 1.446 m² de área construída e capacidade para 346 pessoas, além disso o equipamento passou a contar com novas áreas, como cafeteria, banheiros, salas multiuso e de costura, depósito, bilheteria e pátio externo com áreas de convivência.

O teatro pertence ao conjunto histórico do Centro de Fortaleza e de sua orla marítima vizinha, articulando-se com várias obras arquitetônicas de valor patrimonial tombadas nos níveis municipal, estadual e federal.

Publicado em Cultura
agente de trânsito trabalhando
Agentes da AMC atuam no local dando suporte operacional à intervenção

Para viabilizar as obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza na Praça da Estação, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) iniciou no último domingo (11/08) o bloqueio provisório na Rua Castro e Silva. O trecho da interdição acontece entre as ruas 24 de Maio e General Sampaio. Agentes do órgão atuam no local dando suporte operacional à intervenção. 

Em virtude da medida, quem trafega pela Rua Castro e Silva, no sentido Centro/Aldeota, deve entrar à direita na Rua 24 de Maio, à esquerda na Rua São Paulo e à esquerda novamente na Rua General Sampaio. No local, estão sendo realizados serviços necessários para a construção de um poço de ventilação da linha. A previsão é que a via seja liberada para o tráfego em quatro meses. Depois desse período, os trabalhos continuam sem a necessidade de intervenção viária. 

Linhas de ônibus 

Com as obras, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) precisou reordenar os pontos de embarque e desembarque de dez linhas entre as plataformas e desviar o itinerário de 19 linhas que seguiam pela Rua Castro e Silva. 

O novo itinerário das linhas que trafegam pela Rua Castro e Silva seguem pela Rua 24 de Maio, Rua São Paulo, Rua Gal. Sampaio e retornam para a Rua Castro e Silva. O usuário deve estar atento para o local de embarque e desembarque, pois dez linhas que tinham ponto final junto à plataforma Sul próximo à Rua Castro Silva estão sendo redistribuídas na praça. As linhas metropolitanas devem realizar o embarque e desembarque na Av. Tristão Gonçalves.

Na Praça da Estação, circulam 29 linhas urbanas, atendendo a 100 mil passageiros, com fluxo de 156 ônibus/hora, realizando 1741 viagens/dia. A Linha Leste terá 7,3 quilômetros de extensão e irá ligar o Centro ao Papicu. No percurso, contará com uma estação de superfície (Tirol) e outras quatro subterrâneas (Chico da Silva, Colégio Militar, Nunes Valente e Papicu). O empreendimento vai garantir a integração da Linha Leste com a Linha Sul, no Centro, e com o VLT Parangaba-Mucuripe e o terminal de ônibus, no Papicu. Após concluído, terá capacidade para transportar até 150 mil passageiros por dia. O tempo de viagem entre o Centro e o Papicu será de 15 minutos.


Linhas afetadas pela obra:
012 – Circular II
032 - Borges de Melo II
035 – Corujão Paranjana II
042 – Antônio Bezerra/Fco Sá/Papicu
071 – Antonio Bezerra/Mucuripe
086 – Bezerra de Menezes/Santos Dumont
106 - Floresta/Centro
142 - Antônio Bezerra/Fco Sá/Papicu
186 - Bezerra de Menezes/Santos Dumont
232 – Av. Borges de Melo II
286 – Expresso/Antonio Bezerra/Santos Dumont
833 – Cidade 2000/Centro
901 – Dom Luiz
903 – Varjota
905 – Meireles/Centro
906 – Caça e Pesca/Serviluz/Centro
907 – Castelo Encantado/Centro
909 – Praia do Futuro/Caça e Pesca/Beira Mar

 

Publicado em Mobilidade
As obras irão beneficiar 21 vias da comunidade Che Guevara

O prefeito Roberto Cláudio lança, nesta sexta-feira (02/08), às 9h, na Cajazeiras, o primeiro lote de obras de drenagem do Programa Mais Ação. Com investimento de R$ 17 milhões, as obras preveem serviços de urbanização, infraestrutura e drenagem na comunidade Jardim Glória (antigo Che Guevara), com a construção de sistemas de drenagem, nova pavimentação, calçadas e rede de saneamento básico em locais onde há ausência de esgotamento sanitário.

As obras irão beneficiar 21 vias da comunidade e serão executadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) com início das intervenções ainda neste mês de agosto, oferecendo mais infraestrutura e serviços básicos necessários ao desenvolvimento da população.

Programa Mais Ação

O Mais Ação é o maior programa de investimentos na história da cidade de Fortaleza. Com um valor global de recursos a serem investidos na ordem de R$ 1,5 bilhão, as ações da Prefeitura vão garantir, dentre as iniciativas previstas, a reforma e a construção de unidades de saúde, a requalificação de espaços públicos, a edificação de Centros de Educação Infantil e Escolas de Tempo Integral, a urbanização de lagoas, a drenagem e a pavimentação de vias, além da ampliação do projeto Areninhas, implantação de binários, ciclofaixas e de melhorias voltadas ao transporte público municipal. A meta do programa é atender, no biênio 2019-2020, todas as Regionais da Capital.

Serviço
Lançamento do primeiro lote de obras do Programa Mais Ação
Data: 02/08 (sexta-feira)
Horário: 9h
Local: Rua Estudante Ana Kelly com rua Barbosa de Alencar, no bairro Cajazeiras - Comunidade Jardim Glória (antigo Che Guevara)

Publicado em Infraestrutura

 

O novo equipamento irá possibilitará a conexão direta da avenida Alberto Sá com as ruas Tavares Coutinho e Ana Bilhar
O novo equipamento irá possibilitará a conexão direta da avenida Alberto Sá com as ruas Tavares Coutinho e Ana Bilhar

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), avança nas obras do túnel da Avenida Alberto Sá, no Papicu (Regional II). Os serviços de escavação foram iniciados, e com a finalização desta etapa, o próximo passo será a montagem da laje de fundo, que permitirá a construção de uma nova pista com pavimentação em concreto. No local já foram executados os pilares do equipamento, parte do sistema de drenagem e a construção da laje superior.

O novo equipamento, quando finalizado, fará a conexão direta da Av. Alberto Sá com as ruas Tavares Coutinho e Ana Bilhar, além de permitir a eliminação de quatro semáforos existentes na avenida, fazendo com que o transporte coletivo tenha acesso expresso no cruzamento com a Av. Almirante Henrique Saboia (Via Expressa).

As obras, que tiveram início em dezembro de 2017, estão com 60% de execução. O novo túnel tem entrega prevista para o segundo semestre deste ano. Quando concluído, o novo equipamento terá cerca de 460m de comprimento e área coberta de 80m, além quatro faixas de tráfego - sendo duas por sentindo - projeto paisagístico, nova pavimentação, postes de iluminação com luz branca, calçadas e ciclovia. A laje superior do túnel ganhará ainda uma pequena praça, com projeto semelhante ao já implantado no túnel Dep. Wellington Landim, localizado na Av. Engenheiro Santana Júnior.

As obras dos dois túneis da Via Expressa tiveram investimentos de R$ 67 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal com recursos do FGTS.

Publicado em Infraestrutura

 

Maquete eletrônica da Av. Vicente de Castro
Maquete eletrônica da Avenida Vicente de Castro

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta sexta-feira (24/05), às 9h, a Ordem de Serviço para o início das obras de requalificação de Corredores Turísticos de Fortaleza. O projeto prevê a urbanização da Avenida Vicente de Castro, no Mucuripe, além das Ruas Adolfo Caminha, na Praia de Iracema, e João Moreira, no Centro. As intervenções têm como objetivo a ligação entre os principais corredores comerciais e turísticos da Capital, priorizando o pedestre.

As obras terão duração de oito meses e consistem na construção de calçadas padronizadas, totalmente acessíveis e com piso intertravado, paisagismo, ciclofaixas e nova iluminação nas Ruas João Moreira e Adolfo Caminha.

Na Avenida Vicente de Castro, o pavimento asfáltico será substituído por piso intertravado, seguindo o mesmo padrão da requalificação da Avenida Beira-Mar. A escolha do novo pavimento visa facilitar o escoamento da água, melhorar a sensação térmica da via, além de garantir mais acessibilidade com a instalação de piso tátil, rampas e passagens elevadas para pedestre. A avenida também passará a contar com sistema de drenagem, novas calçadas, paisagismo e ciclovia. As obras estão orçadas em R$ 9,8 milhões.

Corredores Turísticos já implantados

As obras dos Corredores Turísticos tiveram início em 2013, com a requalificação das avenidas Monsenhor Tabosa e Alberto Nepomuceno, além da Rua José Avelino, que receberam melhorias urbanísticas nas calçadas, canteiros e vias. As intervenções melhoraram a mobilidade na região e possibilitaram mais acessibilidade a importantes pontos turísticos, como o Mercado Central, a Catedral Metropolitana de Fortaleza e o Forte Nossa Senhora da Assunção, conhecidos pontos turísticos da cidade.

Serviço:
Assinatura da Ordem de Serviço de Corredores Turísticos
Data: 24/05 (sexta-feira)
Hora: 9 horas
Local: Avenida Vicente de Castro com Av. Beira-Mar (Em frente ao Mercado dos Peixes)

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta quinta-feira (07/02), às 17h, na Praça dos Eletricitários, localizada na Avenida Barão de Studart com Rua Marcondes Pereira, no bairro Dionísio Torres, a Ordem de Serviço que autoriza a requalificação de dez praças em cinco bairros da Regional II (Dionísio Torres, Cidade 2000, Meireles, Vicente Pinzón, Cocó).

As obras integram o maior programa de requalificação de praças do município, executado pela a Prefeitura de Fortaleza. Esse conjunto de investimentos confirma uma nova política de valorização e melhorias dos espaços públicos da cidade, promovendo oportunidades de lazer, cultura e esporte, em convívio coletivo num único espaço.

Até o momento a gestão Roberto Cláudio já requalificou mais de 300 praças na Capital.

Serviço
Ordem de Serviço Requalificação de Praças - Regional II
Data: 07/02 (quinta-feira)
Horário: 17h
Endereço: Praça dos Eletricitários (Av. Barão de Studart com Rua Marcondes Pereira – Dionísio Torres)

Publicado em Fortaleza

vista panorâmica do morro de santa terezinha, mostrando a escadaria em primeiro plano
A nova etapa de requalificação prevê um elevador sobre trilhos, que será construído ao lado da escadaria principal, para facilitar o acesso ao morro de pessoas com dificuldade de locomoção
O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta quinta-feira (01/11), às 17h, a ordem de serviço para a segunda etapa das obras de requalificação do Morro de Santa Terezinha, no Vicente Pinzón (Regional II). As intervenções, que iniciam em novembro deste ano, têm conclusão prevista para o segundo semestre de 2019 e fazem parte do conjunto de ações integradas entre Governo do Estado do Ceará e Prefeitura de Fortaleza, por meio do projeto "Juntos por Fortaleza".

Orçada em R$ 2,4 milhões, a nova etapa de requalificação contemplará a implantação de um elevador sobre trilhos, que será construído ao lado da escadaria principal, para facilitar o acesso ao morro de pessoas com dificuldade de locomoção. O projeto prevê ainda a construção de uma praça, caramanchões, academia ao ar livre, paisagismo, iluminação e mobiliários urbanos, como bancos e lixeiras.

A região passará a contar também com mais um trecho urbanizado com calçadão com piso intertravado e a construção de um mirante em madeira, formando mais um ponto de contemplação com vista para a orla de Fortaleza. Quando concluída a intervenção, toda a região passará a contar com mais de 40.000 m² de área urbanizada, fortalecendo o turismo e aumentando os espaços de convivência, esporte e lazer na comunidade do Morro do Teixeira.

Primeira etapa de obras

Em maio deste ano, a Prefeitura de Fortaleza entregou a primeira etapa das obras de urbanização e contenção do Morro de Santa Terezinha. O projeto foi responsável pela criação de muros de contenção em toda a encosta do morro, que ganhou projeto de drenagem, gramado e um extenso jardim vertical. Construído em blocos de concreto, o novo muro proporciona mais estabilidade em toda a encosta, evitando deslizamentos.

As obras de requalificação contaram com a construção de praças com pisos intertravado, lixeiras subterrâneas, academias ao ar livre, parque infantil, anfiteatro, tabuleiro de xadrez humano, além de uma Mini Areninha com traves, redes de proteção, grama sintética.

Foram cerca de 4.176 m² de área totalmente urbanizada com calçadão, nova iluminação e a reconstrução da escadaria de acesso ao morro, que ganhou corrimãos e pintura em grafite.

Serviço
Ordem de Serviço segunda etapa da urbanização Morro de Santa Terezinha
Data: 01/11 (quinta-feira)
Horário: 17h
Local: Morro de Santa Terezinha (ao lado do anfiteatro)

Publicado em Infraestrutura
Página 1 de 3