Na próxima quinta-feira (24), a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), inicia mais uma edição do projeto Volta às Aulas. A ação educativa tem o objetivo de conscientizar pais, alunos e educadores para uma boa convivência no trânsito durante os horários de chegada e de saída dos alunos nos colégios.

A atividade é desenvolvida pela Divisão de Educação para Cidadania no Trânsito (DECT) através de abordagens educativas e lúdicas na porta das escolas. Nesse primeiro momento o foco principal serão os pais, que receberão orientações sobre as infrações mais cometidas no entorno dos colégios, com por exemplo: estacionar em fila dupla, estacionar sobre a faixa de pedestres, não utilizar os equipamentos de segurança obrigatórios para o transporte de crianças, entre outros. Participam da primeira rodada de visitação os colégios Farias Brito (Centro), Andeline Costa (Parque Manibura) e Art & Manhã (Montese).

Em um segundo momento, após a conscientização, acontecerá a operação de fiscalização realizada pela equipe da Divisão de Operação e Fiscalização de Trânsito (DIOFI), onde os motoristas que insistirem em cometer infrações poderão ser autuados. As escolas que receberam a visitação do projeto Volta às Aulas em 2012 também receberão reforços da fiscalização para viabilizar uma boa circulação no embarque e desembarque dos alunos.
 
Serviço:
Projeto Volta às Aulas

Dias 24 e 25
Colégio Farias Brito (R. Barão do Rio Branco, Centro)
Horário: 6h30 às 7h30
 
Dias 28 e 29
Colégio Andeline Costa (R. General Caiado de Castro, 445, Parque Manibura)
Horário: 6h30 às 7h30
 
Dias 30 e 31
Colégio Art & Manhã (R. São Mateus, 1020, Montese)
Horário: 6h30 às 7h30
Publicado em Mobilidade
Foto: Marcos Moura

Foi instalado, nesta sexta-feira (18/01), um novo semáforo no cruzamento da avenida Rui Barbosa com a Rua Deputado Moreira da Rocha, no bairro Meireles. A medida tem o objetivo de reduzir o índice de acidentes no local. As constantes colisões eram decorrente da imprudência dos motoristas, que desrespeitavam a placa de PARE e a sinalização horizontal existente no asfalto.

O semáforo será centralizado e terá monitoramento em tempo real pelo Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR) após os ajustes a serem realizados pela equipe técnica. Concluído os ajustes, os tempos de verde serão otimizados em tempo real, de acordo com o fluxo veicular contabilizado pelos laços detectores instalados no asfalto. Com essa mudança, Fortaleza passa a contar com um total de 646 semáforos, sendo 351 (54%) centralizados e 295 (46%) convencionais.

Publicado em Mobilidade
Página 48 de 48