A Prefeitura de Fortaleza entrega a segunda Célula de Proteção Comunitária, no bairro das Goiabeiras (grande Pirambu), nesta terça-feira (19/05), às 15h. Equipamento está localizado ao lado da Areninha da Barra do Ceará. O evento terá a presença do governador Camilo Santana, do prefeito Roberto Cláudio, do vice-prefeito Moroni Torgan e de autoridades do Município e do Estado, parceiro da Prefeitura no projeto.

Vinculada ao Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU), a Célula de Proteção Comunitária terá funcionamento semelhante ao da que foi instalada em fevereiro, no Jangurussu. Composta por 40 guardas municipais e 20 policiais militares, a torre será o ponto de apoio operacional das equipes de motos e viaturas que farão o patrulhamento do perímetro de atuação estabelecido no PMPU. Além disso, dois guardas municipais e um policial militar farão o monitoramento por meio de câmeras de vigilância que serão instaladas na área, tudo isso com o apoio de drones.

Outro diferencial tecnológico das torres, já em fase de testes no Jangurussu, é a utilização do aplicativo “Olho Vivo”. Ele permitirá que moradores façam denúncias e chamadas de emergências via smartphone. Lembrando que o patrulhamento também conta com uma inovação tecnológica, que é um sistema randômico que determina o sorteio das áreas patrulhadas pelas equipes.

PMPU

O Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU) agrega o que há de mais moderno na área da segurança em todo o mundo. O PMPU executará um sistema de proteção de proximidade, ou seja, de área restrita, invertendo o foco do marco para dar prioridade à microrregião. A ideia é trabalhar a perspectiva de ações preventivas integradas, envolvendo as diversas áreas das políticas públicas municipais, como educação, assistência social, trabalho, cultura e esporte, além do reforço à política de vigilância, com o patrulhamento de ruas e espaços públicos.

Serviço
Inauguração da Célula de Proteção Comunitária nas Goiabeiras
Data: 19/06 (terça-feira)
Hora: 15 horas
Local: Rua do Holandeses com Rua dos Abolicionistas, ao lado da Areninha da Barra do Ceará

Publicado em Segurança Cidadã
O percurso passa por várias importantes ruas da cidade
As incrições seguem até o próximo dia 30 de julho

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), abre, nesta segunda-feira (04/06), as inscrições para a 6ª edição do Passeio Ciclístico – Praticando Saúde com Segurança e Cidadania. O evento faz parte das celebrações dos 59 anos da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e ocorrerá no dia 8 de julho.

Para participar o interessado devem acessar o Canal Segurança Cidadã, no Portal da Prefeitura de Fortaleza, e preencher o cadastro que estará disponível até o próximo dia 30. Neste ano, o percurso sairá da sede da Guarda Municipal, no bairro Vila União, com destino ao Centro de Fortaleza, onde terá um ponto de apoio na Praça do Ferreira. Após a parada para a reposição de energias com a entrega de água e frutas, os participantes farão o percurso de volta, totalizando cerca de 11 Km, entre ida e volta.

Clique aqui para fazer a inscrição  

Além da característica de reunir famílias, o Passeio Ciclístico – Praticando Saúde com Segurança e Cidadania – tem o carácter solidário, pois, no ato de entrega dos kits, o participante doa 1 kg de alimento não-perecível. Neste ano, o recebimento dos kits e a entrega dos alimentos serão nos dias 5 e 6 de julho.

Serviço
6ª edição do Passeio Ciclístico – Praticando saúde com segurança e cidadania
Inscrições: até 30 de junho
Data: 8 de julho
Horário: 7h

Publicado em Esporte e Lazer
Os guardas estão presentes na principais áreas verdes da Cidade
As ações serão voltadas para adultos e crianças

Em razão da semana do Dia do Meio Ambiente, a Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam) da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) promoverá, na próxima terça-feira (5/6), ações em parques e no Zoológico Sargento Prata. Nesses espaços, serão distribuídos informativos acerca do trabalho da inspetoria, informações úteis sobre o tema, além de uma abordagem especial com as crianças.

As atividades levarão para os agentes e população publicações com as atribuições da Ipam, informações sobre os cuidados com o meio ambiente e também os endereços dos Ecopontos em Fortaleza. “Além dessas essas ações voltadas para os adultos nos parques, levaremos para as crianças que estiverem visitando o zoológico, cartilhas para pintura com temáticas voltadas para o meio ambiente”, explica a subinspetora da GMF, Nazareth Brandão.

Ainda como parte das ações, a Inspetoria de Proteção Ambiental fará, na segunda (4/6), na sede Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), uma apresentação do trabalho desenvolvido pelos agentes nas áreas verdes de Fortaleza. Na oportunidade, também será fortalecida a implementação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) na Secretaria. “A A3P já foi apresentada as chefias de setores, porém com o apoio da Ipam, acredito que traremos exemplos de boas práticas de respeito ao meio ambiente”, observa a assessora de Planejamento da Sesec, Patrícia Moreira.

A Inspetoria de Proteção Ambiental

A Inspetoria de Proteção Ambiental atua com 129 guardas nas principais áreas verdes da cidade. O trabalho é realizado através de rondas nos parques Parreão, Adahil Barreto, Cocó e Raquel de Queiroz, além de equipes fixas nos parques Rio Branco, Zoológico Sargento Prata, Horto Municipal e Polo de lazer da Avenida Sargento Hermínio. A Ipam também garante a segurança nas ações de fiscalização realizadas pelo Município, principalmente, com a Agefis, Seuma e Secretarias Regionais. A base da inspetoria fica Rua M, s/n, Boa Vista, e pode ser acionada pelo 190.

Publicado em Segurança Cidadã
As abordagens são educativas e ocorrem em toda a Cidade
Quase mil condutores já foram abordados

Seguindo o calendário de ações voltadas para o movimento Maio Amarelo, a Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) vem promovendo blitze educativas, com o objetivo de conscientizar os motoristas sobre os cuidados e segurança no trânsito. A iniciativa atingiu quase mil condutores em oito atividades realizadas em vários pontos da Cidade.

Durante a blitz, diversos condutores de carros e motos são abordados e informados pelos agentes da Guarda Municipal sobre a necessidade do uso do cinto de segurança e do capacete, bem como sobre a proteção dos pedestres e a prevenção de acidentes. Na ação, as pessoas abordadas recebem panfletos com informações a respeito da campanha do Maio Amarelo, além de broches, adesivos e um laço que simboliza o movimento que acontece em todo o país.

Um dos motoristas abordados, o representante de vendas William Silva, destacou a importância do projeto na capital. “Eu achei a abordagem muito interessante. Acho que ações como essa deveriam ser feitas mais vezes para que houvesse uma maior conscientização do público”, disse.

O Maio Amarelo

Durante todo o mês de maio, a Sesec tem realizado, por meio da sua Célula de Segurança Viária, diversas blitze educacionais com o intuito de informar a população a respeito da importância da segurança viária, tendo em vista que, em 2017, 96 pedestres perderam a vida em situações que poderiam ter sido evitadas. As primeiras ações passaram por bairros como Aldeota, Centro, Cristo Redentor, Maraponga, Messejana, Monte Castelo e Parangaba. As próximas estão previstas para o Passaré, Rodolfo Teófilo e Vila União, nos dias 25, 28, e 29, respectivamente.

O Maio Amarelo 2018 é um movimento internacional, que busca chamar atenção para a urgência do tema da segurança viária em todo o planeta. Em Fortaleza, a campanha é realizada pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) com apoio da Iniciativa Bloomberg para Segurança Viária Global, e visa implementar melhorias no trânsito da cidade, oferecendo melhor infraestrutura e garantias, especialmente, para os usuários mais vulneráveis no trânsito, desta vez, com foco no pedestre.

Publicado em Segurança Cidadã
As guardas fixam o laço amarelo nos condutores
As abordagens focam no uso correto dos itens de segurança

Seguindo a programação do ‘Maio Amarelo’ 2018 promovido pela Prefeitura de Fortaleza, a Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), por meio da sua Célula de Segurança Viária (Cesvia), montou um calendário de ações educativas para toda a cidade. As abordagens focam, principalmente, no uso de equipamento de segurança como cinto e capacete, além da cadeirinha para as crianças.

A iniciativa, que tem a participação de guardas municipais, teve início no último dia 7, na região da Avenida Godofredo Maciel, na Maraponga. “Nossas ações serão realizadas nas segundas, terças e sextas-feiras. Na abertura dos nossos trabalhos, concentramos nos motociclistas, alertando sobre o uso adequado do capacete, bem como entregamos panfletos com dicas de segurança no trânsito”, explicou o responsável pela Cesvia, inspetor Henrique Martins. As blitze educativas seguiram ontem, na Avenida Frei Cirilo, em Messejana. “Em duas tardes de trabalho, abordamos mais de 200 motoristas, que além de ouvirem dicas para a sua segurança, receberam um laço amarelo simbolizando o movimento”, disse Martins.

A programação educativa segue até o dia 29 de maio e pretende passar por bairro como Centro, Aldeota, Monte Castelo, Cristo Redentor, Rodolfo Teófilo, entre outros.

O Maio Amarelo em Fortaleza

O ‘Maio Amarelo’ 2018 é um movimento internacional que busca chamar atenção para a urgência do tema da segurança viária em todo o planeta. Em Fortaleza, a campanha é realizada pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) com apoio da Iniciativa Bloomberg para Segurança Viária Global, e visa chamar a atenção para melhorias no trânsito da cidade, oferecendo melhor infraestrutura e garantias, especialmente, para os usuários mais vulneráveis no trânsito, desta vez com foco no pedestre. Para isso, durante todo o mês de maio, uma série de atividades serão realizadas em diversos pontos da Cidade.

O movimento

O ‘Maio Amarelo’ surgiu por iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária, que articula esforços do poder público e da sociedade civil para alertar a população para o drama das mortes nas ruas e estradas do país. O mês representa um marco no combate às mortes no trânsito porque foi em 11 de Maio de 2011 que a Assembleia Geral da ONU declarou o período 2011-2020 como a Década de Ação para a Segurança Viária. A política de segurança para o trânsito da Prefeitura de Fortaleza tem apoio da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global.

Publicado em Segurança Cidadã
Os são compostos de salão de acolhimento e de sessão de mediação
O novo espaço prestará os serviços de acolhimento e resolução pacífica de pequenos conflitos

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), inaugurou, na manhã desta sexta-feira (4/5), mais um Núcleo de Mediação de Conflitos. O novo espaço funcionará na Secretaria Regional V e prestará os serviços de acolhimento e resolução pacífica de pequenos conflitos.

Este foi o sexto núcleo entregue à população e faz parte da política de mediação de conflitos implementada pela Prefeitura com a chegada da Sesec. Em quatro anos de atuação, esses espaços foram responsáveis por realizar 2.669 atendimentos. “Hoje, é um dia muito especial, tenho a sensação de missão cumprida, pois essa política tem o aval do prefeito Roberto Claudio e com objetivo de proporcionar a resolução pacífica de conflitos entre as pessoas”, disse a coordenadora de Mediação da Sesec, Tatiane Castro. Para Afonso Torquato, secretário executivo da Regional V, o espaço vem atender a uma demanda reprimida espalhada por 18 bairros que comportam uma população de cerca de 600 mil habitantes. “Aqui as pessoas vão encontrar espaço para o diálogo”, ressaltou.

Para o secretário municipal da Segurança Cidadã, Azevedo Vieira, o Núcleo de Mediação da Regional V deve gerar novas oportunidades de pacificação social. “Antes quero agradecer o apoio da Regional e o empenho dos envolvidos nessa política na nossa Secretaria. A mediação traz paz social, a partir do momento que proporcionamos oportunidades de diálogo. Já fizemos inimigos voltarem juntos para casa”, lembrou o secretário.

Os Núcleos de Mediação

O trabalho vai desde orientações, passando por encaminhamentos e a própria mediação de crimes de menor potencial ofensivo como, injúria, calúnia e difamação, além da intercessão em caso de pequenas dívidas, brigas de vizinhos, familiares e outros. “Os mediadores, em sua maioria guardas municipais, passam por várias capacitações voltadas para pacificação social e buscam prevenir a violência na medida em que proporcionam aos cidadãos uma forma célere e autônoma de resolver os seus conflitos”, explica a coordenadora do setor, Tatiane Castro.

O novo espaço, que terá sala exclusiva para o acolhimento do cidadão e para as sessões de mediação, funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. “Pretendemos manter os 75% de acordo também neste novo núcleo na Regional V e estamos reforçando a divulgação, com destaque nas delegacias da área, tendo em visto que elas são responsáveis por 46% da nossa demanda”, afirma Tatiane Castro.

Outros Núcleos de Mediação

Regional I - Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito - 3433-6857
Regional II - Rua Professor Juraci M Oliveira, 1 - Edson Queiroz - 3241-4839
Regional III - Avenida Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia - 3433-2501
Regional IV - Avenida Silas Munguba (antiga Dedé Brasil), 3770 - Serrinha - 3433-2861
Regional V - Avenida Augusto dos Anjos, 2466 – Siqueira – 3433-2922
Regional IV - Avenida Padre Pedro de Alencar, 789 - Messejana - 3452-1811

Outras informações pelo 3281-9120.

Publicado em Segurança Cidadã
As partes são ouvidas por mediadores capacitados
O novo espaço funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas

Nesta sexta-feira (4/5), mais um Núcleo de Mediação de Conflitos será inaugurado pela Prefeitura de Fortaleza. O novo espaço funcionará na Secretaria Regional V e prestará os serviços de acolhimento e resolução pacífica de pequenos conflitos.

A política de mediação de conflitos foi implementada pela Prefeitura com a chegada da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec). Atualmente, cinco Regionais dispõem desse serviço, sendo responsáveis por 2.669 atendimentos, desde 2014. O trabalho vai desde orientações, passando por encaminhamentos e a própria mediação de crimes de menor potencial ofensivo como, injúria, calúnia e difamação, além da intercessão em caso de pequenas dívidas, brigas de vizinhos, familiares e outros. “Os mediadores, em sua maioria guardas municipais, passam por várias capacitações voltadas para pacificação social e buscam prevenir a violência na medida em que proporcionam aos cidadãos uma forma célere e autônoma de resolver os seus conflitos”, explica a coordenadora do setor, Tatiane Castro.

O novo espaço, que terá sala exclusiva para o acolhimento do cidadão e para as sessões de mediação, funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. “Pretendemos manter os 75% de acordo também neste novo núcleo na Regional V e estamos reforçando a divulgação, com destaque nas delegacias da área, tendo em visto que elas são responsáveis por 46% da nossa demanda”, afirma Tatiane Castro.

Serviço
Inauguração do Núcleo de Mediação de Conflitos Regional V
Data: 4/5 (sexta-feira)
Hora:
 9h30 
Local: Avenida Augusto dos Anjos, 2466, Siqueira

Publicado em Segurança Cidadã
Os representantes estão em Guarujá para discutir segurança pública municipal
 16º Fórum Nacional de Segurança Pública Municipal prossegue até quinta-feira (26/04)

O vice-prefeito de Fortaleza Moroni Torgan apresenta o Programa Municipal de Proteção Urbana de Fortaleza (PMPU), nesta quarta-feira (25/04), durante o 16º Fórum Nacional de Segurança Pública Municipal que ocorre na cidade de Guarujá (São Paulo). O evento é o mais importante e representativo do segmento e reúne técnicos de vários estados e municípios. Este ano, Fortaleza é um dos destaques. Além de Moroni, o titular da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), Azevedo Vieira, e o diretor-geral da Guarda Municipal de Fortaleza, inspetor Romulo Reis, participam do Fórum, que segue até quinta-feira (26/04).

O Fórum apresenta discussões acerca da segurança pública municipal, ou segurança urbana, assunto em franco debate no Brasil, tendo em vista a transversalidade e intersetorialidade dessa política pública. Com isso, as secretarias municipais de segurança vêm aperfeiçoando seus processos de gestão e buscando ações de integração com outras agências do sistema de segurança.

Para esta edição, são esperados representantes das principais capitais brasileiras e de outros 80 municípios brasileiros. “Será uma troca de experiência com servidores, gestores municipais de segurança, pesquisadores, lideranças políticas e sociais para o fortalecimento da segurança urbana e melhor qualidade de vida dos cidadãos”, disse o diretor-geral, Romulo Reis.

O PMPU

O Programa Municipal de Proteção Urbana foi lançando pela Prefeitura de Fortaleza em fevereiro deste ano, no bairro Jangurussu, e consiste em torres de segurança equipadas com câmeras de vigilância 24 horas, além do patrulhamento integrado com a participação de 40 guardas municipais e 20 policiais militares.

Publicado em Segurança Cidadã
Guarda-vidas observam os banhistas no Aterro da Praia de Iracema
A Barra do Ceará concentra o maior número de casos, 40 no total

Um garoto de 8 anos e um homem de 26 foram as duas últimas pessoas resgatadas pela Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal, na orla de Fortaleza. Esses exemplos fazem parte das estatísticas diárias que mostram que, de janeiro a março deste ano, 128 pessoas foram atendidas em um dos seis postos fixos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico.

O balanço aponta que os guarda-vidas realizaram um maior número de resgates na Barra do Ceará, 40 no total. De acordo com o assistente técnico da ISA, inspetor Antônio Vieira, a proximidade com o Rio Ceará explica o grande número de ocorrências no local. “É a área mais crítica pela correnteza do rio e o encontro de águas. É onde temos que ficar mais atentos”, diz. Os outros locais com mais ocorrências são nas proximidades do Luzeiros, que registrou 30 casos, e na Praia de Iracema, com 28 atendimentos. “Essas duas últimas localidades são próximas e possuem características semelhantes, mar aparentemente calmo, porém com muitos repuxos”, informa o inspetor.

De acordo com Antônio Vieira, para se ter um banho de mar seguro, “os banhistas devem ficar atentos às áreas permitidas para o banho, geralmente com a presença de guarda-vidas, evitar a entrada no mar, após a ingestão demasiada de bebida alcoólica e aos pais fica a dica para atenção redobrada com as crianças, para isso temos pulseiras de identificação para menores de 12 anos e panfletos com informações relevantes”.

Mais

Além da Barra do Ceará, Luzeiros e Praia de Iracema, a área do Ponta Mar Hotel, Náutico e Carapebas fecham os números com 11, 10 e 9 casos de afogamentos, respectivamente.

Inspetoria de Salvamento Aquático

A ISA tem a função de salvaguardar a orla marítima de Fortaleza, com 75 guarda-vidas, devidamente treinados para atuar em resgates marítimos em seis pontos distribuídos entre a Barra do Ceará e o Náutico. A ISA conta ainda com viaturas e botes infláveis que agilizam os resgates mais complexos.

Publicado em Segurança Cidadã

O esquema especial será a partir das 18 horasA guardas ficarão fixos e em viaturas

Os sete terminais de integração de Fortaleza receberão reforço da Guarda Municipal para garantir a segurança de usuários e torcedores que irão para a Arena Castelão nesta quarta-feira (04/04). Além do efetivo fixo, outras seis equipes motorizadas darão apoio ao esquema especial.

O reforço para primeira partida da final do Campeonato Cearense começará a partir 18h e contará com as equipes fixas de cada equipamento e mais 24 guardas em viaturas. “Seis equipes motorizadas, com quatro servidores cada, darão apoio as ações, juntamente com os efetivos fixos de cada terminal, totalizando mais de 100 agentes”, explica o diretor adjunto da Guarda Municipal de Fortaleza, inspetor Marcílio Távora.

A Guarda Municipal também contará com o apoio de uma viatura da Polícia Militar por equipamento.

Inspetoria dos Terminais
A Inspetoria dos Terminais (Iterm) está presente 24 horas, com cerca de 160 servidores, nesses equipamentos que recebem cerca de 1,2 milhão de pessoas diariamente. Os guardas são responsáveis pela segurança do patrimônio e dos usuários dos terminais de Antônio Bezerra, Conjunto Ceará, Lagoa, Parangaba, Papicu, Messejana e Siqueira.

Publicado em Segurança Cidadã